• PT
  • EN
  • ES

SES disponibiliza transmissões 4K ao vivo no seu estande

Jurandir Pitsch (SES) afirmou que um dos focos da SES é trabalhar na distribuição de conteúdos por streaming. “Temos uma plataforma satelital que leva conteúdos a plataformas terrestres utilizando o satélite como playout. Isso exige uma expertise diferente que nos permite ajudar a nossos clientes com CDN que permitam rentabilizar os conteúdos através de diversas plataformas”

SES aposta a ajudar aos seus clientes na distribuição de conteúdo em múltiplas plataformas com a solução SAT>IP

A SES mostrou no SET EXPO 2016 sua tecnologia de transmissão ao vivo em Ultra HD e soluções DTH diretamente ligadas ao satélite SES-6. Apresentou, ainda, o SAT>IP, que, como tínhamos noticiado em edições anteriores da Revista da SET, é uma tecnologia baseada em IP que permite a múltiplos dispositivos receber conteúdo via satélite.
“A SET Expo é um dos principais eventos para o mercado de broadcasters da América Latina. Este ano, buscamos consolidar tendências como as transmissões ao vivo de Ultra HD, a entrega de conteúdo para qualquer dispositivo, revelando como chegamos à novas audiências ao redor do mundo em 317 milhões de casas, assim como apresentar nosso mercado e os satélites que estão por vir para a América Latina”, comentou Jurandir Pitsch, vice-presidente de Vendas para América Latina da SES.
Para a demonstração em Ultra Alta Definição 4K, a SES utilizou o satélite NSS 806, com o qual “a SES quer criar a segunda comunidade de vídeo para a América Latina. O objetivo é concentrar os canais nessa posição importante para vídeo e permitir extensão de capacidade para qualidade HD e até mesmo UHD no mercado brasileiro e latino-americano. Além disso, a SES também desenvolve um programa que garanta a penetração do NSS-806 aos principais headends das operadoras”, comentou Pitsch.