• PT
  • EN
  • ES

SET Nordeste apresenta novo formato para eventos regionais

SET NORDESTE 2017

Os broadcasters que acompanharam as últimas palestras do primeiro encontro regional da SET
© Foto: Gabriel Cortez

Evento foi totalmente reformulado com o objetivo de estimular a troca de ideias entre os participantes e o diálogo entre os profissionais de um mercado que “respira” o processo de digitalização do sinal de TV no Brasil. A efetivação da implementação de infraestruturas IP híbridas em emissoras do país também foi destaque em Fortaleza

por Fernando Moura e Gabriel Cortez

A presidente da SET Liliana Nakonechnyj discursou na cerimônia de abertura do evento e reforçou o compromisso da entidade em liderar as discussões sobre o audiovisual no país
© Foto: Gabriel Cortez

O primeiro encontro regional da SET no ano chegou repleto de novidades, a começar pelo formato.
O evento realizado em Fortaleza (CE) foi remodelado com objetivo de promover a troca de ideias e a interatividade entre os participantes. O SET Nordeste 2017 contou com 8 painéis (somando 24 palestras) que abordaram os temas mais atuais do mercado de tecnologia audiovisual. Nas páginas seguintes, a Revista da SET apresenta aos leitores um resumo dos principais assuntos debatidos no auditório do Sebrae Fortaleza.
Em discurso na cerimônia de abertura do SET Nordeste 2017, a presidente da SET, Liliana Nakonechnyj, desacou a importância dos encontros regionais para a entidade e justificou as alterações. “Estamos participando do primeiro regional neste novo modelo. O modelo que utilizamos até o ano passado funcionou muito bem, mas sentimos a necessidade de uma reformulação. Estamos aqui experimentando e buscando o melhor formato para esse nosso evento tão tradicional, para que traga sempre muito ganho e muito conhecimento aos participantes, aos associados e ao mercado”, afirmou.
O SET Nordeste 2017 também marcou o início de uma parceria institucional da SET com o Sebrae, um órgão que, na opinião de Liliana, está trabalhando para a convergência das indústrias criativas. “É uma parceria que está começando neste evento aqui em Fortaleza e que ainda vai nos render muitos bons frutos.”
A presidente da SET ressaltou que o principal objetivo da entidade é, justamente, ser um ponto de encontro para atualizações e trocas de ideias sobre as tecnologias do audiovisual. “De 1988 a 2017, muitas coisas mudaram e vivemos a revolução digital. A SET busca, desde o início, trazer esses diversos players para a mesma discussão. O nosso intuito é que a entidade seja esse ponto de encontro onde as tecnologias possam ser colocadas em debate, para que consigamos melhorar os negócios do país na área do audiovisual.”