SET EXPO 2018

 30º Congresso de Tecnologia

O resultado da pesquisa é referente a programação do dia

Programação sujeita a ajustes

Segunda-Feira – 27/08/2018

Imprimir ou salvar como  PDF

SALA  13 SALA 12 SALA  15 SALA  16
8h30 – 9h10 Café da manhã oferecido aos inscritos dentro das salas
9h  – 11h
Inovação e Tecnologias Disruptivas
Realidade Virtual, Realidade Aumentada, Vídeo 360 graus
Rodrigo Arnaut
Contribuição Audiovisual e Infraestrutura
Automação de Controle de Produção
Caue Franzon
Tecnologia e Negócios
Futuro da Publicidade, uma Visão Mutiplataforma
Carlos Octávio Queiroz
Contribuição Audiovisual e Infraestrutura
Inovações 2018 para Contribuição, Distribuição e Entrega de Conteúdos via Satélite
J.R. Cristóvam
11h30  – 13h
Produção de Conteúdo
Inovação na Copa do Mundo da FIFA Rússia 2018
José Manuel Mariño
Contribuição Audiovisual e Infraestrutura
MAM – Os Desafios da Gestão de Acervos frente à Imaterialidade da Imagem
Teder Morás
Tecnologia e Negócios
A Ascensão do Live Streaming de Sports no OTT
Salustiano Fagundes
Distribuição Audiovisual
Futuro da Cobertura da TV Digital Terrestre – Como atingir Todo o País? ( 11h30 – 13h30 )
Valderez Donzelli

INTERVALO

14h – 15h30
Contribuição Audiovisual e Infraestrutura
Infraestrutura IP para Centros de Produção
José Antônio Garcia
Regulatório e Normatização
O Futuro do Espectro de Radiodifusão
Ana Eliza Faria
Produção de Conteúdo
Jornalismo de Dados
Daniel Monteiro
Distribuição Audiovisual
Digitalizando os sinais analógicos das parabólicas
Leonardo Chaves
16h – 17h30
Contribuição Audiovisual e Infraestrutura
Cloud Services: ao alcance de toda a Indústria de Mídia e Entretenimento
Alexandre Sano
Contribuição Audiovisual e Infraestrutura
Sessão SMPTE : – Migração Broadcast para “All-IP” Master Class / Atualização das Atividades e Padrões do SMPTE
Paulo Henrique Castro
Inovação e Tecnologias Disruptivas
Painel P&D – NHK / STRL Open House 2018 e ETRI / Coréia do Sul
Fernando Bittencourt
Inovação e Tecnologias Disruptivas
Visão Geral do 5G: Situação Atual e Cenários para a Rede Inteligente do Futuro
J.R. Cristóvam

Segunda-Feira – 27/08/2018

O resultado da pesquisa é referente a programação do dia

Horário Palestras
Horário Palestra

9h - 11h

Inovação e Tecnologias Disruptivas | Sala 13

Realidade Virtual, Realidade Aumentada, Vídeo 360 graus

REALIDADE VIRTUAL, REALIDADE AUMENTADA, VÍDEO 360 GRAUS

Vamos inaugurar a trilha “Inovação e Tecnologias Disruptivas” do SET EXPO falando de uma das tecnologias mais inovadoras, disruptivas e exponenciais vistas na história do cinema, tv, games e broadcast.
A idéia deste painel é trazermos um panorama das novas tecnologias de Realidade Virtual, vídeos 360, intercalando entre apresentações, debates e perguntas do público. Nossos temas irão mostrar como profissionais do audiovisual que estão devorando esta tendência, pela visão de mercado, da academia, dos fabricantes, pesquisadores e artistas, estão (e podem) transformar a indústria de inovação televisiva, para um conteúdo mais imersivo e realmente interativo e transmídia.

Moderador: Rodrigo Dias Arnaut - Diretor de Tecnologia, Inovação e Criatividade no Esconderijo Criativo e Mundo360

Professor na FAAP, especialista, realizador e um “Inovador Disruptivo" em Transmidia, em “Imersão Virtual", e em “Interação e Engajamento”. Presidente América Latina da Choicely.com (plataforma de votação online). Mestre em Inteligência Artificial pela Poli/USP e Pós em Gestão pela ESPM. Diretor na SET, Fundador da EraTransmidia, liderou por 21 anos projetos de inovação e tecnologia na Globo.

Poética, Técnica e Estética em vídeo em 360º

Relato de caso da realização de vídeo em 360º, com integração virtual em 3D, e procedimentos de efeitos de ambiência imersiva sonora em espacialização, profundidade de campo, limites da “mise-en-scène” no espaço fílmico e a imersão, na busca de linguagem de uso e de produção e de elaboração de estética e poética técnico-narrativas.  Este filme é parte da pesquisa desenvolvida no projeto “criação de conteúdos audiovisuais digitais em interatividade, multitelas, multiplataformas e ambientes imersivos”,  do “LabArteMídia – Laboratório de Arte, Mídia e Tecnologias Digitais”, do Programa de Pós-Graduação em Meios e Processos Audiovisuais (PPGMPA) e do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão (CTR) da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da Universidade de São Paulo (USP).

Palestrante: Almir Almas - Professor Associado e Chefe do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão ECA - Universidade de São Paulo / Vice-diretor de Cinema - SET

Professor Associado e Chefe do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão e Pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Meios e Processos Audiovisuais da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Coordenador Geral do Grupo de Pesquisa LabArteMídia – Laboratório de Arte, Mídias e Tecnologias Digitais e do Obted – Observatório Brasileiro de Televisão Digital e Convergência Tecnológica. Doutor e Mestre em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Cineasta/ Videoartista/VJ; Artista do Coletivo de Arte Cobaia. Vice-Diretor de Cinema da Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão (SET). Autor de "Televisão digital terrestre: sistemas, padrões e modelos".

Realidade Virtual como uma nova percepção e Representação da realidade

Imagens imersivas digitais são visões de um tempo virtual que estamos nos acostumando a viver…

Palestrante: José Renato Bergo - Roteirista e Editor de Video - Figura Web Filmes

Formado em Artes Plásticas pela FAAP; Pós Graduado em Comunicação com ênfase em Mídias Interativas pelo SENAC. Mestrando em Audiovisual pela UAM (Universidade Anhembi Morumbi) com o tema "Orientação de telas nos meios Audiovisuais". Profissional de Comunicação Audiovisual há 25 anos, Diretor, Roteirista e editor de videos Corporativos na Figura Web Filmes, trabalhou em redes de televisão como Globo e Bandeirantes, empresário por 12 anos no mercado de comunicação empresarial. Docente de MBA em Mídias Sociais sobre StoryTelling e cursos para "Introdução ao Audiovisual” para crianças. É membro da Associação EraTransmidia e Gerencia as páginas Mobilidade Linda e Mundo360.

Áudio Imersivo – Audiovisual 360 e Realidade Virtual

Na era da Transformação Digital Multiplataforma e da crescente adesão à interatividade, o áudio imersivo tem um papel que vai além de melhorar as formas de consumir conteúdo. É uma ferramenta diferenciada e em plena ascensão, onde uma visão apurada sobre conceitos, desafios e investigações nos fluxos de trabalho podem impulsionar a criatividade, produtividade e engajamento do usuário.

Palestrante: Alex Sobral - Engenheiro de áudio

Produtor e engenheiro de áudio, desde 1994 na indústria fonográfica, Cinema e Televisão. Especializado em formatos Multicanal e Surround, atuou como um dos responsáveis pela implantação das laboratórios da Dolby sediado no Brasil, empresa que trabalhou entre 2011 e 2015. Desde então, dedica-se exclusivamente à pesquisa e desenvolvimento de tecnologia, consultoria para adaptação de fluxos de trabalho, além de aplicações em audio 3D espacial para conteúdos em Videos 360, Realidade Virtual e Desenvolvimento de Games.

A reconstrução 3D de uma cena utilizando duas imagens 2D em atividade complexa

A reconstrução 3D de uma cena utilizando duas imagens não calibradas é uma atividade complexa.
A obtenção da informação 3D a partir de imagens pode ser utilizada em diversas aplicações, por exemplo, na navegação  de robôs moveis, medicina, arqueologia , arquitetura, restauração e vídeo entretenimento. A partir das informações geométricas, recuperadas com algoritmos avançados, é possível determinar corretamente as coordenadas globais de um objeto em  cena permitindo até sua reconstrução.

Palestrante: Juliano Milanez - sócio - Omnistream LTD

Com mais de 15 anos de experiencia na área de High- Tech com enfase em Realtime Graphics Solutions, Virtual Sets VR e AR de alta precisão. Especializado em IT e Ciência da Computação, atualmente sócio e business development na Omnistream LTD, startup Israelense especializada em vídeo e áudio streaming via dispositivos moveis com alta perfomance, qualidade e baixa latência.

Internacionalização do XR Brasileiro

Aceleração e internacionalização de startups: as empresas brasileiras de XR (eXtended Reality) estão prontas para serem globais?

Palestrante: Marcos Alves - Sócio e Head de Ventures da Dream2B e Presidente do HUB XRBR

Há mais de 20 anos liderando e investindo em produtos digitais, negócios em tecnologia de ponta e inovação, Marcos Alves é sócio e Head de Ventures da Dream2B, empresa especializada na aceleração e internacionalização através do Canadá de startups em tecnologias emergentes como Realidades Virtual, Aumentada e Mista (X-Reality), Internet das Coisas (IoT), Blockchain e Inteligência Artificial. Empreendedor, investidor e mentor de startups, co-fundou 3 empresas e criou uma venture builder (startup studio) para idear e lançar novas startups. Co-fundou e é atualmente presidente do XRBR – Hub Brasileiro de X-Reality, grupo de mais de 100 empresas do segmento de VR, AR e MR.

O que é produção virtual? O que você deve saber sobre isso …

Nos últimos anos, a produção virtual tornou-se um diferencial crescente usado nos principais filmes, séries de TV, notícias, esportes e eventos ao vivo em todo o mundo.
Esta técnica de produção inovadora e eficiente combina perfeitamente os dois reinos do real e virtual, criando visuais imersivos que agilizam o processo de produção, que agregam valor e melhoram a forma de exibir o conteúdo.
Como isso ajuda no fluxo de trabalho das produções de TV e de filmes? O que foi usado e como? O que vem a seguir? Ouça mais de um especialista em realidade aumentada em tempo real.

Palestrante: Kingsley Cook - Executivo de Desenvolvimento de Negócios - Ncam

Antes de ingressar na Ncam (empresa fundada em 2012 a partir de uma exigência de uma solução de realidade aumentada, em tempo real, para filme e que ganhou o Prêmio de Design de Experiência 2017 de Melhor Uso de Realidade Virtual ou Realidade Aumentada, concedido à Ford pela apresentação de marketing 'Advanced Reality') passou mais de 10 anos adquirindo uma valiosa experiência em Efeitos Visuais dentro da indústria cinematográfica do Reino Unido. Trabalhou em grandes sucessos como "O Cavaleiro das Trevas" e a franquia "Harry Potter". O envolvimento de Kingsley em todos os projetos abrangeu a pré-produção, filmagem, pós produção e entrega do filme.

Demo NCAM (Projetos)

Demonstração de projetos de integração de cenários virtuais com rastreamento de imagem utilizando a NCAM.

Palestrante: Sergio Bourguignon - Diretor de Negócios - NCAM Latam

Engenheiro de Projetos de TV com larga experiência em Broadcast e participou da última implementação de VR com NCAM na Latam.

Produções de games em eXtended Reality e Imersive Storytelling

Como as novas plataformas de arenas e games de Realidade Virtual irão inundar o mundo de entretenimento nos próximos anos. Apresentação do case Pixel Ripped (game VR) e do Voyager VR (arena com experiências imersivas instalada no Shopping JK em São Paulo permanentemente)

Palestrante: Rodrigo M. Terra - Presidente da EraTransmidia Association / Co-fundador e COO da ARVORE Immersive Experiences

Pós-Graduado em Administração pela FGV. Especialista em Empreendedorismo pelo IBMEC-SP. Graduado em Rádio e TV pela FAAP-SP. Estuda e desenvolve conteúdos Transmídia desde 2006. Dirigiu e conduziu projetos diversos audiovisuais e transmídia para emissoras e produtoras independentes, pela Fazenda Urbana Digital e parceiros. Consultor em Transmídia no programa Objetiva Audiovisual pelo Sebrae/APRO, foi jurado e ministrou clínicas de projeto em festivais como Ventana Sur, Festival de Brasília além de international keynote speaker em evento internacionais como NABShow e VR Days Europe. É fã de LEGO, adora novela e cinema de gênero e é grande incentivador de novas mídias imersivas como Realidade Virtual, Mista e Aumentada. Hoje é presidente da Associação EraTransmidia, co-fundador e COO da ARVORE Experiências Imersivas

9h - 11h

Contribuição Audiovisual e Infraestrutura | Sala 12

Automação de Controle de Produção

AUTOMAÇÃO DE CONTROLE DE PRODUÇÃO

O painel irá explorar a experiência de usuários com os processos de automação de produção, quais as motivações para a aplicação da automação, quais os pontos positivos e negativos da adoção da tecnologia, quais os impactos operacionais. Com relação aos fabricantes, qual a visão de futuro sobre esta tecnologia e os pontos de atenção para seu uso.

Moderador: Caue Franzon – Gerente Executivo de Projetos – RBSTV e Rádios

Formado em Engenharia, Mestre em Engenharia de Produção, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com MBA em Gerenciamento de Projetos, FGV. Atua desde 1996 em TV. Atuou por mais de 10 anos como técnico e engenheiro de suporte de sistemas de áudio e vídeo, coordenou por 3 anos um grupo de pesquisa de produtos e soluções em televisão, atuou como gerente de infraestrutura de TV e Rádios e atualmente gerencia equipe de projetos para televisão e rádios.

Automação de Produção – A Experiência na Rede Anhanguera

Nesta apresentação vamos dividir com os participantes a nossa experiência de automação de um sistema de produção de notícias, utilizando uma solução que permite automatizar todas as funcionalidades na produção de conteúdo jornalístico sendo: Corte de Áudio e Vídeo, Operação de Câmeras, Playout de Matérias e Inserção de GC. Abordaremos os critérios utilizados na escolha da solução, modo operacional e os resultados do projeto implantado.

Palestrante: Carlos Cauvilla -Diretor de Tecnologia de TV - Rede Anhanguera

Engenheiro, com MBAs em Gestão de Negócios e Tecnologia da Informação. Atualmente ocupa o cargo de Diretor de Tecnologia de TV na Rede Anhanguera, onde responde pela análise, recomendação e implantação de tecnologias voltadas para o negócio Mídia, com foco no resultado para o negócio. Participou ativamente de três desligamentos do sinal analógico, o primeiro deles no piloto de Rio Verde, cluster Brasília e o mais recente em Goiânia e Anápolis.

O futuro da indústria de radiodifusão – As TENDÊNCIAS que impulsionam o futuro, Hoje! … o PODER dos DADOS, Inovação e Tecnologias Disruptivas

A indústria de broadcast está passando por uma grande transformação …. Alinhada a isso, a ChyronHego vem preparando o terreno através de aquisições importantes, bem como promovendo o desenvolvimento interno. Estamos liderando essa transformação trazendo soluções de eficiência e automação. Por meio de uma análise detalhada de produtos e tecnologias, os participantes obterão uma visão inestimável das tendências tecnológicas atuais e futuras, desde Realidade Aumentada até Visualização de Dados, Automação e Robótica e como elas estão impactando as transmissões e a produção. Nossa indústria está passando por uma mudança sísmica. O ritmo da mudança tecnológica está acelerando … a necessidade de conteúdo “original” nunca foi tão grande e só continuará a crescer! Olhar para o futuro é o que os nossos executivos de Mídia e Entretenimento precisam fazer se quiserem inovar, prosperar e sobreviver …

Palestrante: Aldo Campisi -Vice Presidente, Latin America, Caribbean, Spain & Portugal - ChyronHego

Mais de vinte e dois anos de experiência em produção e transmissão de televisão. VP Latin America Sales, Chyron, liderando e gerenciando a presença da ChyronHego na América Latina e desenvolvendo novos e atuais mercados. Trabalhou como free-lancer, criando, consultando, dando suporte e gerenciando eventos globais de radiodifusão incluindo NBC Athens 2004 Olympics, Beijing 2008 e Vancouver 2010 NBC Olympics, Copa do Mundo de Futebol Coréia / Japão 2002 (RAI), Turner Sports Goodwill Games Austrália 2001. Trabalhou também nas eleições presidenciais dos EUA de 2012, 2008, 2004 e 2000 com cenografia virtual e interfaces gráficas para dados eleitorais com exibição interativa em tempo real.

Revisitando conceitos de produção

A apresentação expõe o caminho trilhado pela Globosat, na busca por rever seus conceitos na área de produção de conteúdo. Ênfase na experiência adquirida durante o processo de automatização de programas de linha e outros tipos de eventos ao vivo, antes, durante e depois dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Palestrante: Luiz Claudio Costa - Especialista de Desenvolvimento e Tecnologia - Globosat

Em sua trajetória profissional ao longo de 20 anos na Globosat, liderou a implementação do sistema tapeless de exibição dos canais (automação de exibição e vídeo servidores), automação de produção, controle de eventos compacto entre outras implementações.

O desafio da automatização em nossa realidade

NDI(Network Device Interface) e oportunidades de uso na televisão no Brasil e América Latina.
A NewTek está procurando ativamente qualquer parceiro para criar diferentes opções para tornar isso possível.
Nossa abordagem é conversar com os usuários e entender as necessidades e limitações.

Palestrante: Filippo Ferlini - Director of Sales Operation, Latin America -NewTek, Inc.

Com experiência na industria desde muito tempo, trabalho em varios países da America Latina e Europa, no sector da edição nao lineal e tecnologia multimedia. E’ director na NewTek desde 4 anos, assim que acompanho o desenvolvimento do protocolo NDI.

9h - 11h

Tecnologia e Negócios | Sala 15

Futuro da Publicidade, uma Visão Mutiplataforma

Futuro da Publicidade, uma visão Mutiplataforma

O painel irá explorar o novo contexto e opções que se apresentam para o mundo de publicidade. Uso de algoritmos e automação, combinado com dados e novas métricas, trazem novos desafios para anunciantes e empresas de mídia. O impacto das novas tendências de adtech, novos modelos de operação, atribuição e as novas demandas de anunciantes serão debatidas neste painel.

Moderador: Carlos Octavio Queiroz - Head de Parceria e Arquitetura da área de Tecnologia da TV Globo

Carlos Octávio é o head de Parceria e Arquitetura da área de Tecnologia da TV Globo, responsável por iniciativas de tecnologia relacionadas a Mídias Digitais, Advertising, Analytics, e Arquitetura. Possui sólida experiência na indústria de Mídia e Entretenimento( + 18 anos). Préviamente à TV Globo, atuou como consultor e sócio de consultoria, atuando em empresas de diferentes segmentos (Industrial, Financeiro, Mídia) e foi professor da PUC/RJ por mais de 12 anos. Carlos é mestre em Engenharia de Software, possui MBA em Administração Empresarial pela Fundação Dom Cabral, pós-graduado em Administração com ênfase em Finanças pela PUC/RJ e graduado em TI por esta universidade.

O papel do digital: de figurante a protagonista

A visão de uma das maiores agências digitais do Brasil, 22 anos de experiência com grandes marcas internacionais, de como o digital virou o jogo em importância na última década

Palestrante: Guilherme Gomide - CEO - Mirum Brasil

Empresário digital há mais de 25 anos, deu início a várias empresas nesse ramo desde a década de 1990. Em 1999 foi fundador da MapLink, um site de busca local que posteriormente, em 2014, foi adquirida pela Movile (Naspers). Suas duas agências digitais voltadas para ROI, a Mídia Digital e a i-Cherry cresceram ao longo dos anos para se tornarem um dos maiores compradores de mídia online no Brasil, logo, em 2010 ambas as agências foram adquiridas pela WPP. Em 2015, juntamente com outras agências correspondentes do grupo localizadas em 6 regiões do mundo, tornou-se um dos parceiros fundadores da Mirum – uma agência digital global focada em transformação de negócios e marketing de desempenho. Guilherme atualmente lidera o Brasil e supervisiona a América Latina.

 

Palestrante: Patricia Alves - diretora de mídia na DPZ&T

Patricia Alves é atualmente diretora de mídia na DPZ&T, responsável pela conta da Renault . Há 20 anos no mercado, atuou em das principais agências de publicidade do Brasil. Possui sólida experiência profissional na área de mídia com especialização em gestão de negócios, análise de dados, otimização e performance.

 

Palestrante: Caitlin Roller - Commercial Development Manager at FreeWheel

Caitlin ingressou na FreeWheel, uma empresa da Comcast, em 2014 e agora lidera a equipe de desenvolvimento comercial da plataforma de gerenciamento de anúncios de TV FreeWheel. A partir do início de 2017, ela se concentrou em comercializar as mais novas soluções da FreeWheel, trazendo inovação para a mídia tradicional. Antes da FreeWheel, Caitlin trabalhou na Nielsen em vários cargos na aferição de audiência de TV linear e no novo conjunto de medição de audiências digitais da Nielsen. Com vasta experiência no desenvolvimento de soluções tradicionais e soluções inovadoras , ela ajuda as empresas de mídia a navegar na era digital com novas tecnologias.

9h - 11h

Contribuição Audiovisual e Infraestrutura | Sala 16

Inovações 2018 para Contribuição, Distribuição e Entrega de Conteúdos via Satélite

Inovações 2018 para Contribuição, Distribuição e Entrega de Conteúdos via Satélite

A indústria da mídia audiovisual de um modo amplo a nível mundial,vem acompanhando a grande transformação por que passa o negócio das operadoras de satélites, talvez a maior de sua história.”Rupturas tecnológicas”,aumento de capacidade com HTS,mais Mbit/s por menos MHz de transponder,novos serviços e mais aplicações estão na “ordem do dia”.Mais e maiores exigencias de clientes, preços em queda por pressão da competição acirrada e necessidade de vultosos investimentos para retorno a longo prazo forçam a busca de inovações imediatas,soluções e modelos de negócios diferenciados.
Neste painel serão apresentadas e discutidas as proposições e ofertas de inovações, no contexto 2018, das operadoras de satélite para contribuição,distribuição e entrega de conteúdos.

Moderador: J.R. Cristóvam - Diretor Técnico - UNISAT

Atua na área de comunicações via satélite desde 1983, tendo liderado equipes de projetos em diversas ocasiões. Sócio-Diretor e um dos fundadores da UNISAT em 1990. Diretor Técnico da empresa, consultor sênior de empresas nacionais e internacionais. Antes da criação da UNISAT, trabalhou na NEC, TELEBAHIA e na EMBRATEL, nas áreas Nacional e Internacional, em comunicações via satélites Brasilsate Intelsat, tendo integrado o Departamento de Comunicações Domésticas via Satélite, conhecido como SAT.Engenheiro de Operações modalidade Eletrônica pela UFRJ, Engenheiro Eletrônico pela Escola de Engenharia da UGF, Pós-Graduado na UFF em Telecomunicações, cursos de especialização no Japão (NEC, NTT e Anritsu) e nos EUA (TCB – Thomson).

Ricardo Calderon

Novas soluções ofertadas pela Eutelsat

Apresentaremos e discutiremos as novas soluções ofertadas pela Eutelsat para o mercado de vídeo.

Palestrante: Ricardo Calderon - Diretor Comercial - Eutelsat

Formado em engenharia eletrônica pela Escola de Engenharia Mauá, possui 30 anos de experiência no mercado de comunicações por satélites, Broadcast e PayTV. Ocupa a posição de Diretor de Vendas na Eutelsat do Brasil para a vertical de vídeo desde 2015.

Visão geral das inovações de 2018 da Hispamar

Nesta apresentação, a Hispamar mostrará as inovações nos satélites recém lançados da sua frota, os serviços via HTS de banda Ka  e a “antenização”  pela operadora dos seus clientes “cable-headends”.

Palestrante: Sergio Chaves - Diretor de Negócios para America do Sul da Hispamar Satélites

Sérgio Chaves iniciou sua carreira no setor de telecomunicações em 1988. Atuou em grandes empresas do mercado como responsável pelo atendimento a médias e grandes contas e pelo desenvolvimento de novos negócios, comercializando produtos de voz, dados e infraestrutura voltados aos mercados corporativo e de carriers. Desde 2003 na Hispamar Satélites, operadora brasileira que comercializa os serviços do Grupo Hispasat nas Américas, o executivo desenvolveu novos mercados para serviços via satélite como o de ensino à distância e mídia indoor via satélite. Em 2012, Sérgio Chaves, até então diretor comercial para o Brasil, assumiu a direção de negócios da Hispamar para a América do Sul.

Tecnologias transformadoras que entusiasmam!

De HD a 4K e agora também em 8K, seus telespectadores querem ter acesso a conteúdos empolgantes e de tirar o fôlego, mais acessíveis e que proporcionem uma experiência mais imersiva. Aprenda sobre as mais recentes opções de tecnologias de contribuição e distribuição que permitem oferecer de uma forma econômica a programação que seu público deseja.

Palestrante: Marcelo Amoedo - Diretor de Vendas - Divisão de Broadcast, Intelsat

Marcelo Amoedo é experiente profissional de telecomunicações com 16 anos de experiencia nas áreas de televisão, comunicações via satélite, compressão de vídeo e integração de sistemas de transmissão, desenvolvimento de negócios, key account management, vendas diretas e revendas, networking e relacionamento, Atuou como gerente de vendas e de desenvolvimento de negócios da STI Telecom e Account Manager da MB SkytechSales Professional Sales. Na Intelsat, trabalha como responsável pela comercialização de capacidade de segmento espacial para uso ocasional e de serviços de broadcast. Pós-Graduando no MBA de TV Digital, Radiodifusão e Novas Mídias da UFF – Universidade Federal Fluminense, graduado em Administração e em Redes de Computadores pela Universidade Estácio de Sá.

Novas Formas SES de Distribuição de Vídeo via Satélite

Nesta exposição,Jurandir Pitsch apresentará os novos satélites : SES-14 e SES-10 e seus potenciais usos para Broadcast, tanto em banda C como em banda Ku. Irá também falar sobre o   sistema VOD-Everywhere,,sistema SES de SVOD Satelital,além da plataforma UHD e as soluções de OTT integradas no satélite.

Palestrante: Jurandir Pitsch – Vice President Sales – SES

Jurandir Pitsch é Vice Presidente de Vendas e desenvolvimento de mercado da SES Video para a América Latina. Jurandir é engenheiro de telecomunicações com mais de 35 anos de atuação na área de satélites.

Satélite: Uso de Codificações e Modulação Avançadas

O emprego de codificações e modulação avançadas nas transmissões via satélite possibilita o uso deste meio para diversas aplicações que envolvem sinais que não se restringem ao sinal de vídeo da TV Linear.

Paulo Bertram dos Santos Reis Vieira - Consultor de Engenharia Satélite - Embratel/Star One

Formado em Engenharia Eletrônica pelo IME – Instituto Militar de Engenharia. Trabalhou em FURNAS – Centrais Elétricas S.A. na Divisão de Comunicações com sistemas de comutação, PLC (Power Line Carrier), HF, VHF, UHF e SHF. Ingressou na EMBRATEL na Divisão do Segmento Terrestre do Departamento de Comunicações Domésticas por Satélite, responsável pelo planejamento, coordenação e suporte operacionais de estações terrenas. Trabalha atualmente como consultor de engenharia satélite na EMBRATEL/STAR ONE,

As novas tecnologias HTS e LEO da Telesat

A Telesat fará a apresentação do seu novo satélite T19V, HTS (Satélite de Alta Capacidade) com cobertura em banda Ku sobre o Brasil, bem como dará uma visão geral do programa da constelação LEO (satélites de baixas órbitas terrestres) da operadora.

Palestrante: Romildo Lucas - Diretor de Vendas - Telesat Brasil

12 anos de experiência em vendas e gestão, orientada para o cliente e realização de melhorias técnicas e comerciais com eficiência em grandes empresas como Embratel. Responsável pela elaboração de propostas, contratos e projetos de clientes de grandes contas.

11h30 - 13h

Produção de Conteúdo | Sala 13

Inovação na Copa do Mundo da FIFA Rússia 2018

Inovação na Copa do Mundo da FIFA Rússia 2018

Com uma audiência global de 3,2 bilhões de espectadores – praticamente metade do planeta – a Copa do Mundo é o momento ideal para introduzir inovações tecnológicas na produção e distribuição de conteúdo. Venha saber com os especialistas de três grandes players como eles aproveitaram esta oportunidade para surpreender e encantar seus clientes, e também desenhar operações mais eficientes. Abordaremos 4K HDR, produção de notícias, grafismo e distribuição multiplataforma.

