• PT
  • EN
  • ES

Video Systems

Prévia SET EXPO 2017

A Video Systems destaca o switcher DYVI para o SET EXPO 2017, um equipamento que, segundo os fabricantes, diferencia-se por sua unidade de processamento dividida em Módulos (PMs) expansíveis de forma horizontal, aumentando o número de canais, a performance de processamento e a redundância do switcher.
Cada módulo possui suas próprias entradas e saídas físicas, uma GPU (unidade de processamento gráfico), além de duas saídas independentes de multiviewer. “Ao contrário de qualquer outro switcher de mercado (em que o processamento de vídeo ocorre nas FPGAs), o processamento baseado em GPU permite sobrepor inúmeros layers de vídeos, efeitos, gráficos, entradas Fill&Key, sem adicionar delay entre as camadas, revolucionando completamente o conceito baseado em MEs”, explicam os desenvolvedores do produto.
O design do painel do DYVI é “rigorosamente igual a qualquer switcher de mercado”, segundo a Video Systems, a diferença está no software, que permite delegar uma função a cada tecla individualmente ou a uma seção. “Isso permite que o painel seja configurado para atuar exatamente como nas seções de um modelo convencional, ou pode ser configurado para otimizar a operação, trabalhando, se necessário, em conjunto com a interface gráfica ou até mesmo com um celular em casos específicos. DYVI é uma fábrica de gerenciamento de pixels que usa GPU para ser flexível e entregar o formato de produção de acordo com o que você precisa”, anuncia a empresa brasileira sediada na capital paulista e com filiais no Rio de Janeiro (RJ) e em Natal (RN).