• PT
  • EN
  • ES

Arri Alexa renovado com novos modelos XT

Nº 130 – Jan/Fev 2013

Da Redação – Fotos: Divulgação

NOTÍCIAS

A Arri, fabricante alemã de sistemas de captação e equipamentos para broadcast, anunciou uma nova linha que vem atualizar toda a gama de produtos Alexa. Os novos produtos são a Alexa XT, Alexa XT M, Alexa XT Plus e Alexa ST Studio, que substituem todos os anteriores neste segmento. O modelo Alexa original é o único que não será substituído, mas permitirá que seus proprietários adquiram os upgrades individualmente para atingir o máximo possível das configurações XT.
Todos os modelos Alexa XT vem como o novo módulo XR, um painel lateral que foi co-desenvolvido pela Codex para substituir o antigo SxS. O resultado é um produto menor, mais leve, mais acessível e livre de cabos que consegue gravar em formato ARRIRAW (formato com a mais alta qualidade fornecida pela marca), dentro da câmera. Com este upgrade, as Alexas agora capturam 120 fps com drivers de 512 GB XR rápidos e lisos. Além deste formato, as câmeras também trabalham com ProRes e DNxHD para gravações mais longas, bem como com ProRes 4444 em 120 fps. Com um adaptador SxS é possível gravar ProRes ou DNxHD em um único cartão SxS PRO.

Além disso, os modelos XT possuem o filtro interno IFM-1, que permite sensibilidade na base de EI 800 sem a necessidade de filtros ND externos, mesmo sobre luz solar direta. De acordo com a marca “filtrar atrás das lentes ao invés de na frente, economiza tempo e reduz peso, reflexos e complexidade na operação”. A precisão dos filtros IRND usadas no IFM-1 são baseadas em novas tecnologias que garante a qualidade da imagem e perfeito balanço de cor em todas as oito densidades, de ND 0.3 à ND 2.4.

Um VFX mais eficiente

“Metadados de lente são de valor incalculável para um fluxo de trabalho VFX, e é por isso que todas as Alexa XT estão acompanhadas por uma montagem de lentes LDS”, afirma o comunicado da marca. LDS é o nome dado pela marca para seu sistema de dados de lentes, um mecanismo que lê o posicionamento de todos os anéis de lentes e os transforma em metadados em qualquer formato gravado pela câmera.
Mais de 41 modelos de lente possuem o sistema LDS, incluindo as ARRI/ZEISS Master Anamorphic, Master Prime e LDS Ultra Prime series, a Master Macro 100 e a ARRI/FUJINON Alura Lightweight Zooms. Para todos os outros modelos, é possível guardar a tabela de lentes dentro da Alexa usando um arquivo de dados de lente interno da câmera.
Para garantir máximo conforto ao operador, o novo suporte de montagem Viewfinder (VMB-3) dos modelos traz um design mais forte e rígido, que agora usa dois bastões de 15 mm. Estes bastões também ajudam ajustes rápidos no suporte de câmera, de um tripé para grua ou Steadicam. Outra novidade é um novo sistema de resfriamento super silencioso, garantindo menor ruído de utilização e garantia de durabilidade do equipamento.
Claro que a maioria das novidades saem também em forma de módulos de upgrade para as câmeras já existentes, como é de tradição da marca. Prova disso é o anuncio do novo módulo XR que permite à família Alexa antiga a gravação em formato ARRIRAW internamente.