• PT
  • EN
  • ES

Sistema Brasileiro de Televisão Digital Terrestre completa dez anos

Reprodução Internet

O Sistema Brasileiro de Televisão Digital Terrestre (SBTVD-T) completou dez anos. Desde a sua criação, em 2006 seu papel é estabelecer as diretrizes para a migração do sinal analógico para o digital, e permitir à população receber uma programação com melhor qualidade de imagem e som, sem interferências como chuviscos ou fantasmas.

A televisão é o meio de comunicação mais popular do país, presente em 97% dos lares, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

As vantagens do sinal digital incluem também a capacidade de ser assistida em dispositivos móveis; a multiprogramação, que comporta a transmissão de diferentes programações em um mesmo canal; e a possibilidade de interatividade por meio do Ginga, o middleware nacional para a troca de dados diretamente pelo televisor.

Atualmente, o sistema é adotado em 18 nações. Além de Brasil e Japão escolheram o ISDB-T Peru, Argentina, Chile, Venezuela, Equador, Costa Rica, Paraguai, Filipinas, Bolívia, Uruguai, Maldivas, Botsuana, Guatemala, Honduras, Sri Lanka e Nicarágua.

O desligamento doa TV analógica

Na América do Sul, o Brasil foi a primeira nação a começar o desligamento do sinal analógico de TV. A ação começou por Rio Verde (GO), no dia 1º de março. A próxima cidade no calendário de desligamento é Brasília, contando com mais nove municípios do Entorno do DF, em 26 de outubro.

Confira o cronograma de desligamento aqui.

O padrão SBTVD

O padrão SBTVD foi baseado no modelo japonês ISDB-T, após ampla pesquisa de um Grupo de Estudos composto por técnicos e engenheiros da SET, em parceria com a ABERT (Associação Brasileira das Empresas de Rádio e Televisão). Por quatro anos (1994 – 1998) eles analisaram os padrões de TV digital existentes e somente no ano 2000 detalharam as pesquisas do modelo japonês, tido como o mais eficiente, com o apoio da Universidade Presbiteriana Mackenzie e com o acompanhamento da ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações).

Os estudos realizados promoveram algumas melhorias e, em 26 de novembro de 2003, pelo decreto presidencial no. 4.901, o programa do Sistema Brasileiro de Televisão Digital (SBTVD) foi lançado com o objetivo de criar um modelo de referência para TV digital terrestre no Brasil.

 SBTVD no SET EXPO

Parceiros desde a criação do modelo ISDB-T, a SET fará uma homenagem aos dez anos de criação do SBTVD na abertura do SET EXPO 2016, que acontece de 29 de agosto a 1 de setembro, em São Paulo.

Para mais informações sobre credenciamento na Feira ou inscrições no Congresso,  clique aqui.

Para mais informações sobre o SBTVD-T, leia a matéria completa.

 

Fonte: Ministério das Comunicações e Wikipedia