• PT
  • EN
  • ES

O 5G pode gerar mudanças disruptivas no mercado de broadcast

Fonte: IBC

Além de melhorar as velocidades de download e de streaming para os consumidores, o 5G também pode trazer mudanças disruptivas ao mercado. Este foi o recado do C-Tech Forum round-up: 5G, no IBC 2017.

O consultor do IBC 2017, Tom Brand, organizador do painel, afirmou  “o 5G resolve o problema da entrega, por isso, é também uma grande ameaça”. Segundo ele, seu potencial ameaça os broadcasters tradicionais neste momento em que os hábitos de consumo de televisão estão mudando e migrando para o mobile.  “O 5G pode acelerar e aprofundar esta tendência”, disse.

“A ameaça não é o próprio 5G”, avaliou, “mas de empresas como Google e Facebook. Imagine o que essas empresas podem fazer com smartphones recebendo downloads mais rápidos?”, pergunta. “Eles têm a base de usuários, eles têm dinheiro para gastar, e se eles puderem comprar o NFL e transmiti-lo globalmente, eles farão”, descreveu.

Brand disse que a indústria começa a ver oportunidades no 5G. “A tecnologia abre possibilidades para produção e distribuição de conteúdos. Ela também pode ser uma alternativa para distribuição via satélite”.

Os primeiros padrões para redes 5G devem estar prontos no início de 2018. Assim, as primeiras redes começarão a ser implantadas entre 2019 e 2020.

Para ler a matéria na íntegra, visite este link.

Post Tags: