• PT
  • EN

SET é mentora de programa de incentivo a startups do Sebrae/SP

Participantes do Sebrae Speed Mentoring em audiovisual. Luiz Carlos Aronchi e Luana Bravo, da SET à frente (esq)
Foto: Tainara Rebelo

Pela quarta vez consecutiva, a SET participa do Speed Mentoring do Sebrae SP oferecendo mentoria e consultoria a novas startups do audiovisual com potencial de inovação no mercado.

O projeto é parte do programa da Escola de Negócios do Sebrae, e consiste na modelagem do negócio de empresas em estágios diferentes de implantação, com grande possibilidade de sucesso e de expansão. “A cada mês focamos em um tema, e o de setembro é o audiovisual, do qual a SET é parte essencial no processo de atualização e direcionamento das empresas”, explica a Consultora de negócios Sebrae SP, Elisabete Fernandes.

Na prática, as startups passam por um mês de intensos trabalhos divididos em fases, que têm como objetivo identificar as falhas e lacunas as quais elas precisam se aprimorar.

Nesse cenário, a SET entra como conselheira e mentora, auxiliando na visualização do panorama do mercado do audiovisual e despertando insights nos empresários para que eles encontrem a atuação necessária para o negócio deles decolar após o speed mentoring.

Luana Bravo, da SET, conversa com os participantes.
Foto: Tainara Rebelo

“Os resultados são surpreendentes. Temos o caso de uma startup que, após passar pelo speed mentoring com a SET, teve resultado expressivo e ganhou o Desafio SETup, que acontece no SET EXPO, depois venceu o desafio na Campus Party e recebeu investimento de R$ 1,2 milhão”, relembra o diretor de Eventos da SET e consultor de tecnologia e inovação na economia criativa do Sebrae/SP, José Carlos Aronchi.

Para situar os participantes com as necessidades e tendências do mercado audiovisual, a Coordenadora de Projetos Especiais da SET, Luana Bravo, foi convidada para conversar com eles no kick off do projeto. Em uma apresentação detalhada com o resumo do SET EXPO 2018, ela explicou como a SET atua no mercado audiovisual e quais são os estágios dos principais temas em debate, com o objetivo de inspirar novas soluções e aplicações para as startups.

“No SET EXPO, temos casos de startups que participam do nosso Desafio SETup (projeto do SET Innovation Zone – SIZ) e depois voltaram como expositores. Outras startups saíram de lá para projetos maiores e de alto investimento no Brasil, como a VAV, a Scienmag e IS Game. Fica a brecha para vocês pensarem em projetos cada vez melhores e que façam a diferença na vida das pessoas”, concluiu Luana Bravo.

O Projeto Speed Mentoring do Sebrae teve inscrições abertas ao público até 30 de agosto de 2018. Foram 230 inscritos, dos quais 35 foram selecionados demonstrando maior potencial inovador, aderência ao segmento audiovisual e situavam-se no estágio no qual o programa é focado: startups e projeto em fase inicial.

Para mais informações e calendário das novas oportunidades do programa, acesse www.escoladenegocios.com.br