• PT
  • EN
  • ES

Seal Broadcast&Content apresenta novas parcerias no SET EXPO

SET Expo Parte II

Alex Santos, Business Development, da Seal Broadcast&Content afirmou que o SET EXPO abriu interessantes projetos para a empresa

Alex Santos, Business Development, da Seal Broadcast&Content afirmou que o SET EXPO abriu interessantes projetos para a empresa

A integradora de sistemas e provedora de soluções para mídia e entretenimento lançou no EXPO Center Norte o seu novo modelo de parceria com a plataforma Seal Powered da wTVision e lançou o SCM-1000. A empresa ainda revelou aos seus clientes e visitantes soluções de integração com investimentos Capex e Opex.
A SCM-1000 é uma plataforma baseada em um servidor de exibição que utiliza o sistema de automação de playout ChannelMaker V5.0, da empresa portuguesa wTVision, e pode ser configurada desde channel-in-a-box, até configurações com alto nível de redundância e cluster de base de dados. “Uma solução onde utilizamos toda a nossa expertise para desenvolver uma plataforma robusta e flexível, que atende às demandas dos nossos clientes”, comentou à reportagem da Revista da SET, Danillo Garcia, diretor da companhia.
No evento, a empresa apresentou ainda novas versões das soluções gráficas da wTVision para gráficos em tempo real, como o FootballStats CG, Media Asset Manager (MAM). Além das ferramentas de Media Tools: wTVision Media Ingester e wTVision Media Trimmer; e o Studio CG, solução para produções em estúdios que pode ser integrado ao GO Social.
Outro destaque da integradora foi a EditShare que apresentou no Brasil a sua plataforma de MAM, o EditShare Flow, “que oferece uma nuvem privada segura e confiável, facilitando workflows remotos”, afirmou Alex Santos, Business Development da Seal Broadcast&Content.
Santos disse à Revista da SET que a feira mostrou que “a economia e o desenvolvimento dos negócios na indústria começam a melhorar. As demandas existem, sabíamos disso, mas estavam congeladas e agora começaram a surgir com a abertura de algumas portas para novos projetos nos quais trabalhamos para que se realizem oferecendo as melhores soluções com a melhor relação custo-benefício primando a situação econômica. O principal é sermos criativos”.
O executivo disse que o mercado caminha a passos largos para a incorporação de soluções Opex nas quais as integradoras trabalhem em conjunto com os clientes. “Trabalhamos em um projeto no qual o cliente precisava migrar seus transmissores para o HD, e por ser um investimento relativamente alto, não tinha como fazê-lo de uma só vez, e a integradora assumiu a operação, ofereceu os transmissores, somos responsáveis pelo suporte e manutenção e o cliente nos paga mensalmente por esse serviço”.
A empresa apresentou ainda, o Xcellis da StorNext da Quantum para arquiteturas de armazenamento e operação, e a Mass-Store, uma plataforma para gerenciar arquivos digitais de alta resolução e sistema de busca intuitivo para agilizar o workflow apresentada pela Masstech. Além de produtos da TVU e a Snell Advanced Media (SAM).