• PT
  • EN
  • ES

SET e W3C assinam convênio para fortalecer radiodifusão brasileira

Nº 153 – Ago 2015

NOTICIAS

Primeiro fruto da parceria será apresentado durante o SET EXPO, com uma discussão sobre as conexões entre web e TV

Com trabalhos complementares e objetivos comuns, a SET e o W3C/MIT – consórcio internacional que trabalha para desenvolver os padrões da web – assinaram um convênio de cooperação para fortalecer a radiodifusão brasileira. A primeira repercussão prática da parceria poderá ser vista no SET EXPO 2015 no qual haverá um debate sobre web e TV com participação de membros do W3C.

A entidade dedica-se à implementação de ações voltadas ao setor de Broadcast no ecossistema web; a SET é uma associação técnico-científica formada por profissionais e empresas, sendo um polo de difusão de conhecimentos nos campos da televisão, rádio, telecomunicações, internet, cinema e novas mídias.
“É importante trazer o debate sobre os padrões da Internet — como HTML 5.1 e Web TV –, para o SET EXPO, pois assim poderemos criar oportunidade de integração entre as novas mídias e a TV”, diz Rodrigo Arnaut, presidente da EraTransmidia e vice-diretor de TV por Assinatura e Novas Mídias da SET.
Para o W3C, o acordo é uma maneira de se inserir mais profundamente no País. “Temos como principal objetivo nesta parceria com a SET estabelecer um canal sólido de relacionamento com o setor de TV e broadcast no Brasil, expandindo o debate global sobre padronizações da web às principais empresas brasileiras”, disse Alexandre Furtado, business development leader do W3C.
Dessa forma, defende Furtado, será possível acrescentar novas mídias e tecnologias à TV Digital. “Esperamos, juntos, dar um passo importante para o desenvolvimento tecnológico e o futuro da televisão no Brasil e no mundo.”
O W3C/MIT (World Wide Web Consortium) é uma comunidade internacional fundada por Tim Berners- Lee, inventor da WWW. Atualmente tem sua sede dentro do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT). Conta com 385 membros entre empresas, órgãos governamentais, universidades e organizações independentes, atua criando padrões de protocolos de internet como o HTML5. Entre as diversas empresas globais filiadas ao W3C estão NAB, BBC, NHK, NTT, Bloomberg, Netflix, Apple, Facebook, Google, Intel, Dolby Labs, Twitter, Disney, AT&T, Telefônica e Comcast.