Moderador: José Manuel Mariño - Diretor de Tecnologia de Esportes - TV Globo

José Manuel Mariño, 56 anos, é engenheiro e Diretor de Tecnologia de Esportes da TV Globo, atuando no planejamento e operação de eventos esportivos, no Brasil e no exterior, envolvendo jornalismo, programas e produção de eventos/torneios ao vivo. Há 30 anos na TV Globo, entre 1988 e 1995 gerenciou o projeto e execução dos estúdios e sistemas de TV do Projeto Jacarépaguá (atualmente Estúdios Globo), entre 1996 e 2004 foi Diretor de Projetos, e entre 2005 e 2015 foi Diretor de Tecnologia de Jornalismo e Esporte.

Experiência FOX SPORTS na Copa do Mundo da FIFA 2018

Em 2018, a Rússia recebeu o maior evento esportivo do mundo, a Copa do Mundo da FIFA. Percorremos um longo caminho para chegarmos lá, que se iniciou logo após o término da Copa do Mundo no Brasil, em 2014.
Foram 4 anos de preparação e muito trabalho para aproximadamente 45 dias em media de 16h por dia de produção ao vivo, com foco na qualidade e confiabilidade, para transmitir o melhor do futebol mundial.
Mas não bastava apenas fazer a cobertura do Evento, buscamos a eficiência e inovação para o desenvolvimento das soluções técnicas e, nesta palestra, vou apresentar um pouco deste projeto e dividir esta experiência com o público que trabalha no mercado audiovisual e produção de eventos ao vivo. Conhecer um pouco mais da tecnologia dentro deste evento e principalmente os cases de sucesso durante a cobertura será o objetivo desta.

Palestrante: Luis Santos - VP de Engenharia e Operações da Fox Network Group ( Fox Sports)

-Formação em Engenharia Eletrônica pela Universidade Mackenzie; -Especialização no Mercado de produção de conteúdo audiovisual, atuando na área desde 1995; -Primeira experiência profissional como Engenheiro graduado: Projeto e implementação da nova -sede da TVA/Abril ( Geradora e Distribuidora) no Brasil; -Primeiro evento esportivo internacional – Copa do Mundo da França em 1998, atuando como engenheiro de projetos e implementação pela ESPN Brasil -Desde 1998 trabalhando com projetos e implementação de sistemas de Broadcast para produção de eventos internacionais como Copa do Mundo / Jogos Pan-americanos / Olimpíadas e a Cobertura dos principais eventos de Futebol na Europa (Premier League / La liga / Bundesliga); -Passagem pelos principais canais de esporte atuando na área de Engenharia e Operações; -Passagem pela área de entretenimento, Cinema (pelicula e digital), Publicidade (pós produção e finalização), produção de programas de auditório, shows e programas de estúdio ao vivo e gravados; -Retornando a esportes em 2011 pela Fox Sports como responsável pelo departamento de Engenharia, Operações e Tecnologia onde estou atuando até a data de hoje.

Demonstrações UHD e ATSC 3.0 durante a Copa do Mundo.

Os grandes eventos esportivos sempre apresentam oportunidades para testar e validar novas tecnologias. Durante essa Copa do Mundo, a Globo fez transmissões ATSC 3.0 e exibições de jogos em 4K/8K com Dolby Atmos.

Palestrante: Gabriel Ferraresso - Especialista de Projetos - TV Globo

Formado em Engenharia Eletrônica e de Computação pela UFRJ, Gabriel trabalha como engenheiro de projetos pela TV Globo desde 2012. Atua em projetos de contribuição e distribuição de vídeo em redes de comunicação que incluem satélite, fibra ótica, microondas e redes IP em geral. Em 2016, Gabriel ficou 4 meses como pesquisador convidado no laboratório STRL na NHK. Foi o líder das demonstrações UHDTV (4K e 8K) realizadas pela TV Globo durante as Copas do Mundo 2014/2018 e as Olimpíadas 2016.

Eficiência aplicada a favor da cobertura editorial na Copa do Mundo

Compartilhar as soluções aplicadas na Copa do Mundo, focada nos requisitos editorias, apresentando os resultados alcançados na eficiência operacional na cobertura do mais midiático evento esportivo

Palestrante: Gilberto Castañon - Diretor de Operações, Produção - Globosat

-

11h30 - 13h

Contribuição Audiovisual e Infraestrutura | Sala 12

MAM – Os Desafios da Gestão de Acervos frente à Imaterialidade da Imagem

MAM – OS DESAFIOS DA GESTÃO DE ACERVOS FRENTE À IMATERIALIDADE DA IMAGEM

Administração dos ativos digitais em face da imaterialidade dos conteúdos audiovisuais e processos automatizados. Compatibilidade entre diferentes hardwares e softwares que compõem um ambiente técnico-operacional. Definição da melhor solução que atenda ao modelo de negócio. Qualificação profissional. Obsolescência. Preservação. Convergência Digital. Difusão e Monetização.

Moderador: Teder Muniz Morás - Consultor de Mídias Digitais - TV SBT Canal 4 SP

Consultor em mídias no SBT. Atua há mais de 30 anos na área de gestão, digitalização e preservação de acervos audiovisuais. Doutorando e Mestre em Comunicação, com bacharelado em Administração de Empresas. Professor e palestrante em seminários nacionais e internacionais na discussão e disseminação da cultura digital frente às novas tecnologias.

IDENTIDADE DE ATIVOS DIGITAIS

Os radiodifusores devem melhorar constantemente a velocidade, a precisão e a flexibilidade do processo. Um obstáculo importante, nesse caminho, é a ausência de um método universal para identificar conteúdo. Isso resulta em fluxos de trabalho manuais, além de comunicações que consomem recursos para produção, processamento e troca de conteúdo, especialmente para ativos obtidos de várias origens. O uso de IDs globalmente exclusivos é, portanto, necessário para qualquer solução. Vamos explicar a arquitetura de ID desejada e como preservar os IDs pré-existentes e os metadados ricos em comerciais, além de sua adequação às redes de TV.

Palestrante: François Modarresse - Business Development Consultant - EIDR

Possui mais de 30 anos de experiência em tecnologias de transmissão e mídia, desempenhando papéis importantes no lançamento de HDTV e H264. Atualmente, ele dirige o desenvolvimento de negócios internacionais para o EIDR, um consórcio dos principais estúdios de Hollywood, muitas das maiores redes de TV e empresas de streaming. Antes do EIDR, François atendeu clientes globais, liderando a inovação nos mundos de produção e metadados de transmissão. Antes disso, ele liderou o marketing de produtos na Dolby, produzindo inovações importantes, como Dolby Mobile, Atmos e Vision.

Os Desafios do Acervo e Preservação

Uma abordagem de tecnologia, processos, e ferramentas .O desafio da escolha ou definição de tecnologia para preservação e acervo diante das opções existentes e a evolução tecnológica, com enfoque na tecnologia óptica para arquivo. Uma visão e discussão sobre os desafios da preservação quando necessário a digitalização e os modelos operacionais para grande escala. Os benefícios das ferramentas e tecnologias para catalogação e preservação do conteúdo.

Palestrante: Erick Soares , Expert em Tecnologia - Sony Brasil

Expert em Tecnologia para Suporte a Vendas e Marketing, atuante há mais de 15 anos na Sony, em novas tecnologias, workflow e produtos no mercado de broadcast. Formado pela F.E.I (Faculdade de Engenharia Industrial – S.B.C./SP) e Pós-Graduado pela F.I.A. (Fundação Instituto de Administração- USP). Acompanhou o desenvolvimento de novos produtos bem como a implementação de projetos estratégicos, servindo de interface entre clientes brasileiros e a engenharia do Japão. Tem participado de diversos eventos nacionais e internacionais.

CONTEÚDO LÍQUIDO

Com tantas novidades tecnológicas ao nosso redor, surgem novas narrativas. Da Internet das Coisas ao conteúdo Omni-channel, tudo falará com você no tom único de cada plataforma. Novas histórias cada vez mais líquidas, que transbordam as telas. Nessa sinapse compartilhada com os participantes, o futuro da comunicação integrada se apresenta numa narrativa não linear, colaborativa, interativa e sem limites entre o real e o virtual. Estratégias de Transmídia podem ser as ferramentas necessárias para transformar o público no seu melhor storyteller, no seu fã. Histórias tão contagiantes que são compartilhadas na velocidade de um piscar de olhos, perdem o controle na rede, alcançam nossas memórias afetivas e passam a fazer parte da cultura popular.

Palestrante: Giuliano Chiaradia - Head de Conteúdo Digital - SBT

Diretor de Conteúdo com 20 anos de experiências inovadoras na Indústria do Entretenimento, Programação e Marketing na América Latina, trabalhando com grandes produtores em todas as plataformas. Liderando equipes no Brasil, Argentina, México e Estados Unidos. Ex-criativo da MTV/Nickelodeon no Brasil e nos Estados Unidos, baseado em Miami. Ex-diretor e autor na Rede Globo de Televisão, um dos pioneiros em projetos de transmídia e conteúdo móvel. Master Class em Inovação Digital pela escola sueca Hyper Island. Especialização em Gestão Estratégica e Novos Negócios pela Coppead Business School UFRJ, no Rio de Janeiro. Extensões em cinema e TV na Itália, Cuba e nos Estados Unidos. Palestrante sobre inovação e transmídia no Brasil e no Exterior. Artista residente da La Chambre Blanche, centro multidisciplinar de arte e tecnologia em Quebéc, Canadá. Fundador do projeto #Artmobile, inovação social que ensina jovens ao redor do mundo a fazer arte com o telefone celular.

Media Center, MAM, Ativos Digitais, Eficácia e Eficiência no atendimento ao Cliente.

A inovação tecnológica, somada a convergência digital e a velocidade da informação, resultaram em desafios diários dentro do universo Broadcast, principalmente no âmbito técnico e operacional. O aumento exponencial do conteúdo trouxe à tona a necessidade da implantação de tecnologias de armazenamento compartilhado de alta performance e fluxos de trabalho que promovam mais eficiência, segurança e disponibilidade. Enquanto no, até então, consolidado ambiente de preservação do conteúdo, somos encorajados a repensar conceitos de catalogação diante do advento da Inteligência Artificial. Nesta constante corrente migratória é indiscutível a necessidade de evoluirmos, já não há mais espaço para o analógico, e o terreno do digital é vasto em possibilidades.

Palestrante: Juliana Ferrari - Media Manager - SBT

Profissional com atuação de liderança em ambiente de Media Center coordenando workflows operacionais com segurança e eficiência na movimentação e armazenamento de ativos digitais.

11h30 - 13h

Tecnologia e Negócios | Sala 15

A Ascensão do Live Streaming de Sports no OTT

A Ascensão do Live Streaming de Esportes no OTT

O entretenimento esportivo, que sempre foi um dos principais impulsionadores de serviços de vídeo e inovação em todo o mundo, está se configurando como o próximo segmento de nicho a se beneficiar com a adoção de plataformas OTT.
A batalha pelo conteúdo de esportes acontece agora em outras arenas e inclui novos jogadores. A curto prazo, essa revolução provavelmente resultará em uma quantidade maior de ligas esportivas que oferecerão uma programação complementar e acesso a jogos selecionados para exibição em plataformas OTTs, atingindo bases de fãs segmentadas que, de outra forma, não seriam atendidas de forma satisfatória.

Moderador: José Salustiano Fagundes - CEO - HXD OTT SOlutions

Empreendedor na área de inovação tecnológica, sócio-fundador da HIRIX Engenharia de Software e da HXD Smart Solutions, empresa que desde 2007 vem “pensando e fazendo a nova televisão no Brasil”. Foi membro do Conselho do Fórum SBTVD-T, tendo participado dos trabalhos para a adoção do componente de interatividade na TV digital. Participa do Comitê de Tecnologia da Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão (SET), é pesquisador convidado do CITI (Centro Integrado de Tecnologias Interativas) e do LabArteMidia-Laboratório de Arte, Mídia e Tecnologias Digitais, ambos da Universidade de São Paulo (USP); e Embaixador da Campus Party, organização que reúne uma comunidade mundial de desenvolvedores e makers com a missão de "construir um novo código-fonte para o mundo".

Samuel Yuen

Live Streaming da Copa do Mundo e outros Eventos Esportivos

Apresentação e análise de estatísticas de audiência e qualidade de streaming da Copa do Mundo de 2018, entregue por 60 emissoras do mundo. O evento bateu todos os recordes de audiência e tráfego online para um evento de streaming em HD e 4K. Também serão apresentadas comparações da Copa com demais grandes eventos recentes e a arquitetura de vídeo utilizada pela FIFA/HBS e diferentes emissoras.

Palestrante: Samuel Yuen - Major Account Executive - Akamai

Samuel Yuen é, desde 2015, o executivo da Akamai responsável pela vertical de Mídia na América Latina. Ele esteve envolvido diretamente em inúmeros projetos de emissoras, plataformas de OTT, operadoras de telecom e demais provedores de conteúdos. Antes da Akamai, atuou como consultor e arquiteto de soluções em empresas como Oracle, Ericsson e Accenture. Samuel é formado em Engenharia da Computação pela POLI-USP e possui um MBA pela escola de negócios INSEAD.

CASE LNB/NBB CAIXA: O USO DO LIVE STREAMING COMO ESTRATÉGIA DE VALOR AGREGADO PARA PROMOVER O BASQUETE BRASILEIRO

A Liga Nacional de Basquete (LNB) foi criada em 2003, possui mais de 18 clubes associados, provenientes de oito estados mais o Distrito federal, sendo que 15 participam da 10ª Edição do NBB (Novo Basquete Brasil), um campeonato brasileiro masculino adulto de basquete que é organizado pelos times com a chancela da Confederação Brasileira de Basketball (CBB) e o Patrocínio Master da CAIXA, além dos Patrocínios da SKY, INFRAERO, AVIANCA, NIKE, PENALTY e WEWI e dos Apoios do AÇUCAR GUARANI e do MINISTÉRIO DO ESPORTE.
Além do NBB CAIXA, a LNB também organiza mais duas competições: a LDB (Liga de Desenvolvimento de Basquete) e a Liga Ouro.
A LNB vem se destacando pelo grau de profissionalismo dos seus diretores e colaboradores, adotando práticas de sucesso na gestão esportiva e buscando a inovação.
Em dezembro de 2014, firmou uma parceria inédita com a NBA (National Basketball Association) e, no mesmo ano, adotou uma visão estratégica se tornando a primeira entidade esportiva no Brasil a oferecer a transmissão global de seus jogos por streaming em plataformas de redes sociais, inicialmente pelo Facebook e depois, a partir de outubro de 2017, também pelo Twitter.

Palestrante: Álvaro Cotta – Diretor de Marketing da Liga Nacional de Basquete

Formado em administração pela PUC-Minas com pós-graduação em administração esportiva pela FGV-RJ e marketing pela FDC (Fundação Dom Cabral), atua no mercado de marketing esportivo desde 2000, passando pela diretoria de marketing do Clube Atlético MIneiro, foi também sócio-diretor da agência Ace Esportes, exerceu a presidência da Federação Mineira de Basketball de 2012 a 2016 e foi premiado como Executivo do Ano pelo site Máquina do Esporte em 2017. Desde 2015 é diretor de marketing da Liga Nacional de Basquete, sendo o responsável pela construção e gestão da plataforma comercial e promocional do NBB CAIXA e do Jogo das Estrelas.

Apresentação do caso TV NSports – Branded content no OTT

Apresentação de caso da TV NSports, uma nova plataforma de streaming para transmissão de  eventos esportivos patrocinada pela Netshoes e que nasce com o objetivo de dar visibilidade a modalidades, competições e atletas que normalmente não tem espaço em TVs abertas e a cabo, mas que têm um público cativo e apaixonado pelo esporte. Explicação de como a tecnologia OTT possibilitou a  criação do modelo de negócio e os desafios dos primeiros meses de operação.

Palestrante: Guilherme Figueiredo - Fundador da TV NSports

Experiência de empreendedorismo no esporte desde 2008, trabalhou no Grupo Globo como líder do processo de criação e implementação da Estádio TV, um projeto de gestão de conteúdo e comercialização de mídia nos telões dos estádios brasileiros. Fundador da TV NSports, uma nova plataforma de streaming para a democratização das transmissões esportivas através da Internet.

11h30 - 13h

Distribuição Audiovisual | Sala 16

Futuro da Cobertura da TV Digital Terrestre – Como atingir Todo o País? ( 11h30 – 13h30 )

Futuro da Cobertura da TV Digital Terrestre – Como atingir Todo o País?

A implantação da TV digital está em plena atividade, até o final de 2018 diversos municípios no país, incluindo todos do estado de São Paulo, deverão ter os sistemas analógicos desligados. Porém, uma grande parte das estações, principalmente em pequenas localidades, passarão por este processo apenas em 2023.
Quais as expectativas e quais ações devem ser planejadas pelo setor?

Neste painel, interativo em formato de apresentações e debate (perguntas e respostas),  construído com a participação da SejaDigital, Emissoras de TV , Engenheiros  e Universidades, teremos a oportunidade de discutir as diversas questões que implicam no  planejamento  e tomada de decisão:
Compartilhamento de infraestruturas é importante?
Quando e como investir?
Predição aplicando IA, Analise em campo?
Cobertura, SFN :Tem Sinal?
Quais serão os próximos passos para o futuro da TV Digital?
Perguntas e Sugestões podem ser enviadas para  [email protected]

HORÁRIO DESTE PAINEL ESTENDIDO ATÉ AS 13H30M.

Moderador: Valderez De Almeida Donzelli- Diretora – ADTHEC Engenharia e Sistemas / SET

Graduada pela FEI em engenheira eletrônica, eletrotécnica e  produção. Mestre em engenharia elétrica com defesa da dissertação “Polarização Elíptica: Influência no desempenho de cobertura da TV Digital” e doutoranda com a pesquisa  “TV Digital: Disponibilidade de Sinal”, ambos pela  Universidade Mackenzie . Possui, especialização em TI pela FESP , gestão da TIC  pela FGV e Sistema de TV Digital Avançado pelo INATEL. Diretora Técnica da  ADTHEC (www.adthec.com.br), empresa de  consultoria,  planejamento, projetos, pesquisa e análise de riscos e soluções para estações de  rádio, televisão e telecomunicações do setor público e privado, com ênfase em projeto e implantação de sistemas de transmissão digital e FM. Liderou estudos , testes e medidas dos sistemas para a implantação da TV Digital no Brasil  e do grupo de revisão de regulamento de serviços de radiodifusão de sons e imagens É atual vice diretora de ensino e membro do comite editorial  da SET, onde já atuou como diretora de relacionamento e editorial.

Sem transmissão não há recepção!

 

Palestrante: Gunnar Bedicks - CTO da Seja Digital – (EAD - Entidade Administradora da Digitalização de Canais TV e RTV)

Gunnar Bedicks é pesquisador na área de Comunicação Digital, com suas pesquisas focadas em TV digital, rádio digital e internet. Na última década ele visitou 32 países ao redor do mundo, discutindo as tecnologias para a transição da TV analógica para a TV digital. Além de ser o Pesquisador Chefe do Laboratório de Pesquisas em TV Digital da Universidade Presbiteriana Mackenzie em São Paulo, ele ministra aulas de Comunicações Digitais, Sistemas de Comunicações e Sistemas de TV, para os cursos de Engenharia Elétrica na pós-graduação (mestrado e doutorado) e graduação. Ele também foi o coordenador do grupo de transmissão e modulação durante o desenvolvimento do Sistema Brasileiro de TV Digital. Suas publicações incluem dezenas de artigos científicos, já tendo sido palestrante em diversas conferências acadêmicas, científicas e técnicas no Brasil e no mundo. Sua formação inclui o título de Doutor em Engenharia Elétrica e MBA em Administração pela Universidade de São Paulo, assim como o título de Engenheiro Elétrico pelo Instituto Nacional de Telecomunicações – INATEL, em Santa Rita do Sapucaí, MG. Ele detém sete patentes e é fluente em Inglês e Alemão.

Modelo de propagação em ambiente SFN e aplicação da Inteligência Artificial na predição de cobertura.

A busca por soluções de otimização do uso de banda evidencia que o espectro passa a ser cada vez mais disputado. A operação em SFN pode melhorar significativamente a eficiência do espectro, mas acarreta a necessidade de um planejamento muito mais rigoroso. O Modelo de Propagação é um ponto crítico para a predição da área de cobertura. Será apresentado um comparativo entre medição de campo e diversos Modelos de Propagação e demonstrado como a inteligência artificial (IA) pode contribuir para otimizar a escolha do melhor Modelo de Propagação.

 

Palestrante: Alberto Leonardo Penteado Botelho - Engenheiro de projetos na LM Telecomunicações

Alberto Leonardo Penteado Botelho é mestrando em engenharia elétrica pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Possui graduação em Engenharia Elétrica modo Telecomunicações pela Universidade Paulista, especializações em Engenharia de Sistemas de Televisão Digital pelo Institito Nacional de Telecomunicações, Engenharia de Redes de Telecomunicações pelo Institito Nacional de Telecomunicações e MBA em Gerenciamento de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas. Trabalhou na Rede TV! e atualmente trabalha na LM Telecomunicações (grupo RecordTV) como engenheiro de projetos.

Francisco Peres

 

“Este debate mostrará dois projetos do Grupo de compartilhamento de infraestrutura da ABERT que prometem mudar a relação entre as emissoras e viabilizar a interiorização da TV digital no Brasil Profundo”.

 

Palestrante: Francisco Peres - Gerente de Engenharia - TV Globo

Graduado em Engenharia de Telecomunicações pela Universidade Federal Fluminense e Mestrado em Eletromagnetismo aplicado pela PUC-Rio. Está na TV Globo desde 2003, tendo trabalhado como engenheiro de Projetos, desenhando antenas, transmissores e sistemas de contribuição e distribuição para redes MFN e SFN. Atualmente é gerente do departamento de projetos, instalações e regularização e responsável pela expansão da cobertura digital nas 5 emissoras da TV Globo.

Palestrante: Cristiano Akamine - Pesquisador do Laboratório de TV digital e Professor no curso de Engenharia Elétrica e do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica e Computação / Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM)

Possui graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (1999), mestrado e doutorado em Engenharia Elétrica pela Universidade Estadual de Campinas (2004/2011). É pesquisador do Laboratório de TV digital da Universidade Presbiteriana Mackenzie desde 1998, realizou estágio no NHK Science and Technology Research Laboratories (STRL) e foi professor Especialista Visitante na Faculdade de Tecnologia da Unicamp. Atualmente é professor no curso de Engenharia Elétrica e do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica e de Computação (PPGEEC) da Universidade Presbiteriana Mackenzie e coordenador do Laboratório de TV digital da Universidade Presbiteriana Mackenzie. É Bolsista de Produtividade e Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) - Nível 2. É membro do conselho deliberativo do Fórum do Sistema Brasileiro de TV Digital Terrestre (SBTVD). Possui várias patentes e diversos artigos publicados e tem experiência na área de Engenharia Elétrica, com ênfase em TV digital, comunicação digital, codificação de canal, sistemas embarcados, lógica reconfigurável e rádio definido por software.

 

Palestrante: Luiz Fausto - Especialista em Estratégia e Regulatório - Rede Globo

Possui mestrado profissional em computação aplicada pela UECE (2015), MBA Executivo em Tecnologia da Informação pela UFRJ (2011), curso de extensão em Redes de Vídeo sobre IP pela UFRJ (2009) e graduação em Engenharia Elétrica com ênfase em Eletrônica pela UFRJ/USU (2005). Atualmente é Especialista em Estratégia e Regulatório da Rede Globo , Vice-diretor de Tecnologia da Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão (SET), membro da Delegação do Brasil no ITU-R (SG 6) e na CITEL (CCP.II), membro do Grupo de Implantação do Processo de Redistribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV (GIRED), membro do Grupo de Trabalho de Harmonização do Fórum ISDB-T Internacional.

Fernando  Gomes de Oliveira EAD

 

Palestrante: Fernando Gomes de Oliveira - Gestão e Planejamento de Projetos - Seja Digital

Fernando trabalha no setor de telecomunicações e broadcast desde 1996, promovendo soluções técnicas às principais emissoras de TV, operadores de TV por assinatura e provedores de Internet locais. Na Seja Digital, é responsável pela gestão e planejamento dos projetos de remanejamento de canais de TV com o objetivo de liberar a faixa de 700MHz, possibilitando a implementação de redes de 4G/LTE.

Palestrante: Sérgio Luís Nogueira Martines - Diretor Executivo - SM Facilities

Engenheiro Civil graduado pela Universidade Federal do Paraná e Técnico em Eletrônica pelo CEFET-PR (atual UTFPR), com pós-gradução em Gerência de Obras pela UTFPR e MBA em Gerenciamento de Projetos pelo ISAE/FGV. Possui 28 anos de experiência na área de engenharia de televisão e em gerenciamento de projetos, principalmente para o setor de telecomunicações, tendo atuado por 15 anos na Rede Paranaense de Comunicações, afiliada da Rede Globo. Atuou como consultor em Gestão de Projetos para as áreas de Energia, Financeira, Recursos Humanos, Indústria, Terceiro Setor, Jurídica, Recursos Humanos e Saúde. Atualmente é Diretor Executivo SM Facilities, empresa de serviços de engenharia que presta serviços técnicos e de construção para a área de radiodifusão e de telecomunicações. É também Diretor de Relações Institucionais do PMI-PR e professor de gerenciamento de projetos na Universidade Positivo e SENAI.  

Palestrante: José Frederico Rehme - Diretor da SET / Diretor da TVCI / Professor da Universidade Positivo

José Frederico Rehme é Diretor de Ensino da SET, Coordenador e Professor do Curso de Engenharia Elétrica e Engenharia de Energia da Universidade Positivo e Diretor de Engenharia da TVCi.

14h - 15h30

Contribuição Audiovisual e Infraestrutura | Sala 13

Infraestrutura IP para Centros de Produção

Infraestrutura IP para Centros de Produção

Os trabalhos de construção das normas SMPTE e das especificações AMWA/NMOS para os sistemas IP continuam.
Fabricantes e usuários estão ansiosos por uma padronização que facilite as instalações de sistemas com múltiplos fornecedores.
Neste painel serão discutidos os status destes trabalhos e apresentados cases de sistemas onde não foi possível aguardar a conclusão das padronizações.

Moderador: José Antônio S. Garcia - EBC/SET

Técnico em Eletrônica pela ETE em Sta. Rita do Sapucaí em 1975 e Engenheiro em Telecomunicações pela Universidade São Judas em 1982. Tem trabalhado em empresas de televisão desde 1975, atualmente gerente de engenharia na TV Brasil-SP. Membro da SET – Diretoria de Tecnologia, do Fórum SBTVD - Módulo Técnico, do Projeto UHD Brasil - Grupo de Distribuição e do Grupo de Estudos IP da SET - Coordenador.

IP para Produção Ao Vivo

Nesta palestra, apresentaremos uma visão dos desafios e benefícios da adoção da tecnologia IP na infraestrutura para produção ao vivo, com alguns exemplos de casos reais de implementações e possibilidades de aplicações. Também vamos conhecer o histórico da evolução da tecnologia do NMI (Network Media Interface), bem como a natural transição para o padrão ST 2110.

Palestrante: Erick Soares - Expert em Tecnologia- Sony

Expert em Tecnologia para Suporte a Vendas e Marketing, atuante há mais de 15 anos na Sony, em novas tecnologias, workflow e produtos no mercado de broadcast. Formado pela F.E.I (Faculdade de Engenharia Industrial – S.B.C./SP) e Pós-Graduado pela F.I.A. (Fundação Instituto de Administração- USP). Acompanhou o desenvolvimento de novos produtos bem como a implementação de projetos estratégicos, servindo de interface entre clientes brasileiros e engenharia do Japão, bem como participou de diversos eventos nacionais e internacionais.

Estudo de Caso: Projeto de novas instalações para Radio Canada Television e Radio Production Center em Montreal, Canada

1. Sobre a Radio Canada e o projeto de instalação da nova Maison Radio Canada.
2. Objetivo do Projeto / Instalações , por que IP ?
3. Abordagem do Desenho do Projeto: Piloto e Prova de Projetos Conceituais
4. Lições Aprendidas e Principais Decisões Arquitetônicas.
        – Topologia de rede
        – A importância surpreendente dos perfis ST-2110 Wide e Narrow
        – Desafios relacionados ao PTP e arquitetura de referência escolhida
        – O desafio de configuração do sistema
        – A lacuna de habilidades em TI
5. Conclusões

Palestrante: Michel Proulx - Consultor - Radio Canada / Canadian Broadcasting Corporation

Michel Proulx é um engenheiro e executivo da indústria de mídia, com mais de 35 anos de experiência trabalhando com os principais fabricantes e emissoras da indústria de televisão. Desde que se aposentou como CTO da Miranda Technologies, no final de 2012, é consultor para várias emissoras e fornecedores do setor de transmissão. O foco atual de Michel é ajudar os radiodifusores a entender e navegar no cenário de distribuição OTT em rápida evolução e fazer a transição para infraestruturas baseadas em TI e IP. Atualmente, Michel está envolvido em um grande projeto na Radio Canada / Canadian Broadcasting Corporation para a reconstrução da Maison Radio Canada, a principal instalação de produção e reprodução de língua francesa da emissora canadense em Montreal. Posicionando a emissora para poder adaptar-se às necessidades de produção e distribuição que estão mudando rapidamente, a nova instalação contará com uma infra-estrutura totalmente IP e uma combinação de hardware de função fixa, hardware definido por software e subsistemas de software virtualizado. Michel é bacharel em Engenharia Elétrica e Software de Computador, pela Universidade de Waterloo. Michel é um membro ativo da Sociedade de Engenheiros de Cinema e Televisão-SMPTE.

