• PT
  • EN
  • ES

SES aposta em infraestrutura de rede no Brasil

SET EXPO Parte I

A SES apresentou no SET EXPO uma demo com um overview de serviços fornecidos pela sua subsidiária MX1, “fornecedora mundial de mídia que oferece uma gama completa de serviços com valor agregado de mídia digital, entrega e gerenciamento de conteúdo em plataformas não lineares e lineares”, comentou à reportagem da Revista da SET, Jurandir Pitsch, vice-presidente de vendas da SES.
Pitsch disse que a ideia da empresa em eventos como o SET EXPO é mostrar o seu portfólio e as inovações da companhia, por isso, disponibilizaram duas transmissões em seu estande. Uma Ultra HD com HDR com maior faixa dinâmica de contraste e, uma segunda denominada, “Bobbles, uma plataforma de Pay-TV híbrida (OTT e DTH) Pan-Europeia, projetada para servir expatriados na Europa, a plataforma permite que os usuários tenham acesso a conteúdo através da distribuição de DTH e OTT”.
Ainda destaque para o apoio da SES à MultTV, nova empresa brasileira de comunicações, que permitirá que os clientes ISP do sinal entreguem conteúdo de TV por assinatura para casas de assinantes IP. “O objetivo da parceria é fornecer os melhores conteúdos de TV por assinatura”, disse o executivo.
“O modelo implementado com a MultiTV é um modelo de negócio variável dependendo do número de clientes que a empresa tenha”, porque, segundo explicou Pitsch, cada vez mais a empresa “tenta oferecer serviços que entrem na cadeia de valor do cliente. A SES hoje é uma empresa de distribuição de vídeo que pretende ajudar e colaborar com seus clientes”.
O executivo anunciou, também, que a empresa está construindo um teleporto em Hortolândia, região metropolitana de Campinas, no interior de São Paulo. Este será um teleporto misto com recepção, telemetria e monitoramento dos satélites da empresa e um browser de saída IP para a nuvem. “O objetivo é trabalhar mais as infraestruturas de rede e oferecer ao cliente diferentes opções, seja de sinais satélites e sinais terrestres por IP”, finalizou.