• PT
  • EN

SET Nordeste 2018: TV aberta e rádio desafiam novas tribos e seus novos hábitos

Painel debate hábitos de consumo e como os mídias buscam espaço no meio tradicional

O primeiro dia do SET Nordeste 2018, realizado em Fortaleza (CE), teve início com um agradecimento do Superintendente da SET, Olímpio José Franco, que, em nome da entidade, agradeceu ao Sebrae/CE pelo espaço, às emissoras, empresas patrocinadoras, moderadores e palestrantes.

“Nesses dois dias vamos abordar os assuntos que mais interessam no meio do audiovisual, broadcast e novas mídias”. Em 30 anos de entidade, continuou Franco, a SET também continua buscando uma abertura maior para diferentes mercados em emergência com a 4ª Revolução Industrial, o que impacta diretamente no trabalho das pessoas. “Um reflexo disso é que recentemente mudamos o estatuto da SET para conselho deliberativo com o intuito de ser mais atuante em suas resoluções”, afirmou o Superintendente.

Esdras Miranda de Araújo, diretor Regional Nordeste da SET

Esdras Miranda de Araújo, diretor Regional Nordeste da SET e gerente Técnico e Operacional do Sistema Jangadeiro de Comunicação, agradeceu à oportunidade de fazer parte da SET, frente à diretoria, quando ela completa 30 anos. “Na época de sua fundação, a SET surgiu para resolver alguns problemas pontuais. Hoje a Associação está mais madura e mais presente em todas as regiões do país. Estamos em busca de evolução, somos agentes decisivos na implantação da TV Digital, despertando o interesse de mais espectadores e de competitividade no mercado. Queremos ver o conteúdo de qualquer dispositivo e com tecnologias disruptivas – IA, RA, RV, drones, analytics etc.”, explicou.

“Aqui (SET e SET NE) conversaremos sobre respostas e soluções para não ficar para trás nessa corrida tecnológica. Como ser disruptivo sem perder o telespectador tradicional. E, por isso, o debate recai sobre os hábitos de consumo de mídia no Brasil e no Mundo”, afirmou anunciando o primeiro painel do evento.

Olímpio José Franco, Superintendente da SET

Simone Moura, diretora da Ping Pong Estratégia

Com a tarefa de iniciar as apresentações do dia, Roberto Franco, assessor institucional da SET e Diretor de Rede e Assuntos Institucionais e Regulatórios do SBT, provocou os presentes alegando ser necessário mudar a maneira de enxergar as coisas e o mundo para que a tecnologia seja realmente útil. “Ainda faz sentido mantermos o foco na tecnologia como agente para mudar o mundo, ou é o ser humano quem dita a tecnologia? A conclusão é que a tecnologia dita valor à proposição feita pelo consumidor, é algo facilitador. Precisamos ter isso em mente para rever modelos e sermos, de fato,competitivos no mercado”, disse Franco, em Fortaleza.

A diretora da Ping Pong Estratégia, Simone Moura, contou que em 17 anos com experiência no audiovisual, sempre defendeu o uso da televisão e rádio como recurso de consumo do jovem, seja em qualquer geração (X, Y, ou Z, por exemplo) e classe social, “basta entender o que está sendo pedido, e isso se faz por análise e percepção de ambiente”, avaliou.

Simone abordou a importância de se entender cada vez mais o comportamento e hábitos das pessoas para a geração de conteúdo  pertinente e assertivo nos meios de comunicação. “Se continuarmos fazendo comunicação com há 30 anos, não vamos conseguir alcançar essas pessoas que hoje são tão parecidas e tão diferentes. É preciso investir em alta tecnologia sem ter medo delas, mas transformá-la em um porquê e englobar todos os perfis em novos formatos de projetos. A televisão e o rádio não vão morrer, são apenas novas tribos, novos hábitos buscando espaço nos meios tradicionais”, sintetiza.

O painel foi moderado por Cyro Thomaz, Diretor Executivo do Sistema Jangadeiro.

Por Tainara Rebelo, de Fortaleza (CE) e Fernando Moura, em São Paulo (SP), e Aurelio Alves (Fotos)

 

SET Nordeste 2018 acontece os dias 17 e 18 de outubro, das  14h às 20h no Sebrae Fortaleza

Parceria: 

Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT)

Associação Cearense das Emissoras de Rádio e Televisão (ACERT)

Sebrae

Programação completa e inscrições:  www.set.org.br

Vale certificado de participação

Realização: Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão (SET)