• PT
  • EN

Programação em construção e sujeita a alterações.

17 de Outubro Quarta-Feira

Horário Palestra
13h30
Recepção

Recepção

Recepção aos participantes, distribuição de crachás e outros materiais.

14h
Abertura

Abertura

Olimpio José Franco, Superintendente da SET

Olímpio José Franco é superintendente e membro do Conselho de Ex-Presidentes da SET. É engenheiro eletrônico, com extensa carreira na área da radiodifusão televisiva. Em 1969, entrou para a Fundação Padre Anchieta (Rádio e TV Cultura, São Paulo), como estagiário, de onde saiu somente em 1988, quando exercia o cargo de diretor técnico. De 1988 a 2003, foi diretor técnico da TV Jovem Pan. É proprietário da Olympic Engenharia em Sistemas de Áudio e Vídeo desde 1985, atuando em projetos e instalações de áudio e vídeo. É fundador da SET, tendo exercido o cargo de presidente por quatro períodos, além de ter sido diretor de tecnologia e vice-presidente em vários momentos. É membro vitalício da SMPTE e membro do Módulo Técnico do Fórum SBTVD. Em 2017 recebeu os prêmios “Honorary member” do ITE (Institute of Image Information and Television Engineers – Japan ) e “Radio Achievement Award 2017″  do ARIB (Association of Radio Industries and Businesses).

 

Esdras Miranda de Araújo, Diretor regional nordeste da SET e Gerente Técnico e Operacional do Sistema Jangadeiro de Comunicação.

Esdras Miranda é graduado em Engenharia Elétrica (Eletrônica), Pós-Graduado em Gestão da Manutenção pela Universidade Politécnica de Pernambuco (UPE); Pós em Gestão de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Iniciou as atividades em Rádio Difusão em 1994 na FM e TV Tribuna (afiliada BAND de Pernambuco). Em 1999 participou do nascimento e implantação da TV Guararapes (afiliada BAND de Pernambuco). Em 2003 assumiu a Gerência Técnica e Operacional das Rádios Clube de Pernambuco AM / FM. Atualmente exerce a função de Gerente Técnico e Operacional do Sistema Jangadeiro de Comunicação com duas Geradoras de TV afiliadas ao SBT e BAND (localizadas no Ceará) e do Sistema Jangadeiro de Rádio composto por 8 emissoras de FM.

Roberto Franco, Head de Assuntos Institucionais e Regulatórios do SBT

Roberto Franco é graduado em engenharia elétrica com enfoque em eletrônica e telecomunicações pela Universidade Federal da Bahia e Pós em Marketing e Gestão de Empresas pelas FGV e ESPM. No decorrer de sua carreira, foi responsável pelo projeto e implantação de diversas empresas de rádio e televisão no Brasil. Foi Presidente da SET – Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão no período de 2002 até 2008 e Presidente do Fórum do Sistema Brasileiro de TV Digital nos períodos de 2005 a 2008 e de 2015 a 2017, após este período ingressou como membro do Conselho de ambas Entidades. Em 2009 Fez parte do Conselho Consultivo da ANATEL, em Agosto de 2012, tomou posse no Conselho de Comunicação Social até 2017 e atualmente é Head de Assuntos Institucionais e Regulatórios do SBT.

14h30
Painel 2

Hot Session – Hábitos de consumo de mídia no Brasil e no mundo

Moderador: Cyro Thomaz, Diretor Executivo do Sistema Jangadeiro

Cyro Thomaz é publicitário, pai do João e do José, maratonista nas horas vagas, centenas de árvores plantadas e, por enquanto, nenhum livro escrito. Com mais de 15 anos de mercado, já trabalhou em São Paulo e no Rio de Janeiro; já fez texto para carro som, marketing político e campanhas para Nike; já foi estagiário e sócio de agência de propaganda. É premiado nos principais festivais nacionais e internacionais de publicidade. Foi presidente do Clube de Criação do Ceará e diretor da Band Nordeste. Atualmente, é vice-presidente da Associação Cearense de Rádio e Televisão e presidente do comitê SBT NE e, há 7 anos, Diretor Executivo do Sistema Jangadeiro, grupo de comunicação formado pela TV Jangadeiro (SBT), NordesTV (Band), Jangadeiro FM 88,9, Tribuna BandNews FM 101,7, Rede Jangadeiro FM, Portal Tribuna do Ceará e Plataforma Vós.

Tecnologia versus Hábitos de consumo

  • Faz sentido continuar discutindo tradicional x digital?
  • O comportamento do jovem aponta para um fenômeno geracional, como se falava, ou etário?
  • Tradicional e digital são excludentes, ou complementares?
  • Quais modelos estão se perenizando e quais vem surgindo ou desaparecendo?
  • Quais as tendências para TV aberta, Cabo / Sat e OTT?

Keynote Speaker: Roberto Franco, Head de Assuntos Institucionais e Regulatórios do SBT

Roberto Franco é graduado em engenharia elétrica com enfoque em eletrônica e telecomunicações pela Universidade Federal da Bahia e Pós em Marketing e Gestão de Empresas pelas FGV e ESPM. No decorrer de sua carreira, foi responsável pelo projeto e implantação de diversas empresas de rádio e televisão no Brasil. Foi Presidente da SET – Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão no período de 2002 até 2008 e Presidente do Fórum do Sistema Brasileiro de TV Digital nos períodos de 2005 a 2008 e de 2015 a 2017, após este período ingressou como membro do Conselho de ambas Entidades. Em 2009 Fez parte do Conselho Consultivo da ANATEL, em Agosto de 2012, tomou posse no Conselho de Comunicação Social até 2017 e atualmente é Head de Assuntos Institucionais e Regulatórios do SBT.

