• PT
  • EN

Congresso SET EXPO debate os desafios das startups do audiovisual e caminhos para o crescimento rápido

Painel de startups, moderado por José Dias  (com o computador), no SET EXPO de 2017. Foto: SET.

As startups do audiovisual prometem esquentar os debates durante o Congresso SET EXPO 2018, maior congresso de capacitação e atualização profissional da América Latina, que acontece entre os dias 27 e 30 de agosto, no Centro de Convenções do Expo Center Norte, e é organizado pela SET – Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão, que este ano completa 30 anos.

Na terça-feira, 28 de agosto, às 14h, o painel “Startups do Audiovisual – Empreendedorismo e Inovações” mostrará que startups inovadoras e com modelos de negócios disruptivos no setor audiovisual são possíveis. A moderação será de José Carlos Aronchi, consultor em inovação e tecnologia e gestor do grupo negócios da mídia, audiovisual, games, mercado editorial, impresso e digital e do Centro de Economia Criativa do Sebrae. “Vamos apresentar três startups em fases diferentes de negócio”, explica Aronchi. Uma das palestrantes será Isadora Lemes, CEO da VAV Vitrine Audiovisual, o primeiro hub online de profissionais do audiovisual brasileiro que funciona como vitrine para projetos, profissionais e licenciamento de conteúdo. A empresa está no estágio inicial de desenvolvimento. Clayton Melo, CEO de A Vida no Centro, startup de informação e conhecimento focada no Centro de São Paulo, compartilhará suas experiências à frente de uma empresa já em operação e com receitas e despesas equilibradas. Já Fábio Ota, da IS Game – International School of Game, falará sobre os desafios da sua startup na busca da internacionalização.

“As principais questões para o sucesso das startups são a capacidade de gestão da equipe, a validação com os clientes e o crescimento rápido e sustentável. Há muitas portas abertas que podem ser exploradas. Startup não é só de tecnologia, pode ser de todos os setores e segmentos, porém, a tecnologia deve ser embarcada como essencial para a inovação e crescimento do negócio”, explica Aronchi, lembrando que os inscritos para o Desafio SETup, iniciativa da SET que selecionará startups para apresentarem seus projetos no SET Innovation Zone (SIZ), estão automaticamente inscritos para o Speed Mentoring Audiovisual, do Sebrae. Trata-se de um programa de 50 horas para capacitação de empreendedores que tem como foco a remodelagem e estruturação de um negócio. A edição do Speed Mentoring com foco no audiovisual acontecerá de 10 de setembro a 3 de outubro. É o terceiro ano de parceria entre o Sebrae e a SET. Os resultados são bastante positivos para empresas participantes. A vencedora do primeiro programa, a Netshow.me, empresa voltada para soluções de transmissões ao vivo, recebeu aporte de capital internacional.

Aceleradoras
O tema aceleradoras também é vital para o universo das startups e será abordado no painel “Startups: Aceleradoras de Sucesso”, moderado por José Dias, CEO da Mixmedia e diretor de produção de conteúdo da SET. Cidinaldo Boschini, sócio-diretor na Midwest Early Stage Venture Capital S/A, falará sobre o papel dos investidores em startups, esclarecendo pontos sobre o mercado de venture capital no Brasil. Lima Santos, CEO da 5xMais Holding Business, falará sobre a jornada das startups de provável sucesso, focando no passo a passo para validar, crescer e dar escalabilidade a uma ideia. Jana Ramos, Head of Growth (5xMais Holding Business), mentora de growth para startups (SP Stars, Startup Weekend), instrutora de growth hacking (Udemy) e growth hacker (Growth Lovers), mostrará na prática, com cases e hacks reais, como growth hacking pode ser feito em qualquer tipo de negócio.

“O objetivo geral deste tema no congresso SET é mostrar um pouco do universo e as possibilidades que o modelo de negócios das startups permite, buscando soluções inovadoras, com potencial de rápido crescimento”, observa Dias. “Acredito que o modelo de negócios das startups pode auxiliar, dinamizar e flexibilizar o modo como operam as estações de televisão, levando soluções inovadoras a este mercado consolidado”.