• PT
  • EN

Choosing Encoding Parameters for High-Dynamic Range Streaming

SMPTE – TECHNICAL PAPER

Este é um daqueles artigos que eu gosto, pois fornecem dados práticos e confiáveis para a implementação de projetos de streaming que desejem utilizar-se dos benefícios do HDR. Ainda mais que essa é apenas a I parte do artigo, que continuará no próximo número, então isso quer dizer que muitas mais coisas estão por serem desvendadas, como por exemplo: Hoje, nós temos duas maneiras diferentes de mapear valores de luz para código HDR: PQ (quantizador perceptivo) e HLG (hybrid-log gamma). Embora tenhamos a opção de re-presentar a cor e luminância como Y′CBCR, para o fluxo de datarate do streaming precisamos fazer a correta escolha quais níveis de compressão e resoluções de codificação usar pois, ainda, não temos um entendimento completo de como a resolução e compressão podem interagir para alterar os destaques e sombras escuras que tornam o HDR tão visualmente potente.
Estes e outros mistérios o aguardam no paper a seguir, boa leitura e claro nos vemos no próximo número.

por Tom Jones Moreira