Novos hábitos, novos tempos exigem novas atitudes.

Uma abordagem sobre a importância de se entender cada vez mais o comportamento e hábitos das pessoas para a geração de conteúdo  pertinente e assertivo nos meios de comunicação.

Keynote Speaker: Simone Moura, diretora da Ping Pong Estratégia

Simone Moura é natural do Rio de Janeiro, vive e trabalha em Fortaleza há 15 anos. Formada em Relações públicas pela UBM,  pós graduada em administração pela Estácio de Sá, MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas – FGV. Mestre em Ciências da Comunicação e Tecnologias Educativas pela Universidade do Minho em Braga, Portugal, atua no mercado da comunicação, branding e planejamento de mercado há mais 20 de anos. Ocupou cargos de direção executiva nas áreas de planejamento em comunicação e mídias em grandes agências de publicidade do mercado do Ceará. E tem sido responsável pelo desenvolvimento de importantes projetos de branding e posicionamento para marcas do setor da Industria, serviços e varejo.

15h30

Intervalo

15h45
Painel 2

Rádio

Estamos vivenciado uma revolução tecnológica e comportamental em que pesquisas de audiência do rádio demonstram novas tendências. Cada vez mais este assunto é uma preocupação para os radiodifusores e envolvidos com o cenário do rádio. Neste painel serão apresentados os novos desafios, modelos e as oportunidades em rádio.

Moderador: Ronald Almeida, gerente de Engenharia do Grupo de Comunicação O POVO

Ronald Almeida é gerente de Engenharia do Grupo de Comunicação O POVO, que inclui as rádios, Jornal, Portal Online,  TV,  retransmissora do canal Futura. Nas rádios como afiliada da CBN e Nova Brasil FM. É membro da Regional Nordeste da SET. Possui mais de 12 anos de experiência no setor de radiodifusão atuando em emissoras de TV e rádio, nas áreas:  engenharia, TI, telecomunicações, manutenção,  gestão e projetos. Engenheiro formado pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR), com MBA em Gestão empresarial pela FGV (MRH), cursando o Mestrado de Engenharia de Telecomunicações pelo IFCE – Instituto Federal do Ceará.

O negócio rádio hoje e amanhã!!!!

Com as constantes mudanças de comportamento de consumo, que acontecem muito rápido, precisamos ter um olhar sistêmico, buscando soluções, até inusitadas, para fugirmos do lugar-comum.
Não dependemos apenas da tecnologia para tocar o negócio, e sim de pessoas que interpretem toda essa transformação com engajamento e foco em desafios e resultados.

Palestrante: Luciano Costa Hoerbe – Gerente de Redes, Licenciadas e Afiliadas de rádios do Grupo RBS e vice-presidente de Marketing da AGERT (Associação Gaúcha das Emissoras de Rádio e TV)

Luciano Costa, como é conhecido, é comunicador com relevante experiência acadêmica. Jornalista formado pela PUC-RS, tem pós-graduação em Liderança Estratégica de Negócios e Pessoas pela ESPM-RS. Foi professor do curso de locução para rádio e TV na OSCIP/FEPLAM em Porto Alegre entre 2007 e 2012. Atualmente é Gerente de Redes, Licenciadas e Afiliadas da área de rádio do Grupo RBS atuando diretamente nos processos relacionados ao marketing, produto, programação e operação das Redes Atlântida RS, Gaúcha SAT, 102.3 FM, 92 FM e Farroupilha AM.

Reinventando a Experiência de Ouvir

Esta apresentação pretende explorar os caminhos para o futuro do rádio através de uma discussão sobre as transformações no ambiente competitivo. Quais são as novidades em termos de tecnologia, dispositivos, canais de distribuição e modelos de negócio? Quem são os novos players? Como aproveitar as oportunidades da internet sem perder a sua própria identidade, as características únicas do rádio que são suas principais vantagens competitivas? Estes são alguns dos tópicos que serão abordados na apresentação.

Palestrante: Marco Túlio Nascimento, Vice-diretor de Rádio da SET e Diretor da ZYDigital

Marco Túlio é engenheiro de Telecomunicações formado em 1983 pela Universidade Federal Fluminense. Com carreira desenvolvida na área de radiodifusão, trabalhou no Sistema Globo de Rádio onde ocupou a função de Gerente Geral de Tecnologia e foi responsável pelas áreas de Engenharia, TI e Operações. Atualmente, é diretor da ZYDigital, empresa que fundou em 2015 voltada para consultoria de tecnologia como suporte a negócios e desenvolvimento de soluções em engenharia de mídia. É vice-diretor de Segmento de Mercado Rádio da SET.

16h45
Painel 3

Compartilhamento de Sites

Esdras Miranda

Com a finalização do processo de digitalização das capitais e grandes cidades, as emissoras se deparam com a necessidade  de digitalizar suas retransmissoras. A grande questão é: como obter soluções de rápida implantação e CAPEX mais atrativo para vencer o desafio de digitalizar o interior do Brasil seguindo o cronograma do desligamento da TV analógica?

O propósito desse painel é trazer soluções de mercado que auxiliem na resposta dessa questão, bem como apresentar um estudo de caso de infraestrutura compartilhada.

Moderador: Esdras Miranda de Araújo, Diretor regional nordeste da SET e Gerente Técnico e Operacional do Sistema Jangadeiro de Comunicação.

