• PT
  • EN
  • ES

Dielectric aumenta a sua presença no Brasil

Nº 142 – Junho 2014

Por Redação

Reportagem

A empresa norte-americana assinou um parceria estratégica com IF Telecom no Brasil para reforçar sua presença no país e aproveitar a conjuntura que tem pela frente o Switch-off analógico e a migração da rádio AM para FM. A Revista da SET entrevistou em exclusivo dois altos quadros da Dielectric e visitou a fábrica da empresa brasileira em Valinhos, interior de São Paulo.

assinatura da parceria estratégica ratificada por ambas empresas inclui o canal de distribuição de vendas e co-comercialização do mais recente produto da linha de antenas da Dielectric, a Powerlite que poderá vir a ser utilizada pelas emissoras brasileiras.

De esq. à dir.: Jose Elias (IF Telecom), Andre Skalina e Keith Pelletier (Dieletric) e Iltom Favaro Junior (IF Telecom), na sede da SET em São Paulo.

Keith Pelletier, CEO da Dieletric disse, em entrevista à Revista da SET realizada na sede da SET em São Paulo, que a parceria com a IF Telecom habilita a Dieletric a participar da conversão digital brasileira em curso e gerará muitas mais-valias as duas empresas, “estamos entusiasmados com o posicionamento e o foco em engenharia do negócio da IF Telecom. Nossa expectativa é que o mercado brasileiro rapidamente veja os benefícios da parceria estratégica”, afirma. Com esta parceria, a IF Telecom começou a produzir antenas Powerlite na sua fábrica de Valinhos, interior de São Paulo. Segundo José Roberto Elias, gerente comercial da empresa brasileira, “as primeiras antenas nacionalizadas foram as do tipo TUA – Painel UHF Banda Larga, de alta performance, aplicáveis tanto a “Gap-fillers” quanto à interiorização de TV Digital. Seus custos altamente competitivos, aliados à eficiência e garantia de um produto desenvolvido por empresas com décadas de experiência em sistemas irradiantes, traz um diferencial importante e necessário a essa etapa em que se encontram as implantações das redes de TV Digital”.
A parceria é muito importante para a jovem empresa brasileira, já que Dielectric LLC, uma empresa pertencente ao Grupo Sinclair Broadcast, Inc. situada em Raymond, Estado de Maine nos Estados Unidos é uma empresa de referencia no mercado Broadcast desde 1942. Para Andre Skalina, vice‑presidente da área de Tecnologia da Dielectric, a oportunidade de ingressar ao mercado brasileiro é muito “boa. Há tempos que queríamos entrar, mas precisávamos ter um parceiro estratégico e com uma boa carteira de clientes. Estamos em um momento muito promissor no mercado de antenas no país com a transição para o Digital e a migração da rádio AM para FM pelo que temos condições excelentes para crescer no mercado brasileiro”.

Andre Skalina, vice-presidente da área de Tecnologia da Dielectric espera que o Switch-off da TV analógica dinamize o mercado brasileiro.

Skalina abordou uma serie de temas com a Revista da SET, de todos, o mais destacado é o da Ultra Alta Definição. Para o executivo o 4K é uma realidade para a produção, o “problema é a transmissão, o espectro necessário para envia-lo. A TV por natureza é broadcast, e para emitir um sinal 4K via espectro precisamos um largo de banda enorme, que hoje não está disponível”.
Keith Pelletier concorda e acrescenta, “a transmissão dessa tecnologia poderia ser um novo mercado para nós que produzimos antenas, mas ainda falta muito para isso ser possível. Isso não é só no Brasil, nos Estados Unidos é igual, até que o governo não organize o espectro será impossível emitir em 4K”.
Assim, para Skalina “o 4K deve ser utilizado nos próximos anos para distribuição residencial via satélite. Antes de qualquer coisa precisa ser testado, aprovado e tem de se definir uma norma de transmissão. Uma vez realizada esta parte, nós indústria iremos produzir equipamentos e infraestrutura de transmissão para emitir esta nova tecnologia. Até esse momento o 4K ficará reservado ao satélite ou as transmissões via cabo ou de IPTV”.

Para Keith Pelletier, CEO da Dieletric, a parceria com IF Telecom chega no momento certo.

A visão local
Segundo Elias, para a segunda metade de 2014, “está prevista a produção de painéis elípticos do modelo TUM. Essa família de antenas trazida pela multinacional americana vem a complementar o portfólio de produtos já conhecidos pela alta qualidade e preços incomparavelmente atrativos que a IF Telecom produz há anos no Brasil”.
Ele afirma que a apresentação de estes painéis será realizada na SET EXPO 2014, onde a IF Telecom e a Dielectric LLC. mostrarão aos visitantes maiores detalhes sobre esse produto TUA, além do Painel UHF Banda Larga elíptico TUM.
Para Iltom Favaro Junior, diretor da IF Telecom esta é uma excelente oportunidade porque é a forma de internacionalizar a empresa e com ela a marca. “Ambas as companhias são especialistas em engenharia, produzem produtos de qualidade e tem um claro entendimento do mercado. Essas forças irão disponibilizar ao mercado brasileiro os pontos fundamentais para o sucesso das fases que ainda estão por vir da conversão digital”, afirma.

A fábrica
A Revista da SET esteve em Valinhos, interior do Estado de São Paulo, na fábrica da IF Telecom. Nela, são produzidas antenas de alta qualidade, sistemas e componentes de radiodifusão para Broadcast de TV e FM. A empresa expandiu recentemente suas instalações para “estar preparada para as próximas fases de digitalização de sinais de TV no Brasil, bem como para atender à demanda do mercado e FM”, explicou Iltom Favaro.

Na entrevista aos executivos da Dielectric, estes afirmaram a Revista da SET que realizaram uma visita as instalações da IF Telecom com o objetivo de ajustar os processos de manufatura e afinamento entre equipes, visando uma otimização conjunta de esforços e que tudo está pronto para o inicio do processo produtivo.
A fábrica conta hoje com três dependências e está sendo construída uma quarta “tem crescido nos últimos tempos, e ainda crescerá mais para produzir novos produtos, como os da Dielectric que começaremos a produzir em breve”, afirma Favaro: “Começamos as operações 4 anos atrás e possuímos desde a nossa composição, profissionais altamente experientes e qualificados, tanto em engenharia, quanto em produção, trazendo a melhor relação custo/benefício aos nossos produtos, sempre voltados às tendências do mercado e em constante evolução em todas as soluções que oferta”, diz o empresário.
Favaro Junior, pensa que a trajetória da empresa fez que avance e hoje possa estar em um patamar maior estando “presente nas mais importantes empresas de Broadcast no Brasil”.
Um dos novos produtos que estão sendo produzidos na IF Telecom são as Chaves Coaxiais IFCH controladas por painel de comando com micro-controladores que possibilitam facilidades operacionais como: visual simples e de fácil operação; proteção dos equipamentos ligados à Chave em caso de surtos e interrupções momentâneas de energia, evitando manobras de chaveamento indesejáveis; operação remota/local ou wireless, com comunicação IP, USB, RS232/485; software para instalação em qualquer ambiente, possibilitando a operação remota, entre outras funcionalidades. Segundo Elias, as “chaves podem ser configuradas para os seguintes padrões de conexão: EIA 7/8”, 1 5/8” e 3 1/8” e possibilitam acionamento manual em caso de falta de energia, garantindo maior segurança, além de todas as contra-medidas que o sistema já incorpora em sua concepção”.