• PT
  • EN
  • ES

Compromisso do governo com a FIFA é para transmissão dos jogos

Afirmação foi feita pelo ministro das Comunicações durante entrevista a jornalistas estrangeiros.

Ocompromisso do governo brasileiro com a FIFA é disponibilizar a infraestrutura para a transmissão dos jogos da Copa do Mundo 2014. Foi o que disse o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, em entrevista a correspondentes estrangeiros realizada em Brasília. Bernardo esclareceu que este compromisso está expresso na Garantia 11 – Telecomunicações e Tecnologia da Informação, assinada como requisito à candidatura do Brasil à Copa do Mundo de futebol 2014.
O ministro disse ainda que para a montagem dessa infraestrutura, a Telebras investiu R$ 200 milhões na construção de uma rede de fibra óptica, duplicada e de alta capacidade, interligando as 12 cidades sede. “A Copa antecipou os investimentos na construção de infraestrutura de telecomunicações em uns quatro anos.
Esse investimento já seria feito, porque nosso compromisso é aumentar o acesso à banda larga no país”, disse. Bernardo acrescentou que a rede da Telebras, portanto, será usada depois dos jogos para aumentar o acesso à internet no Brasil, com venda de pontos no atacado para pequenos provedores que poderão atender às áreas onde as grandes operadoras não têm interesse em investir.
A rede de fibra óptica para a transmissão dos jogos está concluída desde o ano passado nas cidades que foram sede da Copa das Confederações. Nas outras seis cidades, a rede foi complementada ao longo de 2013/2014 e está dentro do cronograma previsto. “Os atrasos na construção de alguns estádios, como São Paulo e Curitiba, trouxeram algumas dificuldades para a montagem da rede até as salas específicas para este fim que ficam dentro dos estádios. Mas tudo está sendo superado para garantir a transmissão dos jogos”, disse Bernardo.

Telefonia e internet

O ministro das Comunicações reforçou que a responsabilidade pela cobertura indoor nos estádios da Copa e das áreas adjacentes é das próprias operadoras de telefonia e o Governo Federal, por meio da Anatel, tem acompanhado as ações das empresas na instalação de equipamentos, redes de fibras e antenas dentro dos estádios.
Para esta tarefa, destacou, as operadoras de telefonia estão investindo cerca de R$ 200 milhões para oferecer aos torcedores dentro dos estádios serviços de cobertura de telefonia e wi-fi. Entretanto, segundo Bernardo, alguns estádios não permitiram às operadoras a colocação de roteadores wi-fi e outros, em vista do atraso das obras, demoraram a autorizar a entrada da companhias telefônicas nas arenas.

Minicom