• PT
  • EN

Hispamar abre novo teleporto no Rio de Janeiro

Centro de controle do teleporto localizado em Serviente controlará os satélites da frota Amazonas

Instalado em uma área de 30.000 m², o centro de controle de Serviente conta com sete novas antenas de alto desempenho de 3,8 metros de diâmetro, cinco delas destinadas aos trabalhos de monitoração de portadoras e duas para telemetria e telecontrole da frota de satélites Amazonas. Além das novas antenas instaladas, foram migradas de Guaratiba duas antenas de 8,1 metros de diâmetro – uma de banda Ku e outra de banda C – e também uma antena de banda Ku BSS de 4,8 metros. Para preparar a Hub que permite a prestação de serviços de internet via satélite, também foram transportadas do antigo teleporto da Hispamar 22 antenas VSAT (de pequeno porte) e instalada uma nova antena de 7,3 metros. No total, as instalações contam com 33 antenas, duas plataformas de banda larga para serviços gestionados e equipamentos de ponta para o controle dos satélites da frota.

A empresa explicou que uma equipe de 62 profissionais, entre eles, engenheiros e técnicos, operará o complexo com disponibilidade plena do serviço vinte e quatro horas, sete dias por semana.

Com um investimento de mais de 40 milhões de reais, “o novo centro da Hispamar foi planejado com base em um posicionamento sustentável. Foi implantado um sistema de aproveitamento de água da chuva que permite sua captação e reutilização para limpeza e irrigação. Além disso, também está prevista a instalação de painéis solares para a geração de energia fotovoltaica”.

Segundo Alexandre Mello, diretor técnico da companhia, “a operação dos serviços da empresa já foi totalmente transferida para Serviente. O processo de migração levou aproximadamente dois meses para ser concluído e envolveu praticamente toda a equipe técnica da HISPAMAR, além de profissionais de empresas especializadas, para que tudo ocorresse de forma eficiente e segura, sem prejuízo dos serviços prestados pela companhia”.

Mello afirmou, ainda, que “o novo centro está conectado ao teleporto de Arganda del Rey, na Espanha, e ao centro de Guaratiba, que será mantido operacional para atuar como um back-up. Assim, oferecemos redundância e maior segurança aos nossos clientes”.

De Serviente, a Hispamar irá monitorar e operar os satélites localizados nas posições orbitais brasileiras de 74º Oeste e 61º Oeste (onde a frota Amazonas está localizada), possibilitando a oferta de uma ampla gama de serviços de telecomunicações, como transmissão de conteúdos audiovisuais para TV e ensino à distância, redes corporativas, backhaul para telefonia móvel e conectividade de alto throughput disponível no satélite Amazonas 5, que oferece capacidade em banda Ka HTS para a prestação de novos serviços de banda larga no Brasil e no restante da América Latina.

Para Sérgio Chaves, diretor de negócios para a América do Sul da HISPAMAR, “o novo centro de controle atende à crescente demanda por serviços de conectividade na América Latina, onde o satélite é a solução ideal diante da falta de infraestrutura terrestre. O desenvolvimento econômico e social de um país depende em grande parte de seu acesso à internet. Mas ainda temos muitas regiões próximas a grandes centros urbanos com serviços de internet deficientes e regiões rurais totalmente desconectadas, sem nenhum acesso. Só conseguiremos mudar essa realidade e alcançar a transformação digital através dos satélites, pois permitem rápida implantação e investimentos menores que os da fibra óptica”.