• PT
  • EN

5ª edição do Hackathon da Globo tem foco no mercado de mídia

por Amanda Sousa

A maratona, que ocorre anualmente dentro da casa do Big Brother Brasil, teve Tiago Leifert como anfitrião de sua 5ª edição. Em um recorde de inscrições (mais de 2.800 interessados), desenvolvedores, designers e marketeiros de todas as regiões do Brasil foram selecionados para  a disputa que premiou o grupo vencedor com uma viagem para o Vale do Silício, em São Francisco, nos Estados Unidos.

Essa foi a 2ª edição organizada em parceria com a Shawee, uma startup completamente voltada ao universo dos hackathons que possui uma plataforma homônima responsável por facilitar a avaliação dos projetos de cada grupo.

No total, 52 participantes formaram 13 grupos que trabalharam durante 35 horas para criar uma solução para um dos sete desafios propostos pela emissora. Todos eles, é claro, relacionados à produtos da Rede Globo.

 

Confira os desafios desta edição:

Operações Comerciais: Como adequar conteúdo do anunciante ao conteúdo Globo em todas as plataformas;

Marketing: Como mensurar o retorno do investimento (ROI) dos anunciantes de maneira assertiva, em diferentes meios como digital e TV;

Digital: Como melhorar a experiência de cadastro na Globo Digital;

Globo Internacional: Como adequar obras internacionais da Globo à audiência local;

Gshow: Como gerar e interpretar dados estratégicos com os conteúdos de entretenimento da Globo;

Esporte: Como utilizar, da melhor maneira possível, os dados gerados pelo Cartola FC;

Esporte: Como aplicar novas tecnologias ao consumo de vídeo

 

Foi realizado o sorteio de 13 participantes, onde cada um escolheu com qual desafio gostaria de trabalhar (cada desafio poderia ser escolhido, no máximo, duas vezes) e só depois disso os grupos foram formados.

Além de toda estrutura necessária para o desenvolvimento de ideias inovadoras, os grupos contaram com a mentoria de profissionais de áreas internas da Rede Globo e de participantes das edições anteriores.

Pelo segundo ano consecutivo, a equipe campeã foi a que criou uma proposta envolvendo o aplicativo de fantasy game Cartola FC, do Globo Esporte. O time batizado de “Resenha FC” criou um canal de comunicação que pode ser acessado dentro da própria plataforma, gerando maior engajamento e permitindo mais interações entre os usuários do app.

Em 2º lugar ficou a equipe G-Flow, uma plataforma que aloca publicidades de forma automática, usando inteligência artificial. O 3º lugar ficou com o Globo Rewards, uma ferramenta de métricas offline que gera recompensas para o público através do contato com as marcas dos anunciantes.

Você pode assistir aos pitches de todos os grupos clicando aqui.  

Post Tags: