• PT
  • EN

SET Norte 2018: Como levar sua TV para a Nuvem

Penúltimo painel do primeiro dia do SET Norte 2018 analisou as plataformas OTTs (Over-The-Top)

O último keynote do dia esteve a cargo de  Adler Ismerim, diretor Executivo da INNYX Tecnologia, quem explicou que a tecnologia surgiu da necessidade do mercado de oferecer conteúdos em streaming de áudio e vídeo para conteúdo ao vivo e gravado.

Dados apresentados pelo palestrante mostraram que o consumo de conteúdos online aumentou 135% nos últimos 4 anos. O tempo médio de consumo de conteúdo online era em 2017 de 8,1 horas semanais, e hoje corresponde a 19 horas. Tudo extraído de um estudo no qual 74% dos entrevistados afirmaram não ter interesse em TV paga, e o Brasil figura como oitavo mercado de OTT no mundo de acordo com a pesquisa da consultoria Frost & Sullivan.

Uma das principais características do OTT é incluir a propaganda de tempos em tempos pré-definidos, conforme negociação entre plataforma e agente publicitário. Ele destacou o Live TNN, programa no qual é possível fazer 5 transmissões ao vivo simultâneas para a plataforma integrada. Ideal para reportagens ao vivo, transmissão de shows, por exemplo.

Outro exemplo é o VOD Download TNN, “onde é possível fazer download de conteúdos para a nuvem e envia-lo para outro local. O uso foi pensado para emissoras que fazem captação ao vivo e precisam enviar seus conteúdos rapidamente para a emissora”, explicou.

O primeiro OTT local a usar a tecnologia na apple TV da América Latina foi o Esporte Interativo. Hoje canais como Cartoon Network, já figuram na plataforma. Em Manaus, a TV em Tempo aderiu à tecnologia para transmitir conteúdos locais. ”Temos trabalhando para vencer o grande desafio para gerar conteúdo de qualidade e tornar esses canais atrativos para os clientes”, analisou.

O sistema de nuvem permite um fornecimento de estrutura para canais independentes ou não que tenham como objetivo transmissão via streaming. “O sistema totalmente acessível permite que até mesmo pequenas empresas tenham acesso à plataforma. Entretanto, o valor é mais atrativo para uma contrapartida maior”, finalizou o executivo.

Para mais informações sobre o SET Norte 2018, clique aqui.

Para acompanhar a transmissão ao vivo na SET_TV, clique aqui.

Captação de som e imagem pela Rede Amazônica.

Por Tainara Rebelo em  Manaus (AM), e Fernando Moura em São Paulo (SP)