• PT
  • EN

Programação

Programação em construção e sujeita a alterações.

10 de Maio   Quinta-Feira

Horário Palestra
8h00
Recepção

Recepção

Recepção aos participantes, distribuição de crachás e outros materiais.

8h30
Pré-Evento

Transmissão do SET Sudeste 2018 ao vivo no canal da SET no YouTube: entenda como!

Nesta sessão pré-evento, a ser iniciada às 08h30, cinco profissionais de destaque no mercado explicarão em curto espaço de tempo, de maneira bem simplificada, em linguagem simples e objetiva e passo-a-passo, como estará sendo efetuada a transmissão via internet do evento SET SUDESTE 2018    ao vivo no canal da SET no Youtube e com certeza você entenderá como! Fique ligado (a) desde cedo, seja de forma presencial ou via internet para entender bem e já ir aquecendo os motores para a abertura do evento. Imperdível !

Concepção, Desenvolvimento e Gestão do Projeto

A UNISAT é uma empresa especializada em consultoria,engenharia e treinamento especializado em telecomunicações fixas e móveis,televisão,OTT  e  redes. No caso da transmissão do evento SET SUDESTE 2018 ao vivo no Canal YouTube da SET,a UNISAT idealizou,desenvolveu a concepção e o projeto do sistema, fomentou as parcerias e faz a coordenação das equipes envolvidas e gestão geral do projeto fim-a-fim.

Moderador e Apresentador: José Raimundo Cristovam, coordenador do SET Sudeste 2018 e CEO da UNISAT Telecom

Cristóvam vem efetuando a coordenação e curadoria dos eventos SET SUDESTE desde 2015, ano em que o evento retornou para o Rio de Janeiro. Por sinal, cidade onde a SET foi criada em 25 de março de 1988 pelo fundador e ex-presidente, Adilson Pontes Malta. Na atual diretoria da SET,Cristovam é o vice-diretor da regional SUDESTE. Vem atuando como organizador, palestrante e moderador de eventos especializados em tecnologias desde 1990, tanto públicos como corporativos para empresas internacionais e em importantes eventos nacionais e internacionais, como o Painel Latino Americano de Satélites dos eventos Satellite 2009, Satellite 2010, Satellite 2011 e Satellite 2018, realizados em Washington (EUA), nos Regionais e Congressos da SET, nos VSAT Latin America, nos GVF Oil & Gas, nos MilSatCom e em outros de relevância no setor. Engenheiro de Operações modalidade Eletrônica pela UFRJ, Engenheiro Eletrônico pela Escola de Engenharia da UGF, Pós-Graduado na UFF em Telecomunicações e cursos de especialização no Japão (NEC, NTT e Anritsu) e nos EUA (TCB – Thomson). Sócio-diretor e um dos fundadores da UNISAT em 1990. CEO & Diretor Técnico da empresa, consultor sênior de empresas nacionais e internacionais, professor e instrutor de renome internacional. Antes da criação da UNISAT, trabalhou em diferentes cargos e funções,principalmente nas áreas de transmissão terrestre,TV e comunicações via satélite na NEC, TELEBAHIA e na EMBRATEL, nas áreas nacional e internacional. Correspondente do GVF no Brasil.Responsável e coordenador geral do projeto para a transmissão ao vivo no canal YouTube da SET que será feita do evento SET SUDESTE 2018.

Produção e Up-Link

Camera2 Video Filmes é uma empresa da indústria do audiovisual especializada na locação, configuração e operação de unidades móveis profissionais de produção e de transmissão (up-links) de conteudos via satélite de/para todo o território brasileiro. E também faz locação de uma série completa de equipamentos profissionais para trabalhos do início ao fim do processo de produção. Aqui no caso da transmissão do evento SET SUDESTE 2018 ao vivo no Canal YouTube da SET, a Camera2 é a empresa responsável por todo o projeto de produção, configuração, testes, execução e operação no lado do evento, além disso incluindo o up-link na banda C da sua unidade SNG para recepção no satélite IS-29e da Intelsat.

Palestrante: Jorge Delgado, sócio e proprietário na Camera 2 Vídeo Filmes

Jorge Delgado é um profissional bastante diferenciado no mercado pelo seu marcante traço de perfeccionismo nos mínimos detalhes. Trabalhou por muitos anos na antiga TV Manchete, onde ganhou experiência na área de Operações, partindo da área de Edição e Finalização até chegar a Diretor de Chamadas e Promoções, Diretor de Imagens e atingiu a responsabilidade de Diretor de Produção da emissora. Fundador e Sócio Proprietário da empresa Câmera 2 Vídeo Filmes, que atua na locação de equipamentos de uma ampla gama de vídeo broadcast, desde áudio e câmeras até unidades para eventos externos, incluindo SNGs, além de executar suporte técnico autorizado da Fujifilm no Brasil. Delgado gerencia diretamente as áreas de Administração, Comercialização, Operações e Técnica. Formação acadêmica em jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ) e técnico em eletrônica pelo CEFET-RJ. Responsável geral pela captação, produção e up-link para o satélite IS-29 da transmissão ao vivo no canal YouTube da SET que será feita do evento SET SUDESTE 2018.

Sistema de streaming ao vivo

A DTCom é uma empresa especializada em comunicação, tecnologia de conectividade, educação corporativa e acadêmica. Possui Centro Tecnológico com Teleporto & Estúdio em Quatro Barras – PR, além de Comercial & Estúdio em São Paulo – SP e fábrica de conteúdo e estúdio em Florianópolis – SC. No caso, realiza no Teleporto de Quatro Barras – PR o Down-Link em banda Ku, demodula, decodifica, processa e adequa o sinal recebido e leva para o sistema de streaming da DTCom com servidores profissionais se encarrega da transmissão do evento SET SUDESTE 2018 ao vivo no Canal YouTube da SET. E assim, em qualquer local do planeta com acesso à internet se faz possível assistir o evento em dispositivos fixos e móveis.

Palestrante: Andrey Abreu, diretor de Operações Corporativas, DTCom

Andrey Abreu é COO – Chief Operating Officer (Diretor de Operações Corporativo) na DTCOM, empresa estabelecida há 18 anos no mercado, com grandes cases de sucesso nas áreas de comunicação,educação e tecnologia. Possui teleporto, centro tecnológico e estúdio localizados em Quatro Barras (PR), fábrica de conteúdo e estúdio em Florianópolis (SC) e comercial e estúdio em São Paulo. É também especializada em soluções via satélite e via terrestre, em TV corporativa e live streaming. Andrey é um profissional apaixonado por tecnologia e que teve a oportunidade de atuar com tecnologias e metodologias inovadoras desde adolescente, desenvolveu times de alta performance e consolidou parcerias de alto valor agregado. Como membro de comitês de gestão e inovação, ajudou a traçar estratégias que se concretizaram em produtos utilizados atualmente por grandes players do mercado. Como gestor de projetos de inovação e fomento, gerenciou projetos privados e públicos, garantindo a criação de novos produtos inovadores com grande diferencial de mercado. Responsável geral pela recepção (downlink) do satélite IS-29 e live streaming da transmissão ao vivo no canal YouTube da SET que será feita do evento SET SUDESTE 2018.

Segmento espacial com RX em banda C e TX em banda Ku

A INTELSAT é uma das maiores operadoras de satélites do mundo, possuindo uma frota de cerca de 50 satélites de comunicações, que inclui tecnologias de satélites de próxima geração (Epic NG), rede terrestre Intelsat One , serviços gerenciados e parcerias estratégicas. Colaborando na transmissão do evento SET SUDESTE 2018 ao vivo no Canal YouTube da SET, a INTELSAT fornece segmento espacial na forma de uso de parte de transponder do satélite Intelsat 29e (IS-29e), o primeiro da série Intelsat EpicNG HTS, que pela especial característica cross-strapped, permite que o up-link do evento (Rio de Janeiro-RJ) seja feito na banda C enquanto o down-link (Quatro Barras-PR) é efetuado na banda Ku.

Palestrante: Marcelo Amoedo, diretor de Vendas, Broadcast Services, Intelsat

Marcelo Amoedo é experiente profissional de telecomunicações com 16 anos de experiencia nas áreas de televisão, comunicações via satélite, compressão de vídeo e integração de sistemas de transmissão, desenvolvimento de negócios, key account management, vendas diretas e revendas, networking e relacionamento, Atuou como gerente de vendas e de desenvolvimento de negócios da STI Telecom e Account Manager da MB SkytechSales Professional Sales. Na Intelsat, trabalha como responsável pela comercialização de capacidade de segmento espacial para uso ocasional e de serviços de broadcast. Pós-Graduando no MBA de TV Digital, Radiodifusão e Novas Mídias da UFF – Universidade Federal Fluminense, graduado em Administração e em Redes de Computadores pela Universidade Estácio de Sá.
Responsável geral pela coordenação para uso do segmento espacial do satélite IS-29 do Intelsat, utilizado para a transmissão ao vivo no canal YouTube da SET que será feita do evento SET SUDESTE 2018.

Internet via satélite HTS em banda Ka

A InternetSat é uma operadora de internet banda larga via satélite, fibra óptica, telefonia e tecnologia,que desenha, implanta e efetua a gestão da solução adequada de acordo com a necessidade de cada cliente.No caso da SET SUDESTE 2018, a InternetSat estará operando uma estação terrena transportável “flyaway” que disponibilizará acesso à internet via satélite HTS em banda Ka e transmitirá o evento em paralelo com a transmissão principal, só que usando um terminal bem menor, em menor taxa de bit e consequente resolução mais baixa e em outro canal na internet, que também poderá ser acessado pelos internautas.

Palestrante: George Bem, CEO e fundador da InternetSAT

George Bem é CEO e fundador da InternetSAT, uma empresa integradora de soluções e provedora de internet banda larga via satélite, fibra e telefonia. Oferece serviços de projetos, implementação e gerencimento de soluções em telecomunicações. É graduado em Engenharia de Telecomunicações pela FASP, especializações em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas. Pós-Graduado e Certificado em Ambientes de Missão Crítica e Gestão de Projetos pelo PMI e Scrum Alliance. Desde o inicio dos anos 1990, trabalha no sertor de telecomunicações, passando por TI, internet e broadcast, atuando com consultoria, arquitetura e gerência. Participou de duas grandes startups no Brasil, a multinacional Ipredia International (primeiro provedor de internet banda larga corporativo do Brasil) comoarquiteto e gerente de Engenharia de Redes, e o Portal R7, onde foi gerente de Infraestrutura e Operações responsável pelo startup, criação do serviço de e-mail grátis, pela criação da área de multimídia mesclando internet e TV, na qual estruturou as transmissões dos jogos de Guadalajara e dos Jogos Olímpicos de Londres 2012. Exerceu a Gerência de Infraestrutura e Serviços da Engenharia da Rede Record, onde foi responsável pela integração de novas tecnologias e implementação do ambiente IP, redes de dados e telecomunicações, soluções móveis para vídeo e transmissão de dados. Além da Record, onde também trabalhou no R7, exerceu relevantes cargos e funções na Natura Cosméticos, CPM e BSH (Bosch and Siemens). Responsável geral pela transmissão por terminal Fly-Away via satélite HTS em banda Ka do live streaming em paralelo à transmissão principal, também ao vivo no canal YouTube da SET que será feita do evento SET SUDESTE 2018.

