• PT
  • EN
  • ES

A INTEROPERABILIDADE

SMPTE

A INTEROPERABILIDADE

ESTE  ARTIGO  RETRATA  AS  DISCUSSÕES  DO  FÓRUM  PRO-MPEG  QUE  REUNIU  FABRICANTES,  USUÁRIOS  FINAIS  E PROVEDORES  DE  SERVIÇO  SOBRE  INTEROPERABILIDADE  PARA  REDES  DE  VÍDEO  BASEADAS  EM  PROTOCOLO  DE  INTERNET  (IP).

Por Peter Elmer e Henry Sariowan

As redes avançadas, baseadas em Protocolo Internet (IP), estão se tornando cada vez mais comuns. O suporte para uma faixa, sempre crescente, de tipos de tráfego, no futuro exercerá considerável papel na entrega de conteúdo profissional de broadcasting – tanto em tempo real como baseado em arquivo.
O Fórum Pro-MPEG tem exercido papel de liderança nessa área, ao estabelecer um fórum para fabricantes, usuários finais e provedores de serviços, que, de modo cooperativo, desenvolvem sistemas com interoperabilidade para entregas, em tempo real, de material de programa em alta qualidade, cobrindo redes com amplas áreas.
As soluções de custo/benefício e sob medida podem ser desenvolvidas assegurando a interoperabilidade entre diferentes fabricantes de dispositivos de vídeo e as redes com que se conectam. Esse benefício pode ser estendido através dos domínios das redes, assegurando o sucesso da entrega dos programas entre diferentes provedores de redes ou regiões geográficas.
O Fórum tem feito bons progressos na interoperabilidade para dispositivos em rede IP, desde a publicação, no IBC 2001, dos resultados de testes de interoperabilidade dos “pontos de operação” e dos dispositivos de modo de transferência assíncrono (Asynchronous Transfer Mode), cuja sigla em inglês é ATM. Os códigos de aplicação para streams de transporte MPEG e de Estúdio, com altas taxas de bits, têm sido desenvolvidos e suportados pelos fabricantes, pela adoção em seus dispositivos, conduzidos em práticas de testes de laboratório e demonstrações públicas.