Esdras Miranda é graduado em Engenharia Elétrica (Eletrônica), Pós-Graduado em Gestão da Manutenção pela Universidade Politécnica de Pernambuco (UPE); Pós em Gestão de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Iniciou as atividades em Rádio Difusão em 1994 na FM e TV Tribuna (afiliada BAND de Pernambuco). Em 1999 participou do nascimento e implantação da TV Guararapes (afiliada BAND de Pernambuco). Em 2003 assumiu a Gerência Técnica e Operacional das Rádios Clube de Pernambuco AM / FM. Atualmente exerce a função de Gerente Técnico e Operacional do Sistema Jangadeiro de Comunicação com duas Geradoras de TV afiliadas ao SBT e BAND (localizadas no Ceará) e do Sistema Jangadeiro de Rádio composto por 8 emissoras de FM.

Jose_Elias

Sistemas Irradiantes Compartilhados – Soluções e Desafios

A palestra abordará soluções viabilizadoras com Sistemas Irradiantes que possibilitem compartilhamento, objetivando melhores custos e ótimo desempenho de transmissão. Serão debatidas questões operacionais e regulatórias, com abordagens dos pré-requisitos para vencer as barreiras de forma a acelerar a implantação de sistemas em cidades menos populosas ou até em grandes centros com “gap fillers” compartilhados.

Palestrante: José Roberto Elias, Gerente Comercial da IF Telecom

José Roberto Elias é engenheiro eletrônico formado pela UNICAMP em 1983, com MBA pela FGV em 2005, possui vasta experiência em empresas nacionais e multinacionais voltadas a Telecomunicações e Broadcast, atuando como consultor em Broadcast e Comunicações por Satélite, além de atuar como Professor na Universidade Federal Fluminense (MBA) em Sistemas Irradiantes e Codificação Digital. Atualmente ocupa a posição de Gerente Comercial na IF Telecom, empresa representante da Dielectric LLC no Brasil.

O compartilhamento de infraestrutura como modelo de negócio para viabilizar a expansão da cobertura de TV Digital no Brasil

Com a digitalização das cidades com maior população já bem encaminhada, há que se avaliar, discutir e propor soluções, modelos técnicos e modelos de negócios que possam viabilizar a expansão da transmissão da TV Digital para as cidades do interior e de menor interesse comercial. Nesta apresentação mostraremos o estado da arte das soluções técnicas propostas, discutiremos critérios de transmissão e proporemos novos modelos de gestão e modelos negócios para a implantação e gestão da infraestrutura e equipamentos.

Palestrante: Sérgio Martines, Diretor Executivo da SM Facilities

Sergio Martines é engenheiro civil pela UFPR e Técnico em Eletrônica pela UTFPR, com pós-gradução em Gerência de Obras pela UTFPR e MBA em Gerenciamento de Projetos pelo ISAE/FGV. Possui 28 anos de experiência em engenharia de televisão. Consultor em Gestão de Projetos para diversas áreas. Diretor Executivo na SM Facilities, empresa de serviços técnicos e construção para a área de radiodifusão e de telecomunicações. Membro do Conselho Consultivo do PMI-PR e do Fórum SBTVD. Professor na Universidade Positivo, SENAI e ESIC.

Metas atingidas no processo de liberação da faixa de 700MH

A apresentação tem por objetivo mostrar aos participantes as metas atingidas pela EAD nos processos de desligamento do sinal analógico, remanejamento dos canais de TV e RTV e liberação da faixa de 700MHz. Mostrará também uma visão das atividades necessárias para o cumprimento do cronograma de desligamento do sinal analógico, até Dezembro/2023.

Palestrante: Gunnar Bedicks, CTO da Seja Digital (EAD – Entidade Administradora da Digitalização de Canais TV e RTV)

Gunnar Bedicks é pesquisador na área de Comunicação Digital, com suas pesquisas focadas em TV digital, rádio digital e internet. Na última década ele visitou 32 países ao redor do mundo, discutindo as tecnologias para a transição da TV analógica para a TV digital. Além de ser o Pesquisador Chefe do Laboratório de Pesquisas em TV Digital da Universidade Presbiteriana Mackenzie em São Paulo, ele ministra aulas de Comunicações Digitais, Sistemas de Comunicações e Sistemas de TV, para os cursos de Engenharia Elétrica na pós-graduação (mestrado e doutorado) e graduação. Ele também foi o coordenador do grupo de transmissão e modulação durante o desenvolvimento do Sistema Brasileiro de TV Digital. Suas publicações incluem dezenas de artigos científicos, já tendo sido palestrante em diversas conferências acadêmicas, científicas e técnicas no Brasil e no mundo. Sua formação inclui o título de Doutor em Engenharia Elétrica e MBA em Administração pela Universidade de São Paulo, assim como o título de Engenheiro Elétrico pelo Instituto Nacional de Telecomunicações – INATEL, em Santa Rita do Sapucaí, MG. Ele detém sete patentes e é fluente em Inglês e Alemão.

Desafio de interiorização do Brasil profundo

Após 11 anos do início da implantação da TV Digital no Brasil, o Switch Off Analógico foi realizado em muitas capitais e grandes centros urbanos, e hoje já temos  70% da população brasileira com acesso a TV Digital .

Agora, radiodifusores e a indústria devem se unir para enfrentar um desafio ainda maior, digitalizar 4 mil outras cidades até 2023.

