• PT
  • EN

Portaria do MCTIC altera cronograma de desligamento do sinal analógico

ASCOM MCTIC

Uma portaria do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) incluiu mais 32 municípios ao cronograma de desligamento do sinal analógico de televisão em 2018. As cidades pertencem a quatro diferentes agrupamentos: oeste do Paraná; sul do Rio Grande do Sul; Campina Grande (PB) e Santa Maria (RS). Nesses locais, a transição para o sistema digital está prevista para 28 de novembro ou 5 de dezembro. A portaria foi publicada nesta quarta-feira (27) no Diário Oficial da União.

A inclusão dos municípios no cronograma de implantação da TV digital atende a um pedido encaminhado ao MCTIC pelo Gired, grupo responsável pela transição para o sistema digital no Brasil. De acordo com estudos do Grupo Técnico de Remanejamento do Gired, essas cidades seriam impactadas pelo desligamento das transmissões analógicas em municípios próximos.

Com a decisão, haverá a distribuição gratuita de conversores digitais para as famílias cadastradas em programas sociais do governo federal nesses 32 municípios. Além disso, as emissoras de TV que operam nessas cidades deverão realizar campanhas para esclarecer os telespectadores sobre o desligamento do sinal analógico.

Novos municípios incluídos nos agrupamentos:

Paraná (oeste do estado): Arapuã, Barbosa Ferraz, Borrazópolis, Congonhinhas, Farol, Faxinal, Godoy Moreira, Guaraci, Itaguajé, Jaguapitã, Kaloré, Lidianópolis, Lindo Oeste, Lunardelli, Miraselva, Nova Fátima, Primeiro de Maio, Quinta do Sol, Rio Bom, Santa Mariana, Santo Antônio do Paraíso, São Carlos do Ivaí, São João do Ivaí, São Pedro do Ivaí, Tamarana, Tapira e Terra Boa

Rio Grande do Sul (sul do estado): Arroio do Padre

Agrupamento de Campina Grande (PB): Alagoa Nova, Areal e Esperança

Santa Maria (RS): Quevedos