• PT
  • EN
  • ES

Lançada campanha para desligar sinal analógico em BH

O desligamento do sinal analógico de TV em Belo Horizonte e outras 38 cidades da Região Metropolitana está previsto para o 26 de julho de 2017 e não é cogitada a possibilidade de adiamento.

Por isso, a Associação Mineira de Rádio e Televisão (AMIRT), juntamente com a Associação de Emissoras de Rádio e TV (ABERT), a Seja Digital e o Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão de Minas Gerais (SERTMG) lançaram-na última quinta-feira (06), na prefeitura da capital mineira, uma campanha de desligamento do sinal de TV analógico. A cerimônia contou com a participação do prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, e os presidentes da AMIRT, Mayrinck Júnior; da ABERT, Paulo Tonet; e do SERTMG, Francisco Bessa.

A TV digital já está disponível em Belo Horizonte e na grande maioria das demais cidades que fazem parte dessa primeira fase do desligamento. O sinal possui alta qualidade no som e imagem perfeita, sem interferências, fantasmas, chuviscos ou ruídos, tão presentes no sinal analógico que muita gente até já se acostumou.

 

Quem assiste TV aberta deve ficar atento

A partir do dia 12 de maio de 2017, quem assiste à TV aberta com sinal analógico vai perceber uma mudança. Trata-se da intensificação da campanha de comunicação para o desligamento do sinal, que segue cronograma definido pelo Governo Federal e Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Os moradores dessas cidades que ainda recebem o sinal analógico enxergam um “A” no canto superior da tela da TV. Isso é um alerta sobre o aparelho, que ainda não tem sinal digital e precisa ser trocado.

É possível sintonizar a TV digital em qualquer tipo de aparelho. No caso das televisões antigas, de tubo, é necessário instalar um conversor digital e uma antena externa. Depois, basta fazer a busca de canais para assistir à programação digital. Já as TVs de tela fina, mais modernas e fabricadas após 2012, já têm o conversor integrado. Nessas, basta conectar a antena externa na TV e sintonizar os canais digitais por meio de uma busca automática.

As emissoras de TV analógicas também devem estar atentas às inserções com as informações sobre o desligamento do sinal analógico, previstas na Portaria 378/2016 do MCTIC. Já estão sendo veiculados alertas, tarjas e cartelas durante a programação.

 

Kit digital

O Governo Federal vai distribuir, gratuitamente, 422 mil kits para famílias de baixa renda cadastradas em algum programa social (Luz para Todos, Minha Casa Minha Vida, Pronatec e Bolsa Família), contendo conversor, antena, cabos e conectores.

Para saber quem pode participar desses programas e ter direito a receber o kit gratuitamente, basta ligar para o número 147 ou acessar www.sejadigital.com.br.

 

Fórum SBTVD, com edição da SET