• PT
  • EN
  • ES

Noite de premiação

COBERTURA CONGRESSO SET 2012

Por Gilmara Gelinski

Não tinha como ser diferente. A cada ano a noite do Prêmio SET vai além do coquetel de confraternização. O clima de muita alegria, disposição e reencontros, torna o evento uma festa que consagra o setor e os melhores dele. Este ano foram dez premiados, que compartilharam da mesma opinião: “O prêmio é um incentivo para buscarmos cada vez mais soluções inovadoras que contribuam com o setor da radiodifusão”.

A SET acredita na importância de promover as soluções tecnológicas, por isso a cada ano tem aprimorado as categorias, como foi o caso da interatividade, que este ano promoveu soluções exclusivas para o Ginga.

Os premiados da noite parabenizaram a entidade pela iniciativa da premiação e ficaram satisfeitos com o reconhecimento das pessoas que votaram em seus projetos. Todos agradeceram a SET pela oportunidade e esperam contribuir ainda mais com o setor, afinal, ano que vem tem mais Prêmio SET.

Foto 1 – Estúdio Andres
A Harris ganhou como melhor solução em transmissão e/ou recepção ISDB-TB . Felipe Luna e Cristiano Barbieri receberam o prêmio das mãos de Liliana Nakonechnyj. “Para nós, ganhar foi um reconhecimento do nosso trabalho. É um projeto de implementação da TV Tem, em Sorocaba, complexo, pois tem diversos tipos de distribuição de sinais digitais distribuindo via satélite e microondas. Nós trabalhamos durante muito tempo na implantação deste sistema e tivemos um resultado bastante satisfatório”, diz Luna.

Foto 2
EBC como melhor solução de interatividade desenvolvida para a televisão digital terrestre baseada em middleware Ginga. Roberto Franco entregou o prêmio para os engenheiros da EBC, Emerson Weirich e José Antonio de Souza Garcia. “O Prêmio da SET é importante para incentivar o mercado de radiodifusão e assim termos projetos de alta qualidade e de superação. Principalmente a interatividade que preciso ter mais incentivo de mercado para que a cada ano sejam lançados mais e mais produtos. Fora das empresas, o Prêmio SET é o único estímulo que nós temos”, diz Emerson.

Foto 3
A empresa Building 4 Media ganhou na categoria melhor solução de mobilidade em televisão digital. O diretor Pierre Jaspar recebeu o prêmio do presidente da SET José Olimpio Franco. ”É muito importante para uma empresa como a nossa contribuir com o mercado brasileiro”, comemora Pierre.

Foto 4
A Avid Latin America ganhou pela melhor solução em gerenciamento de conteúdo (MAM) e/ou workflow. Renato Guedes e Gustavo Rego, representantes da Subway, patrocinadora oficial da premiação, entregaram o prêmio para o diretor de vendas, Danillo Garcia: “Há meses a empresa está implantando uma estrutura no Brasil e para mim é uma felicidade muito grande, porque os produtos sempre existiram faltava apenas mostrar para os clientes brasileiros o potencial que nós temos. Nós ganhamos o prêmio no que nós temos mais força que é o gerenciamento de conteúdo. Nossa matriz nos Estados Unidos está muito feliz com o prêmio e será uma divulgação internacional esta premiação, na nossa empresa”.

Foto 5
O engenheiro Felipe Andrade, representando a empresa Grass Valley do Brasil, recebeu o prêmio de Daniela Souza pela melhor solução em produção para esportes. “Nós fizemos o projeto em parceria com a TV Record, começamos aqui no Brasil em 2007. E as transmissões das Olimpíadas vieram para consolidar essa parceira e provou que o nosso sistema é robusto, mesmo com demanda alta. O nosso desafio foi levar um sistema que funciona aqui no Brasil, para um lugar remoto. Para isto fizemos uma escalabilidade dentro do IBC com ferramentas dedicadas para os jogos olímpicos com algumas adaptações”, explica Felipe.

Foto 6
O diretor de Marketing da SET, Claudio Younis, entregou o prêmio ao engenheiro Fernando Araujo, da TV Globo, pela melhor solução em integração de novas mídias.

Foto 7
O engenheiro Diego Felice recebeu das mãos do vice-presidente da SET, Nelson Faria, o Prêmio destinado a emissora SBT – São Paulo como melhor projeto de inovação tecnológica.

Foto 8
O engenheiro Marcos Krisp de Lucena, da TV Cultural recebeu o prêmio pelo melhor artigo publicado na Revista da SET. “Eu procurei fazer um artigo com um texto mais didático.

O prêmio é um reconhecimento, mas também é uma forma de divulgação da atualização tecnológica que estamos fazendo na TV Cultura, e é uma oportunidade para outras emissoras, outros profissionais da área aproveitem esses conhecimentos para aplicar em suas próprias atividades. O objetivo do meu artigo era apresentar a inovação que aplicamos nessa transição digital e como a atualização foi feita em apenas cinco anos”.

Foto 9
Luiz Fausto, Edilberto Strauss e Flávio Mello levaram o prêmio de melhor apresentação/ publicação do ciclo acadêmico científico de 2011. “É sempre ter o reconhecimento do trabalho, especialmente, nesta área acadêmico científico que não tem muita visibilidade e, tradicionalmente, o Brasil não investe muito em pesquisa e desenvolvimento fora das universidades. O nosso trabalho é sobre o uso de reconhecimento de voz para gerar close caption, que agora tem obrigatoriedade legal de exibir 12 horas por dia de conteúdo com close caption”, explica Luiz.

Foto 10
Para Carlos Nazareth, receber o prêmio de “Melhor Sessão Apresentada no Congresso SET 2011” foi o reconhecimento de quatro anos de trabalho frente à diretoria de ensino, que tinha também como objetivo fortalecer o módulo Acadêmico Científico e buscar unir os mundos da academia, emissoras e indústria. O prêmio é para todos àqueles que fizeram parte desse processo, principalmente, os pesquisadores, alunos de pós graduação, profissionais da televisão, que apostaram no que pode acontecer a longo, médio prazos no mundo da televisão. Eu dedico este prêmio a todos os participantes do painel Acadêmico Científico”.

 

Gilmara é editora da Revista da SET . E-mail: gelinska@gmail.com