• PT
  • EN

São Paulo mantém oito FMs acima dos 100 mil ouvintes por minuto em medição comercial

Conteúdo Tudo Rádio

São Paulo segue analisando os números da última pesquisa de audiência válida para o mercado, esta que é realizada e atualizada mensalmente pelo Kantar Ibope Media. O último trimestre válido, sendo julho a setembro deste ano, apontou uma alta no volume geral da audiência FM nos principais períodos da medição. E, em filtros comerciais importantes, o rádio paulistano segue com oito FMs que possuem volumes superiores a 100 mil ouvintes por minuto.

Band FM 96.1 (popular/hits) e Alpha FM 101.7 (adulto-contemporâneo) seguem com os maiores valores do ranking comercial, este que pode ser considerado no filtro 06h-19h (FM+WEB/segunda à sexta-feira) ou 07h-19h (FM+WEB/segunda à sexta-feira). Assim como já relatado anteriormente pelo tudoradio.com, as duas FMs também são donas dos maiores volumes de audiência nos períodos gerais.

Na sequência, Nativa FM 95.3 (popular) segue em terceiro nos filtros trimestrais 06h-19h (FM+WEB/segunda à sexta-feira) ou 07h-19h (FM+WEB/segunda à sexta-feira). A emissora é seguida pelas rádios 89 FM A Rádio Rock FM 89.1 (alternativa/rock), esta que ganhou uma posição em relação ao trimestre anterior (junho a agosto/2019) e Jovem Pan FM 100.9 (jovem/pop-jornalismo).

Transcontinental FM 104.7 (popular/hits), rádio que evoluiu em praticamente todos os filtros da medição na comparação com a pesquisa anterior, Antena 1 FM 94.7 (adulto-contemporâneo) e Gazeta FM 88.1 (popular/hits) fecham a lista dos “100 mil ouvintes por minuto” no 07h-19h (FM+WEB/segunda à sexta-feira).

Na comparação com as pesquisas anteriores, são as mesmas oito rádios que seguem nessas condições de destaque em períodos comercias. E, no 06h-19h (FM+WEB/segunda à sexta-feira), o número de FMs acima dos 100 mil ouvintes por minuto cai para sete, mesmo com o mercado em alta. Ou seja, houve uma maior distribuição da audiência FM+WEB entre as estações medidas.

O recorte comercial é importante para o meio rádio, não só pelo seu uso publicitário, mas também para a confirmação rotineira da relevância do veículo no dia a dia da população paulistana.

Post Tags: