• PT
  • EN
  • ES

Intelsat

Pré-NAB 2017 – Parte 2

Como referimos na edição anterior, as mudanças da indústria audiovisual têm sido tão significativas na segunda décadado século XXI que feiras tradicionalmente de equipamento de hardware como a NAB têm se voltado quase inteiramente para soluções de software abertas que brindem aos broadcasters plataformas agnósticas. A edição 2017 da maior feira de tecnologia audiovisual do mundo promete trazer novidades importantes para um mercado cada vez mais convergente e global.Nesta edição apresentamos a segunda parte do resumo de algumas das principais novidades que serão exibidas na NABShow 2017, que se realiza como já é costume no Las Vegas Convention Center, de 24 a 27 de abril de 2017, e que espera superar os 103.012 visitantes chegados de 187 países aos seus cinco pavilhões com mais de 1.800 expositores

por Redação

Intelsat

Intelsat afirma que a distribuição de programação para aparelhos de TV é passado. O ambiente atual da TV é de evolução constante e as exigências do consumidor aumentam em complexidade. As redes de TV precisam fazer mais com menos, incluindo a operação num ambiente de múltiplas telas (multiscreen), o que torna as operações mais desafiantes. Ao mesmo tempo, mudanças de tendências alteram as áreas geradoras de receitas e enfatizam a necessidade da eficiência de custos através das redes de geração e distribuição de programação. “A Intelsat tem histórico de sucesso no trabalho com os líderes na produção de conteúdo para conexão sem barreiras com pessoas ao redor do mundo. Esta posição única assegura a eficiência operacional que a indústria de TV necessita”, afirma Marcio Brasil, diretor comercial da Intelsat no Brasil.
O executivo afirmou à Revista da SET que para enfrentar os desafios do mercado, a Intelsat desenvolveu serviços, plataformas de distribuição e soluções operacionais terceirizadas para ampliar a eficiência no ambiente global de múltiplas telas. “Durante a NAB 2017, por exemplo, a Intelsat demonstrará a aplicação do IntelsatOne Prism, uma plataforma IP para distribuição de mídia via satélite, que suporta tecnologia VSAT, em ambas direções, para distribuição de vídeo, voz, internet e dados na produção remota, captação de notícias e conexão com a rede de afiliadas – uma capacidade que não estava disponível anteriormente para a transmissão de TV via satélite. O IntelsatOne Prism permite uma transição sem barreiras para a distribuição por IP, realizando de forma econômica o fluxo de transmissão (streamlining) nas operações de vídeo e tecnologia da informação (IT)”.
Ainda, a empresa anunciou a adição de um novo satélite na sua comunidade de transmissão de vídeos na América Latina. O Intelsat 14 está posicionado em quarto lugar entre satélites que abrigam comunidades de transmissão de TV na América Latina. “O cliente âncora inicial do Intelsat 14 transmite programação educacional e é o primeiro canal realizando transmissões 4K em tempo integral na frota da Intelsat na região”, afirmou o executivo.
A presença da Intelsat na NAB estará marcada pela tecnologia “Intelsat EpicNG, com feixes dedicados (spot beams), para conexões essenciais nas contribuições ponto a ponto dos locais de captação ao estúdio, utilizando terminais menores para maior eficiência e agilidade nas operações nos locais em que ocorrem, para distribuição de conteúdo regional de uso ocasional ou operação contínua”, finalizou.