• PT
  • EN

Grass Valley aposta na produção remota

Pré-NAB 2019

Tendo em conta o aumento do interesse em realizar produção remota, a Grass Valley e o seu workflow de câmeras têm-se adaptado aos novos tempos. Assim, na empresa do Grupo Belden terá inovações nesta área no seu estande no Las Vegas Convention Center.
“Como o único parceiro de tecnologia que fornece uma solução IP nativa, a Grass Valley oferece às equipes de produção a flexibilidade para apoiar as produções ao vivo de diversas maneiras, seja com produção remota ou “at-home”, ou com uma abordagem mais tradicional de produção móvel ao vivo”, afirma Nahuel Villegas, Vice-presidente de Vendas, CALA da Grass Valley.
O executivo afirma que as interfaces Direct IP e Direct IP+ na Série LDX 86 e 86N da Grass Valley fornecem uma variedade de soluções para produção remota e foram testadas em campo a distâncias de até 20.000 quilômetros. “As câmeras e estações base podem ser facilmente conectadas através de infraestruturas IP e switches IP COTS. Nossas estações base XCU Universe UXF foram desenvolvidas para suportar os requisitos de maior largura de banda das câmeras de alta velocidade da série LDX 86 com velocidade de operação de até 6X, garantindo latência mínima em um ambiente de produção remota”. As câmeras da Série LDX 86 e LDX 86N, câmeras 4K com 15 F-stops com High Dynamic Range (HDR), também, “oferecem um conjunto de vantagens para os clientes, e são as únicas soluções no mercado que permitem aos  usuários alterar o tamanho do pixel entre 4K nativo e HD nativo dentro dos sensores de imagens CMOS. Esse recurso oferece excelente qualidade em operação HD de alta velocidade, permitindo que os usuários se beneficiem de pixels 4K nativos para operação em velocidade única”, explica Villegas.
Isso porque, segundo Villegas, no momento de transição para o 4K UHD e HDR é necessário encontrar soluções. Enquanto os broadcasters e organizações de mídia assumem o desafio de atender às novas demandas dos consumidores, a capacidade de fornecer conteúdo mais rico e envolvente em todas as plataformas se tornou extremamente importante. “Estamos vendo uma demanda crescente por câmeras e lentes 4K/UHD e HDR, mas isso varia de região para região e de cliente para cliente, dependendo de seus orçamentos. O consumo de televisores 4K está aumentando, mas a maioria dos espectadores em todo o mundo assiste seu conteúdo em televisores HD, então ainda temos muitos clientes pedindo sistemas de câmeras HD”.
Embora, reforça o executivo, os formatos de produção de última geração combinem resolução, faixa dinâmica e gama de cores (por exemplo, 1080p com HDR e WCG), nem sempre são necessárias câmeras 4K. “Com nosso amplo e crescente portfólio de câmeras, a Grass Valley está fortemente posicionada para atender a uma ampla gama de requisitos com soluções otimizadas”.