ATUALIZAÇÃO dos PADRÕES – SMPTE

Palestrante: Matthew Goldman - Senior Vice President Technology at MediaKind / Fellow & President of SMPTE / Senior Member at IEEE

Matthew Goldman é vice-presidente sênior de tecnologia, TV e mídia da MediaKind , com foco em soluções de processamento de vídeo e media delivery. Ele participa ativamente do desenvolvimento de sistemas de televisão digital desde 1992. Teve uma destacada atuação no Moving Picture Experts Group, onde ajudou a criar os padrões MPEG-2 Systems e DSM-CC. Continua influente em outras organizações como a Society of Motion Picture and Television Engineers (SMPTE), a Alliance of IP Media Solutions (AIMS), o Fórum Ultra HD, o projeto Digital Video Broadcasting, o Advanced Television Systems Committee e a Society of Cable Telecommunications Engineers. Quatro de seus projetos tiveram reconhecimento da Technology & Engineering Emmy® Awards. O Sr. Goldman recebeu diplomas de bacharelado (com distinção) e mestrado em engenharia elétrica pelo Instituto Politécnico de Worcester. Ele possui seis patentes relacionadas ao transporte de vídeo digital.Membro da SMPTE, ele também é membro sênior do IEEE e membro da Academia de Pioneiros de Televisão Digital. O Sr. Goldman é o atual presidente da SMPTE.

Robert Erickson - painel José Antonio

Estudo de caso em instalações bem sucedidas baseadas no SMPTE ST 2110

Após a ratificação do SMPTE ST 2110, o setor aproveitou rapidamente as capacidades aprimoradas de escala e fluxo de trabalho de uma infraestrutura IP baseada em COTS.
Tendo feito várias infraestruturas fixas e móveis com base no SMPTE ST 2110, Robert discutirá um estudo de caso sobre duas dessas instalações. Um caminhão OB baseado em ST 2110 e uma instalação fixa baseada em IP.
O estudo de caso discute as lições aprendidas na implementação de infraestruturas IP sem bloqueio (non-blocking), plataformas de processamento FPGA flexíveis, camadas de controle e orquestração, tempo PTP e a necessidade de promover a proliferação de ferramentas de fluxo de trabalho abertas, como AMWA IS-04 e IS-05.

Palestrante: Robert Erickson – IP Evangelist – Grass Valley

Membro da Grass Valley desde 2008, com mais de 18 anos de experiência no mercado de Broadcast e TI. Em sua carreira trabalhou em projetos e manutenção de infraestrutura e sistemas de playout baseados em tecnologias emergentes. Participa da Aliança para Soluções de Mídia em IP (AIMS). Dedica grande parte de seu tempo com a educação de clientes para as tecnologias emergentes em IP e treinamento de equipes internas. Projeta e gerencia ‘provas de conceito’ - POC - para clientes, testando e implementando soluções - incluindo cameras, servidores, routers, multiviewers, processadores e soluções em software. Robert é participante ativo do SBE, SMPTE e HPA.

14h - 15h30

Regulatório e Normatização | Sala 12

O Futuro do Espectro de Radiodifusão

O FUTURO DO ESPECTRO

Estamos às vésperas de completar com sucesso uma grande transição no espectro de UHF com a digitalização da audiência da TV aberta e o desligamento do sinal de TV analógica que já abarca mais de 100 milhões de pessoas. Ao mesmo tempo, no cenário internacional, a gestação da próxima geração de TV avança para uma etapa pré-comercial. Tendo esse cenário como pano de fundo, os palestrantes irão debater sobre os desafios e as oportunidades no uso do espectro para permitir o fortalecimento e expansão dos modelos de distribuição terrestre e satelital, analisar modelos disruptivos de distribuição e traçar cenários de uso do espectro que permitam a implantação no Brasil de uma nova geração de TV.

Moderador: Ana Eliza Faria e Silva - Gerente de Estratégia e Regulatório na área de Tecnologia - TV Globo

Engenheira eletricista graduada pela UNICAMP, ela tem mestrado em avaliação subjetiva de vídeo pela UNICAMP, MBA em Gestão pela Fundação Dom Cabral e MBA em Telecomunicações pelo IBMEC. Atuou em diversos projetos pioneiros de transmissão de vídeo e na padronização da TV Digital no Brasil. Atualmente é gerente de Estratégia e Regulatório na área de Tecnologia da TV Globo. Ex-diretora de Tecnologia e atual vice-diretora Internacional da SET, Ana é uma ativa contribuidora da UIT onde atua como vice-coordenadora do Grupo de Estudos de Radiodifusão.

Francisco Peres

Panorama atual e desafios da alocação de espectro nas faixas de VHF e UHF no Brasil

Esta apresentação abordará a ocupação atual no Brasil das faixas de VHF e UHF para o serviço de TV e os desafios e limitações para a implantação de uma nova plataforma de distribuição nas principais metrópoles do país.

Palestrante: Francisco Peres - Gerente de Engenharia - TV Globo

Graduado em Engenharia de Telecomunicações pela Universidade Federal Fluminense e Mestrado em Eletromagnetismo aplicado pela PUC-Rio. Está na TV Globo desde 2003, tendo trabalhado como engenheiro de Projetos, desenhando antenas, transmissores e sistemas de contribuição e distribuição para redes MFN e SFN. Atualmente é gerente do departamento de projetos, instalações e regularização e responsável pela expansão da cobertura digital nas 5 emissoras da TV Globo.

Futuro da TV Digital – Considerações sobre o Espectro para 5G-Xcast

O foco da palestra será sobre a utilização de redes celulares para transmissão terrestre e a evolução de padrões – especialmente do ponto de vista do espectro para permitir tal mudança.

Palestrante: Athul Prasad - Head of 5G Business Modeling & Analysis- Nokia

Dr. Athul Prasad é um experiente gerente sênior, pesquisador, inovador e tecnólogo, com uma paixão pela mudança através de inovações disruptivas. Ele trabalhou em várias empresas de telecomunicações, como Huawei, Nokia e NEC, em pesquisa, gerenciamento de negócios e desenvolvimento de produtos por mais de 10 anos. Atualmente, ele faz parte do programa de liderança 5G da Nokia e é o chefe da 5G Business Modeling & Analysis, com sede em Helsinki, na Finlândia. Ele também contribuiu para o projeto principal 5G-PPP fase-2 em multicast / broadcast chamado 5G-Xcast, como gerente técnico do projeto. Seus interesses de pesquisa incluem capacitadores de tecnologia para sistemas 5G end-to-end, especialmente em novos mercados e verticais, como mídia e entretenimento, e está sempre à procura de inovações tecnológicas disruptivas em 5G que impulsionem a criação de valor dentro do ecossistema. Ele é o co-autor e co-inventor de mais de 80 publicações internacionais, pedidos de patente (incluindo patentes concedidas), relatórios técnicos e contribuições para padrões. Ele ganhou o prêmio de melhor artigo no IEEE VTC-Spring 2013 e o melhor paper 5G no IEEE BMSB 2018, e participou de várias conferências e importantes journals. Ele recebeu seu mestrado, M.Sc. (Tech.) (com distinção) e doutorado, D.Sc. (Tech) em Engenharia de Comunicações pela Aalto University, e está cursando o Programa de Educação Executiva de um ano (LEAD) em Inovação Corporativa pela Graduate School of Business da Stanford University. Ele é membro da IEEE Broadcast Technology Society.

O desafio do espectro nos EUA

Alterações de formato de transmissão não acontecem frequentemente, e quando o fazem, o plano de transição é sempre um desafio – tanto para as emissoras como para consumidores.
As várias experiências de países ao redor do mundo na transição da TV analógica para a digital (que ainda continua em muitas áreas) testemunham essa complexidade.
Agora começa uma segunda transição, da TV digital de primeira geração para a “Next-Gen TV”. Nos EUA (e em outros lugares), novas alocações para banda larga sem fio e outros serviços reduziram o espectro anteriormente alocado para a televisão aberta. Desta forma, a transição para a Next-Gen é ainda mais desafiadora do que o caso analógico-digital. Esta apresentação abordará como este desafio está sendo enfrentado pela indústria dos EUA.

Palestrante: Skip Pizzi - Vice-presidente de Educação Tecnológica e Outreach da NAB

Skip Pizzi é engenheiro, jornalista, editor, autor e coach de tecnologia. Atualmente, exerce o cargo de vice-presidente de Educação Tecnológica e Outreach da National Association of Broadcasters (NAB). Também é vice-presidente do Grupo de Tecnologia 3 (TG3) do Advanced Television Standards Committee (ATSC), que está desenvolvendo o padrão ATSC 3.0. É membro do Conselho de Administração do Fórum Ultra HD e editor associado do Manual de Engenharia da NAB, 11ª edição.  Graduado pela Universidade de Georgetown, estudou Engenharia Elétrica, Economia Internacional e Belas Artes.  Seu livro mais recente é A Broadcast Engineering Tutorial for Non-Engineers, 4 ª edição.

14h - 15h30

Produção de Conteúdo | Sala 15

Jornalismo de Dados

Jornalismo de Dados

Evolução do big data, novas tecnologias de inteligência artificial e processamento de linguagem natural, abertura de dados públicos, uso massivo de redes sociais. Esses são os ingredientes que levam ao uso de Ciência de Dados para Jornalismo. Nesse painel abordaremos as tecnologias e estruturas necessárias para a implementação de um ambiente de jornalismo de dados.

Moderador: Daniel Monteiro - Gerente de P&D - TV Globo

Engenheiro Eletrônico pela UFRJ e M.Sc em Processamento Digital de Sinais pela Coppe/UFRJ, tendo a área de compressão de vídeo como tema de pesquisa. Trabalha na área de Pesquisa e Desenvolvimento/Inovação da tecnologia da TV Globo desde 2000, onde hoje exerce a função de gerente do setor. Em 2002 trabalhou no centro de pesquisa da TV japonesa NHK realizando pesquisas com o padrão de compressão H.264, na ocasião em estágio de padronização. Apaixonado por novas tecnologias e gestão da inovação, com muitos anos de experiência em desenvolvimento de software, hoje lidera um time criativo que realiza pesquisas e projetos principalmente nas áreas de processamento de sinais, inteligência artificial, realidade virtual, computação, eletrônica e IoT

Histórias sobre Dados

Como a TV Globo está usando tecnologias de Big Data para contar Histórias sobre Dados. Será abordado a Estratégia, Arquitetura e casos práticos de uso.

Palestrante: João Castellani, Gerente de Arquitetura de Informação e Integração - TV Globo

Profissional atuando no mercado a mais de 20 anos, formado em Matemática/ Bacharel em Informática pela UERJ. Responsável pelos projetos de Big Data da TV Globo.

Visualização de dados e a Web

Ao permitir acesso a grandes quantidades de dados e em tempo real, a Web possibilitou o surgimento de experiências inéditas de visualização de dados. Esta palestra fará uma breve introdução sobre visualização de dados e mostrará uma seleção de exemplos que usam o poder da Web para revelar dados através de gráficos e mapas interativos. Também discutiremos as principais tecnologias, ferramentas e serviços que podem ser usados para criar visualizações interativas para a Web.

Palestrante: Helder da Rocha, Consultor e Instrutor - Argo Navis Tecnologia e Arte

Helder da Rocha escreve, ministra cursos e palestras sobre tecnologias Web desde 1995. Mestre em informática pela Universidade Federal da Paraíba, é autor de livros sobre HTML e JavaScript, e dezenas de tutoriais e apostilas sobre tecnologias Java, HTML, JavaScript, XML, arquitetura de sistemas, eletrônica e Arduino. Atualmente está escrevendo um livro sobre visualização de dados com D3.js (Packt Publishers, 2019). Ele é também artista visual (ilustrações e esculturas científicas - paleoarte) com trabalhos em museus de ciência de São Paulo, São José dos Campos, Lisboa e Uberaba.

O uso da tecnologia no combate às fake news

Com seu braço de inteligência artificial, o Aos Fatos mostra com o projeto Fátima como a tecnologia pode ser usada no combate às notícias falsas e na disseminação da checagem de fatos para quem realmente importa: aqueles que são expostos às fake news diariamente.

Palestrante: Bárbara Libório, Editora - Aosfatos

Bárbara Libório é jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo e especializada em investigação, dados e visualização pela Universidad Rey Juan Carlos e pela Escuela de Periodismo da Unidad Editorial, dona do jornal espanhol El Mundo. Passou pelas editorias de economia de grandes veículos brasileiros como os portais Exame.com e iG, e o jornal Folha de S. Paulo. Também foi repórter da revista semanal IstoÉ, onde escrevia sobre política, economia, mundo e comportamento. Desde 2016 atua como checadora no Aos Fatos, o primeiro veículo brasileiro voltado exclusivamente para a verificação do discurso público. Começou como repórter, cobrindo o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, as eleições municipais de 2016 e a crise política do governo Michel Temer em 2017, e hoje é editora. É também editora-adjunta do Canal Meio.

14h - 15h30

Distribuição Audiovisual | Sala 16

Digitalizando os sinais analógicos das parabólicas

Digitalizando os sinais analógicos das parabólicas

Diante do grande desafio do desligamento terrestre dos sinais analógicos em todo o Brasil, a distribuição via satélite ganha relevância como estratégia no complemento de cobertura. No painel, vamos explorar as principais vantagens desta escolha. Mas a que preço? Que soluções os países que já realizaram o switch off analógico aplicaram em seus mercados? E no Brasil, há alguma oportunidade? Que ações e quais inovações tecnológicas nas plataformas de satélite podem ajudar na digitalização da base?
Participe deste debate. Contamos com a sua presença!

Moderador: Leonardo Chaves - Gerente de Projetos em Novas Tecnologias de Transmissão - TV Globo

Gerente de Projetos na área de Novas Tecnologias de Transmissão da TV Globo e atual coordenador no Módulo Técnico do Fórum SBTVD. Formado em engenharia eletrônica e de computação pela UFRJ, possui mestrado em Engenharia Elétrica também na UFRH e MBA em Gestão Empresarial na PUC-Rio.

  • A SES irá apresentar casos de sucesso na cobertura de TV HD na Alemanha (após o switch off do sistema analógico no satélite), como HD+ e novas soluções para regiões emergentes como Africa e América Latina.

Palestrante: Jurandir Pitsch – Vice President Sales – SES

Jurandir Pitsch é Vice Presidente de Vendas e desenvolvimento de mercado da SES Video para a América Latina. Jurandir é engenheiro de telecomunicações com mais de 35 anos de atuação na área de satélites.

  • A Eutelsat apresentará o case de sucesso de complementação de DTT, levando a todo o país os canais terrestres via satélite, agregando alternativas mais amplas de acesso a conteúdo e conectividade.

 

Palestrante: Gustavo Marra - Diretor de Vendas de Vídeo para a América Latina

Formado em Engenharia de Telecomunicações pela UERJ, com pós-graduação em Redes de Vídeo sobre IP e com um MBA em gerenciamento de projetos pela FGV, Gustavo tem mais de 17 anos na indústria de vídeo e Broadcasting, atualmente na posição de Diretor de Vendas de Video na Eutelsat Americas, sendo responsavel pela ampliacao dos negocios de Video com foco na America Latina. Anteriormente, Gustavo trabalhou por 7 anos na ATEME com VP de Solucoes e Desenvolvimento de Negocios e quase uma decada na TV Globo como gerente de projetos.

  • A importância de se basear em dados de consumo no desenho e melhoria das interfaces voltadas a facilitar o acesso do usuário ao conteúdo que ele gosta.

Palestrante: Danilo Almeida - Head of System Integration – LATAM na Nagra

Formado em sistemas de informação e MBA em gestão de operações pela Poli-USP. Coordenação de times multidisciplinares de desenvolvimento de sistemas e interfaces de usuário para settop boxes.

  • Como a tecnologia aplicada ao conteúdo de vídeo pode agregar valor e diminuir custos.

 

Palestrante: Mauricio Morales - Engenheiro de Vendas Sênior da Verimatrix para Latam

É formado em Engenharia de Computação, tendo trabalhando na indústria de Video/ISP por mais de 15 anos em empresas como Conax, Harmonic e Envivio. Está na Verimatrix há 6 anos e atualmente atende contas como Globo no Brasil, Cablevision e Telecentro na Argentina, Entel no Chile, TCC no Uruguai com foco em multi-plataformas de vídeo.

16h - 17h30

Contribuição Audiovisual e Infraestrutura | Sala 13

Cloud Services: ao alcance de toda a Indústria de Mídia e Entretenimento

AlexandreSano1-e1438789320151

Cloud Services: ao alcance de toda a Indústria de Mídia e Entretenimento

A ampliação da oferta de serviços e o custo de acordo com o tamanho do bolso de cada demanda, tem tornado os serviços em Nuvem (Cloud) uma ferramenta importante para a operação e o futuro das empresas de Mídia e Entretenimento.
A IaaS (Infrastrutucture as a Service), SaaS (Software as a Service) e PaaS (Platform as a Service) tem permitido o consumo e o desenvolvimento de aplicações no ambiente de nuvem, com baixo investimento e grande velocidade e eficiência.
Boa parte dos serviços em Cloud disponíveis no mercado oferecem um ambiente aberto, o que facilita o desenvolvimento em grandes, médias e pequenas empresas, inclusive abrindo espaço para desenvolvedores independentes.
A proposta do painel é trazer uma atualização do panorama desse mercado, em constante evolução, além de trazer alguns cases e aplicações já disponíveis à Indústria de Mídia e Entretenimento.

Moderador: Alexandre Sano – Gerente de Engenharia SBT

Vice-Diretor de Eventos da SET.Graduado em Engenharia Eletrônica pelo Mackenzie. Pós-graduado em Gestão Empresarial e Inovação Tecnológica pela ESPM. Pós-graduado em TV Digital pelo Mackenzie. Em 2002, iniciou as atividades no SBT e atualmente é responsável pela administração da infra-estrutura técnica de todo SBT SP. Atua também no desenvolvimento de soluções para melhoria continua das atividades, utilizando inovações de processos e de tecnologia. Participa das atividades desenvolvidas pela SET e pelo Fórum do Sistema Brasileiro de TV Digital Terrestre.

Google Cloud

Google tem por missão organizar toda informação e fazê-la universalmente acessível e útil. Para tanto desenvolveu e implantou recursos tecnológicos que hoje são disponibilizados ao mercado como serviços de Google Cloud.
Uso de recursos em nuvem tem sido buscados por oferecer ganhos de tempo, elasticidade, segurança, custos, entre outros. Inteligência Artificial tem permitido inovação de novas maneiras e encantado diferentes indústrias. Não é diferente na industria de Media. Empresas como New York Times e 20th Century Fox usam Google Cloud para inovar e se diferenciar.
Google Cloud simplifica o uso de nuvem e permite a migração da maneira mais adequada às suas aplicações.

Palestrante: Marlon Kotai - Costumer Engineering at Google

Especialista técnico e evangelista do Google Cloud para o Brasil há 6 anos. Alavancar soluções em nuvem no mercado brasileiro o incentiva e estimula todos os dias assim como levar a mensagem transformadora dos negócios do Google para as empresas no Brasil. Sua experiência profissional tem grande foco em agregação de valor ao negócio, e neste caso, como Google pode não só trazer inovação ao dia a dia da empresa mas principalmente identificar e quantificar os benefícios desta mudança, sentidos pela empresa e colaboradores. Marlon tem o curso de especialização no MIT:Massachusetts Institute of Technology, MBA em Gestão de Negócios pela FIA São Paulo, pós-graduação em Tecnologia da Informação pela FIAP São Paulo, graduação em Ciências da Computação pela UFSCar, além da certificação PMP - Project Management Professional. Sua carreira tem passagens de sucesso em empresas como SAP e Business Objects.

A FOX Sports revoluciona a entrega da Copa do Mundo da FIFA 2018 usando o IBM Aspera

A cobertura da FOX Sports da Copa do Mundo de 2018 entregou mais vídeos para os telespectadores dos EUA do que foi transmitido nas quatro Copas do Mundo da FIFA anteriores somadas, reduzindo os custos de produção remotos. Ao usar a tecnologia IBM Aspera® FASPStream ™ integrada nos produtos Lightspeed Live e Vantage da Telestream, em redes IP não gerenciadas, a FOX Sports acelerou fluxos de vídeo em HD e UHD dos locais na Rússia para suas instalações centrais em Los Angeles para edição em tempo real estavam em andamento.

Palestrante: Jonathan E. Solomon - Strategic Iniciativas Engineer da Aspera

Jonathan juntou-se à Aspera, uma empresa IBM, em 2014, trazendo mais de 25 anos de experiência em gerenciamento de projetos, administração e gerenciamento de projetos em Mídia e Entretenimento. Sua vasta experiência em transmissão e IP permite que ele rotineiramente faça a ponte entre os dois mundos. Os destaques da carreira incluem a arquitetura da WWE OTT Network, design de rede de fibra escura e gerenciamento e design de projetos para várias instalações de transmissão multimilionárias. Ao longo de seus vinte e cinco anos de experiência em Engenharia de Transmissão, Jonathan ocupou vários cargos. Foi gerente sênior de projetos de engenharia na World Wrestling Entertainment (WWE), diretor de engenharia da Mid-Atlantic Sports Network, e passou mais de uma década como engenheiro encarregado de transmissões OB de TV. Suas viagens cobriram 45 dos 50 Estados Unidos.

O futuro de News & Pós Produção de Video

Avid fornece uma perspectiva do futuro de news e pós produção e explica como os clientes podem melhorar suas operações nestas áreas, com soluções em cloud. De inteligência artificial ao novo modelo de desenvolvimento, o panorama tecnológico tem se alterado rapidamente. Descubra como clientes visionários tem buscado um caminho para se tornarem mais flexíveis e adaptáveis ao mundo de mídia.

Palestrante: Craig Dwyer - Senior Director Global Center of Excellence da Avid

Meu histórico é uma mistura de um tecnólogo & marketeer focado no setor de mídia e entretenimento, Experiência em edição e produção de televisão na Remote Films em Londres, Consultoria e gerenciamento de produtos tecnológicos na Avid Technology em Boston. Gerenciamento de nível executivo da BBC Technology onde eu era CTO & CMO, e depois através de uma transação de US $ 3 bilhões e venda e terceirização para a Siemens. Hoje estou liderando o Avids Global Center of Excellence - um evangelista global, arquitetura & equipe de especialistas que trabalha em todo o portfólio da Avid.

Ferramentas de Computação em nuvem e o mercado de Media e entretenimento

Com o crescimento e transformação do mercado, as ferramentas de computação em nuvem ganham cada vez mais espaço no que tange ao desenvolvimento de negócios nos mais diversos mercados, incluindo, é claro, o mercado de Mídia e Entretenimento.

Durante esse painel, acompanhe Flaviano Sousa, em uma discussão sobre o cloud computing no mercado de mídia e entretenimento e como essas plataformas podem facilitar o processo de orquestração de fluxos de conteúdo, permitir a distribuição entre diferentes plataformas, a personalização/direcionamento de propagandas todos aliados a inteligência artificial para automatizar processos visando a melhoria da qualidade do conteúdo e a experiência do usuário.

Palestrante: Flaviano Sousa - Arquiteto de Soluções - AD Digital

Formado em engenharia, Flaviano Sousa tem 8 anos de atuação em projetos de Cable TV , IPTV, DTH/ UPlinks, projetos de distribuição e contribuição IP com as tecnologias mais renomadas do mercado.  Em sua carreira atuou no desenho de projetos turnkey e sua experiência contempla a área de  pré-vendas com profundo conhecimento técnico nesse mercado. Desde 2015, Flaviano trabalha na área de tecnologia da AD Digital como Arquiteto de Soluções e é responsável por diversos projetos integrados de renome.

16h - 17h30

Contribuição Audiovisual e Infraestrutura | Sala 12

Sessão SMPTE : – Migração Broadcast para “All-IP” Master Class / Atualização das Atividades e Padrões do SMPTE

SESSÃO SMPTE : – MIGRAÇÃO BROADCAST PARA “ALL-IP” MASTER CLASS / ATUALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES E PADRÕES DO SMPTE

 

Moderador: Paulo Henrique Castro - Diretor de Tecnologia e P&D da TV Globo

Engenheiro pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro em 1996 (PUC-Rio). Trabalhando com a Globo desde 1996, onde começou um programa de estágio. Responsável pela padronização da Digitial TV no Brasil. - Coordenador do Grupo de Trabalho de Codificação de Áudio e Vídeo do Fórum SBTVD. -Chairman do ABNTCommitee para TV Digital (Associação Brasileira de Normas Técnicas, Ramo ISO do Brasil). - Ponto de contato para o Subgrupo A - Especificações, no Grupo de Trabalho Conjunto Brasil-Japão para a iniciativa de Televisão Digital - Membro da SET (Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão) desde 1996. Também membro de muitas sociedades do IEEE (CommSoc, BTS, MTT , CE) e SMPTE

Broadcast Migration to All-IP

Para ser mais ágil nas operações e alavancar as economias de escala e flexibilidade que a infraestrutura de TI oferece, as emissoras estão, cada vez mais, migrando de arquiteturas específicas de broadcast para soluções baseadas em TI. Isso vai  lado a lado com a tendência de processamento de mídia definido por software e virtualização de rede. Esta sessão, primeiramente, irá fornecer uma visão geral dos desafios que as empresas de radiodifusão enfrentam, os benefícios de se transformar em “All IP” e uma visão geral do que exatamente significa “All IP”. Em seguida, mergulhará mais fundo nas próprias tecnologias, começando com uma discussão do rodmap da Joint Task Force on Network Media (JT-NM) e dos planos de interoperabilidade e essência de dados, seguido de uma visão geral dos principais padrões por trás de “All IP ”, incluindo o novo conjunto de padrões SMPTE ST 2110 para Mídia Profissional sobre IP eAMWA  Network Media Open Specifications (NMOS).

Palestrante: Matthew Goldman - Senior Vice President Technology at MediaKind / Fellow & President of SMPTE / Senior Member at IEEE

Matthew Goldman é vice-presidente sênior de tecnologia, TV e mídia da MediaKind, com foco em soluções de processamento de vídeo e media delivery. Ele participa ativamente do desenvolvimento de sistemas de televisão digital desde 1992. Teve uma destacada atuação no Moving Picture Experts Group, onde ajudou a criar os padrões MPEG-2 Systems e DSM-CC. Continua influente em outras organizações como a Society of Motion Picture and Television Engineers (SMPTE), a Alliance of IP Media Solutions (AIMS), o Fórum Ultra HD, o projeto Digital Video Broadcasting, o Advanced Television Systems Committee e a Society of Cable Telecommunications Engineers. Quatro de seus projetos tiveram reconhecimento da Technology & Engineering Emmy® Awards. O Sr. Goldman recebeu diplomas de bacharelado (com distinção) e mestrado em engenharia elétrica pelo Instituto Politécnico de Worcester. Ele possui seis patentes relacionadas ao transporte de vídeo digital.Membro da SMPTE, ele também é membro sênior do IEEE e membro da Academia de Pioneiros de Televisão Digital. O Sr. Goldman é o atual presidente da SMPTE.

O caminho para o Futuro – SMPTE

A indústria da mídia está em constante evolução e as mudanças estão, novamente, sobre nós . Novos padrões de imagem bem como novos formatos de áudio estão surgindo, e  o streaming de conteúdo para consumo  on-line é uma prática comum. Tudo isso requer uma nova infra-estrutura com custo reduzido para competir em um mercado de mídia em constante crescimento. As redes IP que permitem que a infraestrutura de mídia se mova para data centers são vistas como uma solução. Isso traz consigo uma transição de equipamentos especializados para  sistemas de computadores comoditizados com aplicativos somente de software.
Esta apresentação mostra como a SMPTE se adaptará a essas mudanças para produzir os padrões e especificações para a próxima geração da indústria de mídia. Ela apresentará brevemente o SMPTE, detalhará os esforços para manter o foco nas necessidades do setor e atualizar os esforços de Padronização do SMPTE para o futuro da produção, processamento e distribuição de mídia.

