• PT
  • EN

As vantagens proporcionadas pelo IP

O painel 2 do último dia do SET Sudeste 2019 abordou o tema IP – Infraestrutura para produção de áudio e vídeo sobre IP e seus padrões.

Moderada por Allan Carvalho, da Rede Itatiaia, a apresentação contou com três palestrantes. Erick Soares, Sony; Raphael Severo, da Lawo AG; e Guilherme Castelo Branco, da Phase Engenharia.

Castelo Branco abriu a palestra falando sobre os prós e contras da migração para o IP e as aplicações que mais se beneficiam desta tecnologia.

“O IP é muito complexo, mas toda a complexidade, no final, tem que te trazer uma solução mais simples. Essa é a grande vantagem do IP. Por mais que a infraestrutura seja mais complexa, a sua produção fica mais barata e mais eficiente”, afirmou.

Severo falou sobre os padrões SMPTE e a forma como é possível realizar o monitoramento e o controle de todos os fluxos multicasts de áudio e vídeo atualmente.

“A Lawo desenvolveu uma solução chamada Smart, um sistema de monitoramento em tempo real que avisa, por exemplo, se o tráfego dos links de switch está fluindo corretamente. Se tem erro em determinada porta, se está perdendo pacote… enfim, se você não está voando com uma turbina só”, descreveu.

Foto: Erick Soares, Sony

Soares encerrou o painel falando do padrão IP ST 2110 adotado pela indústria e as recomendações para instalar o sistema.

“O TR–1001–1:2018, baseado nas recomendações da EBU relacionadas às práticas de implementação e também ao ambiente em que o sistema será instalado, surgiu para chamar atenção de todos sobre os aspectos de rede, operabilidade, tráfego de sinal, descobertas de dispositivo e garantir um implementação segura e robusta e, principalmente uma implementação duradoura, pois esse é o grande propósito do IP. Você pode ter a possibilidade de fazer o investimento hoje e o sistema poderá absorver diferentes tecnologias”, afirmou.

Assista: o SET Sudeste foi transmitido na íntegra ao vivo no canal da SET no YouTube, a SET TV.

Leia mais notícias o SET Sudeste 2019: Notícias.