• PT
  • EN
  • ES

SET e TRINTA: Soluções híbridas de transmissão e IP são apontadas como tendência na distribuição e no gerenciamento de conteúdos

Marcio Assis Brasil, diretor de vendas da Intelsat no Brasil, apresentou o case “Plataforma Híbrida de IP IntelsatOne Prism” aos congressistas do SET e TRINTA 2016 e fez um diagnóstico das contribuições do IP às transmissões satelitais e terrestres de sinal de TV.

“O mundo está mudando, não é a televisão que mudou. Os seus consumidores mudaram e, então, precisamos adaptar algumas coisas nas estruturas de contribuição e distribuição televisiva”, introduziu o palestrante, antes de explicar como funciona o IntelsatOne Prism.

Em parceria com a Newtec, a solução híbrida de IP da Intelsat permite conexão à Internet High Throughput, IP, Two-way, anywhere to anywhere, além de fornecer suporte para multiscreen etriple-play, explicou Brasil.

O executivo afirmou, ainda, que, com a plataforma, é possível ter sinal de vídeo e de áudio em caráter ocasional, ou realizar produção remota. Assim, esta plataforma IP de distribuição de conteúdo e de serviços gerenciados está integrada com a rede de satélites e a rede terrestre da IntelsatOne.

Desta maneira, os clientes podem realizar múltiplas transmissões de conteúdo incluindo vídeo linear, transmissão de arquivos, VoIP, acesso à Internet e transmissão de dados na mesma plataforma, possibilitando que implementem uma rede digital e que – com pequeno investimento – utilizem os equipamentos que já possuem. “Isso simplifica a operação da rede”, segundo Márcio Brasil.

“O serviço pode ser contratado em caráter ocasional ou full-time, por exemplo, em um evento esportivo, em que oferecemos transmissão via internet ou via fibra para produções remotas”, detalhou.

Ele também explicou como pode ser realizada a contribuição via IP para entregar conteúdos paraCDN, VoD e OTT, aplicações que estão bastante restritas.  Antes de encerrar, o palestrante avançou para uma solução que possa ser utilizada por uma emissora e por suas afiliadas e mostrou como, a partir de uma solução full time, é possível definir conexões para comunicação com as afiliadas e entre elas.

“É possível transformar a rede legada para uma rede IP e simplificar a sua rede, porque nela terá vídeo, voz e dados mediante a utilização de uma única solução”, finalizou.

Por Fernando Moura e Francisco Machado Filho em Las Vegas. Edição em São Paulo, Gabriel Cortez

Fonte: https://revistadaset.com