Palestrante: Thomas Bause Mason​ - Director of Standards Development -SMPTE

Thomas Bause Mason é o Diretor de Desenvolvimento de Padrões da Sociedade de Engenheiros de Cinema e Televisão (SMPTE). Na SMPTE, ele é responsável por manter a infraestrutura técnica para a comunidade de padrões e para o escritório doméstico do SMPTE. Bause Mason, ex-proprietário da Open Media Consulting, iniciou sua carreira em Colônia, na Alemanha, como programador de computador para softwares de automação nas indústrias nuclear e automobilística. Antes de se mudar para Los Angeles, Bause Mason trabalhou na West German Television (WDR) e no Cologne Broadcasting Center, onde liderou o departamento de controle de qualidade. Em Los Angeles, tornou-se um consultor de pós-produção e depois construiu e gerenciou as operações de codificação da Ascent Media. Juntando-se à NBCUniversal em 2005, ele se concentrou em tecnologias emergentes, passando dois anos em Londres para apoiar os negócios internacionais da empresa. Ao longo de sua carreira, Bause Mason auxiliou organizações do setor no desenvolvimento de padrões, recomendações técnicas e relatórios de grupos de estudo. Ele possui várias patentes e é membro do SMPTE.

16h - 17h30

Inovação e Tecnologias Disruptivas | Sala 15

Painel P&D – NHK / STRL Open House 2018 e ETRI / Coréia do Sul

Painel P&D – NHK / STRL Open House 2018 e ETRI / Coréia do Sul

Dois dos maiores centros de pesquisa da Asia em TV digital avançada apresentam os seus projetos de P&D: A NHK do Japão com tópicos relacionados à experiencia do espectador e a ETRI da Coréia do Sul com os desenvolvimentos  sobre o sistema ATSC 3.0.

Moderador: Fernando Bittencourt – Diretor Internacional da SET

Fernando Bittencourt é diretor internacional e membro do Conselho de Ex-presidentes da SET. Engenheiro eletrônico, é fundador da FB Consultoria e ex-diretor geral de Engenharia da Rede Globo. Faz parte do Conselho Deliberativo do Fórum SBTVD e é membro das entidades internacionais: IEEE, IBC e SMPTE. Em 1994, tornou-se o coordenador do grupo criado pela SET e pela ABERT que estudou e implantou a TV digital no Brasil. Foi conselheiro titular do Conselho de Comunicação Social do Senado Federal. É reconhecido mundialmente como engenheiro de notório saber na área de comunicações.

P&D em Tecnologia de Radiodifusão – Uma introdução do NHK STRL Open House 2018

Esta apresentação trará uma visão geral das últimas pesquisas da NHK Science & Technology Research Laboratories (STRL) reportadas no evento anual “Open House 2018” onde foram exibidos 29 tópicos. A exposição foi apresentada com base nos principais temas de pesquisa do plano de 3 anos de P&D do STRL (FY 2018-2020), que são Reality Imaging, Connected Media, e Smart Production. A “Reality Imaging” visa a criação de experiências espaciais para além de um elevado sentido de presença e realidade. “Connected Media” aprimorará a experiência do usuário com as tecnologias da Internet. “Smart Production” possibilitará a entrega de informações precisas e rápidas para todos. Mais detalhes serão explicados na apresentação.

Palestrante: Hirokazu KAMODA, Ph.D. - Senior Manager - Science & Technology Research Laboratories - Japan Broadcasting Corporation (NHK)

Hirokazu Kamoda recebeu seu M.E. do Instituto de Tecnologia de Tóquio, em 1997, e de Ph.D da Aoyama Gakuin University em 2011. Entrou para a NHK em 1997. A partir de 2001, ele está no STRL - Laboratório de pesquisa de Ciência e Tecnologia da NHK, onde tem se empenhado na pesquisa e desenvolvimento de antenas phased array, sistemas de transmissão HDTV sem fio, links de microondas, etc. De 2012 a 2015, esteve ligado ao Advanced Telecommunications Research Institute International. Agora, é Gerente Sênior da Divisão de Planejamento e Coordenação da STRL.

ETRI – Pesquisa e Desenvolvimento para Transmissão UHD com ATSC3.0 – base Korea

Nesta palestra serão apresentadas as pesquisas em andamento relacionadas ao ATSC 3.0:

– Desenvolvimento de chipset ASIC para o modulador e demodulador ATSC 3.0
– Sistema master de  antena de TV para apartamento ou edifício comum
– Projeto SFN para toda a nação na Coréia (sinal TxID)
– OTA (ATSC 1.0 / 3.0) / OTT settop box development
– Desenvolvimento de receptor móvel tipo Dongle
– Transmissão híbrida de Broadcast / Broadband baseada em SHVC
– ATSC 3.0 Channel bonding e desenvolvimento do sistema MIMO
– Publicidade direcionada e alerta de emergência avançado

Palestrante: Sung-Ik Park - Pesquisador do ETRI - Instituto de Pesquisas em Eletrônica e Telecomunicações | Departamento de Pesquisa de Sistemas de Radiodifusão

Sung-Ik Park recebeu o BSEE da Universidade de Hanyang, Seul, Coréia, em 2000; o MSEE da POSTECH, Pohang, Coréia, em 2002; e o Ph.D. pela Universidade Nacional de Chungnam, Daejeon, Coréia, em 2011. Desde 2002, ele trabalha no departamento de pesquisa de radiodifusão do ETRI (Electronics and Telecommunication Research Institute), onde é responsável pela pesquisa, padronização, implementação e teste de campo para DTV terrestre. Seus interesses de pesquisa estão nas áreas de códigos de correção de erros e comunicações digitais, em particular, processamento de sinais para televisão digital. Nesta área, ele desenvolveu com sucesso o transmissor e receptor ATSC 1.0 / 3.0, repetidor on-channel, sistema de transmissão de dados aumentada, sistema de multiplexação por divisão em camadas (LDM), etc. O Dr. Park tem cerca de 200 publicações e premios por seu trabalho nas áreas de radiodifusão / comunicação. O Dr. Park atualmente é editor associado do IEEE Transactions on Broadcasting e do ETRI Journal, e ilustre palestrante da IEEE Broadcasting Technology Society.

16h - 17h30

Inovação e Tecnologias Disruptivas | Sala 16

Visão Geral do 5G: Situação Atual e Cenários para a Rede Inteligente do Futuro

Visão Geral do 5G: Situação Atual e Cenários para a Rede Inteligente do Futuro

Nos últimos anos muito se fala em 5G, transformação digital, tecnologias disruptivas, virtualização de funções de rede (NFV), redes definidas por software (SDN),”fatiamento” de rede (network slicing), plataformas de serviços com uso intensivo da nuvem, OSS/BSS, Big Data, Analytics, inteligência artificial, Machine Learning,Deep Learning, automatização e uma série de outros termos e conceitos não muito usuais para uma boa parte dos profissionais de nossa área. Ao mesmo tempo,uma série de soluções que antes eram vendidas como produtos passaram a ser oferecidas como serviços (xaaS – almost everything as a Service), surgem novos serviços digitais e novos modelos de negócios, cresce exponencialmente o tráfego nas redes,principalmente de conteúdos audiovisuais e se configura toda uma grande complexidade como desafio. Será que a Tecnologia 5G irá envolver tudo ou a maior parte disso, não só para serviços móveis, mas para praticamente tudo em termos de telecomunicações criando um novo ecossistema de aparelhos conectados daqui a poucos anos? Haverá impactos para a área do audiovisual ?

Neste painel você terá a oportunidade de se atualizar em 5G,aplicações,serviços e tecnologias envolvidas, sua abrangência, onde estamos a nível de cronograma, próximos passos e tendencias.

Moderador: J.R. Cristóvam - Diretor Técnico - UNISAT

Atua na área de comunicações via satélite desde 1983, tendo liderado equipes de projetos em diversas ocasiões. Sócio-Diretor e um dos fundadores da UNISAT em 1990. Diretor Técnico da empresa, consultor sênior de empresas nacionais e internacionais. Antes da criação da UNISAT, trabalhou na NEC, TELEBAHIA e na EMBRATEL, nas áreas Nacional e Internacional, em comunicações via satélites Brasilsate Intelsat, tendo integrado o Departamento de Comunicações Domésticas via Satélite, conhecido como SAT.Engenheiro de Operações modalidade Eletrônica pela UFRJ, Engenheiro Eletrônico pela Escola de Engenharia da UGF, Pós-Graduado na UFF em Telecomunicações, cursos de especialização no Japão (NEC, NTT e Anritsu) e nos EUA (TCB – Thomson).

Transformação futura das redes de telecomunicações: o caminho para o 5G e além

A palestra irá fornecer uma visão geral das principais tecnologias que são parte integrante do 5G, e o que separa o 5G das gerações anteriores de tecnologias de acesso por rádio. Vai explorar também  as imensas possibilidades de uso e o suporte para novas verticais habilitados pela tecnologia. A palestra também fornecerá uma visão geral do status atual de adoção da tecnologia globalmente, e possíveis futuros roadmaps de implantação.

Keynote Speaker: Athul Prasad - Head of 5G Business Modeling & Analysis- Nokia

Dr. Athul Prasad é um experiente gerente sênior, pesquisador, inovador e tecnólogo, com uma paixão pela mudança através de inovações disruptivas. Ele trabalhou em várias empresas de telecomunicações, como Huawei, Nokia e NEC, em pesquisa, gerenciamento de negócios e desenvolvimento de produtos por mais de 10 anos. Atualmente, ele faz parte do programa de liderança 5G da Nokia e é o chefe da 5G Business Modeling & Analysis, com sede em Helsinki, na Finlândia. Ele também contribuiu para o projeto principal 5G-PPP fase-2 em multicast / broadcast chamado 5G-Xcast, como gerente técnico do projeto. Seus interesses de pesquisa incluem capacitadores de tecnologia para sistemas 5G end-to-end, especialmente em novos mercados e verticais, como mídia e entretenimento, e está sempre à procura de inovações tecnológicas disruptivas em 5G que impulsionem a criação de valor dentro do ecossistema. Ele é o co-autor e co-inventor de mais de 80 publicações internacionais, pedidos de patente (incluindo patentes concedidas), relatórios técnicos e contribuições para padrões. Ele ganhou o prêmio de melhor artigo no IEEE VTC-Spring 2013 e o melhor paper 5G no IEEE BMSB 2018, e participou de várias conferências e importantes journals. Ele recebeu seu mestrado, M.Sc. (Tech.) (com distinção) e doutorado, D.Sc. (Tech) em Engenharia de Comunicações pela Aalto University, e está cursando o Programa de Educação Executiva de um ano (LEAD) em Inovação Corporativa pela Graduate School of Business da Stanford University. Ele é membro da IEEE Broadcast Technology Society.

Ações da Anatel na Gestão do Espectro para 5G

Faixas de frequências para IMT;
IMT-2020 e atuação da Anatel junto à UIT nos estudos para identificação de novas faixas (ondas milimétricas);
Projetos na Agenda Regulatória da Anatel;
Testes de convivência entre o IMT-2020 operando na faixa de 3.5 GHz e sistemas satelitais operando na banda C.

Palestrante: Alex Pires de Azevedo - Assessor na Gerência de Espectro, Órbita e Radiodifusão da Anatel

Possui graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade de Brasília - UnB (2005), pós-graduação em Regulação de Telecomunicações pelo Instituto Nacional de Telecomunicações - Inatel (2011) e mestrado em Engenharia Elétrica pela Universidade de Brasília - UnB (2013). Atualmente é assessor na Gerência de Espectro, Órbita e Radiodifusão da Anatel, com 5 dos 13 anos de atuação na Anatel dedicados à gestão do espectro, onde teve oportunidade de participar dos testes de campo do 700 MHz e coordenar o Grupo Técnico de Recepção (GT-Rx) do GIRED.

5G: Evolução das especificações no 3GPP, desafios e casos de uso

Evolução das especificações 3GPP (5G-NR NSA e SA – espectro, modulações, etc.)
Desafios da implantação do 5G: sincronismo, virtualização, antenas Massive MIMO, Interferências do 5G na faixa de 3.5GHz com os serviço de TVRO (TV via satélite na Banda C)
Casos de uso: IP-TV, VoD, IoT crítico, IoT massivo, etc.

Palestrante: Carlos Alberto S. Camardella - Consultor de Engenharia de Telecom – Diretoria de Evolução Tecnológica de Redes – Claro Brasil

Formação em Engenharia Elétrica, com ênfases em Eletrônica e Sistemas, e posterior especialização em Telecomunicações, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ). Iniciou sua vida profissional em projetos militares brasileiros, como projetista de sistemas de radar e controles de armas das fragatas e do Porta-Aviões Minas Gerais, da Marinha de Guerra. Na área de telecomunicações, ingressou na Embratel em 1999, atuando na implantação das primeiras redes ATM, no desenvolvimento do QoS (qualidade de serviço) para os serviços nas redes Frame-Relay e Backbone IP, na implantação da primeira rede de transporte de sinais digitais de contribuição para emissoras de TV em nível nacional, no projeto da nova rede de vídeo IP de contribuição para emissoras de TV (EvSOL) e nos testes e implantação das primeiras redes WiMax, Metro Ethernet e GPON. Integrado à área de Evolução Tecnológica, sempre atuou no desenvolvimento de novos produtos e serviços, como o Netfone, e pesquisas e desenvolvimento de novas tecnologias como IoT, 4,5G, 5G, SDN e NFV, para todo o grupo Claro Brasil. Também participa da Comissão de Frequências do Projeto 5G Brasil da Telebrasil, como um dos relatores.

5G a Plataforma para a Disrupção Digital

O 5G é uma oportunidade para alinhar os casos de uso com ganho econômico e uma oportunidade de impulsionar novas fontes de valor de rede via fatiamento de rede, automação, rádio desagregado por software e aplicativos avançados, como realidade aumentada. O 5G é a plataforma para a disrupção digital.

Palestrante: Cristina Gavazza - Especialista Master em Inovação e Desenvolvimento de Negócios da TIM

Cristina Gavazza tem mais de 16 anos de experiência no setor de telecomunicações e é especialista na implementação de parcerias de negócios disruptivas que envolvem a adoção de novas tecnologias e a aplicação estratégica de regulamentação específica para o setor. Formada em Engenharia de Produção pela UFF e com mestrado pela mesma universidade, Cristina também possui MBA em Gestão de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Desde 2005 na TIM Brasil, participou ativamente dos processos de avaliação e aquisição de novas faixas de radiofrequencia e da criação e estruturação do programa de Open Innovation da TIM, que busca parcerias para o desenvolvimento de novos negócios moldados pela adoção de novas tecnologias.


Terça-Feira – 28/08/2018

Imprimir ou salvar como  PDF

SALA  13 SALA 12 SALA  15 SALA  16
9h – 11h
Cerimônia de Abertura
Liliana Nakonechnyj
11h30  – 13h
Hot Session
O Futuro da TV: Novos Modelos de Negócios
Raymundo Barros
Produção de Conteúdo
Atualização de Padrões de Captura de Vídeo, HDR e Lentes 8K Broadcast
Celso Araújo
Contribuição Audiovisual e Infraestrutura
Segurança da Informação, Privacidade dos Dados, Blockchain, Gestão de Riscos e Ameaças Digitais
Emerson Weirich
Inovação e Tecnologias Disruptivas
Software Livre
Daniel Monteiro

INTERVALO

14h – 15h30
Hot Session
TV Digital – Onde chegamos e o que falta até 2023!
Fernando Ferreira
Tecnologia e Negócios
Parcerias de Sucesso na Era Multiplataforma: TV, ANCINE e Produtoras
Maurício Donato
Contribuição Audiovisual e Infraestrutura
Plataformas de Contribuição: o que usar? Fibra, Micro-ondas , Satélite, 4G / Internet
Caio Klein
Inovação e Tecnologias Disruptivas
Startups do Audiovisual – Empreendedorismo e Inovações
José Carlos Aronchi
16h – 17h30
Inovação e Tecnologias Disruptivas
Inteligência Artificial / Plataformas Cognitivas / Data Analytics
Hugo Nascimento
Tecnologia e Negócios
Semiosfera Televisiva – Novos Arranjos, Mercado e Plataformas de conteúdo Audiovisual – Televisão, Internet, OTT, Modelos de negócios e Workflow
Almir Almas
Regulatório e Normatização
Encontro com MCTIC e ANATEL – Assuntos Regulatórios do Momento
Tereza Mondino
Tecnologia e Negócios
Startups: Aceleradoras de Sucesso
José Dias
17h30 – 19h
SET Innovation Zone: Demoday – Startups do Audiovisual
Edson Mackeenzy

Terça-Feira – 28/08/2018

Horário Palestras
Horário Palestra

9h - 11h

| Sala 13

Cerimônia de Abertura

 

Liliana Nakonechnyj – Presidente da SET

Liliana Nakonechnyj é presidente da SET (Biênio 2017-2018). Engenheira de telecomunicações, dedicou grande parte de sua vida profissional à implantação de sistemas de distribuição de sinais de televisão em estações de transmissão terrestre, sistemas de contribuição e distribuição por rádio, satélite e fibra ótica. Também foi, por muitos anos, responsável pelo apoio de engenharia às emissoras afiliadas da Rede Globo. Liderou estudos e testes para a introdução da televisão digital no Brasil entre 1994 e 2006 e, posteriormente, demonstrações e testes de UHDTV. Representa a SET no IBC Council.

 

Keynote Speaker: Marcelo Porto - Vice-presidente de IBM Cloud para América Latina

Marcelo Porto foi nomeado vice-presidente da IBM Cloud para a América Latina em janeiro de 2018, depois de ter ocupado a presidência da IBM Brasil por três anos. Porto ocupou vários cargos de liderança em seus mais de 30 anos na IBM. Em 2012, passou um ano na sede global da IBM em Armonk, Nova York, apoiando a Chairman e CEO Ginni Rometty no desenvolvimento de projetos com clientes de todo o mundo. Ele já liderou a divisão de vendas da IBM Brasil, responsável pela cobertura de clientes de várias indústrias em todas as regiões do país; foi vice-presidente de software para a IBM Brasil; diretor de serviços para pequenas e médias empresas na organização da América Latina e diretor de marketing. Porto é graduado em Análise de Sistemas pela PUC do Rio de Janeiro.

11h30 - 13h

Hot Session | Sala 13

O Futuro da TV: Novos Modelos de Negócios

Raymundo Barros

A TV do Futuro: Novos Modelos de Negócios

A indústria do audiovisual vem desenvolvendo ferramentas para propiciar experiências mais imersivas com mais resolução, contraste e espaço de cor ampliado. Contudo, a oferta de valor da TV do Futuro vai muito além dos atributos de qualidade.

A construção da TV do Futuro passa pela digitalização da experiência do telespectador e dos modelos de negócio. Esse painel vai discutir esses novos modelos de negócio, quais são os desafios para fazer uma oferta ampliada de conteúdo, que elementos de tecnologia podem assegurar uma experiência integrada de consumo broadcast e broadband.

Moderador: Raymundo Barros – Diretor de Tecnologia da Rede Globo

Raymundo Barros é Engenheiro Eletrônico formado pela Escola Politécnica da Universidade de Pernambuco. Possui MBA pelo IBMEC/SP e Pós-graduação em redes e sistemas de telecomunicações pelo Inatel. Iniciou sua carreira na empresa como estagiário, na Globo Nordeste. Foi Gerente de Engenharia na TV Globo Juiz de Fora (atualmente TV Panorama afiliada da TV Globo em Juiz de Fora), Diretor de Engenharia da Globo Nordeste e Diretor de Engenharia da Globo São Paulo, onde participou do projeto de implementação da nova emissora na Berrini e da implantação da TV Digital em São Paulo. Em 2011, migrou para a Direção de Engenharia para o Entretenimento, onde liderou projetos de engenharia para as novelas, seriados e programas de variedades. Em 2014, Raymundo Barros assumiu a Direção de Tecnologia da Globo.

Três principais temas de P & D e suas tecnologias para a TV do futuro

Os recentes avanços na Internet e nos sistemas de comunicação móvel estão mudando drasticamente nossos hábitos de consumo de mídia, o que trás um tremendo impacto na radiodifusão tradicional.
Mantendo a radiodifusão como sua base, a NHK está expandindo o uso da Internet para trazer o jornalismo de maneira rápida e confiável, e também uma ampla gama de programas de alta qualidade para o maior número possível de pessoas. Para o futuro da radiodifusão, a NHK Science & Technology Research Laboratories (STRL) está pesquisando e desenvolvendo três  temas prioritários: “Reality Imaging”, “Connected media” e “Smart production”. Esta apresentação abordará esses temas juntamente com os desafios técnicos.

Palestrante: Masayuki Takada - Head of Advanced Transmission Systems Research Division of NHK STRL.

Masayuki Takada recebeu o B.E. em engenharia de comunicação e M.E. em engenharia eletrônica da Tohoku University, Sendai, Japão, em 1986 e 1988, respectivamente. Ele ingressou na NHK, Tóquio, Japão, em 1988 e trabalhou nos Laboratórios de Pesquisa em Ciência e Tecnologia (NHK STRL). Esteve envolvido no desenvolvimento de sistemas de transmissão, especialmente sistemas de subportadora FM, sistemas de transmissão de televisão digital terrestre (DTTB), o sistema ISDB-T de próxima geração e transmissão de satélite UHDTV. Atualmente ele é chefe da Divisão de Pesquisa de Sistemas Avançados de Transmissão da NHK STRL. Ele é membro do ITE e IEICE no Japão e membro do IEEE nos EUA.

ATSC 3.0: A plataforma para a próxima geração dos modelos de negócios de broadcast

O conjunto de padrões ATSC 3.0 incorpora tecnologias inovadoras, mas seu poder real vem de sua flexibilidade para desenvolver novos serviços para emissoras e consumidores.

Palestrante: Mark S. Richer - Presidente do Advanced Television Systems Committee, Inc. (ATSC)

O ATSC é uma organização internacional sem fins lucrativos que desenvolve padrões para a televisão digital, incluindo o conjunto de padrões ATSC 3.0 para a próxima geração de televisão. O Sr. Richer ingressou no ATSC após 16 anos na PBS - Public Broadcasting Service onde, como Vice-Presidente de Engenharia e Serviços de Computação, foi responsável pelo desenvolvimento de novas tecnologias para a PBS e suas estações membro, design de sistemas de áudio / vídeo e gerenciamento de operações de tecnologia da informação. O Sr. Richer recebeu em 2007 o Prêmio de Liderança em Tecnologia da Broadcast & Cable , em 2010 o Prêmio de Realização de Engenharia de Televisão da Associação Nacional de Emissoras e o Prêmio EDGE de 2018 por Excelência em Inovação das Estações de Televisão Pública da América. Ele é membro da Sociedade de Engenheiros de Cinema e Televisão (SMPTE), membro sênior do Instituto de Engenheiros Elétricos e Eletrônicos (IEEE) e atua no Conselho Consultivo de Tecnologia do FCC.

Serviços de transmissão terrestre de UHD na Coréia do Sul

A apresentação tratará do status da implantação do ATSC 3.0 na Coréia do Sul e os modelos de serviço a serem lançados no futuro próximo.

Palestrante: Heung Mook Kim - Managing Director of Media Transmission Technology Research Group - ETRI

Ele trabalha para o Instituto de Pesquisa de Eletrônica e Telecomunicações (ETRI), na Coréia do Sul, onde é o Diretor Administrativo do Grupo de Pesquisa de Tecnologia de Transmissão de Mídia. É vice-presidente do Comitê Técnico de Broadcasting (TC8) da TTA, Korean SDO, vice-presidente do Comitê Gestor do Future Broadcast Media Standard Forum (FBMSF), Coréia e presidente do Grupo de Camada Física do Comitê Técnico da FOBTV.

11h30 - 13h

Produção de Conteúdo | Sala 12

Atualização de Padrões de Captura de Vídeo, HDR e Lentes 8K Broadcast

Atualização de Padrões de Captura de Vídeo, HDR e Lentes 8K Broadcast

Moderador: Celso Araújo - Diretor de Cinema - SET

Ingressou na TV Globo em 1973, onde atuou durante 40 anos na Central Globo de Engenharia, no Rio de Janeiro. Esteve mais de 12 anos em Manutenção, período em que teve a oportunidade de desenvolvimento em diversos setores da manutenção de TV, tais como câmeras, lentes, vídeo, áudio, switchers, roteadores, e até mesmo na gestão dos sistemas e de equipes, bem como a gestão das operações de produção e também em eventos esportivos, shows, Copa do Mundo e Olimpíadas. Em 2013 atuando como Empreendedor, Consultor de Empresas na área de Tecnologia de TV e ministrando Seminários e Workshops junto à SET nos seus eventos regionais, ao IAV (Instituto de Áudio e Vídeo de São Paulo).

ATUALIZAÇÃO dos PADRÕES HDR da SMPTE

Não específico para o cinema, e uma breve explicação da mistura do conteúdo HDR e SDR usando técnicas de mapeamento tonal.

Palestrante: Matthew Goldman - Senior Vice President Technology at MediaKind / Fellow & President of SMPTE / Senior Member at IEEE

Matthew Goldman é vice-presidente sênior de tecnologia, TV e mídia da MediaKind , com foco em soluções de processamento de vídeo e media delivery. Ele participa ativamente do desenvolvimento de sistemas de televisão digital desde 1992. Teve uma destacada atuação no Moving Picture Experts Group, onde ajudou a criar os padrões MPEG-2 Systems e DSM-CC. Continua influente em outras organizações como a Society of Motion Picture and Television Engineers (SMPTE), a Alliance of IP Media Solutions (AIMS), o Fórum Ultra HD, o projeto Digital Video Broadcasting, o Advanced Television Systems Committee e a Society of Cable Telecommunications Engineers. Quatro de seus projetos tiveram reconhecimento da Technology & Engineering Emmy® Awards. O Sr. Goldman recebeu diplomas de bacharelado (com distinção) e mestrado em engenharia elétrica pelo Instituto Politécnico de Worcester. Ele possui seis patentes relacionadas ao transporte de vídeo digital.Membro da SMPTE, ele também é membro sênior do IEEE e membro da Academia de Pioneiros de Televisão Digital. O Sr. Goldman é o atual presidente da SMPTE.

HDR para File Based Production (Aplicações Cinematográficas)

Palestrante: Hugo Gaggioni – Chief Technology Officer – Sony Professional Solutions Americas

Formado em Telecomunicações, Engenharia de Sistemas e Engenharia Eletrônica pela Universidade de Essex em Colchester, Inglaterra; Universidade da Pensilvânia e Universidade de Columbia, respectivamente. Gaggioni, na Sony desde 1988, possui várias patentes e foi autor de mais de 40 publicações técnicas nas áreas de compressão de vídeo, bancos de filtros digitais, dispositivos e sistemas HDTV e UHDTV. Antes de ingressar na Sony, ele trabalhou na RCA Corp. e Bell Communications Research. Com interesses de pesquisa que vão desde processamento de vídeo digital e imagem e teoria da informação até compressão de vídeo / áudio e processamento de sinal multidimensional, Gaggioni participou de mais de 15 conferências internacionais nas áreas de HDTV, UHDTV e sistemas de compressão de banda larga. Ele também deu inúmeras apresentações e cursos de tutorial sobre processamento de sinais e tecnologias avançadas de vídeo em eventos internacionais patrocinados pelas organizações SMPTE, IEEE, SET e Eurasip.

AS NOVAS LENTES 8K UTILIZADAS na COPA do MUNDO da RÚSSIA

Palestrante: Gordon Tubbs – Vice Presidente da FUJIFILM North America Corporation, Optical Device Division

O Sr. Tubbs é o Vice-Presidente de Broadcast e Cinema Lens Products na Divisão de Dispositivos Ópticos da Fujifilm North America Corporation, com sede em Valhalla, Nova York, EUA. A Fujifilm North America Corporation é responsável pelas vendas e suporte de todas as lentes e acessórios Fujinon na América do Norte, Central e do Sul. Ele ingressou na Fujinon / Fujifilm em 2010 como Diretor de Vendas. Anteriormente ele passou a maior parte de sua carreira de trinta e seis anos na divisão de broadcast da Canon USA Inc., bem como na Ikegami e Angenieux nos Estados Unidos. Com a recente introdução das lentes Fujinon Ultra HD 2/3 "4K, bem como uma linha completa de lentes de cinematografia digital 4K, esses novos produtos ópticos, mecânicos e digitais abriram uma terceira era tecnológica em sua carreira depois de ter trabalhado cm Standard Definition e porteriormente com televisão de alta definição. Além disso, ele esteve envolvido na preparação e apoio de muitos dos principais eventos de televisão que exigem as últimas tecnologias ópticas, como as Olimpíadas, Super Bowl, World Series, US Open Tennis e outras grandes transmissões.

Snehal Patel

Cinema Full Frame. Sensores grandes e lentes full frame de alta qualidade

O tópico em discussão é o formato Full Frame em novas câmeras de cinema digital high-end, lentes para cobrir este novo formato grande, as novas possibilidades de linguagem com o formato, etc.

