• PT
  • EN

Bravi completa 20 anos de atuação no mercado audiovisual nacional

Fonte: TelaViva

A Bravi – Brasil Audiovisual Independente – está completando 20 anos. A organização começou quando um grupo de produtores do Rio de Janeiro decidiu criar uma associação que fosse capaz de reunir as produtoras independentes que originalmente produziam obras audiovisuais para a televisão. O principal objetivo era que essas produções chegassem à grade dos canais da TV brasileira. Inicialmente fundada com o nome de ABPITV, a associação tem hoje 660 associados, distribuídos por 21 estados, nas cinco regiões do Brasil.

Ao longo de seu período de atuação, a Bravi participou ativamente de diversos debates da legislação do audiovisual brasileiro, como a Lei 12.485, o estabelecimento do papel da Ancine e a garantia da propriedade intelectual das obras produzidas pelos produtores independentes.

Esse trabalho de profissionalização das produtoras, promovendo capacitação especialmente fora dos grandes centros, foi essencial nesse processo de ocupação das grades dos canais e programadoras. Hoje, um dos grandes desafios da associção é a revisão da legislação, alternativas de fomento, novos modelos de negócios, novos formatos e plataformas de distribuição. Paralelamente, a Bravi dedica-se a intensificar o relacionamento com outros agentes da cadeia produtiva do audiovisual em todos os estados brasileiros e também no exterior – função que a associação vê como fundamental para a evolução do setor.

Nesse cenário, o Brazilian Content, programa internacional criado em 2004 e realizado em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), também tem papel relevante. Com o objetivo de promover o audiovisual independente no mercado internacional, o BrC viabiliza parcerias entre empresas brasileiras e estrangeiras por meio de coproduções, vendas e pré-vendas para canais de TV, internet, telefonia celular e novas mídias e coloca o Brasil como um importante mercado no cenário internacional, presente cada vez mais nas coproduções com outros países.

Para os próximos anos, a Bravi mantém o foco em qualificar permanentemente as empresas produtoras, profissionais, estudantes e recém-chegados a esse mercado.

Post Tags: