• PT
  • EN

Kaltura avança para o conceito de Targeted TV

A empresa israelense apresentou em Las Vegas um novo conceito para as plataformas de OTT (Over-the-Top) que tenta mudar a indústria avançando para uma TV direcionada que “transforme dados em resultados”, segundo afirmou à reportagem da Revista da SET Edmar Moraes, diretor de Vendas de Mídia e Entretenimento para América Latina da Kaltura.

Para a empresa, os produtores de conteúdo precisam pensar que os hábitos de consumo mudaram e é necessário entender que a personalização introduzida com o IP mudou a experiência de assistir TV. “Embora pareça trivial agora, duas coisas importantes aconteceram que tornaram isso possível: primeiro, o vídeo tornou-se disponível em qualquer dispositivo e, segundo, a experiência do cliente tornou-se interativa, permitindo que o espectador assistisse ao conteúdo em qualquer lugar, começando em um dispositivo e continuando em outro”, afirma Moraes.

Assim, na feira, a empresa mostrou aos seus visitantes como “os consumidores podem obter recomendações personalizadas para consumo sob demanda”, afirmando que a chave do negócio passa por uma TV direcionada que “deve ser uma nova maneira de pensar sobre como aproveitamos os dados para atender aos nossos objetivos de negócios de serviços de TV na nuvem”.

Para isso, segundo o executivo da empresa, é necessário reunir dados dos usuários de todas as fontes disponíveis, entender o que eles fazem e criar segmentos multidimensionais que compreendam os seus perfis a partir de dados unidimensionais, e agir frente a esses dados.

Moraes disse que é preciso usar a segmentação dos usuários aproveitando o big data e deixar de pensar em “um único pacote de recomendações personalizadas de VOD com base comportamental”, e sim criar “recomendações dependendo do usuário, o que permitirá que aproveite esses dados para aprimorar ainda mais seu conjunto de dados e determinar o que é importante para o seu cliente”.