Palestrante: Snehal Patel – Zeiss. Gerente de Vendas, Cine e Especialista em Aplicativos. Consumer Optics Business Group. Divisão de Lente de Câmera

-

11h30 - 13h

Contribuição Audiovisual e Infraestrutura | Sala 15

Segurança da Informação, Privacidade dos Dados, Blockchain, Gestão de Riscos e Ameaças Digitais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO, PRIVACIDADE DOS DADOS, BLOCKCHAIN, GESTÃO DE RISCOS E AMEAÇAS DIGITAIS.

Os produtos do mercado audiovisual e o fluxo de trabalho da produção já são digitais. Isso traz novos desafios de segurança: a proteção dos direitos autorais, o vazamento de conteúdo não finalizado, a distribuição nas redes sociais e nos sistemas OTT (Over-The-Top), a comercialização on-line de conteúdo, as cópias não autorizadas, acesso não autorizado, invasões e ataques em sistemas, vazamento ou uso indevido de dados de usuários e de clientes. Nesta sessão, especialistas no assunto debaterão conosco como os sistemas audiovisuais podem ficar mais seguros e como gerir os riscos e ameaças no mundo digital. É importante investir tempo no assunto para aprender, debater, padronizar, saber no que investir, e assim evitar muitos prejuízos e dor de cabeça.

Moderador: Emerson Weirich - Diretor da regional Centro-Oeste da SET / Gerente de projetos e desenvolvimento da EBC

Emerson Weirich é diretor da regional Centro-Oeste da SET. Engenheiro eletricista e eletrônico com ênfase em automação, é atualmente gerente de projetos e desenvolvimento da EBC (TV Brasil, TV NBR, Rádios Nacional e Rádios MEC, Voz do Brasil, Agência Brasil, Agência Nacional de Rádios). É mestre em Gestão da Ciência e Tecnologia, especialista com MBA em Gestão Estratégica de Tecnologia e atuou em várias empresas de comunicação como EBC, RBS – Afiliada TV Globo, TVE, Radiobras, TV Cultura e TV Justiça.

Como os distribuidores de conteúdo podem proteger seu conteúdo da pirataria on-line?

A proliferação de conteúdo distribuído pela Internet através de várias plataformas e dispositivos mudou a forma como consumimos mídia, mas facilitou o acesso a ativos que pode ser pirateados. Com o custo de produção e distribuição, a pirataria tem um efeito prejudicial enorme na indústria global de produção de TV e de filmes. A cada ano, emissoras e proprietários de conteúdo perdem bilhões de dólares em pirataria on-line com conteúdo ilegal. Quais são as tecnologias mais recentes que podem ser adotadas para se proteger contra a pirataria? Ao adicionar um código visual único a um programa de TV, conhecido como marca d’água forense , os proprietários de conteúdo podem rastrear quem está utilizando de forma indevida. Em se tratando da distribuição de conteúdo, os proprietários precisam ter certeza de que estão protegendo seus valiosos ativos das formas de piratas on-line.

Palestrante: Carlos Cunha - Solutions Architecture Manager - Edgeware

Especialista em Engenharia de Telecomunicações pela "Escola Politécnica da USP, Brasil" com 23 anos de experiência no mercado de TV paga implantando e supervisionando soluções de TV a cabo em São Paulo na NET Serviços, e também projetando, implantando e suportando dezenas de headends analógicos e digitais em toda a América Latina.

Missão crítica: proteção de conteúdo audiovisual! Quanto investir para prevenir prejuízos?

Se seus conteúdos não estão seguros, o seu dinheiro também está em risco!
O consumo de conteúdos de áudio e vídeo pela web vem crescendo exponencialmente e, com isto, as ameaças também aumentam proporcionalmente. A cada dia, novos meios fraudulentos surgem para tentar burlar os sistemas de segurança existentes e piratear os conteúdos.
O intuito desta palestra é mostrar que é possível combater a pirataria de vídeos pela internet de forma eficaz, mostrando as possibilidades de defesa de conteúdos online em vários níveis:
• A nível de login (compartilhamento de login);
• Geolocalização;
• Limite de quantidade de acessos por usuário e acessos simultâneos;
• Captura de tela (screencast);
• Player HTML5;
• Softwares;
• Plug-ins de browser;
• DRM;
• Fingerprinting;
• Mercado Livre x pirataria;
• Outros.

Palestrante: Josimar Machado - CEO - JMV Technology

Empreendedor e autodidata em desenvolvimento de softwares e Marketing digital, atua no mercado de streaming de áudio e vídeo pela internet desde 2003. Fundou a JMV Technology aos 18 anos de idade, tornando-a uma das maiores empresas do segmento da América Latin

Gestão de Riscos no Mundo Digital. Por onde começar?

Para a nova indústria digital de audiovisual é vital elaborar um programa de segurança avaliando os riscos digitais. A adoção de ferramentas de cibersegurança não basta. É preciso investir em procedimentos e métricas padronizadas e confiáveis para superar o desafio da Segurança da Informação e minimizar os prejuízos corporativos. É preciso constantemente monitorar e gerenciar riscos dentro da nova arquitetura digital de conteúdos de mídia.

Palestrante: Sérgio Hoeflich - Risk Management Specialist - ANSP

Doutor em Engenharia Elétrica no programa de Sistemas de Automação (GAESI) da USP, mestre em Ciências em Engenharia Oceânica pela Coppe/UFRJ e MBA em Logística Empresarial pela FGV, com extensão na Manchester Business School (UK). Bacharel em Administração com Habilitação em Comércio Exterior pela FIAA. É Oficial da Reserva do Exército Brasileiro e Catedrático da Academia Nacional de Seguros e Previdência (ANSP) sendo Vice Coordenador da Cátedra de Educação em Seguros e membro das Cátedras de Gerencia de Riscos, de Contrato do Seguro e Riscos Financeiros. Colaborou como gestor de logística e riscos em empresas (Penske, Tecninvest e OCASA) e atua como Coordenador do programa de Gestão de Riscos e Seguros da Escola Superior Nacional de Seguros (ESNS Funenseg), Gestão Estratégica de Riscos Corporativos (GRISCO®) da FGV e de Gestão Estratégica de Compras Corporativas do Ibecorp. É pesquisador, palestrante, articulista e professor organizações e instituições de ensino (UFRJ, Funenseg/ESNS, FGV In Company, Management e Cademp, SESCON/SP, FEMAR) e desenvolve pesquisa sobre analise de atributos de serviços e indicadores de desempenho aplicados á gestão de risco em cadeias logísticas seguras.

Como o Blockchain pode revolucionar a segurança na transação de mídias digitais?

Como Blockchain, a tecnologia por detrás das famosas moedas virtuais ou criptomoedas, pode ter impacto na indústria de mídia e entretenimento? Nesta apresentação teremos uma visão geral das possibilidades e dos casos de uso do Blockchain. Esta tecnologia pode moldar os diferentes segmentos da indústria de mídia e entretenimento e pode aumentar a segurança e rastreabilidade no intercâmbio de mídia. Veremos através do especialista da IBM, as principais considerações e benefícios que podem ser esperados, desafios encontrados, casos de uso e a perspectiva futura do Blockchain dentro da indústria.

Palestrante: Carlos Henrique Duarte Da Silva - CTO Blockchain Technical Leader - IBM Systems

Carlos Henrique “Kiko” Duarte, consultor de Cloud e POWER systems na IBM. Vinte anos de experiência no mercado de TI, já trabalhou em empresas como Sun Microsystems, Oracle, Symantec e IBM em funções de consultoria e vendas.

11h30 - 13h

Inovação e Tecnologias Disruptivas | Sala 16

Software Livre

Software Livre

O software open source está hoje bastante presente tanto em casa quanto nas corporações. Indo muito além do Linux, passando por linguagens de programação, bibliotecas de código e até mesmo suítes completos que substituem pacotes comerciais famosos.
Nesse painel discutiremos o mercado de software livre, qual o seu modelo de negócios, quais os riscos, o que existe disponível para o mercado de mídia e abordar cases de aplicação.

Moderador: Daniel Monteiro - Gerente de P&;D - TV Globo

Engenheiro Eletrônico pela UFRJ e M.Sc em Processamento Digital de Sinais pela Coppe/UFRJ, tendo a área de compressão de vídeo como tema de pesquisa. Trabalha na área de Pesquisa e Desenvolvimento/Inovação da tecnologia da TV Globo desde 2000, onde hoje exerce a função de gerente do setor. Em 2002 trabalhou no centro de pesquisa da TV japonesa NHK realizando pesquisas com o padrão de compressão H.264, na ocasião em estágio de padronização. Apaixonado por novas tecnologias e gestão da inovação, com muitos anos de experiência em desenvolvimento de software, hoje lidera um time criativo que realiza pesquisas e projetos principalmente nas áreas de processamento de sinais, inteligência artificial, realidade virtual, computação, eletrônica e IoT

Software livre na prática: desenvolvendo e inovando em casa

O universo de software livre disponibiliza linguagens de programação, ferramentas e uma infinidade de bibliotecas especializadas capazes de acelerar o desenvolvimento e viabilizar a rápida experimentação e produtização de novas ideias. Vamos explorar algumas aplicações no mercado de mídia, indicando aonde alguns componentes livres foram usados, e demonstrando que, somente com a disponibilidade e agilidade dos softwares livres, essas idéias puderam rapidamente serem prototipadas e testadas, viabilizando assim um processo de inovação mais adequado a rapidez que o mercado demanda.

Palestrante: Rafael Raposo - Pesquisador - TV Globo

Rafael Raposo é formado em Ciência da Computação pela PUC-RJ e trabalha como pesquisador no departamento de Pesquisa e Desenvolvimento da TV Globo desde 2009. Mais especializado em banco de dados, sistemas distribuídos e tudo que for da web, participou de inúmeros projetos de inovação da TV como o sistema para receber mensagens do Whatsapp e o sistema de clusterização de hábitos de consumo dos usuários do Globoplay. Grande proponente do software livre como uma forma importante de compartilhar o conhecimento, foi um dos precursores e disseminadores do uso dessas ferramentas na TV Globo.

Como uma empresa brasileira criou uma linguagem de programação que é usada no mundo inteiro

Nesta palestra, você irá descobrir como uma empresa brasileira criou uma linguagem de programação que virou uma comunidade mundial e como o modelo de open source foi fundamental para isso.

Palestrante: Hugo Baraúna - Co-Fundador - Plataformatec - Criadores da linguagem Elixir

Hugo Baraúna é co-fundador da Plataformatec, a empresa por trás do Elixir. Formado em engenharia de computação pela Politécnica da USP e pós-graduado com MBA executivo pelo Insper. Autor do livro TDD com Ruby pela editora Casa do Código.

Como o Open Source está remodelando a TI Moderna

Todas empresas, sejam startups ou grandes corporações, já entenderam que para se manterem relevantes no mercado precisam oferecer novos serviços baseados em tecnologia e o Open Source é a única força tecnológica capaz de inovar na velocidade e alcance dos negócios digitais. Mostraremos como uma infraestrutura ágil, baseado em Open Source, está remodelando vários mercados e reduzindo o time-to-market.

Palestrante: Boris Kuszka - Diretor Arquiteto de Soluções - Red Hat

Boris Kuszka, formado em Engenharia Elétrica pela Politécnica da USP, lidera o time de Arquitetos de Soluções da Red hat com especialistas nas soluções de Cloud Computing, DevOps e Middleware. Com mais de 25 anos de experiência no setor de tecnologia, o executivo já passou por diversas companhias importantes do setor, como IBM, Sun, Nokia, Oracle, HP e a NetApp.

14h - 15h30

Hot Session | Sala 13

TV Digital – Onde chegamos e o que falta até 2023!

TV Digital – Onde chegamos e o que falta até 2023!

Este painel abordará a implantação da TV DIGITAL no Brasil até hoje e o que faltará até o ano 2023, com o desligamento da TV Analógica. Profissionais das principais áreas envolvidas apresentarão o status atual da implantação e o que deverá ser feito nos próximos 5 anos para concluir essa transição.

Moderador: Fernando Ferreira – Diretor da SET

Formou-se em engenharia eletrônica com ênfase em Telecomunicações em Porto Alegre, pósgraduou- se na Kellogg School of Management, Northwestern University, em Evanston, em Chicago. Participou do Conselho Deliberativo do Fórum do Sistema Brasileiro de TV Digital Terrestre no setor de Radiodifusão. Liderou a implantação das emissoras de TV Digital de Porto Alegre e Florianópolis e outras emissoras no RS e SC.

  • O que foi executado nas implantações das emissoras e nos remanejos de canais para a liberação da faixa de 700 MHZ ( Canais 52 ao 69).

Palestrante: Antônio Carlos Martelletto – Presidente da EAD – Seja Digital

Com vasta experiência no setor de telecomunicações e operações, Martelletto foi pesquisador no Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações da Telebras e atuou em diversas empresas do setor como Globosat, Unicabo e Vivax. Foi diretor executivo da Embratel, onde assumiu a direção de operações de DTH (Direct to Home) e a área de solução e entrega. À frente da Seja Digital, Martelletto tem o importante papel de liderar o processo de migração do sinal analógico para o digital da televisão no Brasil.

  • O desafio das Redes de Televisão e suas prioridades para atender o maior número de localidades com TV Digital terrestre e as dificuldades previstas.

Palestrante: Raymundo Barros – Diretor de Tecnologia da Rede Globo

Raymundo Barros é Engenheiro Eletrônico formado pela Escola Politécnica da Universidade de Pernambuco. Possui MBA pelo IBMEC/SP e Pós-graduação em redes e sistemas de telecomunicações pelo Inatel. Iniciou sua carreira na empresa como estagiário, na Globo Nordeste. Foi Gerente de Engenharia na TV Globo Juiz de Fora (atualmente TV Panorama afiliada da TV Globo em Juiz de Fora), Diretor de Engenharia da Globo Nordeste e Diretor de Engenharia da Globo São Paulo, onde participou do projeto de implementação da nova emissora na Berrini e da implantação da TV Digital em São Paulo. Em 2011, migrou para a Direção de Engenharia para o Entretenimento, onde liderou projetos de engenharia para as novelas, seriados e programas de variedades. Em 2014, Raymundo Barros assumiu a Direção de Tecnologia da Globo.

  • Como está a situação da  indústria, frente à necessidade de produção de novos receptores de televisão e outros devices para receber a TV Digital HD, 4K etc…

Palestrante: Aguinaldo Silva - Diretor de Pesquisa e Desenvolvimento - Design Center, Envision

Aguinaldo Silva é membro do Comitê Técnico da SET. Tem participação ativa no forum SBTVD atuando na coordenação de módulos técnicos. Anteriormente foi gerente de projetos do Genius Instituto de Tecnologia e gerente de engenharia na Sharp Brasil. Atualmente é diretor de pesquisa e desenvovimento do Design Center da empresa TPV Eletronics (AOC/Envision Brazil)

  • As Políticas Públicas do MCTIC para que as entidades ( Emissoras, Prefeituras, Fabricantes etc…), possam implantar a TV Digital terrestre e não deixar as populações com sinais analógicos sem o serviço de TV Aberta.

Palestrante: Moisés Queiroz Moreira – Secretário de Radiodifusão do MCTIC – Ministério da Ciência, Tecnologia, Informações e Telecomunicações

Gestor Público. Nos últimos 15 anos exercendo cargos públicos no Governo Federal, Estadual e Municipal do Estado de São Paulo. Coordenei atividades de assessoramento técnico na Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor - PROCON SP e assessoramento especial na Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo – COHAB e Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, no período de 2003 a 2006. Em 2006 assumi a chefia de gabinete da Secretaria Municipal de Saúde do município de São Paulo. Membro do Conselho de Administração da SPTURIS – São Paulo Turismo S.A. de abril/2008 a março/2009. Desde 2015, atuo no governo federal nos cargos públicos de Assessor Especial do Ministro das Cidades, de Chefe da Assessoria Parlamentar e de Assessor Especial do Ministro do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. Atualmente como Secretário de Radiodifusão do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, atuando na gestão de atividades relacionadas à formulação, proposições e regulamentação de políticas públicas, diretrizes, objetivos e metas, relativos aos serviços de radiodifusão e ancilares.

14h - 15h30

Tecnologia e Negócios | Sala 12

Parcerias de Sucesso na Era Multiplataforma: TV, ANCINE e Produtoras

PARCERIAS DE SUCESSO NA ERA MULTIPLATAFORMA: TV, ANCINE E PRODUTORAS

Entramos numa nova era de produção conteúdos para multiplataforma, por meio da criação das novas leis de incentivo à produção audiovisual pela Ancine.
A partir dessa nova era, colocamos no mercado um volume substancial de produções independentes em parceria com as redes de TVs internacionais e nacionais e ainda fomentamos e qualificamos o mercado audiovisual com novos formatos.
Nesse painel você compreenderá quais os elos da cadeia produtiva entre esses players.

Moderador: Mauricio Donato - Conselheiro Editorial - revista da SET

Graduado em Rádio e TV pela Universidade Metodista de São Paulo; mestre em Comunicação na Contemporaneidade pela Faculdade Cásper Líbero e doutorando pela USP/ECA. Possui vasta experiência em direção de programas televisivos, desenvolvendo projetos na TV Globo (Domingão do Faustão), SBT (Ô Coitado, Programa Livre, Pequenos Brilhantes, Teleton, Meu Cunhado) Rede TV (Vila Maluca), Band (One ofertas), TV Cultura (Eu Nunca Mais Vou Te Esquecer) do showman Moacyr Franco e na Rede Record de televisão (Domingo Espetacular, Repórter Record Investigação, Esporte Fantástico e O Voto na Record). Atualmente, é professor de pós-graduação e graduação na Universidade Anhembi Morumbi, lecionando as disciplinas Direção em TV e Mídias Audiovisuais e Direção de cinema na era multiplataforma e ainda é integrante do Conselho editorial da revista da SET (Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão).

 

Palestrante: Eliane Ferreira - Diretora de Conteúdo e Negócios - MIXER FILMS

Eliane coordena toda a área da produtora que envolve animação, longas-metragens, séries de ficção e docu-realities. Com grande experiência em produção e distribuição de filmes nacionais, Eliane supervisionou mais de 30 projetos em vários estágios, entre séries para televisão e longas-metragens, enquanto trabalhou na Sony Pictures. Com experiência em captação de recursos através de leis de incentivo, agentes de vendas, distribuidores e parceiros internacionais, atuou durante seis anos na Mixer como produtora executiva, e assinou a produção do premiado filme “Besouro” (João Daniel Tikhomiroff, 2009), além dos longas “Corações Sujos” (Vicente Amorim, 2011), que estreou em agosto de 2012 nos cinemas de todo o Brasil, “Confia em Mim” (Michel Tikhomiroff, 2012), que teve sua estréia nos cinemas em abril de 2014, e “Entre Abelhas” (Ian Sbf, 2015), com Fábio Porchat e grande elenco.

14h - 15h30

Contribuição Audiovisual e Infraestrutura | Sala 15

Plataformas de Contribuição: o que usar? Fibra, Micro-ondas , Satélite, 4G / Internet

Plataformas de Contribuição – o que usar? Fibra, Micro-ondas, Satélite, 4G/Internet

Nos últimos anos, a concorrência tem aumentado muito por conta da disponibilidade de novos canais de distribuição de conteúdo e dos avanços tecnológicos. Sabemos que a informação é o que realmente conta e, cada vez mais, temos que ter muita agilidade na cobertura do jornalismo diário. Neste painel vamos mostrar “cases” reais de como as emissoras estão se equipando visando a dar mais agilidade e qualidade no conteúdo jornalístico e também discutir as novas tecnologias disponíveis para que as emissoras sejam cada vez mais rápidas na transmissão de conteúdos ao vivo.

Moderador: Caio Augusto Klein - Gerente de Operações - RBSTV Porto Alegre

Engenheiro Elétrico formado pela UFRGS (Universidade Federal do RS), com Pós-Graduação em Liderança Estratégica em Negócios e Pessoas pela ESPM-RS. Iniciou a carreira na RBS sendo Coordenador Técnico da RBSTV Uruguaiana. Após, voltou para Porto Alegre onde trabalhou em projetos de instalações de novas Unidades do Grupo, destacando a RBS Video São Paulo e a RBSTV Santa Cruz. Depois, por 10 anos, foi Diretor Técnico da TVE do Rio Grande do Sul. Voltou para a RBS para ser o Gerente Técnico das Rádios do Grupo, onde participou das coberturas das Copas do Mundo de 2006, 2010 e 2014, Olimpíadas 2008 e 2012 e Mundial Interclubes em 2006, 2010 e 2017, coordenando a logística do Grupo RBS nestes eventos. Em 2009 voltou para a RBSTV na função de Gerente Executivo de Operações, continuando a participar de grandes coberturas, como a Copa do Mundo do Brasil de 2014 e o Mundial Interclubes de 2017 em Abu Dhabi.

SOLUÇÕES DE CONTRIBUIÇÃO E COLABORAÇÃO REMOTAS PARA JORNALISMO UTILIZANDO AGREGAÇÃO DE INTERNET MOVEL 4G / SATÉLITE PARA USO COM PLATAFORMAS ABERTAS

Após amadurecimento do mercado com uso de plataformas de mochilink para contribuição de vídeo para jornalismo, começa agora a busca por soluções de agregação de  banda de internet movel 4G / Satelite para uso em aplicações diversas além de transmissão de áudio e vídeo em tempo real, mas também transferencia de arquivos, uso de Skype TX, comunicação de coordenação sobre IP, dentre outras, em plataforma abertas. A apresentação abordará o tema com foco em aplicações reais já em curso no mercado Brasileiro e internacional, considerando parametros que possam levar a melhor implementação.

Palestrante: Billy Neves - Diretor executivo - Broadmedia

Billy Neves possui experiencia em soluções inovadoras para contribuição e colaboração para jornalismo e esportes após 20 anos de trabalho como representante e distribuidor de fabricantes de tecnologias para compressao de video, streaming, bonding, com passagens pela Teradek, Newtek, Adtec, For-a, Panasonic, Sony, Canon dentre outros.

Utilização de redes celulares com SLA para o uso das mochilas do tipo LiveU e outras

Apresentação da solução técnica da rede móvel celular Claro 3G/4G para garantia de qualidade na transmissão de vídeo de contribuição, como reportagens de rua, através das mochilas como o LiveU.

Palestrante: Carlos Alberto S. Camardella - Consultor de Engenharia de Telecom – Diretoria de Evolução Tecnológica de Redes – Embratel / Claro Brasil

Formação em Engenharia Eletrônica e Sistemas, e posterior especialização em Telecomunicações, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ). Iniciou sua vida profissional em projetos militares brasileiros, como projetista de sistemas de radar e controles de armas das fragatas e do Porta-Aviões Minas Gerais, da Marinha de Guerra. Na área de telecomunicações, ingressou na Embratel em 1999, atuando na implantação das primeiras redes ATM, no desenvolvimento do QoS (qualidade de serviço) para os serviços nas redes Frame-Relay e Backbone IP, na implantação da primeira rede de transporte de sinais digitais de contribuição para emissoras de TV em nível nacional, no projeto da nova rede de vídeo IP de contribuição para emissoras de TV (EvSOL) e nos testes e implantação das primeiras redes WiMax, Metro Ethernet e GPON. Integrado à área de Evolução Tecnológica, sempre atuou no desenvolvimento de novos produtos e serviços, como o Netfone, e pesquisas e desenvolvimento de novas tecnologias como IoT, 4,5G, 5G, SDN e NFV, para todo o grupo Claro Brasil. Também participa da Comissão de Frequências do Projeto 5G Brasil da Telebrasil, como um dos relatores.

Tecnologia com segurança para contribuição jornalística ao vivo – Banda KA

A InternetSat fará um resumo da evolução das transmissões em campo até hoje com exemplos reais e objetivos e apresentará uma referência de qualidade, custo e mobilidade. Como exemplo de transmissões de video e streaming, mostrará a última solução com streaming e video e a sua qualidade, principalmente quando o ponto é não usar somente o Mochilink e nem mais a banda C, ou seja, abordará de uso de satélite de alta capacidade e de última geração (HTS) em banda KA, focando para jornalismo ocasional.

Palestrante: George Bem, Ceo & Founder - InternetSAT

George Bem é CEO e fundador da InternetSAT, uma empresa integradora de soluções e operadora de internet banda larga via satélite, fibra e telefonia. É graduado em Engenharia de Telecomunicações pela FASP, especializações em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas. Pós-Graduado e Certificado em Ambientes de Missão Crítica e Gestão de Projetos pelo PMI e Scrum Alliance. Entre outros cargos, exerceu a Gerência de Infraestrutura e Serviços da Engenharia da Rede Record, onde foi responsável pela integração de novas tecnologias e implementação do ambiente IP, redes de dados e telecomunicações, soluções móveis para vídeo e transmissão de dados na qual estruturou as transmissões dos jogos do Pan de Guadalajara 2011, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012, Jogos de inverno Sochi 2014, Pan Toronto 2015 e Jogos Olímpicos Rio 2016.

PLATAFORMAS DE CONTRIBUIÇÃO AO VIVO

A produção de conteúdo de Jornalismo atual exige muita agilidade e flexibilidade. Estar rapidamente conectado, em qualquer lugar, exige um cardápio de serviços de conectividade amplo e previamente estabelecido que permita autonomia a quem produz.
Esse painel vai ilustrar as tecnologias envolvidas e suas possibilidades.

Palestrante: Laércio Silveira - Technology Manager - TV Globo

Engenheiro Eletrônico formado pelo CEFET RJ, com Pós-Graduação em Engenharia Econômica pela UERJ, MBA em Gestão de Negócios pela ESPM e MBA em Gestão de Projetos pela FGV. Iniciou sua carreira em Telefonia e Transmissão na extinta Estatal Telerj e deu sequência a sua carreira de 24 anos na TV GLOBO, onde passou por diversas áreas de Suporte como Especialista e Executivo. Lidera há 3 anos a área de Tráfego de Sinais no Rio de Janeiro e São Paulo, assim gerencia a Tecnologia de Externas no RJ. Participou de vários projetos e eventos na TV GLOBO relacionados a todas as áreas de Produção de Conteúdo do Grupo Globo.

14h - 15h30

Inovação e Tecnologias Disruptivas | Sala 16

Startups do Audiovisual – Empreendedorismo e Inovações

Startups do audiovisual – Empreendedorismo e inovações

Conheça três empreendedores e suas startups que estão inovando e abrindo o mercado audiovisual em novos segmentos de negócios. Cada startup está em um estágio diferente: early stage, operação-tração e internacionalização. O painel apresenta a trajetória de sucesso desses negócios inovadores de tecnologia e conteúdo.

Moderador: José Carlos Aronchi - Centro Nacional de Referência em Empreendedorismo, Tecnologia e Economia Criativa Sebrae

Jornalista e Radialista. Doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo. Consultor de tecnologia e inovação na economia criativa nos segmentos de negócios da mídia - audiovisual, games e editoração impressa e digital. Gestor do grupo de trabalho de Mídia no Centro Nacional de Referência em Empreendedorismo, Tecnologia e Economia Criativa Sebrae.

VAV – Vitrine para o Audiovisual

VAV é o primeiro Hub online de profissionais do audiovisual brasileiro que funciona como vitrine para projetos, profissionais e licenciamento de conteúdo.

Palestrante: Isadora Lemes - Co-founder - VAV - Vitrine Audiovisual

Formada pela FAAP, atua no mercado como roteirista e diretora criativa desde 2013. Passou por produtoras como Olhar Imaginário (atuando como assistente de direção e produção do diretor Toni Venturi) e Guaraná Filmes (como roteirista, produtora e diretora de conteúdo para redes sociais). Hoje é sócia-diretora da produtora Nova Vitrine Produções e roteirista oficial do canal "DRelacionamentos" que conta com uma rede de espectadores de mais de 2 milhões de pessoas no Youtube e Facebook. Co-fundadora da VAV Audiovisual.

A vida no centro: HUB de Cultura e Inovação

A Vida no Centro é uma startup de informação e conhecimento focada no Centro de São Paulo. Por meio de uma plataforma digital, webséries, redes sociais, aplicativo web, eventos e curadoria de tendências, a startup mostra o que o coração da metrópole tem de melhor: cultura, gastronomia, lazer, turismo e as pessoas que inovam e transformam positivamente o Centro.

Palestrante: Clayton Melo - Founder - A vida no centro

Co-fundador do projeto A Vida no Centro, hub de inovação e cultura sobre o Centro de São Paulo. Líder, curador e pesquisador de tendências em tecnologia aplicada ao agronegócio (AgTech) na plataforma StartAgro. MBA em Marketing na FGV. Desenvolve projetos de Marketing Digital, Inbound e Marketing de Conteúdo - 20 anos de experiência em jornalismo: ex-editor da Istoé Dinheiro (também ex-diretor do Núcleo Digital da revista), Gazeta Mercantil, Meio & Mensagem e site IDG.

