• PT
  • EN
  • ES

Suporte técnico Sony na Copa das Confederações

A Sony montou um complexo sistema de suporte técnico para servir as cidades-sedes da Copa das Confederações 2013, que se realizará de 15 a 30 de junho no Brasil, com sete engenheiros especialmente preparados para resolver rapidamente problemas técnicos em equipamentos da marca.

Nº 133 – Maio/Junho 2013

Por Fernando Moura

COPA DO MUNDO

Durante o evento, a empresa japonesa espera disponibilizar serviços adicionais aos seus clientes em caso de problemas nos equipamentos.
Para isso disponibilizará um sistema especial nos escritórios da Sony no Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP) e utilizará os seus distribuidores em Brasília (DF), Belo Horizonte (MG), Recife (PE) e Fortaleza (CE), além de disponibilizar suporte especial dos revendedores em todo o território nacional durante a competição.
Assim, nas cidades-sede haverá atendimento especial aos clientes que tiverem dificuldades, a única que não terá essa cobertura é Salvador, na Bahia, já que a marca não tem distribuidor oficial na capital baiana.
“Teremos também atendimento de primeiro nível através da nossa rede de Autorizados nas principais Cidades da Copa das Confederações (Brasília, Belo Horizonte, Recife e Fortaleza). Todos os autorizados receberão treinamento técnico de manutenção paraos principais modelos que deverão ser utilizados durante o evento”, explicou à Revista da SET Pedro Paz, responsável da área de serviços e engenharia da Sony Brasil.
A Sony contará ainda com equipamentos de backup no Centro de Serviços Sony no Rio de Janeiro para facilitar o diagnóstico e substituição de peças em casos urgentes. Nesse Centro, a empresa disponibilizará três engenheiros que trabalharão o tempo inteiro apoiando os clientes da marca que precisem resolver problemas técnicos nos seus equipamentos. A empresa terá também outros três engenheiros na capital de São Paulo, e mais um na cidade de Recife. Esses profissionais realizarão a avaliação do problema, o orçamento, manutenção e substituição de peças, caso necessário.
Com esses engenheiros a Sony espera ter uma capacidade de reparação de até 9 unidades por dia, já que espera desenvolver uma estratégia de Fast TAT (Turn Around Time) com o objetivo de reparar todos os equipamentos portáteis necessários durante os 15 dias do evento, e fornecer aos clientes, se for necessário, todo o tipo de informações e soluções que precisem para trabalhar normalmente durante os dias da competição.
Como parte da logística, a Sony terá um estoque de peças localizado na cidade de São Paulo, onde terá um esquema de remessa “next day” via SEDEX 10, e via Fedex em caso de importação de peças para resolver problemas nos equipamentos.
Durante a Copa das Confederações da FIFA, o Host Broadcast (HB) estará localizado em Belo Horizonte, “mas ainda não definiram se vão precisar do nosso suporte técnico. Basicamente trabalharão com sistemas de câmeras HDC e Switchers MVS”, explicou Paz.
Além do equipamento utilizado pelo HB, a Sony Brasil espera que chegue equipamento da marca proveniente de outros países. “Esperamos equipamentos Sony com os correspondentes e Broadcasters que estarão aqui no Brasil. Não temos uma lista dos Broadcasters e quais equipamentos vão trazer, mas temos a experiência adquirida na equipe internacional das Olimpíadas de Londres 2012, onde nosso coordenador de engenharia esteve presente como membro do time”, comentou Paz.
De todas as formas, “hoje o formato XDCAM está muito consolidado como standard como ENG para jornalismo, nesse ponto acreditamos que a base de modelos de câmeras ENG serão as camcorders XDCAM HD, XDCAM HD422 e XDCAM EX, além de Hand Models da linha NXCAM, partindo desse pressuposto, teremos uma unidade de cada modelo como backup em nosso Centro de Serviços no Rio de Janeiro, além de alguns monitores, switchers e gravadores”, reforçou Paz.
A marca japonesa espera repetir o serviço durante a Copa do Mundo em 2014, para isso, explicou Paz, “hoje já temos 10 Centros de Serviços Autorizados nas 12 Cidades da Copa do Mundo, faltando apenas Cuiabá e Salvador. Também planejamos ter dois Centros de Serviço Sony, um no Rio de Janeiro, onde ficará o IBC, e outro em São Paulo, cidade da abertura da Copa de 2014”.

Fernando Moura
Redação Revista da SET
fernando.moura@set.org.br