• PT
  • EN
  • ES

Intelsat anuncia novos clientes e serviços no SET EXPO

SET EXPO Parte I

A Intelsat anunciou no SET EXPO a assinatura de um acordo plurianual com a TV Clube, de Pernambuco, afiliada da Rede Record de TV, para distribuição do sinal do seu canal de alta definição através do satélite Intelsat 14.
O diretor superintendente da Opinião Sistema de Comunicação, detentora da TV Clube, Fernando Eugenio, disse que “a posição de liderança regional no Brasil decorre de compreender o desejo da nossa audiência por qualidade da transmissão e programação de grande interesse. Migrar a TV Clube para o Intelsat 14 ampliou a capacidade de distribuição do sinal em alta definição, de forma confiável e econômica para incluir milhões à nossa audiência na região. O Intelsat 14 oferece infraestrutura flexível para atingir os objetivos de expansão a longo prazo”.

Marcio Brasil (Intelsat) e Esdras Miranda (SET Nordeste/Sistema Jangadeiro) no estande da Intelsat no SET EXPO 2017

Em entrevista à Revista da SET, Marcio Brasil , diretor comercial da Intelsat no Brasil, disse que a empresa aposta na região de forma especial e tem como principal oferta “o satélite Intelsat 37e com seus feixes amplos (wide) e direcionados (spot) faz a cobertura da América Latina, incluindo o Brasil”.
Ele disse ainda que a reação do mercado de transmissão de TV em relação aos satélites Intelsat EpicNG tem sido positiva. “Estamos cumprindo a promessa do alto desempenho nas transmissões por satélite. As transmissoras de TV no Brasil e na América Latina têm demonstrado interesse em descobrir como melhor utilizar feixes direcionados para aumentar desempenho nas principais conexões, ponto a ponto e de eventos para o estúdio, obtendo maior eficiência e agilidade no uso de terminais terrestres para distribuir programações regionais, ocasionais ou serviços em tempo integral. Em determinadas circunstâncias a transmissão direta à residências (DTH) pode abrigar com segurança áreas de serviço em feixes direcionados ou feixes amplos especialmente modelados no satélite Intelsat EpicNG, obtendo excelentes resultados de desempenho”.
Assim, disse Marcio Brasil, “o satélite Intelsat EpicNG 29e está proporcionando o que as transmissoras mais precisam: soluções seguras de grande alcance com eficiência de custos para atender demandas de banda larga e distribuição de conteúdo. Em testes recentes o Intelsat 29e alcançou 165% de melhoria de eficiência com as redes existentes e até 330% em maior desempenho com redes terrestres de nova geração tecnológica”.