IS Game – escola de videogame para todas as idades

IS Game – International School of Game ensina crianças, jovens e idosos a desenvolver videogame. É a primeira escola de videogame no Brasil com a metodologia comprovada cientificamente para melhoria cognitiva dos idosos.

Palestrante: Fábio Ota - CEO - IS Game

Consultor em Gamificação. Pesquisador Responsável pelo projeto “Programação de Games para o desenvolvimento do raciocínio lógico e prevenção do declínio cognitivo em Idosos” no Programa FAPESP Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE)​. Foi Diretor da Picnet Solutions do Brasil, empresa de desenvolvimento de games e sistemas (1993 a 2005).​ Atuou como Gerente de TI, Gerente de Projetos, Analista e Programador nos segmentos Industrial, Bancário, Imobiliário e de Consultoria.​ Coautor do livro “Estratégias Empresariais para Pequenas e Médias Empresas”, capítulo “Planejamento estratégico de Tecnologia da Informação". Ministra palestras e Workshops sobre Gamificação no Mundo Corporativo.

16h - 17h30

Inovação e Tecnologias Disruptivas | Sala 13

Inteligência Artificial / Plataformas Cognitivas / Data Analytics

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL / PLATAFORMAS COGNITIVAS / DATA ANALYTICS

A Inteligência Artificial veio para ficar e revolucionar mercados. No caso específico da produção de conteúdo, já mudou a forma de trabalho, realizando atividades repetitivas e rotineiras com alta performance. O uso da criatividade humana é potencializado nos eventos que exigem este tipo de conhecimento. Desta forma, a cobertura dos eventos que não são muito rentáveis pode ser completamente operacionalizada por um sistema de IA. Neste painel, iremos contar com especialistas que irão compartilhar seus conhecimentos sobre as novas tecnologias e novidades dos mercados nacional e internacional na produção de esportes, jornalismo e eventos em massa com pouca ou nenhuma ação humana, usando como fonte de informação as mídias sociais e dados de uso dos consumidores finais.

Moderador: Hugo Nascimento - CTO Ad Digital

Formado em engenharia, tem 12 anos atuando em projetos de PAY TV em diversos ramos como IPTV, DTH e TV a cabo. Em sua carreira, ele atou em empresas e clientes referencia no mercado, como Cisco e Irdeto, assim como em projetos que envolviam equipes multidisciplinares em diversos países para Telefonica, Megacable, Claro, NET e sua experiência contempla projetos em pré e pós-venda com profundo conhecimento técnico nesse mercado. Atuou nos mais exigentes mercados como Alemanha, Estados Unidos, México, Colômbia, Argentina, Dinamarca, Espanha entre outros.

Digitalização: assistência ou tecnologia?

O uso da tecnologia para resolver problemas, é assistência. ​A digitalização trata menos sobre internet ou computadores e mais sobre ASSISTÊNCIA, sendo computadores e internet apenas aquilo que viabiliza essa assistência.O importante é a tecnologia assistindo as pessoas de diversas formas. Esta palestra é sobre tecnologias específicas para construir aplicativos de tv, cloud e mobile dando ao público da SET um panorama do que está acontecendo na vida das pessoas (nós) e como isso muda nossas expectativas como consumidores.

Palestrante: ALberto Menoni - Head of Broadcast Media Entertainment - Google

Executivo de negócios com ampla experiência em empresas de destaque como [X], Google, Microsoft, Rio Tinto Alcan e AT & T, construindo uma sólida carreira internacional em vendas, marketing e parcerias. Um empreendedor de sucesso também, com 8 anos liderando o rápido crescimento de uma empresa brasileira de tecnologia, a Auteq.

A inteligência artificial como elemento da Indústria 4.0 aplicada ao setor criativo

Nesta apresentação o público irá ter acesso a como o mundo de M&E entre outros vem se adaptando rapidamente com o advento da industria 4.0 exemplos práticos de como se aplicar no mercado de broadcast atualmente.

Palestrante: Washington Cabral - Client Technology Advisor for Media & Entertainment - IBM

Washington passou os últimos 28 anos de sua vida profissional no setor de Tecnologia da Informação. A curiosidade e entusiasmo por novos conhecimentos encontrou o casamento perfeito quando passou a se dedicar nos últimos 5 anos ao setor de mídia e entretenimento. A radical transformação impulsionada por tecnologias emergentes que o setor enfrenta é o ambiente ideal para desenvolver idéias disruptivas e que possam fazer diferença para o futuro do setor.

Inteligência Artificial na Produção de Mídia e Sistemas de Entrega

Esta apresentação fornecerá definições de Inteligência Artificial, Machine Learning e Redes Neurais, e uma visão geral de como estas tecnologias estão sendo usadas na indústria de mídia (na criação de conteúdo, distribuição de conteúdo e aplicativos de back-office). Ela será concluída com uma previsão de onde essas tendências provavelmente seguirão.

Palestrante: Skip Pizzi - Vice-presidente de Educação Tecnológica e Outreach da NAB

Skip Pizzi é engenheiro, jornalista, editor, autor e coach de tecnologia. Atualmente, exerce o cargo de vice-presidente de Educação Tecnológica e Outreach da National Association of Broadcasters (NAB). Também é vice-presidente do Grupo de Tecnologia 3 (TG3) do Advanced Television Standards Committee (ATSC), que está desenvolvendo o padrão ATSC 3.0. É membro do Conselho de Administração do Fórum Ultra HD e editor associado do Manual de Engenharia da NAB, 11ª edição.  Graduado pela Universidade de Georgetown, estudou Engenharia Elétrica, Economia Internacional e Belas Artes.  Seu livro mais recente é A Broadcast Engineering Tutorial for Non-Engineers, 4 ª edição.

Como a inteligência artificial e o futebol ao vivo se unirão para criar uma melhor narrativa

A inteligência artificial (IA) já demonstrou que terá um impacto transformacional em muitos setores. A produção de esportes ao vivo não é diferente. É uma área que busca eficiência operacional para oferecer mais conteúdo a um público cada vez mais diversificado e conectado.

Usando o futebol como exemplo, junte-se ao James Stellpflug da EVS enquanto ele explica como a natureza rápida e eficiente da tecnologia de aprendizado de máquina mostra que ele pode ser usado para fornecer fluxos de trabalho mais inteligentes que permitem aos produtores produzir mais facilmente o conteúdo mais envolvente. objetivo é oferecer uma melhor experiência de futebol ao vivo para os telespectadores.

Este artigo apresentará uma visão de como a IA apoiará o desenvolvimento de tecnologia de produção ao vivo nos próximos anos. Ele ensinará aos visitantes que, com as redes neurais certas de aprendizado de máquina, a AI pode ser usada como um assistente de produção integrado para executar várias tarefas com a velocidade e a confiabilidade necessárias em produções ao vivo, sem precisar implantar recursos adicionais.

Seja para adicionar facilmente recursos visuais aprimorados à programação, para automatizar a melhoria dos replays ou para orientar os programas de auto-direcionamento de câmeras, a AI é uma tecnologia fundamental que será fundamental para oferecer um conteúdo melhor, mais rápido. Nesta apresentação, exploraremos ainda mais as futuras aplicações potenciais para fluxos de trabalho inteligentes e apresentaremos casos de uso existentes que fornecerão histórias aprimoradas com o futebol ao vivo.

Palestrante: James Stellpflug - VP Product Marketing - EVS

James é um profissional experiente com conhecimento em design de redes e sistemas de transmissão complexos para produção de eventos ao vivo e produções de transmissão em todo o mundo. Ele tem sido Gerente de equipes em um ambiente acelerado no espaço de manufatura de Broadcast e assumiu papéis com entusiasmo, entusiasmo e uma abordagem orientada a resultados.

16h - 17h30

Tecnologia e Negócios | Sala 12

Semiosfera Televisiva – Novos Arranjos, Mercado e Plataformas de conteúdo Audiovisual – Televisão, Internet, OTT, Modelos de negócios e Workflow

Semiosfera Televisiva – Novos Arranjos, Mercado e Plataformas de conteúdo Audiovisual – Televisão, Internet, OTT, Modelos de negócios e Workflow

A partir do conceito de “Semiosfera Televisiva”, em que conteúdos de mídia televisiva se constituem em novas configurações, abordam-se, neste painel, aspectos de modelo de negócios e workflow para a produção de conteúdo audiovisual, com ênfase em janelas e plataformas, Televisão, Internet e OTT.
A partir de relatos de casos e exemplos de atuação das empresas representadas pelos convidados, pretende-se traçar um cenário em que se abrem janelas e plataformas de distribuição e exibição de conteúdo.

Moderador: Almir Almas - Professor Doutor, Universidade de São Paulo / Vice-diretor de Cinema - SET

Professor Associado e Chefe do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão e Pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Meios e Processos Audiovisuais da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Coordenador Geral do Grupo de Pesquisa LabArteMídia – Laboratório de Arte, Mídias e Tecnologias Digitais e do Obted – Observatório Brasileiro de Televisão Digital e Convergência Tecnológica. Doutor e Mestre em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Cineasta/ Videoartista/VJ; Artista do Coletivo de Arte Cobaia. Vice-Diretor de Cinema da Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão (SET). Autor de "Televisão digital terrestre: sistemas, padrões e modelos".

Toda TV será em breve um OTT. Como não ficar de fora do Futuro.

O OTT é uma realidade no mercado global. Além do crescimento no consumo de tecnologias de mobilidade (smartphones, tablets, laptops e STB), dados positivos deste mercado vêm mostrando um alto crescimento no consumo de serviços de streaming. Como consequência disso, o consumidor vem procurando um entretenimento acessível e de qualidade, que ele possa consumir de forma simples e a Internet viabiliza isso. As empresas que atuam ou planejam entrar no mundo OTT, precisam se reinventar seguindo as novas tendências tecnológicas e novos modelos de negócios.

Palestrante: Claudio Lessa Friedrich - Co-fundador e Vice-Presidente da Associação Brasileira de OTT – Abott’s!

Atua na indústria de TV por assinatura com mais de 19 anos em TV Digital: Satélite, Cabo, MMDS, IPTV e OTT. Possui experiência em Engenharia de Sistemas e Gerente Técnico de Pré-Vendas em Desenvolvimento de Negócios, expertise em soluções multimídia avançadas, soluções convergentes inovadoras, instalações e suporte para empresas multinacionais na LATAM.

Realidade Virtual Imersiva

Entre tantas novas janelas, surge mais uma para o mundo de televisão, é a Realidade Virtual Imersiva, seja no Broadcast, na TV por cabo/satélite ou pela Internet. Os tão falados óculos de Realidade Virtual agora ganham uma nova linguagem, a transmissão ao vivo de shows e esportes passam para a quarta dimensão, e grandes players da indústria de entretenimento e do esporte passam a transmitir eventos especiais com a tecnologia imersiva e espacial.
Apresentação de cases bem sucedidos de Live VR: World Cup, NBA, NFL, Boxing, Shows, Talk Shows, etc

Palestrante: Rodrigo Dias Arnaut - Diretor de Tecnologia, Inovação e Criatividade no Esconderijo Criativo e Mundo360

Professor na FAAP, especialista, realizador e um “Inovador Disruptivo" em Transmidia, em “Imersão Virtual", e em “Interação e Engajamento”. Presidente América Latina da Choicely.com (plataforma de votação online). Mestre em Inteligência Artificial pela Poli/USP e Pós em Gestão pela ESPM. Diretor na SET, Fundador da EraTransmidia, liderou por 21 anos projetos de inovação e tecnologia na Globo.

O CAMINHO PARA UMA TV DISRUPTIVA

Muito se fala da desruptiva arquitetura dos dispositivos OTT e sua força sobre o modelo de negocio atual das TV´s sejam abertas ou fechadas ( cabo, satélite etc ).
O OTT pode vir embarcado desde o Playstation Vue, Xbox 0NE, Tv conectadas ou o Slingbox e agora Amazom Prime e o já famigerado Netflix . Estamos todos vendo uma nova parcela de ofertas que devem mudar a forma como vemos TV para sempre.
No entanto, um olhar sobre esses novos serviços rapidamente revela uma lacuna no conhecimento e como, até agora, muitas empresas não conseguiram entender como o comportamento das pessoas e as suas expectativas mudaram. Isso significa uma enorme oportunidade perdida. O movimento de transmissão por streaming não é de interesse dos leigos, as pessoas não se importam como as coisas chegam até elas . Elas não se preocupam com a tela que estão ligadas, elas apenas se preocupam como a experiência.

Palestrante: Tom Jones Moreira de Assis - Coordenador do Departamento de Engenharia de Aplicação da Tecsys do Brasil.

Tom Jones Moreira de Assis é especialista em Sistemas digitais e consultor de Inovação tecnológica com experiência de mais de 15 anos no mercado de Telecom. Coordena o departamento de Engenharia de Aplicação da Tecsys do Brasil. Membro do Fórum SBTVD: Módulo de Promoção e Módulo Técnico, e membro da Diretoria de Ensino da SET.

Streaming e o Cinema Brasileiro: A Dicotomia do serviço de Streaming na acessibilidade de filmes

O cinema é uma atividade artística e cultural que possui capacidade de atividade econômica altamente rentável e geradora de mão de obra.
Esta palestra trás a discussão do porquê a sustentabilidade do cinema nacional ainda é tão difícil diante das possibilidades do streaming.

Palestrante: Kaliane Pereira Miranda - Assistente de Programação - SP Leituras

Formada em cinema, pesquisadora das novas tecnologias audiovisuais, principalmente as formas de distribuição digitais de vídeo em streaming. Produtora de curtas-metragens, professora em oficinas livres de interpretação e programadora e assistente de produção na SP Leituras.

Análise de mercado e novas formas de distribuição de conteúdo – OTT

A chegada da era multiscreen vem alterando o comportamento do espectador e novos modelos de negócios vem surgindo através dos diferentes tipos de serviço OTT O momento atual é estratégico, pois a utilização de serviços de Catch-up TV, VOD, etc, demanda uma adequação dos sistemas atuais dos provedores de serviço e conteúdo.
Essa palestra trará uma visão comparativa do mercado de novas mídias e como a indústria está se preparando para atender os novos hábitos do telespectador.

Palestrante: Gustavo Bevilacqua Dutra - OTT Sales Director Video Solutions – LATAM

Possui Graduação em Engenharia de Telecomunicações pela UERJ, Pós-Graduação em Distribuição de vídeo sob IP pela UFRJ e MBA em Gestão Comercial e Vendas pela PUC. Atualmente é Diretor de Vendas para o segmento de OTT da MX1 para o mercado latino americano. Antes já havia trabalhado para grandes empresas como Telefônica, Claro, TV Globo e ATEME, atuando principalmente em comunicação de dados, transmissão de vídeo tradicional e multi-plataformas, Over-The-Top (OTT), VOD, CDN e eventos ao vivo.

16h - 17h30

Regulatório e Normatização | Sala 15

Encontro com MCTIC e ANATEL – Assuntos Regulatórios do Momento

Encontro com MCTIC e ANATEL – Assuntos Regulatórios do Momento

O painel vai atualizar as informações sobre as ações regulatórias do MCTIC e da ANATEL, concluídas e planejadas, promovendo uma discussão sobre a sua adequação às necessidades e expectativas do setor de Radiodifusão.

Moderador: Tereza Mondino – Diretora da TM Consultoria em Telecomunicações

Graduada em engenharia elétrica - opção eletrônica pela UNB. Diretora da TM Consultoria em Telecomunicações. Consultora da SET, nos grupos de TV Digital, de Canalização e atualmente no Grupo de Espectro, nos períodos de 1999 a 2003 e a partir de 2005. Trabalhou no Ministério das Comunicações até 1998, tendo atuado na área regulatória e de planejamento de radiodifusão e dos serviços de TV pro assinatura. Na área internacional, integrou delegações e representações do Brasil em conferências e reuniões do Mercosul, da CITEL e da UIT.

 

Palestrante: Ivan Miranda – Diretor de Engenharia - GRPCOM / RPCTV (Afiliada Rede Globo no Paraná) / Diretor da Regional Sul da SET

Formou-se em Engenharia Elétrica, com ênfase em Telecomunicações. Pós Graduado em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas – FGV e Program for Management Development pela University of Navarra. Responsável pela implantação da transmissão de TV Digital na 8 emissoras de televisão da RPCTV no estado do Paraná, migração do jornalismo RPCTV para o formato HD, implantação da unidade de produção HD View (caminhão para cobertura de eventos) e implantação da OTV (canal para TV Paga).

Palestrante: Vitor Elísio Góes de Oliveira Menezes – Superintendente de Outorga e Recursos à Prestação da ANATEL

Advogado, especialista em Direito Administrativo, Gestão Pública e em Regulação de Serviços Públicos de Telecomunicações, servidor de carreira na Anatel desde 2007, passou pela Superintendência de Serviços Privados, Assessoria Jurídica da Presidência da Anatel e ocupa atualmente o cargo de Superintendente de Outorga e Recursos à Prestação.

Palestrante: Moisés Queiroz Moreira – Secretário de Radiodifusão do MCTIC – Ministério da Ciência, Tecnologia, Informações e Telecomunicações

Gestor Público. Nos últimos 15 anos exercendo cargos públicos no Governo Federal, Estadual e Municipal do Estado de São Paulo. Coordenei atividades de assessoramento técnico na Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor - PROCON SP e assessoramento especial na Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo – COHAB e Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, no período de 2003 a 2006. Em 2006 assumi a chefia de gabinete da Secretaria Municipal de Saúde do município de São Paulo. Membro do Conselho de Administração da SPTURIS – São Paulo Turismo S.A. de abril/2008 a março/2009. Desde 2015, atuo no governo federal nos cargos públicos de Assessor Especial do Ministro das Cidades, de Chefe da Assessoria Parlamentar e de Assessor Especial do Ministro do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. Atualmente como Secretário de Radiodifusão do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, atuando na gestão de atividades relacionadas à formulação, proposições e regulamentação de políticas públicas, diretrizes, objetivos e metas, relativos aos serviços de radiodifusão e ancilares.

16h - 17h30

Tecnologia e Negócios | Sala 16

Startups: Aceleradoras de Sucesso

STARTUPS: ACELERADORAS DE SUCESSO

O objetivo geral deste tema no congresso SET é mostrar um pouco do universo e as possibilidades que o modelo de negócios das Startups permite, buscando soluções inovadoras, com potencial de rápido crescimento.
Acredito que o modelo de negócios das startups pode auxiliar, dinamizar e flexibilizar o modo como operam as estações de televisão, levando soluções inovadoras a este mercado consolidado.

Moderador: José Dias – CEO Mixmedia / Diretor de Produção de Conteúdo -SET

Tem se dedicado nos últimos 40 anos às Técnicas de Produção e Engenharia de Televisão e ao estudo de utilização de Computadores para dinamizar o aspecto visual e as técnicas sofisticadas da geração de imagens e efeitos especiais para TV e cinema. Entre 1979 e 1984 foi o Principal no desenvolvimento da Tecnologia de Computação Gráfica que revolucionou o visual da Rede Globo de Televisão na década de 80.

Cidinaldo Boschini

O mercado de Venture Capital no Brasil. O que uma Startup precisa apresentar para conquistar um investimento de um VC.

Nesta apresentação mostraremos o papel dos investidores em Startups.

  • O que é um VC.
  • Quais são os tipos de VC’s
  • Quantos VC’s atuam no Brasil.
  • Histórico de investimentos em Startups no Brasil.
  • O que os VC’s analisam em uma Startup.
  • Quais os setores mais atrativos para os VC’s.
 

Palestrante: Cidinaldo Boschini- Partner-Director na Midwest Early Stage Venture Capital S/A

Empreendedor serial, Venture Capitalist (Founder da Sirius Venture Capital) e especialista em Recuperação Judicial de empresas (Founder da 2C Turnaround Consulting) com 12 anos de experiência na área, tendo realizado mais de 80 projetos de Recuperação Judicial em todo o Brasil, com mais de R$ 15 bilhões de dívidas renegociadas, dezenas de negócios de Distressed (Assets and Credit) realizados, gerando grandes múltiplos de retorno. Formado em Administração de Empresas, MBA pelo CEAG FGV, especialista em Finanças e Empreendedorismo pela BabsonUniversity. Associado a TMA ( Turnaround Management Association) Brasil e a INSOL International (International Association of Restructuring, Insolvency & Bankruptcy Professionals).

A jornada das startups de provável sucesso

O passo a passo para prototipar, validar, crescer e escalar uma ideia

Palestrante: Lima Santos - CEO da 5xMais Holding Business

Graduado em Gestão da Tecnologia da Informação, ex-Militar das Forças Armadas, atuou no Exército Brasileiro por 20 anos, é especialista em Planejamento Estratégico e Marketing Digital, Professional Coach, Pós-graduado em Marketing e Inteligência Competitiva. 5Xmais é “uma venture capital que realiza aportes financeiros em startups com grande capacidade de crescimento”. O objetivo é atuar no engajamento dos participantes do tripé da relação do negócio: o empresário da startup, o investidor e os outros players.

Growth Hacking do SaaS ao Samba

Vamos mostrar na prática, com cases e hacks reais, como growth hacking pode ser feito em qualquer tipo de negócio, um software as a service ou uma escola de samba. Muitas vezes é possível obter crescimento com ações simples que não gastam nem 5 minutos nem 5 reais.

Palestrante: Jana Ramos - Head of Growth (5xMais Holding Business), Growth Mentor for Startups (SP Stars, Startup Weekend), Growth Hacking Instructor (Udemy) and Growth Hacker (Growth Lovers).

Especialista em marketing digital, produto e vendas, há 3 anos cria cases e hacks em todo funil de growth: aquisição, ativação, retenção, recomendação, receita. Entusiasta e apaixonada por divulgar o growth em palestras, cursos e meetups, mostrando na prática cases, hacks, mindset data driven, cultura do experimento, como encontrar oportunidades e gargalos, resolver problemas com criatividade, ter visão e coragem para fazer o que precisa ser feito.

17h30 - 19h

| Sala 16

SET Innovation Zone: Demoday – Startups do Audiovisual

Moderador: Edson Mackeenzy – Head SET Innovation Zone

Ativista na formação e relacionamento com o ecossistema global de Inovação. Eleito pela ABS e AWS em 2017, o melhor mentor de startups do Brasil. Com carisma e energia contagiantes, o Mack é um dos empreendedores mais influentes do Brasil. Une conhecimentos holísticos aos mundo dos negócios para estimular o desenvolvimento das pessoas ligadas ao empreendedorismo. Com 18 anos de experiência, foi radialista, head de relacionamento com ecossistema da Bossa Nova Investimentos e fundador do Videolog, o primeiro portal de vídeos do mundo, atuando como CEO por 10 anos até seu fechamento. Desde então atua como consultor de inovação, relacionamento e investimento em Startups.

SET Innovation Zone: Demoday – Startups do Audiovisual

As 10 Startups selecionadas no desafio SetUp do programa da SET Innovation Zone 2018, apresentarão suas soluções e modelos de negócios para todos os presentes.
Haverá também uma votação e três dessas Startups serão selecionadas  para participar do Desafio Like a Boss do SEBRAE, durante a CASE 2018 – Conferência Anual de Startups e Empreendedorismo –  que acontece nos dia 29 e 30 de novembro em São Paulo, além de serem avaliadas para o programa de aceleração com a Dream2B no Canadá.

-

EasyMovie

Plataforma para contratar profissionais para criação de vídeos animados, vinhetas, apresentação de projeto, ação de comunicação, tutorial, conteúdo, convite e vídeos publicitários.

.

VAV AUDIOVISUAL

Plataforma online que disponibiliza ao profissional e estudante do audiovisual, networking e suporte necessário para a viabilização de suas obras, de forma totalmente interativa e gratuita.

.

-

Huntag

Sistema de colaboração criativa que facilita a organização, gerenciamento e o encontro de materiais digitais, para ajudar na produtividade das equipes.

.

Surfmappers

Plataforma criada para conectar surfistas e fotógrafos e para facilitar a compra e venda das fotos e vídeos, por meio de sistema de pagamento integrado e filtros inteligentes.

.

Talentos Kids

Plataforma criada para conectar talentos infantis ao mercado publicitário e de moda. O controle dos perfis é da responsabilidade dos tutores das crianças e a verificação das empresas é feita pela empresa.

.

Muvier

Plataforma que conecta negócios à empresas de criação de vídeos profissionais. Usam da tecnologia para facilitar o acesso a produção de vídeos, de maneira democrática. Porque todo mundo adora vídeo, quem vê e quem faz.

.

Sling Musical

Plataforma digital que conecta músicos, ouvintes, produtores, casas de shows, gravadoras, empresários e empreendedores entusiastas da Indústria da Música independente.

.

Xtream Solution

Acervos de vídeos com reconhecimento facial e busca de áudios por texto.

.

Tapps VR

Desenvolve sistemas de realidade virtual para experiências interativas e imersivas para diversas finalidades.

.

Chili Gum

Plataforma que transforma dados estruturados em vídeos personalizados.

.


Quarta-Feira – 29/08/2018

Imprimir ou salvar como  PDF

SALA  13 SALA 12 SALA  15 SALA  16
8h30 – 9h10 Café da manhã oferecido aos inscritos dentro das salas
9h – 11h
Inovação e Tecnologias Disruptivas
TV Digital Terrestre. Para onde vamos?
Fernando Bittencourt
Produção de Conteúdo
e-Sports: Desafios na Produção e Transmissão de um Esporte Eletrônico
Daniel Cossi
Distribuição Audiovisual
OTT – Anytime, Anywhere, Any Device
Gilvani Moletta
Inovação e Tecnologias Disruptivas
O Ecosistema da Internet das Coisas – Transformando Negócios e Melhorando a Experiência Humana
Vinícius Vasconcellos
11h30  – 13h
Inovação e Tecnologias Disruptivas
Evolução do SBTVD ( Sistema Brasileiro de TV Digital)
José Marcelo Amaral
Produção de Conteúdo
Jornalismo e Esporte, Avançado – Produção Remota
Raimundo Lima
Tecnologia e Negócios
Novo Paradigma de Métricas de Negócio para TV
Marcelo Guerra
Distribuição Audiovisual
Rádio Pós Migração / Redução de Cobertura?
Eduardo Cappia

INTERVALO

14h – 15h30
Hot Session
Hábitos de Consumo e o Futuro da Midia
Roberto Franco
Eletrônica de Consumo
Displays em Contínua Evolução – as Mais Recentes Inovações
Cláudio Younis
Tecnologia e Negócios
Plataformas de TV por Assinatura / Aspectos Tecnológicos
Claudio Borgo
Distribuição Audiovisual
O Rádio e as Plataformas Inteligentes
Marco Túlio Nascimento
16h – 17h30
Inovação e Tecnologias Disruptivas
TV Digital Terrestre Avançada – Convergência com 5G
Cristiano Akamine
Eletrônica de Consumo
Smart TVs, Conectividade e Avanços na Era do 4K HDR
J.R. Cristóvam
Tecnologia e Negócios
O Futuro do Comportamento de Consumo na TV por Assinatura / VoD / OTT
Maurício Donato
Tecnologia e Negócios
Conteúdo: o Futuro do Rádio – Alternativas
Eduardo Cappia

Quarta-Feira – 29/08/2018

Horário Palestras
Horário Palestra

9h - 11h

Inovação e Tecnologias Disruptivas | Sala 13

TV Digital Terrestre. Para onde vamos?

TV Digital Terrestre. Para onde vamos?

A Industria de TV japonesa tem uma histórica preocupação com a qualidade de imagem. Começou nos anos 70, com as primeiras pesquisas de TV de Alta Definição, passando pelas primeiras transmissões em HD no final da década de 80, ainda no sistema analógico, até a previsão de transmitir 8K para grande parte da população do país já em 2025. A primeira fase deste desafio é compatibilizar o sistema de transmissão digita atual com o formato 4k. Vamos apresentar a seguir o que a emissoras comerciais japonesas estão fazendo neste sentido.

Moderador: Fernando Bittencourt – Diretor Internacional da SET

Fernando Bittencourt é diretor internacional e membro do Conselho de Ex-presidentes da SET. Engenheiro eletrônico, é fundador da FB Consultoria e ex-diretor geral de Engenharia da Rede Globo. Faz parte do Conselho Deliberativo do Fórum SBTVD e é membro das entidades internacionais: IEEE, IBC e SMPTE. Em 1994, tornou-se o coordenador do grupo criado pela SET e pela ABERT que estudou e implantou a TV digital no Brasil. Foi conselheiro titular do Conselho de Comunicação Social do Senado Federal. É reconhecido mundialmente como engenheiro de notório saber na área de comunicações.