Teremos um volume de estações três vezes maior do que o implantado até agora, para atender por volta de um terço da população em menos de 5 anos. Só conseguiremos realizar este desafio se encontramos um modelo de estação retransmissora de TV Digital que proporcione grande redução do investimento e facilidade na sua implantação.

Palestrante: Camilla de Carvalho Faria Cintra, Supervisora Executiva da Área de Projetos de Transmissão da TV Globo

Camilla Cintra é graduada em Engenharia de Telecomunicações pela PUC-Rio. Tem MBA em Gestão de Projetos pela Fundação Getulio Vargas. Atualmente é supervisora Executiva da Área de Projetos de Transmissão da TV Globo e gestora da equipe responsável pela Expansão da Cobertura Digital nos cinco mercados da TV Globo.

17h45

Intervalo

18h
Painel 4

TV Digital Via Satélite: Contribuição, Distribuição e DTH

O que a sua emissora ou a sua operadora realiza em eventos externos e quais são os requisitos de custo/qualidade exigidos para contribuição? E em termos de distribuição? Para interiorização da TV Digital ISDB-Tb? Para headends de TV paga? Para streaming e OTTs? Só SD e HD, ou também UHD 4K? Padrão de compressão: H.264, HEVC H.265 ou outro? IP ou TDM? Padrão de Transmissão: DVB-S2, DVB-S2X, NS3™ ou NS4™? Satélites: banda C, banda Ku ou banda Ka? “Wide-Beams” ou HTS? GEO, MEO ou LEO?
Neste painel teremos uma amostra  significativa do que já temos hoje no mercado brasileiro e uma antevisão do que está por vir na área de comunicações via satélite para contribuição, distribuição e DTH.

Moderador: Jose Raimundo Cristovam Nascimento, Diretor Técnico da UNISAT Consultoria, Engenharia e Treinamento e Vice-Diretor da regional Sudeste da SET

José Raimundo Cristóvam atua na área de comunicações via satélite desde 1983, tendo liderado equipes de projetos em diversas ocasiões. Sócio-diretor e um dos fundadores da UNISAT em 1990. Diretor técnico da empresa, consultor sênior de empresas nacionais e internacionais. Antes da criação da UNISAT, trabalhou na NEC, TELEBAHIA e na EMBRATEL, nas áreas nacional e internacional, em comunicações via satélites Brasilsat e Intelsat, tendo integrado o Departamento de Comunicações Domésticas via Satélite, conhecido como SAT. Engenheiro de Operações modalidade Eletrônica pela UFRJ, Engenheiro Eletrônico pela Escola de Engenharia da UGF, Pós-graduado na UFF em Telecomunicações, cursos de especialização no Japão (NEC, NTT e Anritsu) e nos EUA (TCB – Thomson).

Satélites p/ Contribuição e Distribuição de Conteúdos Audiovisuais: o que mudou, o que vai mudar e o que já temos no Brasil?

Como observado praticamente em todos os segmentos da atividade humana, as transformações na indústria de satélites são notórias e já se quebrou o velho paradigma de uso sòmente dos tradicionais “wide-beams”. Os satélites de alta capacidade, conhecidos como HTS- High Throughput Satellites,estão aí para abocanhar em banda Ka e banda Ku,uma enorme fatia do que até quase agora era feito única e exclusivamente com os satélites “wide beams” em banda C e em banda Ku. As novas opções em termos de tecnologias, serviços e soluções obrigam os broadcasters a refazer as suas planilhas de custos, que podem comtemplar até mesmo transmissões 4K com HDR. O palestrante apresentará uma abordagem dinâmica para situar a audiência no momento 2018-2022 das comunicações via satélite.

Palestrante: Jose Raimundo Cristovam Nascimento, Diretor Técnico da UNISAT Consultoria, Engenharia e Treinamento e Vice-Diretor da regional Sudeste da SET

José Raimundo Cristóvam atua na área de comunicações via satélite desde 1983, tendo liderado equipes de projetos em diversas ocasiões. Sócio-diretor e um dos fundadores da UNISAT em 1990. Diretor técnico da empresa, consultor sênior de empresas nacionais e internacionais. Antes da criação da UNISAT, trabalhou na NEC, TELEBAHIA e na EMBRATEL, nas áreas nacional e internacional, em comunicações via satélites Brasilsat e Intelsat, tendo integrado o Departamento de Comunicações Domésticas via Satélite, conhecido como SAT. Engenheiro de Operações modalidade Eletrônica pela UFRJ, Engenheiro Eletrônico pela Escola de Engenharia da UGF, Pós-graduado na UFF em Telecomunicações, cursos de especialização no Japão (NEC, NTT e Anritsu) e nos EUA (TCB – Thomson).

Economizando dinheiro em Transmissão Via Satélite

Com o aumento do consumo de streaming pelo mercado de broadcast, tivemos que oferecer produtos diferenciados para o mercado de satélite. Entre eles, as modulações NS3™ e NS4™ oferecendo aumento na eficiência / performance espectral (que pode ser traduzida em aumento de throughput / economia de largura de banda) de 21 a 45% acima dos padrões DVB-S2, além de uma criptografia proprietária que trabalha em AES-256 Bit, trazendo alta confiabilidade e segurança à transmissão.

Palestrante: Fábio Fregonesi, Country Manager da UCAN | NovelSat

Fábio Fregonesi é engenheiro, atuante no setor de telecomunicações há mais de 20 anos, com diversos cursos de especialização com foco em satélites e passagens por empresas líderes do mercado Broadcast, atua desde o início deste ano como Country Manager da NovelSat na UCAN Transmissão Digital.