9h30
Abertura

O futuro da mídia: mitos e verdades

Frequentemente somos bombardeados por notícias de que as mídias tradicionais estão morrendo. De que agora é a vez do mundo digital. Por outro lado, e recentemente, passamos a escutar vozes questionando a eficácia e a eficiência das principais plataformas digitais, pondo em cheque métricas, adequação de mensagens, tratamento dos dados dos usuários e por fim a credibilidade. Afinal, no meio de tantas versões e crenças, o que é mito e o que é verdade? Será que temos elementos suficientes para antever o futuro? Em qual caminho apostar Em que devemos estar preocupados em nos capacitar? Qual o papel a SET deve ocupar nesta discussão?

Keynote speaker: Roberto Franco, diretor de Assuntos Institucionais e Regulatórios do SBT e diretor institucional da SET

Roberto Franco é diretor de Rede e Assuntos Regulatórios do SBT e diretor institucional da SET.

10h15

Intervalo

10h30
Painel 1

Conectividade com Dispositivos Smarts Fixos e Móveis: SmartTVs, Smartphones, Som, Imagem e Media Streamers

O que existe hoje disponível no comércio, nas lojas de departamento e nas ofertas online da internet para o brasileiro adquirir televisores, equipamentos de som e outros dispositivos eletrônicos que possibilitem a experiência da qualidade de imagens Ultra HD 4K com HDR e de sons com o áudio imersivo? Como não se enganar nas escolhas com tantas tentações disponíveis? O que vem a ser a conectividade com dispositivos smarts fixos e móveis e como reconhecer se esses dispositivos possibilitam realmente a melhor conectividade, na acepção plena da palavra conectividade?  Este painel visa elucidar o enigma

Moderador: José Raimundo Cristovam, coordenador do SET Sudeste 2018 e CEO da UNISAT Telecom

Cristóvam vem efetuando a coordenação e curadoria dos eventos SET SUDESTE desde 2015, ano em que o evento retornou para o Rio de Janeiro. Por sinal, cidade onde a SET foi criada em 25 de março de 1988 pelo fundador e ex-presidente, Adilson Pontes Malta. Na atual diretoria da SET,Cristovam é o vice-diretor da regional SUDESTE. Vem atuando como organizador, palestrante e moderador de eventos especializados em tecnologias desde 1990, tanto públicos como corporativos para empresas internacionais e em importantes eventos nacionais e internacionais, como o Painel Latino Americano de Satélites dos eventos Satellite 2009, Satellite 2010, Satellite 2011 e Satellite 2018, realizados em Washington (EUA), nos Regionais e Congressos da SET, nos VSAT Latin America, nos GVF Oil & Gas, nos MilSatCom e em outros de relevância no setor. Engenheiro de Operações modalidade Eletrônica pela UFRJ, Engenheiro Eletrônico pela Escola de Engenharia da UGF, Pós-Graduado na UFF em Telecomunicações e cursos de especialização no Japão (NEC, NTT e Anritsu) e nos EUA (TCB – Thomson). Sócio-diretor e um dos fundadores da UNISAT em 1990. CEO & Diretor Técnico da empresa, consultor sênior de empresas nacionais e internacionais, professor e instrutor de renome internacional. Antes da criação da UNISAT, trabalhou em diferentes cargos e funções,principalmente nas áreas de transmissão terrestre,TV e comunicações via satélite na NEC, TELEBAHIA e na EMBRATEL, nas áreas nacional e internacional. Correspondente do GVF no Brasil.Responsável e coordenador geral do projeto para a transmissão ao vivo no canal YouTube da SET que será feita do evento SET SUDESTE 2018.

O Momento: proximidade da Copa 2018 e a oportunidade de usufruir de experiencias imersivas de imagen

Telas grandes de televisores com tecnologia de ponta e qualidade Ultra HD 4K com HDR. O que muda para melhor na percepçâoe na qualidade da experiencia das pessoas com os novos patamares alcancados na reprodução de contraste, brilho e cor pelas novas tecnologias SONY – XDR e Triluminos) e o  “Up Scalling 4K” com processador de vídeo Sony  X1 4k HDR? O que nos trazem as Android TVs em termos de conectividade , facilidade de uso e integração ?

Palestrantes: Itagiba Lopes Souza, Trade Markenting Analist and Training na Sony Brasil

Pós-graduado em Marketing Universidade Mackenzie, Coordenação de treinamento nas áreas de áudio e vídeo.Técnico em eletrônica atuando na Sony Brasil há 14 anos em diferentes setores. Implantação de projetos estratégicos para ponto de venda, Participação em treinamentos com especialistas da Sony Japão e USA.Participação em eventos para dealers e consumidor final.

Na concepção da Samsung, o que é smart de dispositivos conectados de várias marcas?

A Internet Das Coisas é uma realidade no mundo atual e as empresas vem contribuindo com produtos que já assumiram o papel de controlar todos os aparelhos conectados seja da casa, escritório, etc. Como a Samsung vem contribuindo para este cenário e como enxerga o futuro da Internet das Coisas? A empresa mostrará algumas de suas principais tecnologias e seu funcionamento, entre elas a Bixby, sua solução de inteligência artificial.

Palestrante: Marcelo Daou, gerente senior de Business Development da Samsung para a America Latina

Marcelo Daou é gerente sênior de desenvolvimento de negócios da Samsung Brasil, com foco em estabelecer parcerias para as divisões de smartphones, smartwatches, realidade virtual e internet das coisas. Formado na Escola de Engenharia de Mauá, Marcelo Daou é especialista em tecnologia e inovação e está na Samsung desde 2011. Durante 3 anos foi gerente de conteúdo e serviços, trabalhando em parcerias locais e globais para as áreas de entretenimento, games, vídeos, músicas, plataformas de leitura e também desenvolvendo soluções B2B para as áreas de dispositivos móveis, nas esferas de educação, finanças e saúde.  Além disso, atuou como gerente de produtos e projetos no Instituto de Tecnologia da Nokia, desenvolvendo serviços e programas relacionados à área de dispositivos móveis e de TVs.

Rodrigo Meirelles

O som em dispositivos portáteis: desafios e oportunidades para a criação de conteúdo

O som no audiovisual sempre deu aos criadores de conteúdo ferramentas para construir narrativas. Porém, no caso da televisão, a forma que o espectador o consome na maioria das vezes não é a mais adequada. Seja em aparelhos de TV, computadores, smartphones ou tablets, a qualidade do áudio consumido costuma ser muito aquém do produzido. Nesse contexto, a apresentação abordará as novas tecnologias de áudio imersivo e 360 como oportunidade para melhorar a experiência final do ouvinte de forma acessível e viável tanto ao produtor de conteúdo quanto ao próprio espectador.

Palestrante: Rodrigo Meirelles, supervisor executivo de Áudio, TV Globo

Rodrigo Meirelles é supervisor Executivo de Áudio da Globo. Formado em engenharia eletrônica e de computação, gravação e produção fonográfica tem mestrado em Educação e Mídia. Há 16 anos no mercado de áudio, começou sua carreira como engenheiro em estúdios de produção musical no Rio de Janeiro, foi instrutor e fundador do centro de treinamentos ProClass, pioneiro em certificações oficiais em Pro Tools e Avid no Brasil e, na TV Globo, foi responsável pela área de sonoplastia de pós-produção de 2009 a 2014. Hoje é responsável pela área de Produção de Áudio do Entretenimento (Estúdios Globo). Foi professor universitário por 8 anos ministrando disciplinas nos cursos de Produção Fonográfica, Produção Audiovisual, Rádio e TV e Graduação em Cinema.

Como ter uma experiência muito mais imersiva de áudio e vídeo em casa e onde mais desejar

O áudio imersivo é uma rica fonte de “belos” sons. Poucas pessoas têm tido a oportunidade de usufruir dessa maravilha aqui no Brasil. O objetivo da apresentaçäo é melhorar o entendimento dos usuários, desmistificar o que há hoje no comercio para a fruiçao de áudio imersivo e as formas de melhorar a experiência deste ouvinte. O áudio imersivo é definitivamente um caminho para obter essa melhoria na qualidade de experiencia do usuário.

Palestrante: Hélio Helio Kuwabara, engenheiro de Suporte de Áudio da TV GLOBO

Bacharel em Engenharia de Telecomunicações (Centro Universitário da Cidade – 2011). Atualmente trabalhando como Especialista de Áudio na TV GLobo. Começou a trabalhar na TV Globo desde 1995 na área de suporte e manutenção de equipamentos e sistemas de áudio e comunicação, participou da implantação dos estúdios do Projac e dos grandes OBVan´s digitais. Ele compôs as equipes responsáveis por cobrir vários eventos, incluindo Carnaval, GP Brasil de Fórmula 1, presidenciais de 2003 e 2007, Copa do mundo de 2002 e 2006. Em 2012 teve seu trabalho de graduação em engenharia reconhecido com o II Prêmio Oscar Niemeyer do CREA -RJ.

11h30
Painel 2

Barreiras, Desafios e Oportunidades das Produtoras, TVs Abertas, TVs por Assinatura, operadoras de Telecom, e OTTs

Com a Revolução Digital, ficou para trás aquele mundo em que os negócios de audiovisual eram estanques e restritos a poucas empresas. Dia-a-dia, um número crescente de produtores de conteúdo experimenta novos formatos e novas maneiras de oferecê-lo ao consumidor. Mas não são pequenos os percalços, desde as incertezas de mercado até questões regulatórias.  Neste painel, ouviremos de importantes entidades representativas do audiovisual brasileiro quais os principais desafios e oportunidades do momento, e como ajudam cada setor na preparação para o futuro.

Moderadora: Liliana Nakonechnyj, presidente da SET

Liliana Nakonechnyj é presidente da SET (Biênio 2017-2018). Engenheira de telecomunicações, dedicou grande parte de sua vida profissional à implantação de sistemas de distribuição de sinais de televisão em estações de transmissão terrestre, sistemas de contribuição e distribuição por rádio, satélite e fibra ótica. Também foi, por muitos anos, responsável pelo apoio de engenharia às emissoras afiliadas da Rede Globo. Liderou estudos e testes para a introdução da televisão digital no Brasil entre 1994 e 2006 e, posteriormente, demonstrações e testes de UHDTV. Representa a SET no IBC Council.

A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão tem a missão de defender a liberdade de expressão, em todas as suas formas, bem como defender os interesses das emissoras de radiodifusão, suas prerrogativas como executoras de serviços de interesse público, assim como seus direitos e garantias; enfatizar os princípios adequados à radiodifusão brasileira, notadamente as suas expressões educativa, cultural, cívica, informativa e recreativa; postular a adoção de medidas legais e judiciais de proteção e amparo aos interesses morais e materiais da radiodifusão.

Palestrante: Cristiano Lobato Flores, diretor Geral da ABERT

Cristiano Reis Lobato Flores. Diretor Geral da ABERT – Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão. Membro da 4ª Câmara do Conselho de Ética do CONAR – Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária. Integrante do Conselho de Ética do Conselho Executivo de Normas-Padrão – CENP. Membro do Grupo de Implantação do Processo de Redistribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV – GIRED. Mestre em Direito das Empresas pela Universidade de Coimbra, Portugal.

A Associação Brasileira de Televisão por Assinatura (ABTA) é uma associação civil, nacional e sem fins lucrativos, que congrega e representa distribuidores, programadores e fornecedores dedicados a serviços de comunicação por acesso condicionado. Visa a defesa e o desenvolvimento do setor, principalmente junto aos entes reguladores de suas atividades.”

