• PT
  • EN

SET Norte 2019: Mercado de televisores volta a crescer no Brasil

O penúltimo painel do SET Norte 2019 apresentou uma visão do setor de produtos eletroeletrônicos, mais especificamente o setor de televisores, por meio de executivos da Associação Nacional de Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos (ELETROS).

Maurio Apor, vice-presidente do Conselho Setorial da Linha Marrom da Eletros, fez sua palestra baseado em dados do mercado.

Em 2014, foram produzidos quase 15 milhões de televisores. Houve uma queda grade devido ao cenário de crise dos últimos anos, sendo o pior cenário em 2016 com aproximadamente 8.500 aparelhos, mas desde 2017 o setor voltou a crescer gradativamente e a expectativa para 2019 é a produção de 12 milhões de aparelhos.

Produção de televisores na última década | Dados: ELETROS

Outro dado destacado na palestra foi o de número de Smart TVs presentes no mercado. Em 2016, havia empate técnico com os televisores que Apor denominou convencionais (não-Smart): 52% Smart e 48% não-Smart.

Em 2019, a presença de Smart Tvs no mercado é de aproximadamente 91% do total de aparelhos produzidos.

O diretor geral da SET, Olímpio José Franco, foi o moderador do painel. Ele questionou o palestrante sobre as novas tecnologias da TV 2.5, como áudio imersivo, vídeo de alta qualidade com HDR e o DTV Play, que chegarão ao mercado em 2020.

“Acreditamos que qualquer nova tecnologia obrigada não é boa. Se existe demanda do consumidor e geração de conteúdo é bem-vindo. Não basta o fabricante disponibilizar tecnologias novas se não existe produção de conteúdo que contemplem estas tecnologias”, respondeu Apor.