• PT
  • EN
  • ES

Universo eletrônico na próxima década

*Raphael Bontempo

Mais de 20 mil novidades foram apresentadas no Consumer Eletronics Show (CES) de 2010, realizado entre os dias 7 e 10 de janeiro, em Las Vegas, dando início a uma nova década de inovações tecnológicas. Ao todo 2500 empresas e um número recorde de 330 exibidores estiveram presentes. As atrações da feira incluíram 3D TV, celulares com TV digital, smartbooks, netbook, eReader, tecnologias verdes, tablets e aplicativos. O evento é considerado o maior do mundo em tecnologia de consumo.

Entre os aparelhos de televisão, destaque para os TVs LEDs, de tela ultrafina, com recursos tecnológicos que desafiam as utilidao des do televisor convencional. A tecnologia 3D ainda segue sem implementação sólida, mas promete revolucionar a era da televisão, além de agregar conectividade: boa parte dos aparelhos contam com Wi-Fi embutido, oferecendo acesso a serviços online.

O USB 3.0 foi apresentado, mas a Intel promete ainda mais: houve um anúncio preliminar da tecnologia Light Peak, que utilizando fibra ótica, seria capaz de transferir dados em 10 GB/segundo de um dispositivo a outro, cerca de 20 vezes mais rápido que o USB 2.0, velocidade esta capaz de passar um filme em blu-ray em apenas 30 segundos. A Intel também demonstrou a conexão WiDi, que transmite imagens e vídeos em HD do notebook para a televisão.

Tablets
Outras novidades que geraram rumores no CES foram o Android OS, o IdeaPad U1 Hybrid da Lenovo e o 4G network, como parte do Projeto de Natal e Primareva da Microsoft. A indústria de games frustrou a expectativa do público, pois guardou as grandes novidades para a E3, que ocorre no meio do ano. Mas uma das novidades anunciadas empolgou os fãs entusiastas de games: o Playstation 3, da Sony, com jogos atualizados para o sistema 3D TV

Os tablets também figuraram no CES, considerados o meio termo entre um netbook e um celular, pois estão voltados para aqueles que gostam de ler e navegar na web. A Apple promete tos para março, assim como a HP, que anuncia para breve o Slate, capaz de utilizar o Windows 7. Os smartbooks, por seu turno, possuem uma funcionalidade oposta ao dos tablets. Sua aparência externa lembra um notebook, mas contam com a eficácia de um smartphone. Nesse sentido, foram apresentados o Skylight, da LeNovo, com Wi-Fi e 3G integrados.

Tecnologia que mereceu destaque no CES é a dos e-Readers, cujo expoente é o Kindle, da Amazon. Alguns desses aparelhos incluem 3G e Wi- Fi, outros são integrados aos serviços da própria Amazon. Nessa área, quem saltou aos olhos foi o Entourage Edge, que possui um display em preto e outro em branco, com tela sensível ao toque.

O CES registrou um aumento no número de espectadores na edição de 2010: mais de 120 mil profissionais da indústria marcaram presença, em comparação com os cerca de 113 mil da edição anterior. Apenas o pavilhão do iLougue, que nesta edição quadruplicou seu tamanho, incluía 100 companhias, com destaque para os mais recentes acessórios e aplicativos de produtos como iPod, iPhone e Mac. Steve Ballmer, da Microsoft; Alan

Mulally, da Ford; Paul Otellini, da Intel; e Olli-Pekka Kallasvuo, da Nokia, fizeram apresentações, e fi- guras importantes do governo norte-americano estiveram presentes no evento.

*Raphael é repórter da Revista da SET.
Revista da SET
 ANO XXI – N.112 – JAN/FEV 2010