Palestrante: Oscar Vicente Simões de Oliveira, presidente executivo da ABTA

Atualmente é Presidente Executivo da ABTA – Associação Brasileira de TV por Assinatura onde é responsável pela gestão da entidade, e pela representação dos associados visando a defesa e o desenvolvimento desse setor econômico, em especial junto aos entes reguladores de suas atividades. Foi Presidente do Sindicato Nacional das Empresas Operadoras de Televisão por Assinatura e de Serviço de Acesso Condicionado – SETA, de 2013 até julho/2016.É membro do Conselho Consultivo da C+ Tecnologia e associado ao IBGC – Instituto Brasileiro de Governança Corporativa e ao FFI- Family Firm Institute e membro do Conselho Consultivo de diversas empresas nacionais. É Administrador, com curso de Mestrado em Administração de Empresas pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e Especialização em Gestão Avançada pelo INSEAD- The European Institute of Business Administration e Fundação Dom Cabral dentre outros.

A ABOTT´s tem como objetivos sociais o apoio às empresas brasileiras de OTT’s, em suas multiplicidades tecnológicas e funcionais, serviços de aplicações e de distribuição de conteúdo audiovisual, soluções, informação e serviços na internet, startups e profissionais relacionadas com desenvolvimento de aplicativos, bem como aos profissionais liberais autônomos e aos acadêmicos e estudantes que comprovadamente atuam como pesquisadores ou profissionais nas áreas de internet no país, de acordo a Lei 12.965/2014, a Lei do Marco Civil da internet.”

Palestrante: Alexandre Britto, presidente da ABOTT´s

Alexandre Britto é presidente da Associação Brasileira de OTTs e CEO da ABX Consulting Services.

A ANCINE – Agência Nacional do Cinema é uma agência reguladora que tem como atribuições o fomento, a regulação e a fiscalização do mercado do cinema e do audiovisual no Brasil. A missão da ANCINE é desenvolver e regular o setor audiovisual em benefício da sociedade brasileira. Encerrado o ciclo de sua implementação e consolidação, a ANCINE enfrenta agora o desafio de aprimorar seus instrumentos regulatórios, atuando em todos os elos da cadeia produtiva do setor, incentivando o investimento privado, para que mais produtos audiovisuais nacionais e independentes sejam vistos por um número cada vez maior de brasileiros. 

Palestrante: Luana Rufino, superintendente de Análise de Mercado, ANCINE

Luana Rufino é superintendente de Análise de Mercado na Agência Nacional de Cinema (ANCINE).

Investimentos em redes de dados: desafios e oportunidades

O Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviços Móvel Celular e Pessoal (SindiTeleBrasil)  trabalha, desde sua fundação, em setembro de 2003, na coordenação, defesa e representação legal das empresas da categoria que operam no Brasil, buscando, ainda, a formação de talentos e o estímulo disseminação de informação geral para o setor.  Neste painel, Ildeu Borges abordará as oportunidades e desafios para as empresas de telecomunicações, gerados pelo grande crescimento da oferta de vídeo sob demanda na internet.

Palestrante: Ildeu Borges, Diretor Regulatório do SindiTelebrasil

Diretor Regulatório do SindiTelebrasil, Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviços Móvel Celular e Pessoal, que representa as empresas de telecomunicações, fixa e móveis, no Brasil. Engenheiro de Telecomunicações formado pela UnB com MBA pela UFRJ, já atuou tanto nas áreas operacionais quanto de marketing em empresas de telecomunicações no desenvolvimento e lançamento de novos produtos e serviços, inclusive em ofertas pioneiras de banda larga e de serviços de VoD no país.

A Brasil Audiovisual Independente (BRAVI) tem o intuito de reunir e fortalecer as empresas voltadas à produção de conteúdo para televisão e mídias digitais no mercado nacional e internacional e tem como principais objetivos: auxiliar no desenvolvimento do mercado audiovisual brasileiro, representar o setor em diversos fóruns de debates, incentivar a produção e novos modelos de negócio, analisar e estimular a utilização da legislação do setor, participando ativamente de suas regulamentações e alterações; oferecer capacitação ao produtor e apoiar a atuação do empresário brasileiro no mercado internacional.

Palestrante: Mauro Garcia, presidente executivo da Brasil Audiovisual Independente (Bravi)

Trinta e nove anos de experiência na área de comunicação, destacadamente em televisão. Atuação profissional atual como Presidente Executivo da Brasil Audiovisual Independente (BRAVI) – que representa as Produtoras Brasileiras Independentes de Televisão. Atuou como Diretor de Programação da TV Cultura de São Paulo e Diretor de Projetos Especiais; Criador, implantador e Diretor de Conteúdo da TV RáTimBum, primeiro canal infantil brasileiro da TV por assinatura. Atuação como Diretor-Presidente da TVE Brasil e das Rádios MEC AM e FM. Foi também Presidente da Associação Brasileira das Emissoras Públicas Educativas e Culturais em 1999 a 2000.

13h

Intervalo

14h15
Painel 3

Cinema e Televisão: a cada dia mais próximos no modelo de produção

A produção audiovisual é desenvolvida hoje para estar disponível em qualquer tela, e a qualquer momento. Das telas de cinema aos smartphones as barreiras de formatos foram se rompendo. TV e Cinema e Produção para WEB partem de um desenvolvimento de narrativa que se formata e se modela a cada dispositivo ou tela. Em exibição linear ou sob demanda. Nas mãos do espectador na forma de seus hábitos de consumo audiovisual.

Moderador: Mauro Garcia, presidente executivo da Brasil Audiovisual Independente (Bravi)

Trinta e nove anos de experiência na área de comunicação, destacadamente em televisão. Atuação profissional atual como Presidente Executivo da Brasil Audiovisual Independente (BRAVI) – que representa as Produtoras Brasileiras Independentes de Televisão. Atuou como Diretor de Programação da TV Cultura de São Paulo e Diretor de Projetos Especiais; Criador, implantador e Diretor de Conteúdo da TV RáTimBum, primeiro canal infantil brasileiro da TV por assinatura. Atuação como Diretor-Presidente da TVE Brasil e das Rádios MEC AM e FM. Foi também Presidente da Associação Brasileira das Emissoras Públicas Educativas e Culturais em 1999 a 2000.

Case de produção: filme Soldados do Araguaia

Entre 1972 e 1975, o exército brasileiro enviou milhares de soldados à selva amazônica para exterminar a Guerrilha do Araguaia. Quarenta anos mais tarde, os soldados que participaram do conflito contam as atrocidades da tortura sofrida: o tratamento dado a guerrilheiros e soldados quase não se distingue. O diretor premiado Belisario Franca aborda em sua palestra a produção do filme Soldados do Araguaia e o atual momento do mercado audiovisual brasileiro.

Palestrante: Belisario Franca, diretor de Cinema e proprietário da Produtora Giros

Belisario Franca é diretor de cinema e de TV, que dedica a sua carreira a inventariar a cultura tangível e intangível do Brasil através de um olhar investigativo e crítico, mas lúdico o suficiente para capturar aspectos únicos do país.

Um íntimo da realidade da população brasileira, Belisario teve seu inventário audiovisual formado com séries de TV e documentários premiados em âmbito nacional e internacional. Entre alguns dos prêmios destacam-se “Beyond the Sea” como a melhor série de televisão de acordo com a IDA, International Documentary Association; “Xavante Strategy”, agraciado pela ONU com o título de melhor criação de arte e mídia relacionada à paz e “Música do Brasil”, conquistou o título de melhor produção cultural para TV no Grand Prix Cinema Brasil.

Seu mais recente trabalho, o documentário “Amazônia Eterna” sobre economia sustentável na região amazônica, foi lançado na Première Brasil no Festival do Rio 2012 como categoria “Hors-Concours”.

Como CEO da Giros, produtora localizada no Rio de Janeiro com 17 anos de experiência no mercado, desenvolvendo mais de 600 horas de conteúdo audiovisual para cinema e televisão, Belisario ganhou algumas das competições mais importantes do setor, como o International Emmy Awards, o New York Film Festival e o International Documentary Association Competition de Los Angeles.

Canais de TV como Futura, TV Globo, GNT, Canal de História, TV Brasil, Multishow, MTV, Animal Planet, Discovery Networks, Disney Channel e People & Arts são alguns dos 40 canais, nacionais e internacionais, que transmitiram a série e documentários produzidos pela Giros, conhecida por sua sólida expertise em projetos educacionais e culturais quando as constantes são o refinamento em pesquisa e a excelência na produção aliada a linguagens estéticas ousadas.

Palestrante: Leonardo Dourado – Roteirista, diretor, produtor executivo, criative producer, jornalista e Sócio da Telenews

Leonardo Dourado é jornalista e um dos sócios da Telenews. Na produção independente tem atuado como roteirista, diretor, produtor executivo e criative producer em projetos de conteúdo qualificado para televisão e mídias digitais, além de realizar filmes corporativos, marketing político e social. Em 2017 lançou em salas de cinema o documentário de longa-metragem Por um Punhado de Dólares, os Novos Emigrados sobre gente que sai do seu país em busca de melhores condições de vida. Coprodução com a Alemanha, o filme foi selecionado para o Festival É Tudo Verdade, para o Surdocs chileno e ganhou distribuição nacional em salas pela Spcine, além de ter recebido boas críticas em O Globo (Bonequinho aplaude) e em O Estado de São Paulo. Em 2016 dirigiu, foi corroteirista e lançou a série Canto dos Exilados em coprodução com RioFilme e Arte 1 sobre o legado de fugitivos da 2ª Guerra à cultura brasileira. A série recebeu Nota 10 da crítica Patricia Kogut de O Globo. Em 2018, produziu a graphic novel para Internet sobre o embaixador Souza Mendes, diplomata brasileiro que salvou mais de mil vidas de refugiados do nazismo. Um dos fundadores da antiga ABPI-TV, Associação Brasileira de Produtores Independentes de Televisão, atual Bravi, agora é conselheiro do ICAB, Instituto de Conteúdos Audiovisuais Brasileiros.

15h15
Painel 4

Tecnologias, Processos e Ganhos na Produção do Jornalismo

Nos dias de hoje, e cada vez mais, as empresas jornalísticas buscam aumentar sua audiência através da distribuição de conteúdo multiplataforma, pela agilidade na veiculação da informação, como também pelo incremento das reportagens ao vivo. Além de conteúdo atrativo, é claro. Entretanto, e principalmente em decorrência das receitas em queda, busca-se no processo de produção de telejornalismo uma produtividade cada vez maior e que não perca de vista a confiabilidade da exibição. Visando atender a todas essas demandas, vários recursos de tecnologia vêm sendo disponibilizados e rapidamente incorporados pelas empresas jornalísticas.

Moderador: Paulo Canno, Diretor de Tecnologia da Rede Gazeta do Espirito Santo

Graduado em Engenharia Elétrica pela Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo e Pós-Graduado em Gestão Empresarial pela FGV.Atuou em projetos e instalações de sistemas de transmissão de rádio e TV, de 1976 a 1984, como engenheiro responsável da Sociedade Nacional de Eletrônica. De 1984 a 1986 trabalhou na Engesa Eletrônica, como responsável do laboratório do controle de qualidade de componentes. Desde 1986 na Rede Gazeta do ES (Afiliada a Rede Globo), onde ocupa o cargo de Diretor de Tecnologia.

A evolução da comunicação e da mobilidade jornalística

O CEO da InternetSat fará um resumo da evolução das transmissões em campo até hoje com exemplos reais e objetivos e apresentará uma referência de qualidade, custo e mobilidade. Como exemplo de transmissões de video e streaming mostrará a última solução com streaming e video e a sua qualidade, principalmente quando o ponto é não usar nem mais nem o Mochilink e nem mais a banda C, ou seja, abordará de uso de satélite de alta capacidade e de última geração (HTS) em banda Ka, focando para jornalismo ocasional.

Palestrante: George Bem, CEO e fundador da InternetSAT

George Bem é CEO e fundador da InternetSAT, uma empresa integradora de soluções e provedora de internet banda larga via satélite, fibra e telefonia. Oferece serviços de projetos, implementação e gerencimento de soluções em telecomunicações. É graduado em Engenharia de Telecomunicações pela FASP, especializações em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas. Pós-Graduado e Certificado em Ambientes de Missão Crítica e Gestão de Projetos pelo PMI e Scrum Alliance. Desde o inicio dos anos 1990, trabalha no sertor de telecomunicações, passando por TI, internet e broadcast, atuando com consultoria, arquitetura e gerência. Participou de duas grandes startups no Brasil, a multinacional Ipredia International (primeiro provedor de internet banda larga corporativo do Brasil) comoarquiteto e gerente de Engenharia de Redes, e o Portal R7, onde foi gerente de Infraestrutura e Operações responsável pelo startup, criação do serviço de e-mail grátis, pela criação da área de multimídia mesclando internet e TV, na qual estruturou as transmissões dos jogos de Guadalajara e dos Jogos Olímpicos de Londres 2012. Exerceu a Gerência de Infraestrutura e Serviços da Engenharia da Rede Record, onde foi responsável pela integração de novas tecnologias e implementação do ambiente IP, redes de dados e telecomunicações, soluções móveis para vídeo e transmissão de dados. Além da Record, onde também trabalhou no R7, exerceu relevantes cargos e funções na Natura Cosméticos, CPM e BSH (Bosch and Siemens). Responsável geral pela transmissão por terminal Fly-Away via satélite HTS em banda Ka do live streaming em paralelo à transmissão principal, também ao vivo no canal YouTube da SET que será feita do evento SET SUDESTE 2018.

Case: Vice Media

A ideia será compartilhar visita recente realizada na Vice Media em NYC , que possui um ecossistema capaz de produzir e distribuir conteúdo para uma miríade de plataformas dentro de um ambiente de jornalismo/produção convergente, com arquitetura aberta e compatível com a nuvem, no que tange a gestão e arquivamento de seu conteúdo para 38 sites espalhados pelo mundo, entre eles, NYC, Londres, Toronto, Mumbai e Moscou.  E também fazer um paralelo com a USC, universidade americana que criou um ambiente altamente criativo, integrado e preparado aos novos desafios de nossa indústria.

Palestrante: Daniela Souza – Diretora de Marketing da SET e CEO da AD Digital

Fundadora da AD Digital, entrou no mercado de Mídia e Entretenimento em 1994. É palestrante convidada nos principais eventos relacionados com a criação, gerenciamento e distribuição de conteúdo, para compartilhar sua visão sobre mercado e tendências de futuro para a indústria. Há mais de 10 anos compõe a mesa diretora da SET e é responsável por alguns dos novos conceitos presentes no Brasil.

Story Centric Workflow: uma necessidade para atender os novos modelos de consumo de mídia

Real time metadata, mecanismo de busca, serviços com inteligência artificial, Cloud Based Management, open API, produção WEB e automação na contribuição são os fatores mais importantes para atender uma nova realidade de produção e distribuição.

Palestrante: Cláudio Frugis, diretor de Vendas, América do Sul, TVU Networks

38 anos de experiência na indústria Telecom/Satelite e Broadcast profissional. Anteriomente, foi vice-presidente de vendas no mercado brasileiro da Advantech Wireless por quase uma década. Também trabalhou como desenvolvedor de negócios para a Nera America Latina, Divisão de Satelite, e foi Gerente de Departamento na area redes inteligentes e comunicações de dados na Ericsson Telecomunicações por 23 anos. É formado em Engenharia Eletronica pela FAAP, pós-graduado em Administração de Empresas pela FAAP e com MBA na area de  Inovação e Tecnologia pela Universidade de São Paulo (FEA/FIA).

Tendências e Tecnologias para Produção de Jornalismo na Era Conectada

Uma visão das tendências tecnológicas para a produção de jornalismo: mobilidade e portabilidade na captura em campo, crescente mobilidade com integração de contribuição por redes 4G/LTE, a rápida e crescente adoção da tecnologia de nuvem para acelerar a cadeia de produção de jornalismo. As vantagens das novas tecnologias e os desafios introduzidos no novo cenário de produção, além de discussões e considerações sobre custos de propriedade x custos operacionais em uma era de maior conectividade e foco em serviços.

Palestrante: Erick Soares, Expert em Tecnologia da Sony Brasil

Erick Soares é expert em Tecnologia para Suporte a Vendas e Marketing, atuante há mais de 15 anos na Sony, em novas tecnologias, workflow e produtos no mercado de broadcast. Formado pela F.E.I (Faculdade de Engenharia Industrial – S.B.C./SP) e Pós-Graduado pela F.I.A. (Fundação Instituto de Administração- USP). Acompanhou o desenvolvimento de novos produtos bem como a implementação de projetos estratégicos, servindo de interface entre clientes brasileiros e engenharia do Japão, bem como participou de diversos eventos nacionais e internacionais.

Inovação tecnológica e convergência digital no jornalismo

A inovação tecnológica, somada à convergência digital e à velocidade da informação, resultaram em desafios diários dentro do universo jornalístico, principalmente no âmbito técnico operacional. Esse cenário desafiador requisitou o surgimento e a consolidação de profissionais com foco no gerenciamento de conteúdo e no fluxo de trabalho com conteúdo audiovisual, unindo a expertise do mundo analógico aos novos conhecimentos da imaterialidade digital.

Palestrante: Juliana Ferrari, Media Manager no SBT (Sistema Brasileiro de Televisão)

Graduada em Comunicação Social – Rádio e TV pela instituição de ensino Faculdades Oswaldo Cruz, pós-graduada no MBA em Gestão de Projetos na instituição de ensino FIAP. Trabalhou como Ingest Operator na Record TV, Analista de Mídia no Sistema Brasileiro de Televisão, Assistant Producer no SBT, Ingest Operator no SBT, Graphic Designer na Alpha FM e 89,1 FM. Atualmente ocupa o cargo de Media Manager no SBT (Sistema Brasileiro de Televisão).

16h15

Intervalo

16h30
Painel 5

TVs Afiliadas – Visão Geral dos Cenários e Tendências

Ex presidente e fundador da SET, Adilson Malta analisou e expicou as competências necessárias que tem de possuir um profissional que quer atuar no mercado broadcast e de novas mídias

Você sabe o que é uma afiliada de TV?

Com a TV Digital, o que mudou para estas empresas? Não existe qualquer dúvida de que as afiliadas desmpenham um papel importantíssimo para as regiões onde se encontram e para o Brasil. Quanto mais interações com as comunidades e mais conteúdos locais forem produzidos, mais a região se conhece e mais o Brasil se conhece. Neste painel, diretores de 3 afiliadas, Rede Amazônica de Televisão, Rede Gazeta do Espírito Santo e Rede Vanguarda de TV, iráo desmistificar o que é de fato uma afiliada em termos gerais na era atual, as suas conquistas, pontuar seus grandes desafios, barreiras, oportunidades e pontos positivos para a população e para o Brasil. E dar as suas visões sobre os cenários e tendências mais prováveis nesta era das transformações digitais nos próximos anos.”

Moderador: Adilson Pontes Malta, criador da SET e membro do Conselho de ex-Presidentes da SET

O engenheiro Adilson Pontes Malta foi fundador e primeiro presidente da SET. Atualmente, é membro do Conselho de ex-Presidentes da entidade.

O Brasil vê o Espírito Santo pelas lentes da TV Gazeta

A Rede Gazeta de Comunicações é um conglomerado de mídia brasileiro localizado no estado do Espírito Santo. Maior grupo de comunicação do estado, possui três jornais, nove emissoras de rádio, quatro emissoras de TV aberta afiliadas à Rede Globo, além de portais na internet. Com sede instalada em em Vitória, a Rede Gazeta tem atuação em todo o Espírito Santo e, para tanto, possui regionais em Cachoeiro de Itapemirim, Colatina e Linhares, além de sucursais em Guarapari, Nova Venécia e São Mateus. A empresa também mantém escritório comercial em São Paulo e representantes algumas capitais do país. Atualmente, a TV Gazeta produz cinco programas locais, sendo eles: Bom dia ES, ESTV 1ª e 2ª edição, Jornal do Campo e Em Movimento. Cobre 15 municípios capixabas e 679.616 domicílios com televisão, o que significa 2.069.604 telespectadores potenciais, em uma população de 2.036.550 habitantes.

Palestrante: Marcello Henrique Monteiro de Moraes, Diretor Executivo Multimídia da Rede Gazeta (ES)

Marcello Moraes é o atual Diretor Executivo Multimídia da Rede Gazeta. Foi CEO da Infoglobo durante 4 anos ( 2011- 2015). Iniciou a sua carreira na empresa em 1999 como gerente de Compras. Ao longo deste período, foi promovido, exercendo as funções de gerente-geral de Suprimentos, gerente-geral de Distribuição, diretor-executivo de Mercado Leitor e Operações e diretor de Planejamento Corporativo. Marcello é formado em Engenharia pela Universidade Gama Filho. Possui MBA em Gestão pelo IBMEC e certificação internacional pelo curso Skills Tools and Competences, realizado na Kellogg Management School, em Chicago, e pelo Programa de Gestão Avançada, cursado no The European Institute of Business Administration (INSEAD), na França. É membro da INMA ( International Newsmedia Association), é  Certificado como Conselheiro de Administração pelo IBGC ( Instituto Brasileiro de Governança Corporativa) e atua como Conselheiro de Administração da Junior Achievement Brasil. Além de atuar como o principal executivo da Infoglobo, foi membro efetivo do Conselho de Administração do jornal  Valor Econômico S.A., do ZAP Imóveis e do SPIX ( start up de produtos digitais).

Rede Amazônica: servido ao pulmão do nosso planeta

Rede Amazônica é uma rede de televisão regional brasileira com sede na cidade de Manaus, capital do estado do Amazonas. É o maior grupo de comunicação da Região Norte do Brasil com 13 emissoras afiliadas à Rede Globo em cinco estados (Amazonas, Acre, Amapá, Rondônia e Roraima), no total de 150 municípios cobertos, mais de 1,5 milhão de domicílios com TV e mais de 6,2 milhões de telespectadores potenciais.

Palestrante: Nivelle Daou Junior, diretor Executivo da Rede Amazônica de TV

Nivelle Daou Jr é o diretor da Regional Norte da SET. É também vice-presidente de Tecnologia da Rede Amazônica de Rádio e Televisão.

18h
Painel 6

Transmissão, antenas e área de cobertura

Projetos com sérias restrições econômicas requerem expertise ainda maior para uso de engenhosas e criativas soluções de atendimento aos requisitos. E este é o caso, principalmente para as afiliadas neste estágio atual da migração de TV Analógica para TV Digital. Neste painel, quatro especialistas das empresas Hitachi Linear, Ideal Antenas, IF Telecom e SM Facilities irão discutir o tema e responder entre outras, as perguntas abaixo. Quais soluções de transmissor e antena são as mais adequadas para:

   * Cidades com pouca população, onde o abrigo é precário e a torre possui baixa capacidade de carga de vento ?

* Estações com possibilidade de compartilhamento entre emissoras ?

* Estações para Gap Fillers e SFN ? É preciso estudo de atrasos da SFN para dimensionar os sistemas de forma a não haver interferência?

Moderador: André Cintra, diretor da ABERT

André Cintra é engenheiro, especialista em canalização e membro da Diretoria Técnica da Associação Brasileira de Rádio e Televisão (ABERT).

Sistema de transmissão otimizado: como definir os equipamentos melhor indicados para cada situação

Serão abordadas as vantagens, desvantagens e possibilidades de se realizar uma analise detalhada de quais melhores itens para cada situação de transmissão, considerando primordialmente o sistema irradiante, onde o mesmo através de sua confecção poderá viabilizar a infraestrutura mecânica, e a configuração da rede elétrica e principalmente a engenharia financeira da estação transmissora.

Palestrante: Ramiro Franco, gerente do Departamento de Engenharia de Projetos e Desenvolvimento na Ideal Antenas

Graduado em Engenharia Elétrica com ênfase em Telecomunicações e MBA em Gestão Executiva de Negócios pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas). Está na Ideal Antenas desde 2006, onde atualmente exerce a função de Gerente do Departamento de P&D de sistemas irradiantes especiais e customizados em diversas faixas de frequências e áreas de atuação.

Infraestrutura, custos x orçamento disponível e racionalidade nas decisões de projeto

Serão abordadas as escolhas que podemos fazer para reduzir o impacto nas estações e o custo de implantação.

Palestrante: Yasutoshi Miyoshi, CSO da Hitachi Kokusai Linear

Yasutoshi Myoshi é Chief Sales Officer da Hitachi Kokusai Linear Equipamentos Eletrônicos S/A.

A Engenharia e a Experiência em Projetos para Encarar os Desafios

A palestra será rápida e objetiva, com uma introdução mostrando os pré-requisitos para vencer desafios aparentemente inviáveis do ponto de vista técnico e economico. Serão apresentados 3 estudos de caso, com breve relato sobre as dificuldades e a criatividade para vencê-las.

 

Palestrante: José Roberto Elias, gerente comercial da IF Telecom

Engenheiro Eletrônico formado pela UNICAMP em 1983, com MBA pela FGV em 2005, possui vasta experiência em empresas nacionais e multinacionais voltadas a Telecomunicações e Broadcast, atuando como consultor em Broadcast e Comunicações por Satélite, além de atuar como Professor na Universidade Federal Fluminense (MBA) em Sistemas Irradiantes e Codificação Digital. Atualmente ocupa a posição de Gerente Comercial na IF Telecom, empresa que representa a Dielectric LLC no Brasil.

Como o modelo de compartilhamento de infraestrutura pode viabilizar a cobertura com TV Digital para as cidades do interior do país

Os desafios para a implantação de TV Digital nas cidades do interior crescem a cada ano com a proximidade do prazo final do Switch-Off, impondo às redes de televisão a busca por modelos que possam viabiliza-la financeiramente. O modelo de compartilhamento tem sido considerado como uma forma de atender a esta necessidade. A apresentação pretende demonstrar o compartilhamento de infraestrutura e equipamentos como modelo de negócio.

Palestrante: Luiz Ricardo Tonin, coordenador de projetos de radiodifusão da SM Facilities

 

Luiz Ricardo Tonin é engenheiro eletricista graduado pela Universidade Positivo e possui 9 anos de experiência na área de engenharia de telecomunicações, com expertise em radiodifusão, tendo atuado em empresas de telefonia e de rádio. Atualmente é Coordenador de Projetos de Radiodifusão na SM Facilities, empresa de engenharia que presta serviços técnicos, de implantação e de construção para a área de radiodifusão e de telecomunicações.É especialista em softwares de predição e em projetos de técnicos de transmissão, participa ativamente do desenvolvimento de novas soluções visando o switch-off analógico e a migração da faixa de 700MHz.

11 de Maio   Sexta-Feira

Horário Palestra
8h00
Recepção

Recepção

Recepção aos participantes, distribuição de crachás e outros materiais.

8h30
Pré-Evento

Highlights dos Eventos Internacionais “Satellite 2018”, “VSAT Latin America 2018”, “5G & LTE 2018” e NAB 2018

Nesta segunda sessão pré-evento, a ser iniciada às 08h30 desta sexta-feira, Cristovam e Liliana compartilharão suas visões relativas aos principais destaques observados nesses 4 marcantes eventos internacionais. Como convidados especiais teremos na sessão Mauro Wajnberg, presidente da SSPI Brasil (Society of Satellite Professionals International) e de Gerson Souto,Membro do Conselho Diretor do Projeto 5G Brasil. Mauro fará o possível para em 10 minutos sintetizar alguns dos destaques da Satellite 2018, enquanto Gerson apresentará pela primeira vez em eventos da SET o que significam o 5G e o Projeto 5G Brasil. Fique ligado (a) desde cedo, seja de forma presencial ou via internet, para entender bem e já ir aquecendo os motores para a abertura do segundo dia da SET SUDESTE 2018. Assista!

Satellite 2018: reuniu em Washington DC, em março passado, líderes de pensamentos aeroespaciais, empresários, executivos, engenheiros, usuários finais e entusiastas, vindos de mais de 100 países ao redor do mundo, para o maior e mais importante evento global de tecnologias de satélites. Por mais de 35 anos, os eventos SATELLITE têm desempenhado um papel fundamental na determinação de como os satélites moldarão o futuro do nosso planeta.

VSAT Latin America 2018: co-localizado com o “5G & LTE Latin America 2018”,  o evento, realizado no dia 25 de abril passado no Rio de Janeiro, teve como tema central o papel das Comunicações Via Satélite no Ecossistema 5G e reuniu especialistas de comunicações via satélite da América Latina, para apresentações, debates e exposição de empresas.

5G & LTE Latin America 2018: realizada de 24 a 26 de abril passado no Rio de Janeiro, o evento reuniu especialistas de telecomunicações da América Latina para apresentações, debates e exposição de empresas, tendo como temas principais ” 5G, a Rede das Redes de Próxima Geração”, LTE, Internet das Coisas, Padronização, Cronogramas de Implantação pelo mundo e a Evolução das Redes de Telecomunicações na América Latina.

NAB 2018: A NAB reúne anualmente no Centro de Convenções de Las Vegas -USA todos os elementos de tecnologia de televisão, rádio e cinema, produção e pós-produção de filmes/vídeos, áudio, novas mídias, internet, streaming, banda larga, serviços sem fio, via satélite e telecomunicações. Em mais de 80 anos de história, a feira e conferencias recebem acima de 100mil visitantes e 1.500 expositores de 150 países, em uma área de 83.000 m2 ,no maior e melhor show do setor em todo o mundo.

Moderadora: Liliana Nakonechnyj, presidente da SET

Liliana Nakonechnyj é presidente da SET (Biênio 2017-2018). Engenheira de telecomunicações, dedicou grande parte de sua vida profissional à implantação de sistemas de distribuição de sinais de televisão em estações de transmissão terrestre, sistemas de contribuição e distribuição por rádio, satélite e fibra ótica. Também foi, por muitos anos, responsável pelo apoio de engenharia às emissoras afiliadas da Rede Globo. Liderou estudos e testes para a introdução da televisão digital no Brasil entre 1994 e 2006 e, posteriormente, demonstrações e testes de UHDTV. Representa a SET no IBC Council.

Moderador: José Raimundo Cristovam, coordenador do SET Sudeste 2018 e CEO da UNISAT Telecom

Cristóvam vem efetuando a coordenação e curadoria dos eventos SET SUDESTE desde 2015, ano em que o evento retornou para o Rio de Janeiro. Por sinal, cidade onde a SET foi criada em 25 de março de 1988 pelo fundador e ex-presidente, Adilson Pontes Malta. Na atual diretoria da SET,Cristovam é o vice-diretor da regional SUDESTE. Vem atuando como organizador, palestrante e moderador de eventos especializados em tecnologias desde 1990, tanto públicos como corporativos para empresas internacionais e em importantes eventos nacionais e internacionais, como o Painel Latino Americano de Satélites dos eventos Satellite 2009, Satellite 2010, Satellite 2011 e Satellite 2018, realizados em Washington (EUA), nos Regionais e Congressos da SET, nos VSAT Latin America, nos GVF Oil & Gas, nos MilSatCom e em outros de relevância no setor. Engenheiro de Operações modalidade Eletrônica pela UFRJ, Engenheiro Eletrônico pela Escola de Engenharia da UGF, Pós-Graduado na UFF em Telecomunicações e cursos de especialização no Japão (NEC, NTT e Anritsu) e nos EUA (TCB – Thomson). Sócio-diretor e um dos fundadores da UNISAT em 1990. CEO & Diretor Técnico da empresa, consultor sênior de empresas nacionais e internacionais, professor e instrutor de renome internacional. Antes da criação da UNISAT, trabalhou em diferentes cargos e funções,principalmente nas áreas de transmissão terrestre,TV e comunicações via satélite na NEC, TELEBAHIA e na EMBRATEL, nas áreas nacional e internacional. Correspondente do GVF no Brasil.Responsável e coordenador geral do projeto para a transmissão ao vivo no canal YouTube da SET que será feita do evento SET SUDESTE 2018.

Palestrante: Gerson Souto, membro do Conselho Diretor do Projeto 5G Brasil

Palestrante: Mauro Wajnberg, presidente da Society of Satellite Professionals International (SSPI, Brasil)

Palestrante: Mauro Wajnberg, gerente geral, Telesat Brasil

9h30
Painel 1

Hábitos de Consumo de Mídia pela População no Brasil e no Mundo

Provocaçao: você fica mais tempo assistindo TV Aberta e TV por Assinatura (com e/ou sem VOD) ou usufruindo de conteúdos via internet? Que o cotidiano da “vida” mudou, ah!, isso mudou mesmo! E mudou de forma mais acelerada ainda com as últimas transformações digitais. E é fato de que os comportamentos e os costumes em relação ao consumo de mídia pela população brasileira estão mudando e agora muito mais ainda com a expansão dos acessos em banda larga móvel 4G no país. Por exemplo, algumas pesquisas apontaram que o consumo de vídeos online cresceu mais de 90% em 3 anos e se aproxima do consumo de televisão no Brasil. Por outro lado, hoje a TV abocanha mais de 63% do bolo de investimentos publicitários. Mas até quando? Será que a sustentabilidade da TV e da TV por Assinatura irá durar até quando? E a partir de quando os conteúdos irão passar a monetizar muito melhor? O que nos espera até maio de 2023? Que hábitos de consumo de mídia irão prevalecer? Uma última pergunta: você fica mais tempo assistindo TV Aberta e TV por Assinatura (com e/ou sem VOD) ou usufruindo de conteudos via internet?

