• PT
  • EN
  • ES

Fujifilm

Pré-NAB 2017 – Parte 1

As mudanças da indústria audiovisual têm sido tão significativas nos últimos anos que fica cada vez mais difícil ir à feiras como a NABShow para ver e escrever sobre infraestruturas de hardware. Em 2017, a tendência se manterá e a maior parte dos players da indústria broadcast mundial apresentará soluções baseadas em software, muitas delas abertas. Na segunda metade do século XXI, a tendência dos desenvolvedores de tecnologia não passa por desenvolver produtos, mas sim plataformas abertas e agnósticas que permitam aos broadcasters trabalhar em um mercado que cresce a cada dia, e no qual a convergência digital se fortalece. Nesta edição, apresentamos um resumo de algumas das principais novidades que serão exibidas na edição 2017 da maior feira de tecnologia audiovisual do mundo, a NABShow, que se realiza no Las Vegas Convention Center, em Las Vegas, Nevada, nos Estados Unidos, de 24 a 27 de abril de 2017, reunindo milhares de visitantes de todos os cantos do planeta 

Lentes para câmeras de cinema da linha E-Mount são o destaque da Fujifilm em Las Vegas

Fujifilm apresenta as lentes MK Series em Las Vegas. A série é o mais recente lançamento da Divisão de Dispositivos Ópticos da companhia e chega ao mercado em dois modelos: a MK 18-55mm e a MK 50- 135mm, ambas compatíveis com as câmeras da linha E-Mount com sensor Super 35mm/APS-C. A MK 18-55mm T2.9 é um zoom padrão com distância focal de 18-55mm que estará disponível no início de março.
A MK 50-135mm T2.9 deve chegar ao mercado antes da NABShow. “Toda a série ‘MK’ é projetada de acordo com a cinematografia emergente, seja para produzir um evento ao vivo, um conteúdo on-line, um documentário, um vídeo corporativo, casamentos ou curtas-metragens”, destacam os seus desenvolvedores.
As câmeras da linha E-Mount “possuem desempenho óptico avançado, design ultra compacto e leve, além de excelente custo benefício”, afirma Tom Fletcher, diretor de vendas da Divisão de Dispositivos Ópticos da Fujifilm, quem acredita que as câmeras para cinema são mais vantajosas para as produções cinematográficas do que as projetadas para a fotografia. “Muitos produtores independentes estão usando lentes DSLR que não foram desenvolvidas para capturar imagens em movimento. O problema é que as lentes intercambiáveis p ara câmeras digitais são projetadas principalmente para fotografar e, portanto, propensas a deslocamento de foco e deslocamento de eixo óptico quando o operador trabalha com o zoom”, pondera.
As lentes da série MK possuem ajuste manual da íris, breathing zero, zoom shift zero e rotação de foco de 200 graus. “Elas mantêm o foco em toda a faixa de zoom enquanto cobrem sensores Super 35mm.” n Lentes para câmeras de cinema da linha E-Mount são o destaque da Fujifilm em Las Vegas

 

Continua com:

Imagine Communications
Snell Advanced Media (SAM)
For-A
wTVision/Ateme
VSN
ChyronHego
Interra Systems
TVU Networks
Hitachi Kokusai
EditShare
Tektronix
NewTek
I-Movix
Fujiflim
Leyard
Dieletric