19h
Painel 5

5G: Serviços, Aplicações e Tendências

Moderador: Geneflides Laureno, Presidente da G4Flex Business & Services

Geneflides Laureno é Técnico em Telecomunicações pela Escola Técnica Federal do Ceará, possui graduação em Computação e mestrado em Informática Aplicada pela Universidade de Fortaleza.
Atualmente é professor dos cursos de Tecnologia.
Tem experiência nas áreas de Computação e Telecomunicações, com ênfase em Teleinformática, atuando nos seguintes temas: NGN, IMS, Virtualization, Containers e Redes Convergentes.
Exerce atividade Empresarial como Presidente da empresa G4Flex Business & Services, cujo escopo principal são serviços nas áreas de Telecomunicações, Comunicações Unificadas e Telefonia IP.

IOT (Internet of Things ) e SIMCard Multi Connect

Palestrante: Yaeko Osawa Chagas, Coordenadora de Vendas da Algar Telecom

Yaeko Osawa Chagas é analista de sistemas, formada pela Universidade de Fortaleza, com especialização em Redes de Computadores pela UNIFOR e MBA em Gerenciamento de Projetos pela FIC – Estácio de Sá.

Situação Atual do 5G e Cenários para a Rede Inteligente do Futuro

Nos últimos anos muito se fala em 5G, IoT, OTT, transformação digital, tecnologias disruptivas, virtualização de funções de rede (NFV), redes definidas por software (SDN e SD WAN)),”fatiamento” de rede (network slicing), OSS/BSS, Big Data, Analytics, inteligência artificial, Machine Learning, Deep Learning, automatização e uma série de outros termos e conceitos não muito usuais para uma boa parte dos profissionais da área de broadcasting

Ao mesmo tempo, uma série de soluções que antes eram vendidas como produtos passaram a ser oferecidas através de modelos na nuvem como serviços (XaaS – almost everything as a Service) e então nos acostumamos com Software-as-a-service (SaaS), Platform-as-a-service (PaaS) e Infrastructure-as-a-service (IaaS). Não só surgem novos serviços digitais e novos modelos de negócios, como cresce exponencialmente o tráfego nas redes, principalmente de conteúdos audiovisuais e se configura toda uma grande complexidade como desafio. 

Será que a Tecnologia 5G irá envolver tudo ou a maior parte disso, não só para serviços móveis, mas para praticamente tudo em termos de telecomunicações criando um novo ecossistema de aparelhos conectados daqui a poucos anos? Haverá impactos para a área do audiovisual ? 

Muito importante se registrar a grave situação vivida não só por muitos profissionais cujos conhecimentos e habilidades vão se tornando “obsoletas”, mas também pelos jovens que ingressam mal preparados pela academia para o mercado de trabalho, face a enxurrada de tamanha carga de novas tecnologias impostas pela transformação digital nos ambientes das organizações e pelo desafiante perfil exigido de “trabalhador conectado”. 

Nesta apresentação, o palestrante irá sintetizar alguns pontos principais, dirá o que pensa sobre essa situação e motivará você a refletir, repensar conceitos e discutir o tema. 

Palestrante: Jose Raimundo Cristovam Nascimento, Diretor Técnico da UNISAT Consultoria, Engenharia e Treinamento e Vice-Diretor da regional Sudeste da SET

José Raimundo Cristóvam atua na área de comunicações via satélite desde 1983, tendo liderado equipes de projetos em diversas ocasiões. Sócio-diretor e um dos fundadores da UNISAT em 1990. Diretor técnico da empresa, consultor sênior de empresas nacionais e internacionais. Antes da criação da UNISAT, trabalhou na NEC, TELEBAHIA e na EMBRATEL, nas áreas nacional e internacional, em comunicações via satélites Brasilsat e Intelsat, tendo integrado o Departamento de Comunicações Domésticas via Satélite, conhecido como SAT. Engenheiro de Operações modalidade Eletrônica pela UFRJ, Engenheiro Eletrônico pela Escola de Engenharia da UGF, Pós-graduado na UFF em Telecomunicações, cursos de especialização no Japão (NEC, NTT e Anritsu) e nos EUA (TCB – Thomson).

20h

Encerramento

18 de Outubro Quinta-Feira

Horário Palestra
14h
Painel 1

Produção TV: News e Eventos

Moderador: Milton Bredemann, Presidente da Ceará Filmes e diretor da WM Produções

Milton Bredemann é engenheiro eletricista e técnico eletrônico, contribuindo por 30 anos em diversos canais de televisão como a TV Cultura, SBT, TV Record, TV Bandeirantes e nos últimos 17 anos, na Rede Globo SP, desenvolvendo projetos técnicos, operacionais, estruturais no seguimento de telejornalismo, entretenimento, esporte e dramaturgia. Transmissões internacionais como Olimpíadas, Copas do Mundo e Formula 1. Atualmente, proprietário da Ceará Filmes e diretor técnico da WM Produções, diretor do programa #Partiu, exibido pela TV Verdes Mares e diretor do programa Diário Turismo, exibido pela TV Diário.

O 4G-LTE chegou. Quais tecnologias irão possibilitar o uso dos sistemas sem fio livre de interferências.

Um breve resumo da atual situação do espectro de UHF será apresentado. Junto com isso, mostraremos quais tecnologias existem hoje que possibilitam o uso de um grande número de microfones sem fio, com qualidade de RF e áudio digital, livre de interferências, em um espectro cada vez mais congestionado.

Palestrante: Fernando Fortes, Gerente Associado da Shure do Brasil

Fernando Fortes, Gerente Associado na Shure do Brasil.  Formado em engenharia elétrica, ele trabalha há mais de 25 anos no ramo de áudio profissional. Além de uma extensa experiência com produções teatrais, foi Sound Designer das Cerimônias de Abertura e Encerramento da Copa do Mundo FIFA Brazil 2014. Trabalhou também como coordenador de rádio frequências nos maiores eventos no Brasil, incluindo grandes festivais como Rock in Rio, Lollapalooza entre outros. Antes de se tornar parte do time da Shure do Brasil, ele trabalhou como Audio Production Manager nas Cerimônias de Abertura e Encerramento Olímpica e Paraolímpica nos Jogos do Rio de Janeiro 2016.

Automação de Produção para jornalismo

Com os desafios atuais enfrentados pelas empresas de produção de mídia, a necessidade constante de otimização, seja de recursos técnicos ou de pessoas, se faz necessário. Como a tecnologia pode ajudar os broadcasters nesta jornada, sem acrescentar complexidade e custos excessivos? Uma visão do ponto de vista técnico e de negócios sobre como produzir de forma eficiente quebrando paradigmas norteará essa apresentação.

Palestrante: Amaury Pereira da Silva Filho, Gerente Regional de Vendas da Ross Video

Amaury Filho é formado em engenharia elétrica pela Universidade Federal de Engenharia de Itajubá, com pós graduação em administração de empresas pela FAAP. Possui mais de 15 anos de experiência no mercado broadcast e passou por diversos setores da indústria. Focado em tecnologia, atuou em empresas multinacionais americanas e canadenses, principalmente nas áreas de produção, infra estrutura e transporte de mídias e workflow. Atualmente é responsável da área de vendas e negócios para a Ross Video no Brasil.

Soluções de contribuição e colaboração remotas para jornalismo utilizando agregação de internet móvel 4G / Satélite para uso com plataformas abertas

Após amadurecimento do mercado com uso de plataformas de mochilink para contribuição de vídeo para jornalismo, começa agora a busca por soluções de agregação de  banda de internet movel 4G / Satelite para uso em aplicações diversas além de transmissão de áudio e vídeo em tempo real, mas também transferencia de arquivos, uso de Skype TX, comunicação de coordenação sobre IP, dentre outras, em plataforma abertas. A apresentação abordará o tema com foco em aplicações reais já em curso no mercado Brasileiro e internacional, considerando parametros que possam levar a melhor implementação.

Palestrante: Billy Neves, Diretor Executivo da Broadmedia

Billy Neves possui experiência em soluções inovadoras para contribuição e colaboração para jornalismo e esportes após 20 anos de trabalho como representante e distribuidor de fabricantes de tecnologias para compressao de video, streaming, bonding, com passagens pela Teradek, Newtek, Adtec, For-a, Panasonic, Sony, Canon dentre outros.

Palestrante: Wagner Luiz, Gerente de Operações da UCAN/LIVEU

15h
Painel 2

Quais os desafios e oportunidades do OTT?

O consumo não linear de conteúdos audiovisuais vem aumentando com o passar do tempo. As emissoras estão cada vez mais atentas a esse movimento e precisam rever suas estratégias. Convidamos dois profissionais especialistas para dividir conosco quais os desafios e oportunidades trazidas pelo OTT.

Moderador: Olimpio José Franco, Superintendente da SET

Olímpio José Franco é superintendente e membro do Conselho de Ex-Presidentes da SET. É engenheiro eletrônico, com extensa carreira na área da radiodifusão televisiva. Em 1969, entrou para a Fundação Padre Anchieta (Rádio e TV Cultura, São Paulo), como estagiário, de onde saiu somente em 1988, quando exercia o cargo de diretor técnico. De 1988 a 2003, foi diretor técnico da TV Jovem Pan. É proprietário da Olympic Engenharia em Sistemas de Áudio e Vídeo desde 1985, atuando em projetos e instalações de áudio e vídeo. É fundador da SET, tendo exercido o cargo de presidente por quatro períodos, além de ter sido diretor de tecnologia e vice-presidente em vários momentos. É membro vitalício da SMPTE e membro do Módulo Técnico do Fórum SBTVD. Em 2017 recebeu os prêmios “Honorary member” do ITE (Institute of Image Information and Television Engineers – Japan ) e “Radio Achievement Award 2017″  do ARIB (Association of Radio Industries and Businesses).

Desafios do OTT no mercado nacional

Uma abordagem com dados sobre o mercado Brasileiro de OTT, crescimento, principais players, para onde estamos caminhando e os desafios que enfrentamos

Palestrante: Marcelo Guerra, Gerente de Tecnologia em Mídias Digitais na TV Globo

Marcelo Guerra atua em diferentes iniciativas em Transformação Digital, Big Data, Segunda Tela e Experiências Interativas e inovações em Mídias Digitais. Trabalha na empresa há 13 anos em diferentes funções incluindo Projetos, TV Digital, ,Operações de entretenimento, pós-produção e Planejamento Estratégico da Tecnologia. Formado em Engenharia Eletrônica e Telecomunicações na Universidade Gama Filho, tem MBAs em Gestão de Marketing pela PUC-RJ e Gestão de Negócios pelo IBMEC-RJ.

Visão Geral do Fenômeno OTT, do 5G e Impactos p/ Broadcasting e Telecomunicações

Em pleno alvorecer de 2019 ,ainda se percebe que alguns broadcasters não compreenderam de modo correto que é imperativo entender os complexos ecosistemas atrelados a diferentes maneiras de se consumir conteúdos audiovisuais e a publicidade associada,principal fonte das suas receitas, em nível de profundidade e nos detalhes para orientar de forma adequada os seus novos planos de negócios. Sem dúvida os serviços tradicionais legados de TVs abertas, TVs por assinatura, radiodifusão sonora sofrem impactos expressivos dos serviços OTT. Mais ainda, com a expansão e melhoras dos serviços de acesso à Internet, tanto fixos, mas principalmente móveis, os avanços do OTT serão contínuos. Com o 5G isso será mais expressivo ainda. Como o próprio título destaca, Cristovam dará uma visão geral do fenômeno OTT, do 5G e dos principais possíveis impactos nos tradicionais serviços legados de TV aberta,TV por assinatura e de Telecomunicações

Palestrante: Jose Raimundo Cristovam Nascimento, Diretor Técnico da UNISAT Consultoria, Engenharia e Treinamento e Vice-Diretor da regional Sudeste da SET

José Raimundo Cristóvam atua na área de comunicações via satélite desde 1983, tendo liderado equipes de projetos em diversas ocasiões. Sócio-diretor e um dos fundadores da UNISAT em 1990. Diretor técnico da empresa, consultor sênior de empresas nacionais e internacionais. Antes da criação da UNISAT, trabalhou na NEC, TELEBAHIA e na EMBRATEL, nas áreas nacional e internacional, em comunicações via satélites Brasilsat e Intelsat, tendo integrado o Departamento de Comunicações Domésticas via Satélite, conhecido como SAT. Engenheiro de Operações modalidade Eletrônica pela UFRJ, Engenheiro Eletrônico pela Escola de Engenharia da UGF, Pós-graduado na UFF em Telecomunicações, cursos de especialização no Japão (NEC, NTT e Anritsu) e nos EUA (TCB – Thomson).

16h

Intervalo

16h15
Painel 3

Inteligência Artificial – Plataformas Cognitivas e Data Analytics

Moderador: Jair Soares Ventura, Gerente de Tecnologia, Sistema Jornal do Commercio de Comunicação

Jair Soares Ventura com 26 anos de experiencia, passou por algumas empresas de comunicação como TV Globo de Recife e também suas afiliadas no interior do estado de Pernambuco, é Técnico em eletronica, Administrador,  Especialista em Gestão de Tecnologia da informação e mestrando em Engenharia de Software pelo C.E.S.A.R. (Centro de Estudos e Serviços Avançados de Recife). Hoje exerce o cargo de Gerente de Tecnologia do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação.

Explorando a distribuição de conteúdo apoiada em Inteligência Artificial

A adoção de novas tecnologias agregando valor aos processos existentes pode trazer resultados surpreendentes.

As empresas modernas têm superado as tradicionais através de processos disruptivos que integram diferentes tecnologias e eliminam barreiras.

Entenda como a inteligência artificial pode fazer a diferença no seu fluxo de trabalho, integrando a coleta de informações a respeito do interesse da audiência, e orientando a produção e distribuição de conteúdo, melhorando o engajamento da audiência

Palestrante: Fabio de Sales Guerra Tsuzuki, CEO da Media Portal Soluções

Fabio Tsuzuki é engenheiro eletrônico e mestre em engenharia pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, doutor em engenharia pela Universidade de Tóquio. Sócio fundador da Media Portal Soluções Ltda.

Tecnologias de Transformação

Estamos experimentando, talvez da forma mais intensa da história, tecnologias de transformação chegando ao ponto de maturação ao mesmo tempo. Estamos observando a criação de ferramentas que de fato são aplicáveis e fazem diferença sensível para o usuário. Tecnologias como a da Inteligência Artificial que chegou mudando completamente a maneira de lidar com os ativos de mídia, a forma de distribuição, novas maneiras de monetização e redução da estrutura de custos.
Outro ponto importante observado nos últimos anos, é a necessidade de revisão dos processos empresariais dos grupos de comunicação que devem cada vez mais mudar o foco da plataforma para o conteúdo, em fluxos cada vez mais orientados para a história

Palestrante: Tiago Cunha, Gerente de Projetos da Snews

Tiago Cunha é Gerente de Projetos, responsável pela liderança de tecnologia, design, pesquisa e desenvolvimento e implementação de soluções de tecnologia avançada na Snews.  Nos últimos 15 anos desenvolveu e entregou projetos estratégicos de tecnologia, mídia digital, infraestrutura, contribuição e distribuição de conteúdo ao vivo. Além disso, teve participação e liderança no vitorioso projeto de Switch Off da TV Brasileira.

Uso da Inteligência Artificial na produção de conteúdo e jornalismo

Uma visão geral de dois tipos de aplicações e uso de inteligência artificial aplicada na área de produção de conteúdo, na área de jornalismo e na área de arquivo de imagens. Como as ferramentas hoje disponíveis podem contribuir com os fluxos de trabalho.

 

Palestrante: Erick Soares, Expert em Tecnologia da Sony Brasil

Erick Soares é expert em Tecnologia para Suporte a Vendas e Marketing, atuante há mais de 15 anos na Sony nas áreas de novas tecnologias, workflow e produtos no mercado de broadcast. Formado pela F.E.I (Faculdade de Engenharia Industrial – S.B.C./SP) e Pós-Graduado pela F.I.A. (Fundação Instituto de Administração- USP). Acompanhou o desenvolvimento de novos produtos bem como a implementação de projetos estratégicos, servindo de interface entre clientes brasileiros e engenharia de desenvolvimento do Japão, bem como participou de diversos eventos nacionais e internacionais.

