• PT
  • EN
  • ES

Interatividade multiplataformas

MULTIPLATAFORMA

Foi-se o tempo que as redes sociais serviam apenas para encontrar amigos, trocar mensagens, exibir fotos e vídeos. A era agora é da interatividade. E o Esporte Interativo deu o primeiro passo ao transmitir ao vivo pelo Facebook e pelas grandes telas do Cinema a final da Supercopa da Espanha entre os times do Barcelona e Real Madrid. A iniciativa deu tão certo que durante o jogo foram mais de 700 mil acessos à página do Esporte Interativo –https://www.facebook. com/#!/esporteinterativo.

De acordo com Felipe Aquilino, responsável pelo marketing institucional da rede de TV aberta de esportes, “os próprios internautas, que fazem parte da comunidade da rede pelo Facebook, pediram para fazermos a transmissão de nosso conteúdo pelas redes sociais”. Atualmente, o Esporte Interativo é o canal de TV brasileiro com o maior número de seguidores, somando um milhão de pessoas, só no Facebook.

“Essa primeira transmissão é o conceito de social TV, tão forte nos Estados Unidos e Europa. Cada vez mais as pessoas tendem a assistir os jogos em multiplataformas e comentá-los via redes sociais com amigos”, explica Felipe. Junto ao player que transmite o jogo, além de assistir a partida ao vivo, o internauta pôde participar de um chat em tempo real e comentar a partida.

Segundo Felipe, como a rede é um canal multiplataforma, a busca por novas formas de atingir o público é constante. A transmissão nas telas do Cinema foi uma grande oportunidade para aumentar os fãs da rede. O clássico foi exibido ao vivo, simultaneamente, nas salas de uma rede de cinema em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte e Porto Alegre. “A transmissão não exigiu esforços, pois é exatamente a mesma do Facebook. A diferença está na presença dos narradores e comentaristas que estavam em uma das salas de cinema onde o jogo estava sendo exibido”, lembra.

Perspectivas
A transmissão de eventos por meio dessas novas mídias, como os dispositivos móveis, por exemplo, já representa 30% da audiência do Esporte Interativo. A previsão para o final de 2011 é que 20% de toda a receita do canal venha de publicidade nessas novas plataformas, ante os 5% atuais. Esses números reforçam o objetivo do canal em crescer 70% em 2011, depois de registrar um aumento de receita 110% no ano passado em comparação a 2009.

Além da página da internet, a rede administra páginas de clubes de futebol, atletas e personalidades de esportes, totalizando cerca de 4 milhões de fãs nas redes sociais. Com tantos seguidores e com tanta tecnologia, o Esporte Interativo possui o seu canal ao vivo pelo Facebook, com praticamente toda a programação ao vivo da rede. Ficam excluídos apenas àqueles sem direitos de internet.

Fora do campo digital, o Esporte Interativo também está ampliando sua rede terrestre, com acordos firmados para atuar em mais quatro novos Estados – Minas Gerais, Espírito Santo, Amapá e Rondônia. Em São Paulo, a emissora possui desde junho de 2010 o canal 36 UHF na capital e demais canais pelo interior do Estado – Araras, Campinas, Mogi das Cruzes, Piracicaba, Rio Claro, Santos e São José dos Campos.

Fonte: Comunicação Esporte Interativo.

Gilmara é editora da Revista da SET. E-mail: gelinska@gmail.com