• PT
  • EN

Grupo de Rádio da SET discute as regulações e desafios do setor

Eduardo Cappia (de pé) coordena reunião do Grupo de Trabalho de Rádio da SET. Foto: Carla Dórea Bartz

 

A SET sediou, na tarde de 20 de março, reunião do Grupo de Trabalho de Rádio, um dos mais atuantes da entidade, coordenado por Eduardo Cappia. A seguir, ele descreve os principais assuntos discutidos:

“Tivemos 25 participantes, alguns de maneira remota. Aproveitamos para consolidar a participação da EPTV Campinas, com Paulo Beghini, e de Gislene Amorim pela BAND TV e RÁDIO, a quem damos boas-vindas efetivamente”, celebrou Cappia.

“O tema do encontro foi a previsão de revisão do Regulamento Técnico FM, principalmente com relação às relações de proteção da canalização FM, uma vez que no Processo Migratório de AM para FM há necessidade de acomodação de maior de numero de emissoras em FM, (tanto na faixa convencional quanto na estendida), que sem a atualização do Regulamento não será possível nas regiões congestionadas espectralmente”, explicou.

“Os testes realizados em receptores pelo CPQD, contratados pela ABERT, foram mencionados porém sem apresentação dos resultados em sua forma precisa e documental, uma vez que são dados que compete à ABERT a liberação dos relatórios”, disse.

Cappia também informou que “o setor de Rádio, via terrestre (espectro), aguarda em 2019 a definição da canalização das regiões metropolitanas para o processo de instalação das novas FMs resultantes da migração AM x FM”.

“A apresentação mostrada via web foi disponibilizada como base de documentação para a comparação futura de resultados. Também uma versão de proposta de modificação da Portaria MC 26/1996, que trata da localização de Estúdios e Transmissores foi apresentada, sem conclusão da versão mais adequada a ser apresentada ao MCTIC em conjunto com ABERT e ABRATEL, após o debate entre os participantes”, comentou

Para finalizar, o coordenador disse que “o Grupo ficou com a missão de coleta de dados e informações técnicas colhidas  junto à NAB 2019, para que sejam apresentados em uma nova reunião presencial, pública ou não, prevista para a segunda semana de maio”.

“Também existiram solicitações de abordagem de novidades na área de Geração de Conteúdo e Equipamentos, que já apresentadas em outras oportunidades, serão retomadas por uma parte do Grupo que se prontificou a produzir ou trazer este temário”.