• PT
  • EN
  • ES

Salvador e Fortaleza atingem percentual para desligamento

Imagem do Elevador Lacerda, em Salvador: cidade já é digital. Foto: divulgação.

Fonte: Anatel

As capitais Salvador (93%) e Fortaleza (92%) atingiram o percentual necessário (90%) para o desligamento do sinal analógico da TV aberta. Os dados são da pesquisa IBOPE Inteligência, divulgada na reunião do Grupo de Implantação do Processo de Distribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV (Gired) que ocorreu nesta segunda-feira, dia 25/09. Com isso, o grupo concluiu que o desligamento do sinal será realizado nesta quarta-feira, dia 27/09. Essa é a primeira vez que o desligamento do sinal será feito em duas capitais ao mesmo tempo.

Participaram da reunião o presidente do Gired, e da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Juarez Quadros, e representantes do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Telecomunicações (MCTIC), das emissoras de TV e das empresas de telefonia móvel.

A pesquisa de aferição, realizada em Salvador e municípios do entorno, mostrou que 93% dos domicílios já contam com sinal digital na cidade. Até agora Salvador foi a capital que atingiu o maior percentual de domicílios com sinal digital. Existem 1.048.804 domicílios na capital e 397.323 residências no entorno são,  totalizando 1.446.127 domicílios. E foram realizadas 1.078 entrevistas na capital e 1.414 no entorno, entre os dias 13 e 23 de setembro de 2017. Além de Salvador, mais 19 municípios do estado deverão ter o sistema analógico desligado na próxima quarta-feira: Aratuípe, Cairu, Camaçari, Candeias, Dias D’Ávila, Itaparica, Jaguaripe, Lauro de Freitas, Madre de Deus, Maragogipe, Nazaré, Salinas da Margarida, Santo Amaro, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé, Saubara, Simões Filho, Terra Nova e Vera Cruz.

Em Fortaleza e cidades do entorno o levantamento revelou que 92% dos domicílios já contam com sinal digital e apenas 8% ainda possuem sinal analógico. Existem 830.991 domicílios em Fortaleza e 394.377 residências no entorno. E foram realizadas 1.078 entrevistas na capital e 1.260 no entorno. A pesquisa foi realizada entre os dias 13 e 23 de setembro. Além de Fortaleza, o sinal também será desligado nos seguintes municípios cearenses: Aquiraz, Beberibe, Cascavel, Caucaia, Eusébio, Guaiúba, Horizonte, Itaitinga, Maracanaú, Maranguape, Pacajus, Pacatuba, Pindoretama e São Gonçalo do Amarante.

Com o desligamento, a programação das emissoras ficará disponível somente no formato digital, que possui maior qualidade de som e imagem. Os canais abertos que tiverem o sinal analógico desligado deverão ainda apresentar na tela, durante 30 dias, cartela para que o telespectador seja informado do fim das transmissões analógicas.

Outro benefício do desligamento da TV analógica é que permitirá a instalação do sistema da internet 4G, que é uma das tecnologias mais avançadas usadas pela telefonia móvel. Ele permite que celulares, smartphones, laptops e tablets acessem a internet com velocidades muito altas. A faixa de 700 MHz, além de aumentar o total de frequências disponíveis para a banda larga móvel, apresenta vantagens na propagação do sinal. Adicionalmente, a faixa facilita o acesso à programação em ambientes fechados.

O sinal analógico da TV já foi desligado em Rio Verde (GO), Distrito Federal, São Paulo, Goiânia e Recife.