• PT
  • EN
  • ES

TecnoMultimedia InfoComm Brasil 2014

Nº 143 – Julho 2014

Por Fernando Moura

REPORTAGEM

Evento mundial do setor de áudio e vídeo chegou pela primeira vez ao mercado brasileiro após ter sido lançada há 75 anos nos Estados Unidos.

Aestreia no mercado brasileiro da TecnoMultimedia InfoComm aconteceu de 13 a 15 de maio de 2014 no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo. A exposição desenhada a partir de uma das maiores exposições de negócios para o setor audiovisual do mundo, a InfoComm (sediada nos Estados Unidos), com feiras na Ásia, Europa, América Latina e Oriente Médio chegou ao país e recebeu mais de seis mil visitantes em três dias de evento.
A exposição reuniu 80 expositores, contou com uma ampla grade de conferências técnicas de especialistas do setor, palestras voltadas aos usuários finais e cases de sucesso. Dentre os temas abordados, estiveram em pauta a tecnologia AV e como os sistemas integrados podem resolver os mais variados problemas de mercados verticais.
Em entrevista à Revista da SET, Max Jaramillo, presidente de Latin Press entidad organizadora do evento afirmou que dos 80 expositores que participaram desta edição, 30% vieram pela primeira vez ao país. “Estamos muito otimistas e a parceria com a EXPOSEC – International Security Fair, é estratégica já que muitas das soluções de audiovisual, iluminação, sinalização digital e comunicação são complementares aos sistemas de segurança”.
Para ele, o mundo broadcast cada dia esta mais perto do mundo real. “Hoje muitas soluções que antes eram impensadas para empresas de médio ou pequeno porte são possíveis. As soluções broadcast foram perto das pessoas”, disse.
A feira traz ao mercado soluções de integração para diferentes setores. Hoje as soluções de TI estão entrando a diferentes mercados, desde o broadcast até o de segurança. “Para nós o mercado das igrejas é muito importantes, elas cada dia tem mais acesso a canais de TV e sinais dedicados aos seus cultos pelo que necessitam soluções de integração simples e não muito caras para produzir os seus conteúdos” afirmou Jaramillo à Revista da SET.
Nesse sentido, o executivo afirma que o mercado local tem boas perspectivas de expansão no futuro. “Acreditamos no sucesso desta feira, pois sabemos que as empresas necessitam cada vez mais de automação para se tornarem competitivas e atingirem escala global. Nos Estados Unidos o mercado está consolidado há 10 anos. É uma indústria recente que está crescendo a partir das novas demandas”.
Jaramillo afirma que nos próximos anos o mercado de áudio, vídeo e tecnologias integradas no Brasil deve crescer entre 12 e 14% ao ano, enquanto na América Latina a projeção deve ser mais acelerada com incremento de 15% até 2015, alcançando a cifra de US$5,9 milhões.
Entretanto, Víctor Alarcón, diretor de projetos da TecnoMultimedia InfoComm, afirma que ao contrário da maioria dos países desenvolvidos, na América Latina, os sistemas integrados de áudio e vídeo, não são utilizados ou seu uso ainda é incipiente. “Há espaço para crescer. O mercado é bastante promissor e existe alta tecnologia para o segmento que ainda não está sendo aproveitada”.

A Exposição
Muitos dos 80 expositores da Infocomm trabalham com o mercado AV e o Broadcast. Deles, a Revista da SET escolheu alguns para mostrar os seus principais lançamentos.
A Christie Digital Systems, por exemplo, apresentou soluções para o mercado comercial, bem como de radiodifusão. Entre elas, o projetor DLP Christie DHD- 600-G com um chip. Ostentando 6.000 lúmenes com resoluções WXGA, HD e WUXGA em um modelo com lâmpada única, o projetor “oferece excepcional qualidade de imagem, brilho e segurança, essenciais para as apresentações em salas de conferências. Para instalações do governo, instituições de ensino superior e locais de culto religioso com verbas limitadas, a série G da Christie oferece uma solução rentável com a tecnologia DLP durável e necessária em tais ambientes”.

Max Jaramillo afirmou que já estão confirmadas as edições de 2015 e 2016 da TecnoMultimedia InfoComm Brasil

Bruno Tavares, gerente-geral da Christie Digital Systems South America Ltda, disse à Revista da SET que o balanço do evento é muito positivo e que a empresa quer ganhar terreno no Brasil. “Esta feira profissional é a primeira para o Brasil e a Christie está orgulhosa de fazer parte desse evento inaugural. A abertura, no último ano, de nossas primeiras instalações na América do Sul, em São Paulo, demonstra o compromisso da Christie em uma região em crescimento onde está aumentando visivelmente a demanda de soluções AV para profissionais, bem como em matéria de visualização, salas de comandos e simulação”.

Tavares disse que a presença da empresa em São Paulo tem sido muito importante para desenvolver negocios na região, e o começo da produção em 4K desenvolverá novas aplicações e negocios. “Na Copa do Mundo teremos produção em 4K e nos forneceremos telas e projetores para alguns dos Fan Fest. A produção em 4K é muito importante para o desenvolvimento de equipamentos, não só no cinema. O projetor 4K veio para suprir duas necessidades. Uma de melhor qualidade de imagem, a outra para permitir que telas grandes sejam utilizadas em ambientes pequenos, ou seja, minimizando o tamanho dos dispositivos dando melhor qualidade de imagem”.
A Sony apresentou no TecnoMultimedia InfoComm Brasil 2014, o modelo 4K de projetor VPL-VW1000, um modelo que possui “quatro vezes mais pixels que um modelo com resolução Full HD oferece uma experiência jamais vista para um cinema em casa”, afirma Luiz Padilha, diretor de marketing e vendas da área profissional da Sony Brasil.

Para Tiago Correa de LG Electronics do Brasil, o 4K veio para ficar e será uma opção de aparato de TV muito importante para a empresa.

“Anualmente participamos da edição em Las Vegas da Infocomm, e estamos muito felizes por estarmos presentes nesta que a primeira edição brasileira do evento. Apostamos que o evento será um sucesso por isso trouxemos nossos projetores top de linha, perfeitos para qualquer lugar, seja para assistir aos jogos da Copa, filmes, seriados, enfim, tudo o que o consumidor desejar com a melhor qualidade possível”, completa o executivo.
A LG Electronics do Brasil apresentou monitores profissionais gigantes em ULTRA HD 4K para o segmento de sinalização digital. “Os monitores podem operar na posição vertical ou horizontal e possuem modo de funcionamento contínuo, operando 24 horas por dia, sete dias por semana e 365 dias por ano sem prejudicar a qualidade de transmissão de seus conteúdos” disse à Revista da SET Tiago Correa da LG Electronics do Brasil.
Para ele, a Copa do Mundo foi um acelerador de vendas. “Hoje as Smartvs e as TV 4K são importantes para nós, mas o mais importante é que a TV deixou de ser um aparelho para muitas vezes se converter em uma interface do usuário com as suas conexão a internet o de TV por Assinatura”.