• PT
  • EN

Sony


Sony
, a companhia japonesa, apresenta novo sensor CMOS retroiluminado com conversor S/D com função de obturação global. O novo “Back-Illuminated CMOS Image Sensor” da Sony está equipado com uma função Global Shutter. Os conversores analógico- digitais de pixel-paralelo recentemente desenvolvidos podem converter instantaneamente o sinal analógico de todos os pixels, simultaneamente expostos, a um sinal digital em paralelo. Apresentado no International Solid-State Circuits Conference (ISSCC) em San Francisco, nos Estados Unidos, o equipamento possui conversores A/D de baixa corrente que convertem instantaneamente o sinal analógico de todos os pixels expostos simultaneamente em paralelo a um sinal digital para armazená-lo temporariamente na memória digital. Esta arquitetura, afirma a empresa, elimina a distorção do plano focal devido ao deslocamento do tempo de leitura, possibilitando uma função Shutter Global. Para solucionar o aumento de energia provocado pela inclusão de aproximadamente mil vezes mais conversores A/D paralelos em comparação com o tradicional método de conversão A/D de coluna, Sony desenvolveu uma nova solução em formato compacto à 14 bits. A empresa afirma que tanto o conversor A/D como os espaços de memória digital são protegidos em uma configuração empilhada de elementos integrados dentro do chip. A conexão entre cada pixel usa a conexão Cu-Cu (cobre-cobre). Essa conexão é uma tecnologia que a Sony desenvolveu “para fornecer continuidade elétrica por meio de almofadas de cobre conectadas ao sensor CMOS e aos circuitos lógicos. Esse método oferece mais liberdade aos projetos, aumenta a produtividade e permite o tamanho mais compacto”, um tecnologia desenvolvida pela marca em 2016.