• PT
  • EN

NAB 2019: Ross Video anuncia soluções de produção de alto impacto

Empresa canadense aposta na “High Impact, High Efficiency”

Ross Video chega ao Las Vegas Convention Center com apresentará “soluções que aproveitam a tecnologia mais recente e permitem que os profissionais que trabalham em produção ao vivo criem conteúdo mais atraentes, com mais eficiência”, afirma a empresa em comunicado.

Dentre os destaques da empresa, e continuando com a estratégia traçada há alguns anos pelo seu CEO, David Ross, a companhia aposta em soluções completas de produção ao vivo e fluxos de trabalho, que incluem uma suíte de produção de notícias de ponta a ponta, que vão desde as câmeras ACID e PIVOT, o sistema de Inception News Room Computer System, Streamline MAM, Tria News Clip Player e XPression Graphics, Acuity Production Switcher e a solução de automação de produção OverDrive.

Ainda, um espaço dedicado a produção esportiva com “os mais recentes gráficos independentes de resolução XPression Tessera para telas de LED e a solução Ross Unified Venue Control”. Uma produção totalmente virtual em chroma key com fluxo de trabalho automatizado, “demonstrando o que há de mais recente em soluções virtuais, e a estreia do nosso novo mecanismo de renderização baseado no Unity 4 da Voyager”.

Ainda, uma cadeia de produção de 12G 4K/UHD que suporta vídeo High Dynamic Range (HDR) e Wide Color Gamut (WCG). Demonstrações de Infraestrutura IP, SMPTE-2110, e uma área de demonstração de tecnologia de virtualização de computadores com “os mais recentes avanços em virtualização para produção ao vivo em tempo real”.

Para David Ross, a NAB 2019 será importante porque a empresa entende que “os desafios e as oportunidades da produção ao vivo” são fundamentais no trabalho de hoje. “Por isso, estamos levando soluções de produção de alto impacto e alta eficiência. Nossas equipes técnicas trabalharam arduamente para o Show e acho que os clientes vão adorar o que temos para eles este ano, incluindo algumas surpresas divertidas que serão reveladas durante a feira”.

Por Fernando Moura, em São Paulo