Uma visão geral de P & D da próxima geração de DTTB no Japão

O Ministério do Interior  e Comunicações do Japão formulou um roteiro para  4K / 8K em julho de 2015.
Com base neste roteiro, o ministério tem promovido a pesquisa e o desenvolvimento de tecnologias de radiodifusão terrestre 4K / 8K.
A palestra trará uma visão geral sobre as atividades japonesas de P & D envolvendo tecnologias terrestres 4K / 8K e especificações técnicas de estações experimentais para transmissão de 4K / 8K DTTB.
Também serão abordadas questões relacionadas com a migração para a próxima geração de serviços de DTTB.

Palestrante: Hiroaki Kimura - Director for Digital Broadcasting Technology, Broadcasting Technology Division, Information and Communications Bureau - MIC Japan

O Sr. Hiroaki Kimura é responsável pela cooperação internacional no ISDB-T e em tecnologias avançadas de transmissão no Ministério do Interior e Comunicações do Japão. Ele conduziu pesquisas sobre TV digital durante a transição de DTTB no Japão e formulou normas técnicas regulatórias sobre instalações de estações de transmissão de TV terrestre digital em pequenas áreas e com resiliência a desastres. Recentemente, ele também foi responsável por negociações de questões da WRC-19 em reuniões preparatórias da Telecomunidade da região Ásia-Pacífico.

Sistema híbrido de 4K e HD DTTB atual – 3 camadas hierárquicas + 4K MIMO

Foi estudada metodologia técnica para dividir um segmento e transmitir 2K como onda polarizada horizontal e 4K como ondas polarizadas horizontais e verticais. O modulador compartilhado 2K / 4K e o demodulador 4K foram prototipados. Demonstramos que 2K foi recebido por um receptor convencional e 4K foi recebido por um demodulador protótipo por um experimento de acoplamento com fio.

Palestrante: Iwao Namikawa - Professional Department Manager - Broadcasting Technology Department - Kansai Television - Japan

Entrou para a Kansai Television CO.LTD. (KTV) em 1980. Trabalhou na BS Fuji INC.-2001 ~ 2005. Gerente, Divisão de Mídia, CROSS MEDIA Business Dep. KTV em 2006. Gerente, Dep. De Promoção de Tecnologia em 2012. Gerente, Dep. De Tecnologia de Radiodifusão em 2014. Gerente de departamento profissional Broadcasting Technology Dep. em 2017. Atualmente trabalhando em estudos de radiodifusão terrestre avançada. Recebeu o Prêmio de Promoção de Tecnologia ITE em 2002.

P & D para implantação simultânea de transmissão 4K-UHD abrangendo 2K-TV

O método LDM (Layered Division Multiplexing), que é a tecnologia de base da presente proposta, é um método de multiplexar hierarquicamente uma pluralidade de sinais com diferença de potência. Nesta apresentação, confirmamos o princípio de operação do LDM usando a produção experimental com o método LDM aplicado ao dispositivo FPU e informamos sobre a área de serviço da transmissão 4K quando o colocamos em hierarquia de baixa potência com influência mínima na radiodifusão digital terrestre.

Palestrante: Kazuki Imamura - TBS TV - Tokyo Broadcasting System Television

Abr 2010 – Mar 2014, Universidade de Waseda, Japão, Bacharelado em Engenharia. Apr. 2014 – Mar 2016, Universidade de Waseda, Japão, Mestre em Engenharia. Apr. 2016 - Presente, TBS - envolvido na divisão de operações de rede de tecnologia de TV.

Método de Modulação e Demodulação LDM mantendo compatibilidade com ISDB-T

Propomos o método LDM como a próxima geração de transmissão de televisão digital. Com o método LDM, a migração do atual 2K para a próxima geração 4K pode ser realizada sem problemas. Esta apresentação explicará a tecnologia de modulação / demodulação do sistema LDM compatível com o atual ISDB-T.

Palestrante: Tatsuhiro Nakada - Vice Senior Chief Engineer - Hitachi Kokusai Electric Inc.

Estou no departamento de P & D há 20 anos, na área de desenvolvimento de sistemas de comunicação sem fio, como retransmissão de sinais digitais, formação de feixe com múltiplas antenas e correção de erros.

9h - 11h

Produção de Conteúdo | Sala 12

e-Sports: Desafios na Produção e Transmissão de um Esporte Eletrônico

eSports: Desafios na Produção e Transmissão de um Esporte Eletrônico

A evolução  das tecnologias de Internet proporcionando maior velocidade na transmissão de dados trouxe novas possibilidades de interação com as pessoas ao redor do mundo.

O eSports, usando estas tecnologias , quebrou as barreiras de dependência da TV tradicional, criando novos eventos,  competições totalmente novas, na contramão do pré-estabelecido. São novos métodos de narrativa, nova tecnologia e com a participação da audiência. Um novo mundo, como novos desafios de produção, transmissão e legislação.

 

Moderador: Daniel Cossi - Presidente da Confederação Brasileira de Desportos Eletrônicos (CBDEL)

Palestrante, Entusiasta e criador de Leis e Regulamentação de Esports, Modelos de Negócios para Investidores em Esports e Especialistas em padrões de administração para Organizações de Esports (Governança, Transparência e criação de Suprema Corte, Câmara de Resolução de Litígios, Departamento Antidoping, Comissões, Árbitros e outros áreas necessárias e obrigatórias). Escritor de Artigos Esports em diversas áreas no Brasil e no mundo. Experiência anterior em administração, desenvolvimento, negócios e modelos financeiros, marketing para novos produtos e marcas, agora 100% dedicado à Esports. Criador da Lei Federal no Brasil para o Esports (Câmara dos Deputados e Senado) e Legislação de Esports em Assembleais Legislativas, regulamentações e padrões brasileiros de Esports para o reconhecimento e criação de Esports em países da LATAM e planos de negócios, planos de marketing, abordagem de parcerias em Esports e planos de engajamento cultural e educacional no Esports, possibilitando a entrada e aceitação como esporte regular dentro dos governos da LATAM.

Grandes transmissões esportivas – O futuro já chegou

As transmissões de eventos esportivos deixaram de ser mais um ítem da programação para ser a grande opção de faturamento e de crescimento de audiência.
Neste painel, um passeio pelos números dos grande eventos esportivos mundiais e uma reflexão sobre os próximos grandes desafios.

Palestrante: Adolfo Vieira Martins - Diretor Comercial - ADS+ Live Mkt

Executivo de Vendas - Consórcio Luqui Bandeirantes - 1987 a 1989 Executivo de Vendas - TV Record - 1990 a 1993 Gerente Comercial - RBS Rede Brasil de Comunicação - 1993 a 1998 Gerente Comercial - Sistema Globo de Rádio - 1998 a 1999 Diretor Comercial - Clear Channel Brasil - 2000 a 2006 Diretor Comercial - Visualfarm Produtora de Espetáculos de video mapping - 2007 a 2009 e 2012 a 2017 Sócio-Diretor - Empresa própria de Consultoria ADIN Mkt Estratégico - 2010 a 2012 Diretor Comercial - ADS+ Live Marketing e KidZania - 2017/2018

Broadcasting e Streaming no e-Sports

A evolução do streaming do e-Sports e sua adaptação para os meios de comunicação de Broadcasting via ondas e cabo.

Palestrante: Felipe Matos - Country Manager Brazil - Gfinity

Responsável pelo desenvolvimento e operações da Gfinity Brasil. Diretor de Conteúdo e Evolução da plataforma de broadcasting e streaming da Gfinity Brasil e coordenação do núcleo de negócios. Ex-atleta Olimpico de Taekwondo.

Palestrante: Ronaldo Geraidine - Diretor de Comunidade e Engajamento - CBDEL / LNEe

Diretor de Comunidade e engajamento da CBDEL Diretor de Comunidade e engajamento na LNEe Experiência com coordenação de times e atletas, criação e desenvolvimentos de projetos, operação de campeonatos nacionais e internacionais, engajamento com projetos sociais e inclusivos.

9h - 11h

Distribuição Audiovisual | Sala 15

OTT – Anytime, Anywhere, Any Device

OTT – Anytime, Anywhere, Any Device

Os desafios do video sob demanda. em um cenário das mais variadas velocidades de conexão e diversas codificações para os inúmeros “players” do mercado. O desafio da padronização técnicas e também da regulamentação do VoD no Brasil. Esses temas serão abordados pelos maiores especialistas no assunto atuantes nesse mercado.

Moderador: Gilvani Moletta - Diretor de Tecnologia - TV CULTURA

Diretor Técnico da Fundação Padre Anchieta responsável pelos setores de Engenharia, Operações e Tecnologia da informação; Engenheiro Eletrônico especialista em Processamento Digital de Sinais; MBA em Gerenciamento de Projetos, Experiência de 20 anos em radiodifusão.

OTT – Novos negócios e oportunidades

Definição de plataformas, novos negócios e oportunidades, geração e gerenciamento de conteúdos e as diversas formas de difundir conteúdos pelas mais variadas plataformas, serão parte dos temas abordados nesse painel.

Palestrante: Everton Alves - Diretor Comercial - SAMBATECH

Everton Alves possui mais de 15 anos de experiência em Tecnologia. Atuou em empresas como Embratel, Totvs e Linx. Atualmente é Sócio-Diretor da Samba Tech e também Co-founder e Diretor de Plataformas e Distribuição de Conteúdos da ABOTT's (Associação Brasileira de OTT’s).

Codificação e Adaptação dos Sinais para Multiplataformas

Os desafios da digitalização e codificação dos sinal de vídeo para transmissão para os mais diversos formatos e telas. Controle de qualidade dos sinais em diversas taxas.

Palestrante: Bruno Magalhães - Diretor de Negócios e desenvolvimento - ATEME

Engenheiro Eletrônico com MBA em Gestão Empresarial. Profissional com mais de 10 anos de experiência em integração de sistemas, implantação, suporte ao cliente, pré-vendas e atividades de vendas. Experiência trabalhando em empresas fornecedoras de CAS, bem como sistemas de compressão de vídeo nos últimos 8 anos.

Novos modelos de negócio da TV Brasileira

Com o avanço do consumo não linear de conteúdos audiovisuais as emissoras e produtoras de conteúdo audiovisual deverão mudar as suas estratégias para assegurar as audiências. Assim, na palestra se pretende debater os diferentes tipos de planos de negócios implantados para fornecer conteúdos ou concorrer direta e indiretamente com os serviços de VoD (Video-on-Demand) e OTT (Over-the-Top), tanto nacionais como internacionais conformando o ecossistema da TV Everywhere.

Palestrante: Fernando Carlos Moura - Jornalista, Professor da PUCC, FAAP, CIMJ, UNL, Editor Chefe da Revista SET

Prof. Doutor Fernando Carlos Moura é Jornalista, professor do curso de Design Digital, e de Publicidade e Propaganda da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUCC); professor do Curso de Pós-graduação em Produção Executiva e Gestão da Televisão da FAAP (Fundação Armando Alvarez Penteado) e pesquisador do Centro de Investigação Media e Jornalismo (CIMJ), Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa (UNL) e desde 2013 editor-chefe da Revista da SET.

OTT – Desafios de distribuição e novos negócios para a América Latina

Os mais diversos desafios da distribuição e disponibilidade de conteúdos em OTT, as oportunidades de negócios para geradores de conteúdos. Os desafios técnicos que envolvem todo fluxo de distribuição, armazenamento e organização das mídias, são os temas abordados nessa palestra.

Palestrante: Jossi Fresco Benaim - Diretor Regional da América Latina - Verizon Digital Media Services

Jossi Fresco Benaim é o diretor regional da "Verizon Digital Media Services Latin America". Seu foco é fomentar relacionamentos comerciais de longo prazo com clientes na América Latina, promovendo os benefícios da plataforma de video da Verizon, de ponta a ponta. Oferecendo experiências de qualidade de mídias aos consumidores em todos os dispositivos. Antes de ingressar na Verizon, Fresco foi diretor de tecnologia da Brevity e co-fundou várias empresas nos EUA e no Reino Unido. Ele possui vasta experiência em tecnologias de vídeo digital, fluxos de trabalho de produção de mídia, implantações globais e design de software, com ênfase internacional em Israel, Europa, EUA e Reino Unido. As equipes lideradas pela Fresco foram as vencedoras de vários prêmios da indústria, incluindo: Fornecedor de Excelência da Texas Instruments, Prêmio de Excelência da Hewlett-Packard pela "Best Marcom Initiative" e o Prêmio "Gold Award" da British Interactive Media Association (BIMA). Jossi Fresco estudou na Universidade de Buenos Aires e no Centro de Informação e Sistemas Gerenciais em Israel. Ele é fluente em inglês, espanhol e hebraico.

9h - 11h

Inovação e Tecnologias Disruptivas | Sala 16

O Ecosistema da Internet das Coisas – Transformando Negócios e Melhorando a Experiência Humana

O ecosistema da Internet da Coisas – Transformando negócios e melhorando a experiência humana

Você já pensou no efeito da Internet das coisas (IoT) hoje em nossa vida? Estamos transformando radicalmente as experiências dos clientes, aprofundando relacionamentos, incrementando eficiências operacionais, transformando profissões, empresas e até indústrias inteiras.
Nesse painel abordaremos os desafios na construção do ecossistema da Internet das Coisas apresentando casos de uso com foco na indústria de mídia e entretenimento.

Moderador: Vinícius Vasconcellos - Consultor Senior - Telecom, Media & Entertainment IBM

Vinicius é consultor sênior na IBM, tendo como foco a aplicação de novas tecnologias como Inteligência Artificial, Blockchain, Cloud, Big Data e Analytics na indústria de Telecom, Mídia e Entretenimento. Com sólida experiência em telecom e broadcast, atuou como especialista e executivo na Claro e no Grupo RBS. É formado em Engenharia Elétrica com Especialização em Administração pela UFRGS e possui MBA em Gestão Executiva pela Fundação Dom Cabral.

A Jornada de IoT: da coleta de dados à aplicação de tecnologias cognitivas

Nesta palestra serão discutidos aspectos relacionados à adoção de tecnologias de IoT, partindo de cenários básicos de coleta de dados, passando pela utilização de estratégias analíticas, até chegar na aplicação de tecnologias cognitivas visando extrair valor para os clientes.

Palestrante: Roberto Engler Jr. - IBM Watson IoT Sales Leader

Há 12 anos na IBM Brasil, sendo o último ano e meio na área de vendas de Watson IoT. Já ocupou as funções de gerente da unidade Security Solutions, vendas de software para o setor de telecomunicações e P&D, tendo passado pelo IBM Zurich Research Lab. Profissional com experiência de mais de 20 anos no mercado de tecnologia, formado em Ciências da Computação pela USP e MBA em Gerenciamento de Telecomunicações pela FGV.

A segunda onda da Internet – Todas as empresas serão empresas de IoT

Nos próximos anos todos os negócios vão ser altamente dependentes ou centrados em Internet das Coisas. Assim como a primeira onda da Internet transformou vários segmentos de negócios de forma radical, a próxima onda, que já está acontecendo, conhecida por Internet das Coisas, irá causar impacto semelhante ou maior em empresas de segmentos tradicionais que antes se consideravam imunes ao impacto da tecnologia.

As empresas terão que se transformar, de meros fabricantes de produtos físicos ou prestadores de serviços tradicionais, em empresas focadas em atender as demandas dos clientes através da orquestração de diferentes produtos conectados e serviços digitais, muitas vezes combinando produtos e serviços de terceiros, para ao final entregar uma experiência unificada e diferenciada que atenda a necessidade de seus clientes de uma forma que antes não era possível. A era das empresas que fazem uma “coisa que só faz uma coisa”, irá em breve acabar.

Palestrante: Flávio Maeda - Presidente da ABINC - Associação Brasileira da Internet das Coisas

Flavio Maeda é Engenheiro Mecatrônico e atua profissionalmente há 19 anos na área de TI industrial. Como empreendedor desde 2005 fundou empresas de consultoria de TI, software e Internet. Atua ativamente na área de Internet das Coisas desde 2009, tendo sido fundador dos grupos (meetup) Internet das Coisas na Prática, iniciador do projeto The Things Network no Brasil e membro do IOT Council.

Internet das Coisas: a inovação digital muito além da integração das coisas

A evolução e os ciclos de inovações digitais ocorridos nos últimos anos formaram um ambiente que permite e exige a assimilação de novas tecnologias para fazer tudo de forma diferente e melhor, que é o princípio da Transformação Digital. A Internet das Coisas(Internet of Things – IoT) faz parte deste ambiente e pode ser entendida como sendo a rede ubíqua e global que integra o mundo físico e o torna digital. Mas, esta integração, para ser efetiva e trazer valor, precisa estar associada a outras tecnologias para aproveitar ao máximo o potencial da Transformação Digital. Este ambiente vai gerar grandes oportunidades e desafios para as empresas e indivíduos.

Palestrante: Prof. Alberto Albertin - Professor da FGV - Coordenador do Projeto IoT no Centro de Tecnologia e Informação Aplicada (GVcia)

Possui graduação em Administração de Empresas - Faculdades Associadas de São Paulo (1981), mestrado em Administração pela Universidade de São Paulo (1993) e doutorado em Administração pela Universidade de São Paulo (1998). Atualmente é professor Titular da FGV-EAESP, Coordenador do Centro de Tecnologia de Informação Aplicada (CIA), do Programa de Excelência em Negócios na Era Digital (NED) e Coordenador Acadêmico para Educação Executiva da FGV-EAESP, líder do grupo pesquisa Administração, Análise e TI do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Administração de Tecnologia de Informação, Planejamento, Diagnóstico Organizacional, Uso Estratégico de Tecnologia de Informação, Negócios na Era Digital e Gerenciamento de Projetos.

Os desafios da operadora como enabler do IoT

A palestra vai abordar questões relevantes sobre o sobre mercado e tecnologia, como o volume de dados, armazenamento e padrões de conexão, além do uso da frequência de 700 MHz nas aplicações de IOT.

Palestrante: Diego Gomes - Gerente de Negócios de IoT na Claro Brasil

O IoT na TV

A palestra irá apresentar um resumo dos seguintes temas:
– Quando as Coisas começaram a se comunicar – Há mais de uma década nós convivemos com coisas que se comunicam em nosso dia a dia.
– O IoT na Distribuição de DTV – Hoje com a TV Digital é possível, e comum em grandes cidades, operarmos com vários sites de transmissão (GapFiller e SFN) como forma de ampliar a cobertura. Como as tecnologias envolvidas no IoT podem contribuir para o monitoramento desses sites e como esses sites podem contribuir como IoT?
– Faça o seu IoT com Módulos de Mercado, Bibliotecas Open Source e inteligência na nuvem – Apresentação rápida de um grande mercado de módulos e bibliotecas de códigos, de fácil utilização, sem necessidade de licença (sem custo), prontas para uso e os sistemas de nuvem que trazem inteligência e um time to marketing muito baixo. Exemplo Real de custos e tempo de desenvolvimento.
– O desafio da construção de Negócios por Trás do IoT – Uma provocação com cases onde as informações são preciosas para vários clientes. Como transformar isso em negócio?

Palestrante: Ricardo Fontenelle - Especialista em Pesquisa & Desenvolvimento - TV Globo

11h30 - 13h

Inovação e Tecnologias Disruptivas | Sala 13

Evolução do SBTVD ( Sistema Brasileiro de TV Digital)

Evolução do SBTVD ( Sistema Brasileiro de TV Digital)

Apesar do SBTVD ser um dos mais avançados padrões de televisão mundial, ainda há espaço para evolução.
Veja o que o futuro reserva, com relação à interatividade, HDR, áudio imersivo e a possibilidade de transmissão 4K mantendo-se o atual sistema HD.

Moderador: José Marcelo Amaral - Diretor de Engenharia e Operações - RecordTV

Graduado em Matemática pela FAHUPE-RJ, Pós-graduado em Sistemas de Informação pela PUC-RJ e FGV-SP e MBA em Tecnologia da Informação pela USP-SP, José Marcelo do Amaral tem uma extensa contribuição no setor de radiodifusão. Ingressou na RecordTV em 1991 e hoje ocupa o cargo de diretor de Engenharia e Operações. Na emissora, desenvolveu sistemas para as áreas de operação comercial de rádio e TV; implantou sistema para produção de notícias; gerenciou projeto de sistema de gestão integrado (ERP) e criou sistema de acompanhamento de audiência a partir de dispositivos móveis, dentre outros trabalhos. Como diretor de tecnologia participou de iniciativas para implantação de sistemas de edição não lineares, arquivamento digital e fluxo de trabalho tapeless. Nessa época, também passou a se envolver com questões relativas a vídeo digital e transporte de vídeo utilizando protocolo de internet (IP). Foi Diretor do Segmento de TV Aberta na SET (Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão), tendo como principal desafio desenvolver a tecnologia de televisão digital para o Brasil e é o responsável pela sua implementação e expansão para todo o grupo Record. A atuação de Amaral se estende ainda ao Fórum do Sistema Brasileiro de TV Digital, onde atualmente ocupa a posição de Presidente desta instituição, fundada desde 2006. Um dos seus mais desafiadores projetos foi o lançamento do portal R7, que é hoje o segundo maior portal de internet do Brasil. Também teve em sua carreira profissional a oportunidade de estar à frente do planejamento e coordenação técnica e operacional de grandes eventos esportivos transmitidos pela RecordTV, Jogos Pan-Americanos de Guadalajara (2011) e Toronto (2015), Jogos Olímpicos de Londres (2012), Sochi (2014) e Rio (2016).

O novo mundo das Apps na Smart TV – Integrando OTT + Radiodifusão aberta

Um dos passos fundamentais na evolução do SBTVD é o novo perfil de interatividade – uma plataforma avançada desenhada para padronizar o acesso ao mundo da TV digital aberta para todas as apps Smart TV. Radiodifusores e produtores de apps e conteúdo OTT para os novos modelos de Smart TV terão a sua frente um novo horizonte integrado e convergente!

Palestrante: Aguinaldo Boquimpani - Consultor Senior - Mirakulo

Com mais de 35 anos de experiência em software e tecnologia, Aguinaldo Boquimpani atua como consultor especialista em software e interatividade para TV Digital. Liderou projetos na área financeira durante a implantação do Sistema de Pagamentos Brasileiro e atuou por na área de Telecom onde teve extensa experiência internacional implantando produtos em operadoras de 16 países. Membro do Módulo Técnico do Fórum SBTVD desde 2007, atuou pela TOTVS no desenvolvimento da solução de interatividade líder de mercado, implantada em milhões de TVs. Foi um dos autores dos padrões IBB aprovados pela UIT-T. Atualmente é um dos responsáveis pela proposta de evolução da plataforma de interatividade do SBTVD

Transmissão Híbrida ISDB-TB usando LDM e BICM do ATSC 3.0

Os atuais sistemas de TV digital terrestre são disruptivos e requerem um novo canal para operação. Com o advento do LDM (Layered Division Multiplexing) é possível realizar a transmissão em várias camadas com sistemas distintos no mesmo tempo e na mesma frequência apenas ajustando o nível de potência em cada camada. Esta apresentação mostrará uma modificação do sistema ISDB-TB denominada de LDM ISDB-TB na qual o sistema ISDB-TB é transmitido na camada principal e o estágio BICM (Bit Interleaved Coded Modulation) do ATSC 3.0 é transmitido na camada de enriquecimento. Simulações computacionais e testes de laboratório mostram que é possível realizar a transmissão e recepção híbrida do ISDB-TB com o BICM do ATSC 3.0. Esta solução é uma maneira alternativa de introduzir um novo sistema de radiodifusão de TV digital terrestre mantendo a compatibilidade com o parque de receptores instalados e utilizando o mesmo canal e infraestrutura de transmissão.

Palestrante: Cristiano Akamine - Pesquisador do Laboratório de TV digital e Professor no curso de Engenharia Elétrica e do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica e Computação / Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM)

Possui graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (1999), mestrado e doutorado em Engenharia Elétrica pela Universidade Estadual de Campinas (2004/2011). É pesquisador do Laboratório de TV digital da Universidade Presbiteriana Mackenzie desde 1998, realizou estágio no NHK Science and Technology Research Laboratories (STRL) e foi professor Especialista Visitante na Faculdade de Tecnologia da Unicamp. Atualmente é professor no curso de Engenharia Elétrica e do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica e de Computação (PPGEEC) da Universidade Presbiteriana Mackenzie e coordenador do Laboratório de TV digital da Universidade Presbiteriana Mackenzie. É Bolsista de Produtividade e Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) - Nível 2. É membro do conselho deliberativo do Fórum do Sistema Brasileiro de TV Digital Terrestre (SBTVD). Possui várias patentes e diversos artigos publicados e tem experiência na área de Engenharia Elétrica, com ênfase em TV digital, comunicação digital, codificação de canal, sistemas embarcados, lógica reconfigurável e rádio definido por software.

HDR e Audio Imersivo no SBTVD: Sim é possível!

Video HDR e Audio Imersivo, em conjunto com 4K, são duas das principais melhorias na experiência do telespectador que estão sendo discutidas nos novos padrões de TV Digital em todo o mundo.
A Dolby apresentará uma solução para entregar estas experiências de última geração aos telespectadores brasileiros, mantendo a compatibilidade com o sistema SBTVD atual.

Palestrante: Carlos Watanabe - Diretor para Mercados Emergentes na Dolby Laboratories

Carlos Watanabe é Diretor para Mercados Emergentes na Dolby Laboratories, a líder global em tecnologias de entretenimento audiovisual. Carlos foi responsável pelo escritório da Dolby no Brasil até 2016, e agora está trabalhando na matriz da empresa em San Francisco, California. Carlos é Engenheiro Elétrico formado na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), com MBA pela Ross School of Business da Universidade de Michigan. Ele conta com mais de 20 anos de experiência em empresas de tecnologia, mídia e entretenimento, e consultoria de alta gestão.

11h30 - 13h

Produção de Conteúdo | Sala 12

Jornalismo e Esporte, Avançado – Produção Remota

Jornalismo e Esporte Avançado – Produção Remota

As estruturas de produção, geração e apuração jornalísticas evoluem de acordo com o impacto do avanço das tecnologias à disposição no setor. As novas plataformas de comunicação de massa, aliadas as necessidades contínuas de consumo de notícias do mundo contemporâneo, tornaram qualquer cidadão de posse de um “smartphone”, em um potencial produtor de notícias. As facilidades de publicação dos conteúdos e o surgimento de ambientes colaborativos remotos, deram agilidade e velocidade na distribuição dos conteúdos, que resultaram numa explosão do volume de informações ao alcance dos consumidores.

Moderador: Raimundo Lima – Diretor Editorial da Revista da SET e Diretor de Tecnologia e Operações- SBT

Por várias décadas de atividades na televisão aberta brasileira, teve passagens pelos Diários Associados, TV Manchete, TV Globo (GINY), TV Band, SBT, TV Cultura/SP e Esporte Interativo. Ao longo desse período, ocupou diversos cargos nas redes onde trabalhou, nos departamentos de Jornalismo, Esportes, Dramaturgia e Entretenimento. Passou também por diversas instituições de ensino como a Universidade de Brasília, PUC/SP e Universidade Federal Fluminense, entre outras. Atualmente, é Diretor Editorial da Revista da SET e Diretor de Tecnologia e Operações do SBT.

Palestrante: Roberto Cabrini – Apresentador e Editor Chefe do Conexão Repórter - SBT

Considerado um dos principais jornalistas brasileiros, especializado em jornalismo investigavo, coberturas de guerras e da defesa dos direitos humanos, ganhou praticamente todos prêmios importantes em seu meio (Prêmio Esso, Troféu Imprensa, APCA, Vladmir Herzog, Líbero Badaró entre outros), em três décadas de carreira. Mais do que ninguém, Cabrini conhece a importância da tecnologia alida aos princípios do jornalismo investigativo competente e responsável. Ouví-lo, será uma experiência imperdível.

Palestrante: Hugo Gaggioni – Chief Technology Officer – Sony Professional Solutions Americas

Formado em Telecomunicações, Engenharia de Sistemas e Engenharia Eletrônica pela Universidade de Essex em Colchester, Inglaterra; Universidade da Pensilvânia e Universidade de Columbia, respectivamente. Gaggioni, na Sony desde 1988, possui várias patentes e foi autor de mais de 40 publicações técnicas nas áreas de compressão de vídeo, bancos de filtros digitais, dispositivos e sistemas HDTV e UHDTV. Antes de ingressar na Sony, ele trabalhou na RCA Corp. e Bell Communications Research. Com interesses de pesquisa que vão desde processamento de vídeo digital e imagem e teoria da informação até compressão de vídeo / áudio e processamento de sinal multidimensional, Gaggioni participou de mais de 15 conferências internacionais nas áreas de HDTV, UHDTV e sistemas de compressão de banda larga. Ele também deu inúmeras apresentações e cursos de tutorial sobre processamento de sinais e tecnologias avançadas de vídeo em eventos internacionais patrocinados pelas organizações SMPTE, IEEE, SET e Eurasip.

