• PT
  • EN

SAM avança com softwares para 4K, IP e 12G-SDI

SET Expo Parte II

A SAM (Snell Advanced Media) teve como principal destaque em seu animado estande – contou com um campo de futebol – a sua linha de soluções em softwares para 4K, IP, 12G-SDI. Dentre elas, um dos principais atrativos foi o Live Replay & Highligths que está integrado com sistema de edição e publicação de conteúdos. O LiveTouch é um sistema escalável de edição de replays para transmissões esportivas que permite agilizar o fluxo de seleção dos highlights dos jogos a partir de um painel touch screen que se incorpora aos switchers de produção da marca.
A solução trabalha com produções HD e UHD de qualquer tamanho e oferece a possibilidade de realizar a edição de forma integrada com os editores da SAM o que permite a colaboração em tempo real, por exemplo, da equipe de produção e os operadores de replay, explicou à reportagem da Revista da SET, Felipe Andrade, diretor regional de vendas de SAM.
O executivo disse que a presença no SET EXPO é fundamental para a marca que nos últimos dois anos “tem desenvolvido um excelente trabalho de posicio posicionamento entre as grandes empresas do mercado. Nesta nova fase da SAM trabalhamos para reposicionar a marca e o conseguimos. Agora nosso objetivo passa por manter a base instalada no Brasil e América Latina e assim manter os clientes que conquistamos, porque os nossos produtos adquiriram uma maturidade importante. Deixamos de ser um produto que parecia caro para os clientes, e hoje concorremos em quase todas as áreas”.
Andrade disse, ainda, que “com calma a base de clientes se vai consolidando. Começamos em uma época de crise a nova gestão da SAM, e vamos nos consolidando”. As mudanças, afirmou, não foram apenas econômicas na região, “estamos em um processo de migração importante, nossa empresa aposta em soluções híbridas que permitam ao cliente trafegar tanto em SDI como em IP até o mercado encontrar o ponto de equilíbrio”.
Outro dos destaques da marca foi o switcher multiformato Kula (nas versões de 1, 2 ou 3M/E) que pode ser usado em conjunto com o sistema de replays ou de forma individual lidando com múltiplos formatos de sinal, “a solução é flexível qualquer ambiente de produção. Um modelo HD/ SD de 2 M/E pode ser comutado para trabalhar em modo 4K de 1M/E, permitindo que os usuários aproveitem um mesmo sistema para atualizar sua produção para alta resolução”, disse o executivo.
Ainda, atenção para a solução, Masterpiece 12G-SDI, uma solução que trabalha em UHD sem comprometer qualidade e traz funcionalidades de keying e DVE, afirmou Andrade, e ainda pode operar em SD/HD/1080p, porque oferece uma interface de controle para a ferramenta de automação de playout Morpheus da SAM, “oferecendo uma poderosa ferramenta de distribuição de conteúdo e gerenciamento de dispositivos ao receber sinais de áudio tanto via SDI com áudio incorporado bem como via entradas AES diretas”, concluiu.