17h15
Painel 4

Infraestrutura IP

Moderador: Fábio Madeira, supervisor sênior de suporte da TV Globo Recife

Fábio Madeira é graduado em Engenharia Eletrônica pela Universidade de Pernambuco, com MBA em Gerenciamento de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas. Trabalha na Globo em Recife há mais de 10 anos, tendo iniciado como engenheiro na área de projetos e suporte e atualmente ocupa o cargo de Supervisor Sênior de Suporte.

IP para Produção Ao Vivo

Nesta palestra, apresentaremos uma visão dos desafios e benefícios da adoção da tecnologia IP na infraestrutura para produção ao vivo, com alguns exemplos de casos reais de implementações e possibilidades de aplicações.  Também vamos conhecer de forma breve o histórico da evolução da tecnologia do NMI (Network Media Interface), bem como a natural transição para a mais recente norma ST 2110 em ampla adoção pelo mercado de Broadcast.

Palestrante: Erick Soares, Expert em Tecnologia da Sony Brasil

Erick Soares é expert em Tecnologia para Suporte a Vendas e Marketing, atuante há mais de 15 anos na Sony nas áreas de novas tecnologias, workflow e produtos no mercado de broadcast. Formado pela F.E.I (Faculdade de Engenharia Industrial – S.B.C./SP) e Pós-Graduado pela F.I.A. (Fundação Instituto de Administração- USP). Acompanhou o desenvolvimento de novos produtos bem como a implementação de projetos estratégicos, servindo de interface entre clientes brasileiros e engenharia de desenvolvimento do Japão, bem como participou de diversos eventos nacionais e internacionais.

Ingresse ao mundo IP utilizando o protocolo NDI

“Temos que ir para IP” – o que todos falam. Mas como podemos fazer isto sem grandes investimentos e mantendo a qualidade e a robustez?

Conheça o NDI, o protocolo gratuito desenvolvido pela Newtek que já é o protocolo IP mais usado no mundo por os grandes, médios e pequenos operadores.

Palestrante: Pablo Perez Hetze, Gerente de vendas para America do Sul da Newtek

Pablo Perez Hetze é desde 2017 responsável pela área comercial da Newtek na América do Sul, incluindo Brasil, onde atua no mercado de tecnologia IP. Ele é graduado em Administração de Empresas pela Universidad de Palermo (Buenos Aires) e trabalha na indústria de serviços para TV desde 1999. Possui experiência em soluções de linguagem, distribuição de vídeo, streaming, satélites e fibra ótica, tendo participado ativamente do desenvolvimento de plataformas de acessibilidade na Argentina e no Chile. Na Newtek, coordena o trabalho de 20 revendedoras da marca na América do Sul e promove o uso da tecnologia IP em canais, produtoras, igrejas, universidades, governos, etc. Mora no Brasil desde 2014.

18h15

Intervalo

18h30
Painel 5

Desafio SETup – Etapa Fortaleza

Edson Mackeenzy, Head de Inovação da SET, fará uma palestra sobre como as Startups estão transformando o mercado, como funciona o ecossistema de inovação no Brasil e nos ajudará a perceber seus padrões, motivações para aproveitar as oportunidades para o setor de mediatech ser parte atuante neste movimento. Além disso, startups nordestinas com soluções inovadoras para o Audiovisual apresentarão suas soluções e modelos de negócios para todos os presentes. Haverá também uma votação para que uma das Startups seja pré-selecionada a para expor na SET Innovation Zone durante a SET Expo em 2019.

Moderador: Edson Mackeenzy, Head SET Innovation Zone

Edson Mackeenzy desde 2002 está comprometido com a formação de um ecossistema global de empreendedorismo. Todos os dias contribui diretamente na formação de pessoas que buscam re-modelar o futuro através da troca de experiências, mentorias, conteúdos publicados em portais, workshops, mediação de painéis, palestras e tudo que potencialize capacidade de criação, entrega e captura de valor entre Startups e organizações. Um experiente empreendedor, especialista em Inovação e desenvolvimento de negócios. Radialista, Apresentador, Facilitador e Keynote em eventos de Tecnologia, Marketing e Negócios.
Vencedor do prêmio de melhor mentor do Brasil, pelo Startup Awards pela ABStartups e AWS, CEO da Mackwave Venture Builder & Advisors Co. Ainda é Head de Inovação da SET e Curador do programa de inovação cooperativa Plataforma.Space para o Sicoob. Atuou como Dir. De Relacionamento com Startups na Bossa Nova Investimentos, BizDev responsável pela expansão LatAm da CodeFellows.org, produtor executivo do Relate Live by Zendesk, Head de Comunicação e Parcerias do Grupo iMasters | E-CommerceBrasil, CEO e fundador do 1º portal de videos do mundo o Videolog tv, Mentor, Facilitador e Community Leader na Techstars em ações como Startup Weekend.
Em 2015 indicado a melhor Mentor de Startups do país no prêmio SparkAwards da Microsoft, eleito em 2013 um dos empreendedores mais influentes do Brasil, membro do conselho da RioSoft ( agente Softex), envolvido em centenas de conferências de comunicação, relacionamento, empreendedorismo, tecnologia e negócios em todo Mundo.

19h

Encerramento

Patrocinadores Master

Patrocinadores Institucionais

Apoiadores

Media Partner

Agência de Viagens

Realização