• PT
  • EN
  • ES

Embrasat participa do SET EXPO pela primeira vez

“Todas as nossas antenas em fibra de vidro são fabricadas pelo processo de injeção”, explicou Cezar Boaron, diretor da Embrasat

“Todas as nossas antenas em fibra de vidro são fabricadas pelo processo de injeção”, explicou Cezar Boaron, diretor da Embrasat

Em sua “estreia” na feira organizada pela SET, a empresa paranaense especializada na fabricação de antenas parabólicas apresentou as duas versões de produtos com as quais trabalha: o Modelo Standard, com opções de 1,80m, 2,20m, 2,60m ou 3,20m e o Modelo Profissional, com opções de 2,60m, 3,20m, 3,60m ou 4,50m.
“Todas as nossas antenas em fibra de vidro são fabricadas pelo processo de injeção”, explicou Cezar Boaron, diretor da Embrasat. “Estamos expondo a nossa mudança de processo fabril aqui no SET EXPO. Até 2013, a nossa laminação era manual. Agora, é feita com injeções de baixa pressão e moldes de alta precisão, utilizando tecnologia CNC, pelo processo RTM (Resin Transfer Molding), o que confere ao produto excelente acabamento, estabilidade mecânica e excelente resposta elétrica”, completou.
As antenas RTM-3600PRO foram um dos destaques do estande da companhia no Expo Center Norte disse o executivo em entrevista à Revista da SET. “São produtos que trabalham com sinal TV/RO – focal point, em banda C (3,4 – 4,2 GHz) e Banda Ku (10,7 – 12,75 GHz)”.
A Embrasat está sediada em Campo Largo (PR), na região metropolitana de Curitiba, e está no mercado brasileiro desde 1986. Nesta primeira participação da companhia no SET EXPO, a maior feira de produtos e serviços de broadcast e novas mídias da América Latina, Boaron garantiu que, “seguramente, será a primeira de muitas”.