Inquietações dos produtores de conteúdo a partir da mudança nos hábitos de consumo de mídia pelos brasileiros

Como os tracionais broadcasters alteram suas estratégias de distribuição para dar conta das novas formas de consumo de mídia? Como realizar um planejamento a longo prazo e em quais insights devemos confiar? Com a vida útil das tecnologias diminuindo consideravelmente, é preciso mais rapidez nas decisões estratégicas, sendo elas embasadas em dados consolidados e com credibilidade. Como se comportar a partir da mudança nos hábitos de consumo de mídia pelos brasileiros?

Moderador: Arthur William Santos, gerente executivo de Produção e Criação na EBC/TV Brasil

Arthur William Santos é gerente executivo de Produção e Criação na EBC/TV Brasil. Ministra aulas na disciplina de Mídias Digitais na Universidade Unigranrio, além de ser professor do MBA em Marketing Digital do Instituto Infnet. Coordenou o setor de Multimídia da TV Brasil e liderou a área de Inovação/Novos Negócios na TV Escola. Especializou-se com cursos livres em Harvard e Stanford sobre Inovação.

Hábitos de consumo de filmes e séries na TV por Assinatura (com ou sem VOD) e na internet

A Netflix mudou os hábitos de consumo de vídeo da população brasileira, começando há alguns anos pelos jovens e agora sendo objeto de desejo inclusive dos idosos. Uma marca leve, parceira e transparente, alinhada com os valores da sociedade atual. Nos Estados Unidos, 70% do público que assiste vídeo declara consumir regularmente conteúdos através de serviços de streaming. O OTT deixou de ser um novo entrante e se transformou num produto de massa. No Brasil, emissoras, programadoras e operadoras da TV tradicional estão se reinventando para conseguir preservar suas audiências. Neste cenário verde e amarelo, o Telecine tem uma história interessante para contar sobre a sua experiência na migração para o mundo digital.

Palestrante: Guilherme Saraiva, diretor de Tecnologia da Rede Telecine

Guilherme Saraiva é Diretor de Tecnologia do Telecine. Formado em Engenharia de Telecomunicações pelo IME, com MBA em Marketing e Master em Finanças pela FGV, liderou a área de planejamento de tecnologia da Globosat e trabalhou na unidade de clientes corporativos da NET no lançamento do Vírtua. Coordenou o planejamento da expansão da operação da British Telecom na América Latina, onde participou de projetos de inclusão digital em diversos países. 

Hábitos de uso de smartphones e mercado de conteúdos móveis

O Brasil tem hoje cerca de 240 milhões linhas de celulares para uma população da ordem de 210 milhões de habitantes, resultando em mais de uma linha de celular por pessoa. Observe-se o aumento em quase todos os lugares que vivemos do uso dos dispositivos móveis conectados. É incrível, mas é a realidade: o que mais se vê são pessoas mexendo em seus smartphones, independentemente de idade, de gênero ou de classe social. Por outro lado, também cresce muito a quantidade, a qualidade e a diversidade de conteúdos móveis disponíveis via internet para fruição pelos usuários de smartphones. A própria transmissão ao vivo deste seminário SET SUDESTE 2018 é um bom exemplo. Discutamos durante o painel os seus e os nossos pontos de vista. Será muito rico o debate.

Palestrante: Fernando Paiva, diretor de conteúdo e editor, Mobile Time

Jornalista pioneiro no mercado de conteudo móvel e mobilidade de forma ampla, criador e idealizador do Mobile Time, responsável por esta publicação e por importantes eventos do setor, como o Tela Viva Móvel, o Bots Experience e o Fórum de Operadoras Alternativas. Profissional especializado com reconhecimento do setor de telecomunicações, com grande destaque nos dispositivos móveis pessoais. Proprietário do Tempo Móvel. Trabalhou como repórter do “Ciencia Hoje” , jornalista no “Jornal do Comércio”, editor de mobilidade da Converge Comunicações, diretor de conteudo e editor da Mobile Time. Atuação de destaque em eventos nacionais e internacionais de tecnologias móveis como moderador e palestrante, incluindo em 5G & LTE e IoT. Especialidades: redação e edição de artigos especiais e notícias diárias sobre mobilidade, gerenciamento de fontes, organização de conferências.

Palestrante: Giovana Alcantara – Diretora Comercial Regional Sudeste, Kantar IBOPE Media

Giovana Alcântara é formada em Comunicação Social e pós-graduada em Marketing. Há 16 anos na Kantar IBOPE Media, já atuou em mercados regionais e na gestão de 14 filiais no Brasil. Atualmente, é diretora comercial da regional sudeste, sendo responsável pela ampliação dos negócios e profissionalização dos mercados sob sua gestão. A executiva também acumula passagens por agências de propaganda e veículos de comunicação, nas áreas de planejamento e pesquisa.

 

10h15

Intervalo

10h30
Painel 2

Como as grandes operadoras de satélites estão reagindo às rápidas transformações do mundo da TV e do vídeo

Inovações e Soluções Disruptivas da Industria de Satélites como Respostas Imediatas às Ameaças

DTH, Contribuição, Distribuição e Entrega de Conteúdos Audiovisuais vem representando por décadas a fio, as principais fontes de receitas das comunicações via satélite. Com as rápidas transformações do universo dos conteúdos de mídia nos últimos anos, este reinado vem sendo continuamente ameaçado por novas soluções tecnológicas. Neste painel, as três maiores operadoras de satélites do mundo, Eutelsat, Intelsat e SES, em ordem alfabética, e um provedor de tecnologia de segmento terrestre, a israelense Novelsat, irão apresentar suas inovações e soluções,como também debater as principais ameaças neste mercado de maior percentual de share dos serviços via satélite. Mas, quais são essas respostas da indústria de satélites ?

Moderador: José Raimundo Cristovam, CEO da UNISAT e correspondente do Global VSAT Forum no Brasil (GVF)

Cristóvam vem efetuando a coordenação e curadoria dos eventos SET SUDESTE desde 2015, ano em que o evento retornou para o Rio de Janeiro. Por sinal, cidade onde a SET foi criada em 25 de março de 1988 pelo fundador e ex-presidente, Adilson Pontes Malta. Na atual diretoria da SET,Cristovam é o vice-diretor da regional SUDESTE. Vem atuando como organizador, palestrante e moderador de eventos especializados em tecnologias desde 1990, tanto públicos como corporativos para empresas internacionais e em importantes eventos nacionais e internacionais, como o Painel Latino Americano de Satélites dos eventos Satellite 2009, Satellite 2010, Satellite 2011 e Satellite 2018, realizados em Washington (EUA), nos Regionais e Congressos da SET, nos VSAT Latin America, nos GVF Oil & Gas, nos MilSatCom e em outros de relevância no setor. Engenheiro de Operações modalidade Eletrônica pela UFRJ, Engenheiro Eletrônico pela Escola de Engenharia da UGF, Pós-Graduado na UFF em Telecomunicações e cursos de especialização no Japão (NEC, NTT e Anritsu) e nos EUA (TCB – Thomson). Sócio-diretor e um dos fundadores da UNISAT em 1990. CEO & Diretor Técnico da empresa, consultor sênior de empresas nacionais e internacionais, professor e instrutor de renome internacional. Antes da criação da UNISAT, trabalhou em diferentes cargos e funções,principalmente nas áreas de transmissão terrestre,TV e comunicações via satélite na NEC, TELEBAHIA e na EMBRATEL, nas áreas nacional e internacional. Correspondente do GVF no Brasil.Responsável e coordenador geral do projeto para a transmissão ao vivo no canal YouTube da SET que será feita do evento SET SUDESTE 2018.

Saving Money on Satellite Bandwidth?

Com a crescente do mercado Broadcast na contribuição via streaming, tivemos que oferecer um diferencial para redução de Banda Satelital ou aumento do tráfego de dados na mesma banda. Oferecemos hoje, duas modulações proprietárias NS3 / NS4 que consegue uma eficiência de mais de 40% em relação ao DVB-S2, reduzindo o custo com a utilização do MHz, além de uma resiliência muito grande, garantindo sinal com até 14dBm de interferência.

Palestrante: Eldad Eitelberg, Novelsat

As soluções inovadoras da Intelsat para uma indústria de mídia em transformação

O consumo de conteúdo mudou drasticamente nos últimos anos, com os espectadores clamando para que o conteúdo esteja disponível a qualquer momento, em qualquer lugar e em qualquer tela. São tantos os meios os quais os espectadores tem acesso aos conteúdos que tem sido difícil desenvolver modelos de negocio que satisfaçam seus apetites. Para atender às demandas dos consumidores de mídia, os programadores precisam de soluções flexíveis e confiáveis, mas, acima de tudo, precisam de formas eficientes e econômicas para contribuir e entregar conteúdo. Descubra como a Intelsat tem atendido a essas necessidades com satélites de alta capacidade EpicNG, serviços gerenciados e futuras combinaçãoes de redes de transmissão inovadoras .

Palestrante: Marcelo Amoedo, diretor de Vendas, Broadcast Services, Intelsat

Marcelo Amoedo é experiente profissional de telecomunicações com 16 anos de experiencia nas áreas de televisão, comunicações via satélite, compressão de vídeo e integração de sistemas de transmissão, desenvolvimento de negócios, key account management, vendas diretas e revendas, networking e relacionamento, Atuou como gerente de vendas e de desenvolvimento de negócios da STI Telecom e Account Manager da MB SkytechSales Professional Sales. Na Intelsat, trabalha como responsável pela comercialização de capacidade de segmento espacial para uso ocasional e de serviços de broadcast. Pós-Graduando no MBA de TV Digital, Radiodifusão e Novas Mídias da UFF – Universidade Federal Fluminense, graduado em Administração e em Redes de Computadores pela Universidade Estácio de Sá.
Responsável geral pela coordenação para uso do segmento espacial do satélite IS-29 do Intelsat, utilizado para a transmissão ao vivo no canal YouTube da SET que será feita do evento SET SUDESTE 2018.

Ricardo Calderon

Novas soluções ofertadas pela Eutelsat

O palestrante, diretor da empresa, apresentará e discutirá as novas soluções ofertadas pela Eutelsat para o mercado de vídeo

Palestrante: Ricardo Calderón, diretor comercial, Eutelsat do Brasil

Formado em engenharia eletrônica pela Escola de Engenharia Mauá, possui 29 anos de experiência no mercado de comunicações por satélites, broadcast e PayTV. Ocupa a posição de Diretor de Comercial na Eutelsat do Brasil desde 2015.

A SES e as Novas Estratégias de Vídeo

As transformações observadas pela SES no mercado de Vídeo no mundo nos últimos anos, e o que estamos fazendo para seguir essas novas demandas do mercado de Broadcast

Palestrante: Sidney Ferraço, Regional Sales Manager – Brasil – SES Video • Latin America & Caribbean

Formado em Telecomunicações pela CEFET, com curso em Comércio Exterior e Administração de Marketing pela Fundação Getúlio Vargas, diversos treinamentos em Vendas e Marketing.
Com mais de 30 anos de atividade no setor de Telecomunicações, com passagem por várias empresas do setor, incialmente na área técnica e posteriormente na área comercial, a citar: Embratel, Intelsat, AT&T, GE Spacenet, Gilat, Telespazio, Comtech, entre outras, com maior ênfase em Comunicações via Satélite, na comercialização de produtos e serviços.
Vasta experiência internacional, tendo trabalhado fora do Brasil em alguns períodos. Atualmente responde pelo escritório regional da SES Vídeo, localizado no Rio de Janeiro.

11h30
Painel 3

Atualizando as Várias Faces do Áudio nas Diferentes Redes e Aplicações

Áudio, Física, Psico-Acústica e Audição

Há quase cem anos que a Engenharia de Áudio utiliza as leis da física e da psico-acústica para enganar a audição humana e criar um palco virtual nas apresentações artísticas e entretenimento. Este painel abordará algumas das novas e futuras tecnologias de áudio imersivo e as técnicas que viabilizam conceitos como Realidade Virtual (VR) e a televisão do futuro. O objetivo do painel é apresentar algumas das novas tecnologias de áudio que estão sendo disponibilizadas para o mercado em geral, mas principalmente que podem ser de utilidade para a área de broadcast e de criação de conteúdo audiovisual.

Moderador: Joel Brito, diretor da AES e sócio-diretor da Vikel Engenharia

Desde o início dos anos 80, tem participado ativamente do áudio, primeiro no setor de turnês de som ao vivo, agora em consultoria e contratação. É membro da segunda geração da AES.
Serviu dois mandatos como vice-presidente da entidade na América Latina. Ex-presidente e atualmente tesoureiro da Seção AES Brasil, tendo ajudado a organizar  reuniões e congressos desde 2001. Membro dos comitês de normas da AES e atual Secretário da CE-03_100_01 Sistemas de áudio, vídeo multimídia e equipamentos para a ABNT, órgão nacional de normas brasileiras.

Prêmios AES
Em 2010, Joel Vieira de Brito foi agraciado com o prêmio do Conselho de Governadores da AES em reconhecimento à presidência da Conferência Latino-Americana da AES sobre “Áudio para HDTV e Além”, em São Paulo, de 26 a 28 de maio de 2009.

Formação
Formação em Engenharia Elétrica / Eletrônica e pós-graduação em Telecomunicações.
Várias especializações, tais como: Noise Control, Sound System Design, Redes de Áudio Digital e outras.

A Captação de Som Para Uma Experiência Cada Vez Mais Imersiva

Captar sons de formas diferentes não é uma novidade, mas, para criar novas sensações e trazer uma experiência totalmente nova para o telespectador ou ouvinte, a ideia de sound design para broadcast é a solução para uma transmissão cada vez mais imersiva.

Palestrante: Fernando Fortes, especialista sênior de Desevolvimento de Mercado Pró-Áudio, Shure do Brasil

Fernando Fortes é especialista sênior em Desenvolvimento de Mercado Pró-Áudio na Shure do Brasil.  Formado em engenharia elétrica, ele trabalha há mais de 25 anos no ramo de áudio profissional. Além de uma extensa experiência com produções teatrais, foi Sound Designer das Cerimônias de Abertura e Encerramento da Copa do Mundo FIFA Brazil 2014. Trabalhou também como coordenador de rádio frequências nos maiores eventos no Brasil, incluindo grandes festivais como Rock in Rio, Lollapalooza entre outros. Antes de se tornar parte do time da Shure do Brasil, ele trabalhou como Audio Production Manager nas Cerimônias de Abertura e Encerramento Olímpica e Paraolímpica nos Jogos do Rio de Janeiro 2016.

Áudio para realidades estendidas: elevando a imersão em VR/AR/MR

Com esse tema, Gabriel Thomazini, sem dúvida um dos melhores profissionais de áudio nos dias de hoje no país, dará um rápido panorama do desenvolvimento da áudio para realidade virtual, realidade aumentada e realidade mixada, apontando as mais recentes técnicas de áudio imersivo e binaural em experiências interativas.

Palestrante: Gabriel Thomazini, coordenador de Áudio da Globosat

Gabriel Thomazini, coordenador de Áudio da Globosat.

Captação e reprodução de audio imersivo 360

O reconhecido expert Carlos Ronconi explanará o que é audio imersivo 360, princípios, efeitos na percepçao sensorial e qualidade de experiencia de usuário com as últimas técnicas nesse campo. E como case explanará como a Globo fez, durante o Carnaval, captações experimentais usando tecnologias inovadoras e que garantiram maior imersão, através de imagem e de áudio.E a mixagem remota permitiu mais controle e processamento dos sinais num ambiente mais familiar e controlado.

Palestrante: Carlos Ronconi, assessor técnico de áudio da TV Globo

Carlos Ronconi é assessor técnico de áudio da TV Globo. É formado em cinema pela Universidade Gama Filho.

Áudio sobre IP, interoperabilidade (AES67, SMPTE ST 2110)

Com a convergência de redes IP para o tráfego de áudio e vídeo não comprimidos ao interno da infraestrutura de broadcasting, é necessário uma padronização dos protocolos de comunicação. Veja todas as variáveis em jogo, os padrões existente,  a situação atual e o futuro da implementação de áudio sobre IP.

Giuliano Quiqueto, consultor técnico, Yamaha Musical do Brasil

Giuliano Quiqueto é pós-Doutor pela Politénica da USP, doutor em Acústica e vibrações  pela Universidade de Ferrara (Itália) e especialista em DSP pelo Institute of Sound And Vibration Research (IVSR, Inglaterra). Engenheiro Elétrico pela FEI (SP). Atuação em projetos brasileiros e europeus relacionados ao àudio, DSP e acústica. É responsável pelo mercado de Áudio Profissional – Broadcast, pela Yamaha Musical do Brasil, atuando diretamente com grandes emissoras de TV e Rádio. É professor na Escola Politécnica da USP, São Paulo.

12h15

Intervalo

13h30
Painel 4

Avanços de Vídeo no Mundo e de Qualidade de Experiência de Imagens

Avanços de vídeo no mundo e de qualidade de experiencia de imagens das emissoras no Brasil

É na captação de áudio e vídeo que se define a máxima qualidade que será produzida um conteúdo por uma emissora, programadora ou produtora. O aumento da demanda e a pressão pela otimização do tempo na produção têm colocado foco na eficiência da operação seja nos estúdios, externas ou produtoras. Esta palestra visa demostrar como estamos atualmente em relação:

  • As transmissões tradicionais ( lineares ) x Novos conceitos de distribuição de conteúdo em modo fragmentado ( OTT );
  • Conteúdos SDR x HDR;
  • Conteúdos HD x 4K;
  • Qualidade  subjetiva percebida pela audiência no Brasil;

Moderador: Eliesio Silva Junior, gerente de Vendas da Seal Broadcast and Content

  • Formou-se técnico em Eletrônica e Telecomunicações;
  • Graduou-se em Eletrônica;
  • Formou-se no MBA em TV Digital;
  • Formou-se MBA em Novas mídias Digitais;
  • Formou-se MBA em Gestão de Negócios;
  • Formou-se Logística;
  • Formou-se em Transmissão em Satélite;
  • Foi Conselheiro no CREA RJ de 2009 a 2010;
  • Atualmente é o Gerente de Vendas na SEAL Broadcast and Content, na SEAL de 2017 até agora;
  • Foi Country Manager na Tektronix, na Tektronix de 2010 a 2017;
  • Foi Supervisor de Operações e Sistemas de TV na Globosat, na Globosat de 1993 a 2010
  • Foi Operador de Sistemas de TV, na TV Globo de 1996 a 1999.

Evolução da qualidade do video  

Pixels, número de linhas por quadro, linhas e quantidade de pixels/linhas: mas, é só isso? Resolução de imagem e definição de imagem significam a mesma coisa? SD, HD, Full HD, 4K, UHD, UHD 4K, UHD 4K com HDR, UHD 8K e UHD 8K com HDR: em termos bem simples o que significam? O que mais pesa na qualidade e na percepção dessa qualidade? Como se deu a evolução da qualidade do video e da sua percepção por diferentes usuarios de diferentes niveis de exigencias?  Na prática, em que estágio da evolução estamos hoje no Brasil e no mundo?

Palestrante: Alexandre Torres Gomes,  gerente de Desenvolvimento de Tecnologia, Globosat

Alexandre Gomes Torres é engenheiro formado pela Universidade Gama Filho. Atualmente, exerce o cargo de gerente de Desenvolvivmento de Tecnologia na Globosat, onde realiza análise, desenho e implementação de soluções tecnológicas para que os diversos conteúdos em diferentes plataformas cheguem aos clientes com a mais alta qualidade.

Como o playout e a distribuição operam para uma melhor qualidade de experiência de imagens

O que vem a ser o playout e o setor de distribuição no workflow de uma emissora? O que a evolução da qualidade do vídeo vem provocando nessas áreas nos ultimos tempos? E apesar de quase completamente automatizados por TI, esses setores mesmo em ambientes IP conseguem afetar em algo a qualidade final da imagem?

Palestrante: Filipe Fernandes Forte , gerente operacional de Exibição e Distribuição da TV Globo (RJ)

Filipe Fernandes Forte é graduado em Engenharia Elétriaca pela PUC/RJ. Atualmente, exerce o cargo de gerente operacional na Rede Globo (RJ). Cargos ocupados na empresa:
De 2004 à 2013 na área de projetos da TV Globo, passando de estagiário, Engenheiro de Projetos I, Engenheiro de Projetos II, Engenheiro de Projetos III e Coordenador de Projetos. Nesses cargos tive oportunidade de trabalhar como equipe de projetos até o estágio de gerenciar projetos em todas as áreas de atuação da empresa: Entretenimento, Jornalismo, Esporte e eventos. De 2013 à data atual, atuando como Gerente Operacional da Globo Internacional. Com a responsabilidade de gerir e atuar em toda a distribuição do sinal internacional ao vivo da empresa, responsável pela qualidade técnica das produções próprias da empresa licenciada ao mercado internacional e por sua distribuição em diversos formatos junto os clientes internacionais. Na operação de distribuição sendo responsável por implantar e aprimorar processos operacionais da área.

14h30
Painel 5

TV Aberta, conteúdo específico para cada região do país

Profissionais com foco no gerenciamento de conteúdo e no fluxo de trabalho do cenário atual

A inovação tecnológica, somada à convergência digital e a velocidade da informação, resultaram em desafios diários dentro do universo jornalístico, principalmente no âmbito técnico operacional. Esse cenário desafiador requisitou o surgimento e a consolidação de profissionais com foco no gerenciamento de conteúdo e no fluxo de trabalho com conteúdo audiovisual, unindo a expertise do mundo analógico aos novos conhecimentos da imaterialidade digital.

Moderador: Murilo Fraga, diretor de Planejamento de Programação do SBT

Iniciou em televisão, na área de Programação, em 1981 no próprio SBT. Com passagem pela Band entre 2004 e 2008 é responsável pelas áreas de Planejamento, Criação Visual e Chamadas, Tráfego de Fitas, Propriedade Imaterial e Exibição.

Como a Bahia é hoje vista através dos conteúdos locais da TV Aratu 

O jornalista baiano Pablo Reis nos fará conhecer os principais conteudos locais produzidos pela TV Aratu, sua abrangencia, importancia e receptividade pelo publico regional. E nos explicará por quais meios, lineares e náo lineares,o publico hoje tem acesso aos conteudos locais de noticias,esportes, cultura e variedades da emissora. Os eventos ao vivo da TV Aratu também seráo abordados. 

