• PT
  • EN
  • ES

CES 2017: o que esperar da maior feira de tecnologia do mundo

Reprodução Estadão – Link

 

Um dos maiores eventos de tecnologia do mundo, a Consumer Electronics Show (CES) chega à sua 50ª edição em 2017. Realizada anualmente em Las Vegas, nos Estados Unidos, a feira serve como um termômetro das novidades do mundo da tecnologia e tem a presença de grandes empresas, como Samsung, LG, Intel e Sony.

Oficialmente, a CES só começa na quinta-feira, 5; no entanto, a partir de amanhã as empresas de tecnologia vão realizar suas coletivas de imprensa, para anunciar as novidades que estarão exibidas no chão da feira do Las Vegas Convention Center e de hotéis da cidade. Ao todo, a feira deverá ter cerca de 240 mil metros quadrados de estandes de exibição. O Estado fará a cobertura completa do evento. .

Nesta edição, a feira deverá dar continuidade ao que foi visto ano passado, como o aumento de lançamentos de carros, casas e TVs conectados, além de dispositivos vestíveis, celulares e computadores.  Confira, na lista abaixo, algumas das novidades esperadas para a CES deste ano:

1. Carros

Principal tema da CES de 2016, os automóveis deverão, novamente, receber os holofotes do evento. As montadoras e fabricantes presentes, como Fiat, Honda e Toyota, deverão dar mas detalhes sobre os seus projetos de carros autônomos, aprimorados e desenvolvidos ao longo de 2016 A Ford até mesmo já adiantou que irá apresentar uma nova versão do Fusion sem motorista.

Além disso, empresas de tecnologia, como Tesla e Faraday Future, deverão atualizar seus modelos e apresentar novos carros-conceito, como já visto em edições passadas. Sistemas conectados deverão ter atenção especial por parte de BMW, Hyundai e de empresas de software, como a Nvidia. Carros elétricos também deverão ter espaço, já que a Chrysler pretende apresentar sua nova minivan elétrica.

2. TVs

As televisões sempre são uma das principais atrações da CES e, em 2017, não deverá ser diferente. Nesta edição, a atenção deverá ser voltada para as TVs conectadas, com tecnologia 4K, e com integração à internet das coisas. Televisores domésticos com tecnologia 8K também podem aparecer — porém, de maneira um pouco mais tímida.

Novas plataformas e interfaces para televisores inteligentes também deverão ser apresentados. A Samsung já adiantou que deverá apresentar uma interface personalizada para os seus clientes: chamado de TV Plus, o recurso deverá unir temas em um mesmo lugar, facilitando a busca por conteúdo.

Quem poderá surpreender, porém, é a LG. De acordo com rumores, a empresa poderá apresentar a Wallpaper OLED TV, televisor de tela flexível e com apenas 1 milímetro de espessura.

3. Conexão 5G

Outra questão que deve marcar as discussões desse ano na CES é a de redes 5G – padrão de conectividade móvel que deve substituir o 4G em alguns anos.

Mais rápido e com menor consumo de energia, o 5G é considerado por especialistas do setor como uma tecnologia vital par a o desenvolvimento de áreas como Internet das Coisas e casas conectadas. A tecnologia do 5G também será um dos principais temas da apresentação de Steven Mollenkopf, presidente-executivo da Qualcomm, que dará uma das palestras principais da CES neste ano.

4. Casa conectada

Após o sucesso de assistentes pessoais de grandes empresas, como a Alexa, da Amazon, e o Google Home, é esperado que empresas lancem dispositivos que se conectem diretamente com estes aplicativos, dispensando a necessidade de uma plataforma específica para cada dispositivo conectado.

É o caso da Samsung, por exemplo, que irá apresentar um aspirador de pó conectado com a Alexa, permitindo que ele seja ligado apenas com alguns comandos de voz. A startup Sylvania também já mostrou que irá apresentar uma lâmpada compatível com o Google Home e até com a Siri, da Apple. Você poderá, por exemplo, pedir para a Siri ligar as luzes de manhã, depois de acordar.

Além disso, aparelhos convencionais, como geladeiros, lavadoras, fechaduras e termômetros, por exemplo, também deverão ter novos modelos conectados apresentados ao longo da feira deste ano.

5. Gadgets

Menos presentes nos lançamentos da CES, smartphones, vestíveis e notebooks deverão fazer parte de apenas alguns anúncios. É esperado, por exemplo, que a Samsung apresente a linha Galaxy A, enquanto a LG deverá demonstrar os novos aparelhos da linha K. PCs e Notebooks, que perderam força de mercado, deverão ter apenas alguns pequenos anúncios e focados em desenvolvimento de hardware. O mesmo vale para vestíveis, que deverão contar com menos anúncios.

O setor de áudio também deverá contar com novidades. Graças ao fim da entrada de fones de ouvido no iPhone, uma avalanche de novidades deverão aparecer na feira, como potentes fones de ouvido sem fio, caixas de som diferenciadas — como a caixa flutuante da LG — e outros dispositivos alternativos para áudio.

 

Fonte: Estadão – Link

Post Tags: