• PT
  • EN

Bitmovin

© Foto: Fernando Moura

A empresa californiana Bitmovin se apresentou pela primeira vez no SET EXPO com o objetivo de conhecer o mercado e “fazer-se conhecer”, disse Germano Fronza, arquiteto de Soluções da empresa, à reportagem da Revista da SET.
Pela sua parte, Thomas McCarthy, diretor de vendas da América Latina, contou que os fundadores da Bitmovin são os mesmos criadores do padrão de vídeo MPEG-DASH e explicou que a empresa trabalha com três frentes: players, encoding e analytics. A opinião do diretor é a de que “o mercado de streaming está crescendo, então estamos no SET Expo não só para fazer novos negócios, mas também para expandir os negócios”.
Na feira foram apresentadas diversas soluções com destaque para playouts para plataformas móveis. Entre as soluções, destaque para o Containerized Video Encoding, uma plataforma baseada em Kubernetes, que permite executar o software de codificação da empresa no Google Cloud e em um datacenter. Ainda, “inovações tecnológicas de codificação em codificação por Título, Streaming Multi-Codec, adaptação por Cena e nossa mais recente, inteligência artificial (AI) para codificação”, explicou Fronza.