Palestrante: Pablo Reis, diretor responsável da TV Aratu, afiliada do SBT em Salvador

Jornalista graduado pela Universidade Federal da Bahia e pós-graduado em Jornalismo Contemporâneo pelo Centro Universitário Jorge Amado. Muito interessado em histórias interessantes da vida dos outros; ganhador de três prêmios Banco do Brasil de Jornalismo, Prêmio Barbosa Lima Sobrinho (OAB-Bahia), duas vezes finalista do Prêmio Imprensa Embratel, finalista do Prêmio Caixa de Jornalismo Social, vencedor de três prêmios da Associação Baiana de Imprensa. É coautor do livro Bahia de Perfil – Narrativas de Todos os Santos (Faculdades Jorge Amado, 2008), organizado pela professora Cremilda Medina. Acredita que a informação é o melhor instrumento para exercício da cidadania.

SBT no Rio Grande do Sul é SBT RS com sotaque gaúcho legítimo

Com passagens pelas principais emissoras de TV, SBT, Record, Band e TV Globo, e agora de volta ao SBT, Clayton Yukio apresentará uma visão geral em termos de conteúdos locais hoje produzidos pelo SBT no Rio Grande do Sul, gravados e ao vivo, sua representatividade para a população do estado e a receptividade. Abordará também o quanto representa agora esses conteúdos via internet e as expectativas para os próximos anos.

Palestrante: Clayton Yukio, coordenador de Produção e supervisor de Programação do SBT RS

Graduado em Comunicação Social com habilitação em Rádio e TV pela FAAP e especialista em Comunicação e Mídia. Atualmente faz a direção dos programas “Anonymus Gourmet” e “Masbah!” no SBT RS, onde também é coordenador de produção e supervisor de Programação.Começou a carreira em SP, no SBT em 1999 como estagiário.Tem passagens por Band (Produtor Executivo/ Assist. Direção) e Record, onde coordenou e dirigiu o programa “Show do Tom”.

Produtora TêmDendê da Bahia

Os conteúdos produzidos pelas produtoras brasileiras independentes vêm se consolidando e garantindo espaço nas TVs. As produções independentes ganharam espaço na TV fechada, mas emissoras abertas enxergaram a oportunidade de aquecer o mercado, garantir conteúdo qualificado e conquista de nova audiência. Através de um conteúdo qualificado e que vai ao encontro aos hábitos e desejos do telespectador. Apresentaremos o case da Produtora baiana Têmdendê Produções que busca reconhecer as identidades e culturas de povos brasileiros e apresentar a cultura e identidade, através de um novo olhar.

Palestrante: Vânia Lima, diretora de Conteúdo da Produtora Independente TêmDendê, Salvador

Jornalista graduada pela Universidade Federal da Bahia e pós-graduada em jornalismo contemporâneo pela UniJorge, possui experiência na idealização, roteirização e direção de projetos autorais que buscam reconhecer as identidades e culturas de povos brasileiros. Em 2011, criou sua primeira grande experiência no audiovisual, com o programa Bahia de Todos os Cantos, que tem o objetivo de apresentar a Bahia para os baianos através de um novo olhar. Destaca que a TêmDendê, em coprodução internacional, realizou obras com países como a Dinamarca, EUA e Costa Rica, e com canais como Repretel 4 e 6 e BYU.

15h30

Intervalo

15h45
Painel 6

eSports: a Indústria que Fatura em Alta Velocidade e Ganha Mais Espaços no Mundo das Transmissões

O que sáo os eSports ? De que se trata ? Por que os gigantes envolvidos nos meios de comunicaçáo brasileiro e mundial estáo entrando firmes e fortes nesse fenômeno entre crianças, jovens e adultos ? Quais emissoras de TV aberta e TV por Assinatura já possuem em sua grade de programação um lugar garantido para os eSports ? Quantos eventos dessa modalidade foram realizados em todo o mundo e particularmente no Brasil em 2017 ? Quais os montantes de investimentos e de receitas estiveram envolvidos ? Quais as taxas de crescimento esperados para os próximos anos ?
“Leiam abaixo vários recortes de várias autorias da mídia especializada e da Camara sobre eSports, para ter uma ideia do contexto geral,da situaçáo atual.tendencias e cenarios dessa nova industria em crescimento contínuo e sólido.”
“Enquanto a audiência televisiva de algumas modalidades tradicionais despencaram na última década, a dos jogos eletrônicos  (eSports) percorreu caminho inverso.”
“Já existe o projeto de lei na camara que visa incluir a modalidade de esporte virtual como atividade desportiva, com o objetivo de estabelecer diretrizes e enquadrar políticas públicas para o esporte junto a legislação no Brasil.”No ano de 2022, as Olimpíadas que serão realizadas na Ásia, terão a modalidade de esporte virtual elencada junto as demais, tornando-se necessário o Brasil dar incentivo maior e necessário a este novo e grande esporte.As competições de eSports serão disputadas como esportes de demonstração em 2018 antes de se tornar uma modalidade oficial nos Jogos de 2022.As competições de eSports serão disputadas como esportes de demonstração em 2018 antes de se tornar uma modalidade oficial nos Jogos de 2022.”
“Os jogos estão cada vez mais inseridos no dia a dia da humanidade. São parte importante para diversão e para engajamento.”
“A maturidade do ecossistema é visível. Os esportes eletrônicos vêm atraindo investimentos arrojados ao longo dos anos e se fortalecendo como um dos maiores propulsores da economia digital. Um bom indicativo é a aposta que grandes empresas estão fazendo em ações voltadas a consumidores desse mercado. Líder em estudos de mercado, a Nielsen criou em 2017 uma área específica para compreender o alcance dos eSports e o futuro da indústria.
“Marcas de segmentos variados estão se conectando a embaixadores robustos (atletas, equipes e eventos), em ações muitíssimo bem articuladas. Estão impactando consumidores de targets variados, sobretudo das novas gerações, em momentos bastante propícios. Estão voando em “céu de brigadeiro.”
“Em suma: os esportes eletrônicos são meios excelentes para, nos dias de hoje, se conectar com os jovens, completamente desconectados da TV tradicional.”

Moderador: Octavio Neto, narrador do Esporte Interativo.

Octavio Neto, narrador do Esporte Interativo.

Palestrante: Felipe Santana Felix, gerente de Produtos Esportivos da ESPN Brasil

Sou formado em Comunicação Social e Publicidade pela Universidade Metodista de São Paulo. Estive na publicidade, atuando como Assistente de Projeto (Agência Escala), Gerente de Projetos (Agência Ecala), Novos Produtos (Unilogic), Fundador e Editor Chefe do site de notícias de jogos (Selecter), Executivo de Contas Empresariais (Naked e Lá na Vila) e agora ESPORTS Product Manager na ESPN Brazil
Em 2012, depois de trabalhar com publicidade, comecei um projeto de conteúdo original em uma empresa chamada Unilogic. Como co-fundador, fui responsável por atrair investidores e engajar parceiros comerciais na construção do projeto, desde o início, com o desenvolvimento do conceito e plano de negócios, até oferecer o suporte completo necessário para promover o segmento de games no mercado editorial. e o projeto em si.
Em 2013, começamos a desenvolver o selecter.com.br e em 2015 ele terminou após um ano de vida. Foi um pequeno fracasso que me deixou triste e feliz. Eu era “Exército de um homem”, e minha descrição de cargo era majoritariamente “fazer tudo e ajudar a todos”, incluindo equipe comercial e parcerias. Agora, olhando para trás, tenho orgulho de ver as pessoas mais brilhantes e apaixonadas que eu poderia montar como uma equipe e o grande e profundamente participativo público que construímos juntos – com o site, os canais de mídia social e outros conteúdos.
Agora, depois de voltar a publicidade e fazer parte da equipe para as primeiras lendas em ascensão estou novamente que “One man army” na ESPN, para esports, com um projeto construído para mim e para pessoas que acreditam em jogos como entretenimento e esporte .
Esta é uma história muito curta sobre a minha jornada em conhecer muitas pessoas fascinantes, descobrir novas possibilidades de pensar – no meu e em muitos outros países, França, South Coream, Espanha e EUA – construindo redes e dando vida a projetos incríveis, mobilizando e conectando profissionais visionários, empresas e audiências. Uma história sobre descobrir o que inspira as pessoas e ter coragem de fazer.

Palestrante: Casimiro Miguel, apresentador do programa De Sola (Esporte Interativo)

Casimiro Miguel, apresentador do programa De Sola (Esporte Interativo)

16h45
Painel 7

Esportes, Filmes, Jornalismo e todos os Conteúdos em Todas as Telas

Por muito tempo, associamos a expressão “fazer televisão”, a exibir os conteúdos que produzíamos num aparelho de televisão. Os tempos mudaram, agora temos que pensar em como distribuir toda a produção nas mais diversas telas disponíveis. O aparelho de televisão também ganhou novas utilidades, tornando-se a central de exibição de conteúdos vindos das mais variadas fontes. Com a introdução de tecnologias que levaram os aparelhos de TVs a um outro patamar, as grandes telas principalmente, assumiram o papel protagonista no consumo de conteúdo nas nossas residências. Em poucos dias, poderemos assistir a um dos maiores eventos esportivos A Copa do Mundo 2018, diretamente da Rússia em resolução 4K nas nossas televisões. Como assim, já solucionaram como será possível transmitir 4K pelos sinais de TV Aberta? Conheceremos as soluções no SET Sudeste 2018. Debateremos também, como os mais diferentes “gadgets” assumiram os seus protagonismos, criando os seus diferentes “primes times” em função dos nos novos hábitos de consumo e de comportamentos. Este é um painel para quem gosta de televisão e tecnologia.

Moderador: Raimundo Lima, Diretor de Tecnologia e Operações do SBT

Com mais de 35 anos de atividades na televisão brasileira, passou pelos Diários Associados, TV Manchete, TV Globo (GINY), TV Band, TV Cultura/SP e Esporte Interativo. Durante esse período, ocupou diversos cargos nos departamentos de Jornalismo, Esportes, Dramaturgia e Entretenimento das emissoras por onde trabalhou. Com uma formação eclética, passou pela Universidade de Brasília, PUC-SP e Universidade Federal Fluminense, entre outras instituições. Atualmente, é diretor Editorial da SET.

Dicotomia Atual da Produção de Conteúdo: da Simplificação até a Sofisticação

Palestrante: Gilberto Castañon, Diretor de Operações Produção da Globosat

Gilberto Castañon, Diretor de Operações Produção da Globosat

Palestrante: Leonardo Cabral, gerente de planejamento de Tecnologia de Esporte da TV Globo

Leonardo Peters Cabral é Gerente de Planejamento da Tecnologia de Esportes da TV Globo, sendo responsável pelo planejamento de tecnologia dos eventos esportivos e pela Divisão de Tecnologia de Esportes da emissora. Certificado PMP pelo PMI, com MBA em Gerenciamento de projetos pela FGV e graduado em Controle e Automação com Ênfase em Eletrônica pela PUC-RJ. Possui larga experiência em Gerenciamento de Projetos na área de Broadcast. Iniciou a carreira como engenheiro de projetos na TV Globo em 2006.

Palestrante: Rodrigo Navarro Marti – Diretor de Multiplataforma – SBT

Rodrigo Navarro Marti  é formado em Administração de empresas pela Fundação Getúlio Vargas e pós graduado com MBA Executivo pela FIA. Construiu sólida carreira executiva em empresas como Unilever, Abril Educação e atualmente é Diretor de Multiplataforma no SBT com mais de 15 anos de experiência em mídia tradicional e digital.

18h15
Encerramento

Encerramento

.

Patrocinadores Master

Patrocinadores Institucionais

Realização da transmissão ao vivo

Apoio Institucional

Agência de Viagens

Realização