• PT
  • EN

Seal aposta em projetos híbridos com CAPEX e OPEX

SET Expo Parte II

 

Danilo Garcia (SEAL) disse à Revista da SET que as integradoras estão passando por um processo de transformação igual ao do mercado, por isso conhecer as necessidades e características do cliente se tornou fundamental

A Seal Broadcast&Content, integradora de sistemas e provedora de soluções para mídia e entretenimento, esteve no SET EXPO com o objetivo de entender as necessidades dos clientes e verificar quais dessas necessidades se identificam com os produtos oferecidos por seus parceiros. “Se o cliente precisa de alguma outra solução, o nosso objetivo é sempre ir atrás e oferecer o melhor”, disse à reportagem da Revista da SET o diretor de vendas da companhia Danilo Garcia.

Isso, explicou Garcia, porque “trabalhamos com projetos especiais em formato Turnekey que podem ser CAPEX ou OPEX, o que importa é entender a necessidade do broadcaster e trabalhar em conjunto com ele. Hoje desenvolvemos projetos que têm partes em CAPEX e outras soluções em OPEX, como por exemplo os projetos de Cloud onde alguns preferem avançar com soluções desse tipo”.

Entre as novidades apresentadas pela integradora, destaque para a solução de Playout na nuvem Channel Maker da wTVsion. “Esta solução permite descartar altos investimentos em estruturas pesadas de TI e criar uma extensão na nuvem que permite, desde o início do projeto, que toda a infraestrutura esteja focada na produção de conteúdo. A tecnologia também permite uma gestão autônoma dos canais, importação de playlist a partir de sistemas de tráfego externos, controle de múltiplos canais e criação de alinhamentos remotamente por acesso web”.

Na área de câmeras, a integradora lançou no SET EXPO, o Vantage Robotic Head, sistema de controle de câmeras robóticas da Vinten, que permite a utilização de diferentes fabricantes e garante uma ótima qualidade do movimento remoto, disse Garcia.