• PT
  • EN
  • ES

Rentabilização de conteúdos com uma TV segmentada em ISDB-t

Ernesto Riedel (YOUCAST), apresentou as mudanças com as receitas publicitárias

Ernesto Riedel (YOUCAST), apresentou as mudanças com as receitas publicitárias

Ernesto Riedel (YOUCAST), apresentou a explanação, “Opções para transmissão via satélite de conteúdos ISDB-T considerando eficiência e monetização”. O gerente de Vendas Broadcast da YOUCAST analisou o mercado digital, explicou as mudanças com as receitas publicitárias neste contexto e mostrou como o mercado brasileiro pretende avançar em termos de publicidade na TV.

“Com um cenário muito bom e um crescimento de 8%, a televisão segue sendo o meio mais eficaz de envolver a audiência. Para as marcas, é o melhor lugar para se estar e, para os broadcasters, continua sendo a maneira mais eficaz de rentabilizar os investimentos”, afirmou.

O executivo argumentou, ainda, que o conteúdo local de TV oferece uma maneira fácil e eficiente para envolver os telespectadores com uma TV segmentada que possa valorizar os conteúdos das emissoras. “O conteúdo segmentado valorizará os nossos produtos. Se conseguirmos personalizar a experiência, poderemos rentabilizar o investimento.”

Ele ainda mostrou a plataforma OneBeam em sua apresentação, uma solução “agnóstica” desenvolvida pela Enensys, empresa do grupo, pensada para “transmissão de conteúdos ISDB-T em total compatibilidade com o DVB-S/S2, respeitando as disposições de redes SFN e os conteúdos formatados em MPEG-2 TS na interface aérea. Toda a sinalização BTS e a base de tempo estão inseridas em um PID otimizando a banda satelital e dando múltiplos usos a um link satelital entre as diferentes normativas”, concluiu.