Palestrante: Paulo Zero - Jornalista e Cinegrafista - TV Globo

Paulo Bormann Zero natural de Niterói, RJ em 29 de Novembro de 1957. Começou seu trabalho profissional no jornalismo televisivo em 1978 no escritório da TV GLOBO em Nova Iorque. Foi Reporter cinematográfico correspondente nos escritórios da TV GLOBO em Nova Iorque, Washington D.C., Pequim e Paris. Também trabalhou na TV GLOBO São Paulo e atualmente trabalha na TV GLOBO Rio no programa Fantástico. Ganhou o prêmio Comunique-se "MESTRES do JORNALISMO" como repórter de imagem, entre outros.

11h30 - 13h

Tecnologia e Negócios | Sala 15

Novo Paradigma de Métricas de Negócio para TV

Novo Paradigma de Métricas de Negócio para TV

A evolução dos serviços de TV multiplataformas, com ofertas lineares e não lineares, criaram novos contextos e possibilidades de captura de informação desse omniconsumidor.
Enriquecer as medidas de audiência e alcance existentes através do conhecimento do consumidor e de seus hábitos se tornou imperativo para as empresas de mídia que desejarem acompanhar a mudança de mercado.
Como atender a necessidade de medição multiplataforma e quais os principais desafios, que novas métricas além de alcance e audiência são importantes para o negócio de TV, quais novas competências e processos que empresas de mídia precisam investir, são perguntas que debateremos neste painel.

Moderador: Marcelo Guerra - Gerente de Tecnologia em Mídias Digitais na TV Globo

Marcelo Guerra atua em diferentes iniciativas em Transformação Digital, Big Data, Segunda Tela e Experiências Interativas e inovações em Mídias Digitais. Trabalha na empresa há 13 anos em diferentes funções incluindo Projetos, TV Digital, ,Operações de entretenimento, pós-produção e Planejamento Estratégico da Tecnologia. Formado em Engenharia Eletrônica e Telecomunicações na Universidade Gama Filho, tem MBAs em Gestão de Marketing pela PUC-RJ e Gestão de Negócios pelo IBMEC-RJ.

A ciência da audiência

Uma nova forma de gerir audiência está acelerando a mensuração de resultados e melhorando a tomada de decisão nos negócios, qual a função do Cientista de Dados nesse novo cenário?

Palestrante: Ricardo Cappra - cientista-chefe - Cappra Data Science

Ricardo Cappra é cientista chefe da Cappra Data Science onde lidera o time de pesquisa e desenvolvimento nos EUA. O laboratório cria frameworks para facilitar o uso da ciência de dados e apoiar o desenvolvimento de cultura analítica. Os métodos criados são usados para acelerar o potencial analítico de organizações globais: Ambev, Coca-Cola, IFC-WorldBank, Gerdau, Rede Globo, Santander, Unilever, UOL.

11h30 - 13h

Distribuição Audiovisual | Sala 16

Rádio Pós Migração / Redução de Cobertura?

RÁDIO PÓS MIGRAÇÃO / REDUÇÃO DE COBERTURA?

Serão atualizados os números da Migração AM x FM, com análise do efeito do aumento do numero de novas emissoras FM por região, redução de cobertura e alteração da proteção dos canais FM atuais. Impacto sobre o cenário de transmissão e recepção com os equipamentos aplicados na faixa estendida FM.

Moderador: Eduardo Cappia - Diretor EMC / Diretor de Rádio SET

Engenheiro Eletricista desde 1979. Diretor da Empresa EMC – SOLUÇÃO EM TELECOMUNICAÇÕES deste 1991. EMC Fez testes do Rádio Digital na UFMG – Belo Horizonte e Responsável Técnico por testes de HD Radio em Cordeirópolis – SP e DRM em Belo Horizonte. Avaliação e defesa de tese junto ao IBiquity nos EUA, sobre convivência de emissoras em Digitais em primeiros canais adjacentes FM. Implantação em 2014 da estação de testes, em eFM – 84,7 MHz – Jovem Pan – São Paulo. Na AESP - líder do Comitê Técnico desde 2011. Atuação na Diretoria de Rádio SET – desde 2011.

Migração AM X FM

Atualização dos  dados da Migração AM X FM e apresentação da  propositura de acomodação de canais FM em segundo adjacente.

Palestrante: Andre Ulhoa Cintra - Diretor de Radio - ABERT

Engenheiro de Comunicações – Consultor especializado no planejamento de canais de radiodifusão. Diretor de Rádio Abert e estando atualmente trabalhando na Canalização FM, pela ABERT para acomodar os canais migrantes. Desenvolveu pela SET trabalho para acomodar a canalização de TV no processo de planejamento da canalização de TV Digital de TV.

Regulamento FM

Apresentação dos tópicos que devem ser revistos no Regulamento FM, com exemplos e suas justificativas.

Palestrante: Claudio Lorini – Lorini Engenharia

Engenheiro Eletricista com especialização em Telecomunicações e Redes de Informação. Advogado com especialização em Direito das Telecomunicaçoes. Diretor da Lorini Engenharia Ltda / Loriservice – Radiodifusão e Telecomunicações desde 1981.

JOSE MAURO DE ÁVILA

Impactos na Transmissão e Recepção

Atualização de  equipamentos de transmissão e a experiência do 2o. canal adjacente  FM.
Dificuldades relativas às instalações diplexadas e os riscos de intermodulação.

Palestrante: José Mauro de Ávila - Diretor Técnico - MEGASISTEMA - AESP/SET

Engenheiro Eletricista e de Segurança do Trabalho pela Universidade Paulista 2008. Técnico em Eletrônica desde 1982. Participa da NAB – Broadcast Engineering Conference desde 1992. Palestrante em Seminários Técnicos SET AESP. Especialista Automação Audiovault – Broadcast Electronics.

Revisão da Norma técnica

Exposição dos tópicos em estudo para a revisão da Norma Técnica do Serviço de FM da Anatel. Serão abordados temas relacionados ao segundo canal adjacente e batimento de FI, dentre outras propostas para otimizar o planejamento de canais de FM.

Palestrante: Thiago Aguiar Soares - ANATEL

Thiago Soares é formado em Engenharia Elétrica pela Universidade de Brasília (UnB) e pós-graduado em Regulação de Telecomunicações pelo Inatel. Desde 2007 trabalha com planejamento de canais de radiodifusão na Anatel, e atualmente é coordenador de regulamentação técnica e harmonização internacional de serviços de radiodifusão na Gerência de Espectro, Órbita e Radiodifusão – ORER.

14h - 15h30

Hot Session | Sala 13

Hábitos de Consumo e o Futuro da Midia

Hábitos de Consumo e o Futuro da Midia

Neste painel levantaremos questões sobre a influencia das novas tecnologias nos  hábitos de consumo de media e entretenimento.

  • Faz sentido continuar discutindo tradicional x digital?
  • O comportamento do jovem aponta para um fenômeno geracional, como se falava, ou etário?
  • Tradicional e digital são excludentes, ou complementares?
  • Quais modelos estão se perenizando e quais vem surgindo ou desaparecendo?
  • Quais as tendências para TV aberta, Cabo / Sat e OTT?
  • Como as novas gerações de TV aberta alteram este panorama?

Moderador: Roberto Franco - Head de Assuntos Institucionais e Regulatórios – SBT

Graduado em engenharia elétrica com enfoque em eletrônica e telecomunicações pela Universidade Federal da Bahia e Pós em Marketing e Gestão de Empresas pelas FGV e ESPM. No decorrer de sua carreira, foi responsável pelo projeto e implantação de diversas empresas de rádio e televisão no Brasil. Foi Presidente da SET - Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão no período de 2002 até 2008 e Presidente do Fórum do Sistema Brasileiro de TV Digital nos períodos de 2005 a 2008 e de 2015 a 2017, após este período ingressou como membro do Conselho de ambas Entidades. Em 2009 Fez parte do Conselho Consultivo da ANATEL, em Agosto de 2012, tomou posse no Conselho de Comunicação Social até 2017 e atualmente é Head de Assuntos Institucionais e Regulatórios do SBT.

14h - 15h30

Eletrônica de Consumo | Sala 12

Displays em Contínua Evolução – as Mais Recentes Inovações

DISPLAYS EM CONTINUA EVOLUÇÃO – AS MAIS RECENTES INOVAÇÕES

A industria de display está em contínua evolução. São milhões de unidades produzidas anualmente e presentes nos mais diversos produtos com aplicações de consumo e profissionais.
Grandes investimento em P&D fazem com que esta indústria seja líder em inovação com a geração de inúmeras patentes regularmente e a produção de displays de maior resolução, maior definição, maiores formatos e muitas vezes mais baratos.
Venha conhecer o panorama tecnológico atual apresentado pelos líderes do mercado: Barco,Epson, Leyard, LG e Samsung que abordarão os temas: Projeção e Retroprojeção DLP Laser, Projeção 3LCD Laser, QLED, MICROLED, OLED & LED DIRECT VIEW.

Moderador: Cláudio Younis - Diretor Executivo - AboutAV ( anteriormente Eletro Equip + Solutione) Vice-presidente da SET

Formado em engenharia elétrica (mod. eletrônica) pelo Instituto Mauá de Tecnologia, pós-graduado em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas e pós-graduado em Marketing pela Escola Superior de Propaganda e Marketing. Possui diversos cursos de especialização em telecomunicações, radiodifusão e sistemas audiovisuais nos EUA. Iniciou sua vida profissional no departamento técnico da Fundação Padre Anchieta (Rádio e TV Cultura) e posteriormente em diversas funções técnicas e comerciais na Eletro Equip até assumir sua direção executiva. ( hoje AboutAV) Atua ativamente na diretoria da SET - Sociedade de Engenharia de Televisão desde 1994, atualmente ocupando a Vice-presidencia , tendo participado dos grupos de estudo sobre transmissão de rádio e televisão digital, assuntos sobre os quais possui diversos artigos publicados. Palestrante convidado em diversos Congressos promovidos pelas associações de rádio e televisão, como: ABERT, AGERT, ACAERT, AERP, ACERT, AMIRT, etc. Atua há mais de 20 anos no projeto e comercialização de sistemas para emissoras de rádio e televisão em todo Brasil.

Leyard – Direct View LED

A tecnologia de LED de visualização direta, além de possuir uma ampla aplicação em diversos mercados, vem crescendo sua representatividade em projetos de Video Wall como um todo. Nessa processo de vanguarda, a Leyard compartilha a historia do desenvolvimento dos painéis LED e das tecnologias que se desenvolveram para tornar a versatilidade uma opção para o mercado.

Palestrante: Dimas Gustavo de Oliveira - Product Manager Brazil & Latam - Leyard

Na Leyard desde o seu primeiro ano e dentro da estrutura já atuou como Account Manager para America Latina e Gerente de Vendas Brazil e Latam. Formado em comercio Exterior, têm mais de 4 anos de experiência no mercado de LED. Os Projetos mais recentes em que participou incluem clientes como Globosat, Península investimentos, Rede Record de Televisão e em países como Paraguay, Argentina, Peru e Colômbia.

Tecnologias QLED e MicroLED

Tecnologias avançadas de displays serão apresentadas através das principais características e diferenciais.
Com o avanço no desenvolvimento de novas tecnologias de displays nos últimos anos, algumas destas novidades serão abordadas e também tendências para o futuro.

Palestrante: Milton de Souza - Gerente de Pré Vendas da Samsung Eletronics

Profissional graduado em engenharia elétrica atuando há 20 anos em empresas multinacionais de produtos e soluções para o mercado B2B incluindo monitores e projetores profissionais, sistemas de videoconferência, soluções para sinalização digital, sistemas de monitoramento e segurança entre outros com atuação nas áreas técnica, comercial e de produtos. Atualmente atuando como especialista em soluções de sinalização digital e displays profissionais no desenvolvimento de projetos para as diferentes verticais de mercado que demandam este tipo de solução.

OLED: Inovação com Arte

Na busca da criação de ambientes únicos que atraem e retém a atenção do público, a combinação de comunicação digital e design artístico é um elemento chave para oferecer experiências visuais marcantes que irão permanecer na memória de cada pessoa por muito mais tempo e aumentar a sua percepção de valor do espaço.

Palestrante: Alexandre Fontes - Sales Engineer - LG Electronics

Profissional do mercado de Tecnologia da Informação há mais de 20 anos, conduzindo projetos de Digital Signage para diversos segmentos. Formado em Ciências da Computação e pós-graduado em Computação Forense pelo Mackenzie, atualmente é responsável pelo LG ID Academy no Brasil, desenvolvendo soluções e treinamentos para o mercado de Digital Signage

Inovações dos painéis LCD e fonte de luz laser em projetores

A tecnologia 3LCD passa por processos de constante inovação e associada a nova fonte de luz laser, permitiu que a Epson lançasse novas linhas de projetores para segmentos de projeção profissional. Tais inovações e benefícios serão apresentados nesta sessão.

Palestrante: Gabriel Gonçalves, Gerente Regional de Negócios da Epson

Profissional com 15 anos de experiência no mercado áudio-visual, sendo 12 trabalhados na Epson com responsabilidade Regional (América Latina) no desenvolvimento de negócio e estratégia da linha de vídeo projetores profissionais.

14h - 15h30

Tecnologia e Negócios | Sala 15

Plataformas de TV por Assinatura / Aspectos Tecnológicos

PLATAFORMAS DE TV POR ASSINATURA / ASPECTOS TECNOLÓGICOS

A rápida evolução tecnológica proporciona a alteração continua de como e onde vídeo é consumido, impactando o comportamento dos assinantes de TV por assinatura.
A proposta deste painel é compartilhar a experiência de importantes executivos que participaram e contribuem nesta evolução, destacando as plataformas e soluções integradas utilizadas por grandes operadoras de TV por Assinatura em mercado internacional.

 

Moderador: Claudio Alberto Borgo - Diretor de Engenharia e TV Digital - Claro Brasil

-

 

Palestrante: Gabriel Berger - CEO of ThinkAnalytics

Há mais de 25 anos, Gabe se concentra no desenvolvimento e na implantação de soluções e plataformas que promovem a interseção de informações e entretenimento. Antes de ingressar na Think, Gabe foi vice-presidente executivo de vendas e operações da Vubiquity, fornecedora mundial de serviços gerenciados para proprietários e distribuidores de conteúdo premium (recentemente adquirida pela AMDOCS). Antes da Vubiquity, Gabriel foi vice-presidente sênior de vendas da Digitalsmiths, reconhecida líder mundial em Content Discovey, adquirida pela TiVo em 2014. Gabriel mora em Venice, Califórnia, com sua esposa Trisha e seus dois gatos irritantes, Sammy e Teddy.

14h - 15h30

Distribuição Audiovisual | Sala 16

O Rádio e as Plataformas Inteligentes

O RÁDIO E AS PLATAFORMAS INTELIGENTES

Dos smartphones às smart speakers, passando por plataformas de inteligência artificial, assistentes virtuais, interfaces de voz e plataformas de publicidade especializadas em áudio, o rádio é a mídia com maior potencial para explorar de forma ágil e com sucesso esse conjunto de novas tecnologias.

Este painel discutirá as oportunidades que assistentes virtuais, smart speakers, smartphones e plataformas inteligentes de publicidade oferecem para o rádio.

Moderador: Marco Túlio Nascimento - Diretor da ZYDigital / SET

Marco Túlio é engenheiro de Telecomunicações formado em 1983 pela Universidade Federal Fluminense. Com carreira desenvolvida na área de radiodifusão, trabalhou no Sistema Globo de Rádio onde ocupou a função de Gerente Geral de Tecnologia e foi responsável pelas áreas de Engenharia, TI e Operações. Atualmente, é diretor da ZYDigital, empresa que fundou em 2015 voltada para consultoria de tecnologia como suporte a negócios e desenvolvimento de soluções em engenharia de mídia. É vice-diretor de Segmento de Mercado Rádio da SET.

Digital Audio Advertising

A palestra apresentará uma visão geral de Digital Audio Advertising.

Abordará tópicos como canais de vendas, tipos de plataformas de mídia programática, ecossistema (players de apoio) de mídia programática, interfaces com os processos de produção da emissora, formatos publicitários, diretrizes IAB para publicidade em áudio, técnicas de segmentação e tipos de monitoramento de resultados.

 

Palestrante: Rodrigo Tigre - Country Manager na +RedMas

Rodrigo Tigre tem mais de 25 anos no mercado digital e é sócio da RedMas / Audio.ad, primeira empresa de soluções de áudio advertising digital na América Latina. Com sede na Argentina e estabelecida em São Paulo em 2016 possui localmente mais de trinta clientes, incluindo Nissan, Outback e Losango. Além do Brasil, a RedMas / Audio.ad tem escritórios em mais de 15 países da América Latina e nos EUA e conta com mais de 200 colaboradores. Desde 2011 faz parte do Grupo Cisneros, um dos maiores grupos privados de mídia, entretenimento, telecomunicações e produtos destinados às comunicações de massa no mundo.

A experiência do ouvinte como fator de sucesso

A proposta é apresentar uma visão geral da presença do rádio nos smartphones e as oportunidades para ampliar a experiência do ouvinte, discutindo as funcionalidades mais comuns disponibilizadas nos aplicativos das emissoras, as novidades que estão surgindo e os casos de sucesso.

Palestrante: Carolina Sasse - Sócia e Diretora de Vendas na Cadena

Formada em Administração, tem mais de 10 anos de experiência em vendas e atuou por 10 anos nas áreas de Qualidade e Sucesso de Clientes no Brasil e América Latina. Tem como missão levar as rádios para o futuro com tecnologia e serviços que as aproximem dos seus ouvintes, entregando mais resultado aos seus anunciantes. Já palestrou para +2000 radiodifusores e participa regularmente de eventos de rádio, marketing e vendas.

O Google Assistente no Brasil

Por que o Google está atraindo marcas e empresas para se integrarem ao seu assistente de voz?
Quais as vantagens e principais desafios das experiências assistivas por voz?

Palestrante: Marco Oliveira - Gerente de parcerias para o Google Assistente

Marco é responsável pelo Google Assistente na América Latina. Antes do Google, trabalhou em consultoria em Portugal. Tem mestrado em Engenharia da Computação pela Universidade de Aveiro, em parceria com Universidade Autônoma de Barcelona.

16h - 17h30

Inovação e Tecnologias Disruptivas | Sala 13

TV Digital Terrestre Avançada – Convergência com 5G

TV Digital Terrestre Avançada – Convergência com 5G

Moderador: Cristiano Akamine - Pesquisador do Laboratório de TV digital e Professor no curso de Engenharia Elétrica e do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica e Computação / Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM)

Possui graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (1999), mestrado e doutorado em Engenharia Elétrica pela Universidade Estadual de Campinas (2004/2011). É pesquisador do Laboratório de TV digital da Universidade Presbiteriana Mackenzie desde 1998, realizou estágio no NHK Science and Technology Research Laboratories (STRL) e foi professor Especialista Visitante na Faculdade de Tecnologia da Unicamp. Atualmente é professor no curso de Engenharia Elétrica e do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica e de Computação (PPGEEC) da Universidade Presbiteriana Mackenzie e coordenador do Laboratório de TV digital da Universidade Presbiteriana Mackenzie. É Bolsista de Produtividade e Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) - Nível 2. É membro do conselho deliberativo do Fórum do Sistema Brasileiro de TV Digital Terrestre (SBTVD). Possui várias patentes e diversos artigos publicados e tem experiência na área de Engenharia Elétrica, com ênfase em TV digital, comunicação digital, codificação de canal, sistemas embarcados, lógica reconfigurável e rádio definido por software.

O padrão ATSC 3.0 para a próxima geração de TV

O padrão ATSC 3.0 para TV Next-Gen utiliza um conceito de transmissão “híbrida”, pelo qual alguns componentes de um serviço são transmitidos pelo ar em um canal de transmissão OFDM, enquanto outros são distribuídos on-line de maneira síncrona. Isso permite que os usuários personalizem sua experiência aprimorando seletivamente o conteúdo de transmissão comum com componentes opcionais disponíveis por meio de sua conexão on-line (se disponível). A introdução do serviço de banda larga 5G acontecendo juntamente com a implantação do ATSC 3.0 deve levar também ao aumento da eficácia e alcance dos serviços híbridos de TV Next-Gen usando o ATSC 3.0.

Palestrante: Skip Pizzi - Vice-presidente de Educação Tecnológica e Outreach da NAB

Skip Pizzi é engenheiro, jornalista, editor, autor e coach de tecnologia. Atualmente, exerce o cargo de vice-presidente de Educação Tecnológica e Outreach da National Association of Broadcasters (NAB). Também é vice-presidente do Grupo de Tecnologia 3 (TG3) do Advanced Television Standards Committee (ATSC), que está desenvolvendo o padrão ATSC 3.0. É membro do Conselho de Administração do Fórum Ultra HD e editor associado do Manual de Engenharia da NAB, 11ª edição.  Graduado pela Universidade de Georgetown, estudou Engenharia Elétrica, Economia Internacional e Belas Artes.  Seu livro mais recente é A Broadcast Engineering Tutorial for Non-Engineers, 4 ª edição.

ATSC 3.0 na Coréia do Sul – Ativando Novos Recursos

A apresentação se concentra nos novos recursos do padrão ATSC 3.0, que foi implantado recentemente na Coreia do Sul.
São apresentadas as atividades de pesquisa em andamento baseadas nos padrões ATSC 3.0 também , como LDM, SHVC e convergência com rede de banda larga, incluindo 5G.

Palestrante: Jae-young Lee - Pesquisador Associado Sênior no Broadcasting Systems Research Group do ETRI

O Dr. Jae-young Lee é cientista de pesquisa sênior no ETRI (Instituto de Pesquisa de Eletrônica e Telecomunicações), na Coréia do Sul. Participou da padronização, implementação e verificação do padrão de transmissão da próxima geração - o ATSC 3.0. Atualmente é presidente do grupo de trabalho de camada física do NGBF (Next Generation Broadcasting Forum) na Coréia do Sul e, para o ATSC, ele atua como editor das práticas recomendadas da camada física do ATSC 3.0.

Convergência TV / 5G

A palestra tem como objetivo fornecer uma visão geral e o status atual do 5G em termos de características-chave, evolução dos padrões 3GPP e as opções de arquitetura consideradas.

A palestra também fornecerá uma atualização detalhada sobre os últimos progressos no 3GPP sobre o trabalho da EnTV (Enhancement for TV service) para permitir a transmissão terrestre 5G, e a solução desenvolvida como parte do projeto 5G-Xcast para transmissão terrestre usando 5G / novo rádio (NR) RAN e o núcleo 5G.

O 5G-Xcast é um projeto 5G-PPP Fase-2, com o objetivo de projetar, avaliar e demonstrar a entrega de mídia imersiva em larga escala (usando multicast / broadcast) por meio de novas tecnologias sem fio, contribuindo para as melhorias das tecnologias 5G / NR e sua estandardização.

Palestrante: Athul Prasad - Head of 5G Business Modeling & Analysis- Nokia

Dr. Athul Prasad é um experiente gerente sênior, pesquisador, inovador e tecnólogo, com uma paixão pela mudança através de inovações disruptivas. Ele trabalhou em várias empresas de telecomunicações, como Huawei, Nokia e NEC, em pesquisa, gerenciamento de negócios e desenvolvimento de produtos por mais de 10 anos. Atualmente, ele faz parte do programa de liderança 5G da Nokia e é o chefe da 5G Business Modeling & Analysis, com sede em Helsinki, na Finlândia. Ele também contribuiu para o projeto principal 5G-PPP fase-2 em multicast / broadcast chamado 5G-Xcast, como gerente técnico do projeto. Seus interesses de pesquisa incluem capacitadores de tecnologia para sistemas 5G end-to-end, especialmente em novos mercados e verticais, como mídia e entretenimento, e está sempre à procura de inovações tecnológicas disruptivas em 5G que impulsionem a criação de valor dentro do ecossistema. Ele é o co-autor e co-inventor de mais de 80 publicações internacionais, pedidos de patente (incluindo patentes concedidas), relatórios técnicos e contribuições para padrões. Ele ganhou o prêmio de melhor artigo no IEEE VTC-Spring 2013 e o melhor paper 5G no IEEE BMSB 2018, e participou de várias conferências e importantes journals. Ele recebeu seu mestrado, M.Sc. (Tech.) (com distinção) e doutorado, D.Sc. (Tech) em Engenharia de Comunicações pela Aalto University, e está cursando o Programa de Educação Executiva de um ano (LEAD) em Inovação Corporativa pela Graduate School of Business da Stanford University. Ele é membro da IEEE Broadcast Technology Society.

Palestrante: Stan Baaijens, DVB Chair PCM & Steering Board (CEO, Funke Digital TV)

Stan Baaijens é o proprietário da Funke Digital TV onde ingressou há quase quarenta anos seguindo os passos de seu pai. Desde 1992, seu foco estava na compreensão das necessidades dos consumidores, na indústria de radiodifusão e na crescente penetração no mercado de TV digital, e, ao fazê-lo, a Funke Digital TV foi capaz de antecipar futuras necessidades e oportunidades do mercado. Atualmente, sua missão é construir soluções de recepção terrestre digital de última geração e implantá-las extensivamente em todo o mundo. Em 2015, o Sr. Baaijens foi nomeado membro do Conselho de Direção do DVB e desde 2018 eleito Presidente do Módulo de Promoção e Comunicações do DVB (PCM) na EBU em Genebra. Em 2017, a Funke Digital TV comemorou seus 60 anos de história; 60 anos de uma incessante busca pela inovação no campo das antenas de recepção de sinais.

Desenvolvimento do Advanced Digital Terrestrial TV Broadcasting System

O progresso da codificação de vídeo torna os serviços de transmissão 4K / 8K UHDTV uma realidade. No Japão, a TV a cabo 4K, IPTV 4K, etc. começaram em 2015, e somente um pequeno número de assinantes estão assistindo transmissões 4K. Os serviços 4K / 8K UHDTV por transmissão via satélite (BS) serão lançados em 1º de dezembro deste ano e espera-se que muitas pessoas assistirão a esses serviços UHDTV. No que diz respeito à radiodifusão terrestre, espera-se que os serviços UHDTV comecem no futuro. Nesta apresentação, serão apresentadas as caracteristicas do 4K / 8K UHDTV com explicações sobre vários tipos de tecnologias-chave para antena, transmissão, etc.

Palestrante: Masayuki Takada - Head of Advanced Transmission Systems Research Division of NHK STRL.

Masayuki Takada recebeu o B.E. em engenharia de comunicação e M.E. em engenharia eletrônica da Tohoku University, Sendai, Japão, em 1986 e 1988, respectivamente. Ele ingressou na NHK, Tóquio, Japão, em 1988 e trabalhou nos Laboratórios de Pesquisa em Ciência e Tecnologia (NHK STRL). Esteve envolvido no desenvolvimento de sistemas de transmissão, especialmente sistemas de subportadora FM, sistemas de transmissão de televisão digital terrestre (DTTB), o sistema ISDB-T de próxima geração e transmissão de satélite UHDTV. Atualmente ele é chefe da Divisão de Pesquisa de Sistemas Avançados de Transmissão da NHK STRL. Ele é membro do ITE e IEICE no Japão e membro do IEEE nos EUA.

16h - 17h30

Eletrônica de Consumo | Sala 12

Smart TVs, Conectividade e Avanços na Era do 4K HDR

Smart TVs, Conectividade e Avanços na Era do 4K HDR

Com preços bem atrativos, as Smart TVs vem sendo as mais vendidas e rapidamente se tornarão o novo padrão para consumo de conteúdos audiovisuais nos lares e estabelecimentos do Brasil. Em conjunto com outros dispositivos “smarts”,a grande maioria está normalmente conectada via Wi-Fi na Internet, possibilitando acesso a praticamente tudo habitualmente usado no dia-a-dia via smartphones. De modo análogo,as ofertas com UHD 4K e UHD 4K HDR tiveram uma queda substancial de preços e consequentemente vem tendo um bom aumento nas vendas e no uso.Mas as Smart TVs da atualidade oferecem muito mais do que se imagina.

Moderador: J.R. Cristóvam - Diretor Técnico - UNISAT

Atua na área de comunicações via satélite desde 1983, tendo liderado equipes de projetos em diversas ocasiões. Sócio-Diretor e um dos fundadores da UNISAT em 1990. Diretor Técnico da empresa, consultor sênior de empresas nacionais e internacionais. Antes da criação da UNISAT, trabalhou na NEC, TELEBAHIA e na EMBRATEL, nas áreas Nacional e Internacional, em comunicações via satélites Brasilsate Intelsat, tendo integrado o Departamento de Comunicações Domésticas via Satélite, conhecido como SAT.Engenheiro de Operações modalidade Eletrônica pela UFRJ, Engenheiro Eletrônico pela Escola de Engenharia da UGF, Pós-Graduado na UFF em Telecomunicações, cursos de especialização no Japão (NEC, NTT e Anritsu) e nos EUA (TCB – Thomson).