• PT
  • EN

Seegma apresentou em São Paulo as tendências da indústria para 2018

O Seegma Day Experience começou nesta terça-feira (23), em São Paulo, e terá mais uma sessão no Rio de Janeiro na próxima sexta-feira (26) abordando algumas das mais recentes tecnologias da cinematografia digital e produção de vídeo

O evento realizado em São Paulo teve palestras técnicas, exposição de equipamentos para os participantes conhecerem e testarem, e uma mesa redonda com profissionais do mercado audiovisual, que debateram as novas tecnologias e quais podem ser interessantes para os profissionais do mercado investir, dando aos presentes algumas das principais funcionalidades dos equipamentos.

O primeiro a palestrar foi Fábio Angelini, engenheiro de vendas da Pinnacle Broadcast, que mostrou os principais produtos da BlackMagic Design da qual a integradora e representante no Brasil. Um dos destaques foi par a Ursa Pro 4.5K com as suas principais funcionalidades, as placas I/O com a Decklink 8K com intensity shuttles e switchers de produção, como o ATEM Television Studio HD, com integração de controle profissional. Para a produção profissional, Angelini apresentou a câmera Marshal Pro AV, uma PTZ que pode ser utilizada em pequenas produções com soluções 4K, e a sua linha de monitores.

Fabio Angelini (Pinnacle Broadcast/Blackmagic Design)

Falando de cases reais, Angelini destacou a Micro Studio Camera 4K, uma câmera que a empresa colocou no Big Brother Brasil 17, com equipamentos em algumas áreas da casa que têm como principal vantagem poderem ser controladas à distância. “Também estamos usando agora na edição do BBB 18 câmeras em lugares estratégicos e sem mobilidade, como no banheiro”.

A segunda palestra analisou “técnicas de cinematografia avançada” e foi ministrada por Tor Rolf Johansen, ganhador de vários EMMY chegado a São Paulo especialmente para o evento e para apresentar as principais funcionalidades da Blackmagic URSA Mini Pro, a primeira câmera digital cinematográfica com recursos de controle de câmera broadcast profissional.

 

 

O workshop internacional de Johansen trouxe a São Paulo noções sobre como utilizar uma câmera 4K para produções de vídeo, sejam cinematográficas ou broadcast. Que tipos de lentes podem ser utilizadas e quais as seus principais diferenciais na hora de serem usadas. Neste caso, o palestrante internacional montou a URSA para ser utilizada em cinema com foco manual da ARRI e wiewfinder para cinema.

Tor Johansen mostrando as funcionalidades da URSA Mini Pro

O consagrado cineasta da Blackmagic Design disse aos presentes que a câmera trabalha de forma simples e prática, com a funcionalidade incluída da solução DaVinci Resolve que permite edição, colorimetria e mixagem de áudio.

A câmera URSA Mini Pro 4.6K combina Wide Dinamic Range com controle de vídeo graças a um sensor 35mm 4.6K com 15 stops, filtros ND, gravação em RAW e ProRes em dois slots, um SD e outro CFast.

Segundo Johansem, a maior diferença entre o 4K e o 4.6K é “a margem de segurança que permite ao diretor de cinema na hora de realizar um crop, porque traz maior qualidade em toda a superfície da imagem”.

Ralph Messana ministrou a palestra “captação de imagens sem fio com Microlink Portátil sem Delay”. A palestra internacional trouxe ao Seegma Day Experience um leque de soluções sobre streaming ao vivo com soluções de Hollyland, como o Cosmo 400, o Cosmo 1000 e a sua linha de produtos. “Se juntarmos o Hollyland com o Production Bot, um switch 8 com Videolink  permitimos ao profissional que transmita com pouca latência e a um custo menor com soluções diferentes para diferentes finalidades”.

Ralph Messana

Para Messana, o futuro passa pelo streaming por IP com funcionalidades diferentes que permitem fazer produções ao vivo “cada vez mais fáceis e simples,” com experiências de “mudança de fluxo de produção com um conceito claro e versátil que trabalhe em rede e nos permita trabalhar sem cabos, por streaming”.

No fim da manhã, Moisés Martini apresentou “geração de caracteres e gerenciamento de mídia profissional”. O proprietário da Media 5 da Argentina explicou as principais funcionalidades dos servidores de vídeo da empresa e como as suas soluções permitem unificar a geração de caracteres com o vídeo em “uma operação simples e clara, que permite ter ingest e gravação, o playout e a função gráfica com disponibilidade imediata do conteúdo”.

Marcos Oliveira

Moisés Martini, proprietário da Media 5 da Argentina

Na parte da tarde, Marcos Oliveira avançou com a palestra “streaming para cultos e eventos ao vivo – Soluções profissionais e de baixo custo”, uma tendência que cada vez é mais usada pelos broadcasters no Brasil. A seguir, o cineasta Pedro Paiva analisou a “cinematografia digital em RAW – Master Class teórica e demonstrativa”.

Pedro Paiva

O evento finalizou com uma mesa redonda que debateu “as novas tecnologias de produção audiovisual e as apostas para 2018”, onde os palestrantes do Seegma Day Experience trocaram experiências, avaliaram as tendências para 2018 e compartiram cases reais.

O Seegma Day Experience é um evento voltado para produtores, videomakers, diretores de fotografia, fotógrafos e estudantes da área audiovisual.

 

 

Tor Johansen (Blackmagic Design) e Rick Fernandez, diretor de gerenciamento e representante de vendas para LatAm de Blacmagic Design

Por Fernando Moura e Paulo Galante,  em São Paulo